Câmara Municipal

Tag: reconhecimento

Foragido por tráfico é alcançado pelo Reconhecimento Facial

Domingos Matos, 19/08/2019 | 10:25

O sistema de Reconhecimento Facial da Secretaria da Segurança Pública flagrou, na noite de sexta-feira (16), um foragido da Justiça por envolvimento com tráfico de drogas. Equipes da PM, em Salvador, foram encaminhadas até o local após alerta. 

Lucas Santos dos Santos, 24 anos, acabou detido e conduzido até a Central de Flagrantes, onde foi realizada a identificação humana. Depois da constatação os policiais civis cumpriram o mandado expedido pela Vara de Tóxicos de Salvador. 

Com este caso o Reconhecimento Facial da SSP alcança a marca de 49 pessoas identificadas e presas, na Bahia. 

 

Enfrentamento a bandos reduz roubo a bancos em 19%

Domingos Matos, 15/08/2019 | 19:42

Enfrentamento a quadrilhas especializadas em roubo a bancos conseguiu reduzir em 19% os crimes contra instituições financeiras no primeiro semestre de 2019, comparado ao mesmo período do ano anterior.

Em todo o estado, este ano, foram registrados 30 casos de roubos a bancos, sete a menos que em 2018. Essa queda fica ainda mais acentuada em Salvador, com apenas cinco casos contabilizados e o índice de –37,5%. Já no interior, foram anotados seis casos a menos, o que representa um decréscimo de 22,2%.

“Estamos há cinco anos com reduções consecutivas neste delito. Saímos de uma média de 22 para cinco casos por mês. Este ano tivemos mês com zero ocorrência”, lembrou o secretário da Segurança Pública do Estado, Maurício Teles Barbosa.

No mês passado, um bando procedente de Pernambuco e que praticava assaltos na Bahia e em outros estados foi localizado em Paulo Afonso, de posse de fuzis e de veículos roubados, previamente selecionados para facilitar a fuga. Um outro grupo criminoso foi identificado e preso em Luís Eduardo Magalhães, Oeste baiano, especializado em prática de assaltos e com atuação em cinco estados.

 

Preparados para o combate

A capacitação dos policiais no combate a esta modalidade delituosa é continuada. Unidades especializadas da Polícia Militar executam, ao longo do ano, atualizações de combate, rastreamento e contra rasteamento, além de participarem de instruções voltadas para operações complexas e de palestras.

A luta contra os assaltos a bancos também foi tema de mestrado do major PM Fernando Cardoso, lotado noBatalhão de Operações Policiais Especiais (Bope), defendido naEscola de Administração da Universidade Federal da Bahia (Ufba).

Em maio, durante evento que contou com a presença de representantes das polícias Civil e Militar, as forças de segurança do estado foram homenageadas pelo Banco do Brasil, pelo reconhecimento às operações preventivas e repressivas na preservação daquela instituição financeira.

 

Exames de DNA gratuitos: Defensoria intensifica projeto Sou Pai Responsável no interior da Bahia

Domingos Matos, 13/08/2019 | 12:31
Editado em 13/08/2019 | 07:52

A Defensoria Pública do Estado da Bahia está intensificando esta semana a Ação Cidadã Sou Pai Responsável em suas unidades do interior. Os municípios de Alagoinhas, Amargosa, Ilhéus e Vitória da Conquista têm programação especial com este propósito durante esta semana. Serão oferecidos, em caráter de força tarefa, orientações jurídicas para supostos pais e mães interessados, assim como exames de DNA gratuitos para apuração de paternidade nos casos onde não houver ainda o nome do pai na certidão de nascimento.

Realizada desde 2007 pela Defensoria, a Ação Cidadã acontece durante todo o ano e é  intensificada no mês de agosto  quando é comemorado o dia dos pais, com campanha publicitária, inclusive.  A iniciativa busca tanto estimular a participação dos pais no convívio e desenvolvimento dos filhos, assim como incentivar homens relutantes a assumirem a paternidade de crianças sem registro.

Além de estimular o diálogo e promover mediação em busca de conciliação para que os reconhecimentos dos filhos sejam espontâneos, a Defensoria oferece também os testes de DNA gratuitos nos casos de crianças que não têm o registro do genitor masculino em seus documentos. Desde sua criação a Ação Cidadã Sou Pai Responsável já assistiu mais de 23 mil pessoas.

