BAHIAGAS - 25 ANOS

Tag: pre-sal

Megaleilão do Pré-Sal fracassa sob Guedes e Bolsonaro

Domingos Matos, 06/11/2019 | 14:13

O megaleilão de quatro áreas de petróleo na Bacia de Santos (RJ) teve menos concorrência do que o esperado. Das 14 empresas habilitadas, só sete compareceram ao leilão. Ao final, foram arrematadas apenas duas áreas de exploração. Assim, o leilão arrecadou R$ 70 bilhões, apenas dois terços do total esperado (R$ 106,5 bilhões).

A área de Búzios, a mais cobiçada, teve só uma oferta, feita por um consórcio formado pela Petrobras e duas chinesas. A segunda área de maior interesse, a de Itaipu, ficou com a Petrobras, que foi a única interessada. Veja mais no UOL.

Felipe Coutinho, presidente da Associação dos engenheiros da Petrobras, avaliou o primeiro dia do megaleilão, que considera inoportuno e lesivo:

“O resultado foi o menos pior. Petrobras arrematou os dois blocos onde exerceu preferência, Búzios e Itapu. Em Búzios, com 90% em parceria com chineses. Em Itapu, sozinha. Os blocos de Sépia e Atapu não receberam propostas. Considero que o leilão não deveria ser realizado porque é inoportuno e lesivo ao interesse nacional. Acelera o ciclo extrativo e primário exportador, do tipo colonial, do petróleo cru do Brasil. Os critérios prejudicam o interesse nacional porque não retém a renda petrolífera corrente e potencial, prioriza o pagamento do bônus de assinatura, que é a antecipação descontada da renda petrolífera futura.

Senado inclui municípios na divisão dos lucros de leilão do pré-sal

Cessão onerosa deve render R$10,5 bilhões às prefeituras

Domingos Matos, 04/09/2019 | 10:15

Os municípios brasileiros conquistaram na noite de ontem (3) a aprovação do Senado para participarem da divisão dos recursos arrecadados nos leilões do pré-sal. Os senadores aprovaram a matéria em dois turnos após acordo que concede aos estados produtores 3% a mais dos lucros da União. O próximo leilão está agendado para 6 de novembro e, caso a proposta já esteja em vigor, as prefeituras receberão via Fundo de Participação dos Municípios (FPM) a soma de R$ 10,5 bilhões. O valor é o mesmo a ser repartido entre os estados.

“É um recurso muito bem vindo para as prefeituras fecharem o ano com uma condição melhor”, comemorou o presidente da União dos Municípios da Bahia (UPB) e vice-presidente da Confederação Nacional de Municípios, Eures Ribeiro. O gestor que é prefeito de Bom Jesus da Lapa, no Oeste baiano, acrescentou que a aprovação “representa uma grande vitória municipalista e temos que agradecer aos senadores, em especial o senador Otto Alencar, que teve atuação decisiva para alcançarmos o acordo e votar a matéria”.

Como sofreu alteração, o texto volta para a Câmara de Deputados. Por ter havido acordo no Senado a previsão é que os deputados “acelerem a tramitação” da matéria, prevê Ribeiro.

 

Não vai ter golpe

Domingos Matos, 17/04/2016 | 11:54
Editado em 17/04/2016 | 11:59

Do Conversa Afiada:

O DataCaf mantém a previsão: o Governo tem entre 190 e 200 votos.

E com isso não vai ter golpe!

Desde a última previsão, o movimento nas ruas só aumentou.

O povo sabe o que significa o Golpe, onde chega a Ponte para o Futuro do gatinho angorá dos militares, o Moreira Franco.

O povo sabe por que o Padim Pade Cerra quer o Golpe: para dar o pré-sal aos americanos da Chevron.

É a mesma Casa Grande de Vargas, JK e Jango.

Do mensalão e da Lava Jato.

É o desespero de quem não tem os votos.

São os mesmos torturadores da Dilma - na OBAN e na Câmara, hoje.

Os mesmos, a serviço dos mesmos – da elite!

O povo não é bobo, em várias instâncias.

A fuga de Brasília – prevista pelo senador Requião – desfalca mais os que querem o impeachment mas tem medo de se queimar, do que aqueles que não querem o impeachment mas tem medo de se queimar.

Além disso, quem tem que garantir o quórum são os Golpistas!

Sempre há um elemento a considerar: “o elemento humano”, como diz um informante do Conversa Afiada.

E o “elemento humano” tanto pode ser a covardia como a insuspeitada coragem!

Há a considerar que na Historia Universal da Infâmia, esse talvez seja o pior Congresso da Historia do Brasil supostamente democrata.

O Congresso eleito com o dinheiro de um “bandido” - segundo o deputado Silvio Costa -, o Eduardo Cunha, que, segundo Costa, sabe que vai se afundar, mas quer levar “ela” junto.

É o Congresso do deslavado e lavado dinheiro das empresas, que o Gilmar (PSDB-MT)  tentou preservar.

Segunda-feira, Cunha perdeu a serventia.

E a Justiça (sic) poderá encarcerá-lo.

Acesse com seus dados:

ou
Ainda não tem acesso?
Registre-se em nosso Blog.