Formação reúne 130 professores indígenas em Porto Seguro

Domingos Matos, 13/08/2019 | 09:16

A Secretaria da Educação do Estado iniciou, ontem (12), em Porto Seguro, no Extremo Sul da Bahia, uma formação continuada para 130 professores indígenas das redes estadual e municipais de ensino de Porto Seguro, Santa Cruz Cabrália, Prado, Belmonte e Itamaraju, a partir do regime de Colaboração do Estado com os municípios. 

A formação está sendo ministrada por educadores da Fundação Getúlio Vargas (FGV), envolvendo indígenas de diferentes etnias, como Tupinambá, Pataxó e Guarani. A abertura foi realizada no Centro de Cultura de Porto Seguro, com a presença de caciques representantes das comunidades indígenas de Santa Cruz Cabrália e de Porto Seguro.

A rede estadual de ensino possui, atualmente, 6.765 estudantes indígena matriculados, em 27 escolas indígenas e 43 anexos, em todo o estado, contemplando 16 etnias. “A formação vem trabalhar com a qualificação do nosso corpo docente, pois a Educação Indígena tem suas particularidades. A importância central disso é retomar e trazer os indígenas para junto deste debate, respeitando as especificidades e sem descuidar da qualidade social e da educação nos territórios com estes povos e etnias”, afirmou a superintendente de Políticas para a Educação Básica da Secretaria da Educação do Estado, Manuelita Falcão Brito. 

A expectativa do professor Ronaldo Farias, que leciona na Escola Indígena Pataxó Boca da Mata, na aldeia Boca da Mata, é que a formação amplie os conhecimentos dos educadores. “A formação vem nos ajudar a complementar os objetivos específicos e metodológicos na área da Educação, respeitando e valorizando os nossos costumes e tradições”, avaliou.

O formador Iberê Guarani, da FGV, destacou os conteúdos a serem abordados. “No primeiro módulo, abordaremos a construção e a visão colonial sobre o indígena. No segundo, serão discutidas as experiências da Educação Escolar Indígena. Já no terceiro, o tema central será a legislação relacionada à Educação Escolar Indígena, além do reconhecimento dos saberes ancestrais”.

A formação, segundo o diretor de Educação Escolar Indígena de Porto Seguro, Rosimar Valério Kamayurá, servirá para o professor direcionar o aluno ao conhecimento. “Os professores que estão na base irão saber qual a estratégia para se chegar ao sucesso de uma educação específica, de qualidade e diferenciada”.

 

Programação 

A formação em Porto Seguro será realizada em três módulos (12 a 16/08; 9 a 13/9; e 7 a 11/10). A atividade também ocorrerá nos polos de Itabuna e Paulo Afonso. Durante a formação serão discutidos temas relevantes e atuais para o processo de ensino e aprendizagem nas escolas indígenas, sendo fundamentada no fortalecimento do pertencimento étnico, na valorização dos conhecimentos tradicionais indígenas, nas visões de mundo e no acesso aos códigos, ciências e tecnologias da sociedade nacional, que possam subsidiar os projetos societários e indenitários nas escolas indígenas.

 

Após reivindicações de vereadores, secretário garante ações imediatadas na segurança pública de Itabuna

Domingos Matos, 12/08/2019 | 14:31

Na manhã desta segunda-feira (12), os vereadores Charliane Sousa (PTB) e Enderson Guinho (PDT), estiveram representando o Poder Legislativo Municipal, em audiência com o Secretário de Segurança Pública da Bahia, Maurício Barbosa.

Também se fizeram presentes, além do senador Otto Alencar (PSD), o Deputado Federal Paulo Magalhães, o ex-deputado estadual Augusto Castro e os representantes da Associação de Praças (APPMBA), Sargento Luciano e Cabo Valéria.

Na oportunidade, foram apresentados os índices de violência e as demandas do município, que vem sofrendo ondas de homicídios, assaltos e arrombamentos.

Em indicação entregue ao secretário, os vereadores também citam o baixo efetivo das Polícia Militar e Civil para melhor andamento das ações polícias, além do baixo desempenho do Ministério Público e do Judiciário, aumentando assim, o sentimento de impunidade. 

Também foi solicitado a ampliação de viaturas dando maior agilidade nos bairros, além da implantação de videomonitoramento com reconhecimento facial, o que foi garantido pelo secretário.

Governo reconhece situação de emergência em três cidades do sudoeste e sul da Bahia

Domingos Matos, 12/08/2019 | 08:05

O governo da Bahia reconheceu a situação de emergência de duas cidades do sudoeste do estado e uma da região sul, em publicação no Diário Oficial de sábado (10).

As cidades do sudoeste são Vitória da Conquista e Maetinga, que enfrentam período de estiagem. Já o município do do sul baiano é Ibicaraí, que enfrenta problemas por conta de deslizamento de solo.

No documento, o governo informa que tanto a estiagem quanto o deslizamento do solo afetam as atividades econômicas dos municípios, o que atinge a população. O decreto de emergência vale para 180 dias.

O reconhecimento da emergência, na prática, significa que os municípios afetados receberão recursos para reduzir os impactos da estiagem do deslizamento de solo. (Com informações deo G1)

 

Reconhecimento Facial é destaque no primeiro semestre de 2019

Domingos Matos, 11/08/2019 | 10:31

O sistema de Reconhecimento Facial da Secretaria da Segurança Pública da Bahia foi destaque nacional e internacional no primeiro semestre de 2019. Nas cidades de Salvador e Feira de Santana a ferramenta tecnológica auxiliou na captura de 39 criminosos foragidos da Justiça ou descumprindo critérios de prisão domiciliar. Os balanços da tecnologia e das ocorrências policiais foram apresentados na manhã desta sexta-feira (9), pelo secretário Maurício Teles Barbosa, no Centro de Operações e Inteligência.

Os criminosos foram flagrados por câmeras espalhadas nas estações de Metrô, Rodoviária, Aeroporto Internacional de Salvador, além das utilizadas em grandes eventos como o Carnaval, Micareta de Feiras e Copa América. “Somos pioneiros e nos orgulhamos da Bahia ser referência no Brasil. Estados das regiões Sudeste e Sul estão montando os seus sistemas de reconhecimento facial espelhados no nosso”, comemorou o secretário da Segurança Pública, Maurício Teles Barbosa, lembrando que até o início de agosto, a ferramenta alcançou a marca de 47 capturados.

Ele acrescentou ainda que uma nova licitação está em curso para aquisições de mais câmeras. “Vamos avançar na Região Metropolitana de Salvador e nas maiores cidades do interior da Bahia, mantendo sempre o protocolo de apuração durante cada abordagem. Importante ressaltar que não tivemos erros, na Bahia, e isso graças à tranquilidade e preparo dos nossos policiais”, enfatizou Barbosa.


Estatísticas

Outro destaque do primeiro semestre é a redução dos Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLIs – homicídio, latrocínio e lesão dolosa seguida de morte). Na Bahia, a diminuição ficou em 16%. Em números absolutos, 2.586 aconteceram em 2019, enquanto, no ano anterior, 3.079.

“Estamos nos superando. Fechamos 2018 com a maior redução dos últimos seis anos e sabíamos que este ano teríamos de ampliar o trabalho. Em números absolutos foram preservadas 493 vidas”, salientou o secretário. Os índices de CVLIs em Salvador (-17,4%), RMS (-19,4%) e Interior (-15,1) também foram expostos.

As quedas nos roubos a bancos (- 19 %) e de veículos (-18,2%) também foram pontuados, além da estabilização crimes em coletivos com 0,1% de acréscimo.

 

INSS cria estratégia para agilizar concessão de benefícios

Domingos Matos, 09/08/2019 | 10:35

A partir de hoje (9), o INSS começa a trabalhar mecanismos para tentar zerar a fila de espera por benefícios. A Estratégia Nacional de Atendimento Tempestivo (ENAT), criada a partir de uma resolução publicada no Diário Oficial da União desta sexta-feira, determina que unidades da Previdência Social e a administração geral do instituto comecem a investir em ações para otimizar a gestão, aumentar a produtividade e a eficiência na análise dos pedidos e na conclusão dos requerimentos de reconhecimento inicial de direitos.

A medida trata dos pedidos de reconhecimento inicial de direitos e prevê que estes sejam concluídos em até 45 dias a partir da entrada dos documentos pelos beneficiários. Apenas casos que tenham pendências de cumprimento de exigência por parte do segurado requerente estariam fora dessa exigência.

Diante da nova estratégia, tanto a Administração Central do INSS, quanto superintendências regionais, gerências e agências da Previdência Social serão obrigadas a reforçar quadros técnicos, logísticos e humanos, para assegurar, de forma permanente, o atendimento tempestivo aos segurados e beneficiários da Previdência Social.

Atualmente, o órgão tem milhões de pedidos aguardando uma decisão. Com a definição da celeridade da análise como regra definitiva, serão definidas metas de atendimento e monitoramento da eficiência e produtividade dos serviços prestados pelo instituto.

O presidente do INSS, Renato Vieira, chegou a sinalizar que até a dinâmica de trabalho poderia ser alterada para que os servidores passassem a ser remunerados a partir de controle de produtividade.

Pelo texto, o órgão também ficará obrigado a divulgar aos servidores, às unidades, aos órgãos de Controle externos e internos e à sociedade, periodicamente, os avanços obtidos com a implementação da estratégia e adotar providências necessárias para aumentar o volume de concessões automáticas de benefícios, com controle e segurança desses benefícios.

Para estimular a implementação do programa, ainda serão mapeadas boas práticas nacionais e internacionais e estimuladas medidas de gestão que contribuam para o aumento da eficiência da análise dos requerimentos de reconhecimento de direitos.

 

 

Senado aprova mudanças para endurecer Lei Maria da Penha

Domingos Matos, 08/08/2019 | 18:43

No dia em que a Lei Maria da Penha completou 13 anos, o plenário do Senado Federal aprovou duas medidas para combater a violência contra a mulher no país. Entre as propostas está a modificação na lei para permitir, como medida protetiva a vítimas de violência doméstica, a apreensão imediata de arma de fogo em posse do agressor. A matéria segue para sanção presidencial.

Pelo texto, assim que houver o registro de ocorrência de violência doméstica, a autoridade policial deve verificar se o agressor possui registro de porte ou posse de arma de fogo. Nessa hipótese, deve notificar à instituição responsável pela concessão do registro ou da emissão do porte.

Segundo a relatora da matéria, senadora Leila Barros (PSB-DF), a alteração na Lei Maria da Penha pode “salvar a vida de muitas mulheres”. Para ela, as medidas protetoras dessa lei representam um instrumento importante e célere na prevenção de eventuais agressões praticadas contra as mulheres.

“Todavia, nem sempre a concessão da medida protetiva de urgência ocorre no tempo necessário para prevenir a agressão e a morte da mulher, em especial quando o agressor possui arma de fogo a sua disposição”, disse.

Divórcio
Os senadores aprovaram também projeto de lei da Câmara (PL 510/2019) que assegura prioridade nos processos judiciais de separação ou divórcio à mulher vítima de violência doméstica. Por ter sido modificada no Senado, a matéria retorna para apreciação da Câmara dos Deputados.

O projeto, de autoria do deputado Luiz Lima (PSL-RJ), sofreu alterações ainda na Câmara dos Deputados. Lá, foi incluída a possibilidade de os juizados de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher terem a competência para julgar essas ações.

Pela proposta da Câmara, ficam garantidos à mulher os seguintes direitos: ser informada sobre a possibilidade de ingresso imediato da ação de divórcio, de que a decisão sobre a ação não dependa da definição sobre a partilha de bens, e sobre o direito de preferência na tramitação da ação, mesmo que a violência ocorra após o ajuizamento da demanda.

No Senado, o relator na CCJ, senador Alessandro Vieira (Cidadania-SE), propôs mudanças no texto, como a alteração do Código de Processo Civil, para permitir à mulher vítima de violência doméstica e familiar o ajuizamento das ações de divórcio, separação, anulação de casamento e reconhecimento ou dissolução de união estável perante o foro do seu domicílio ou de sua residência.

  

 

Acusado de assalto é o 47° preso pelo Reconhecimento Facial da SSP

Domingos Matos, 07/08/2019 | 09:16
Editado em 06/08/2019 | 22:16

Foragido da Justiça, Alisson de Assis Ferreira, 28 anos, é o 47° suspeito capturado, na Bahia, pelo sistema de Reconhecimento Facial da Secretaria da Segurança Pública. A prisão ocorreu, na tarde desta terça-feira (6), no metrô de Salvador.

Alisson chegou a percorrer mais de uma estação, mas foi acompanhado e detido por policiais militares. Com mandado de prisão em aberto pela prática de roubos, na Região Metropolitana de Salvador, o criminoso foi encaminhado para a Central de Flagrantes onde foi cumprida a determinação judicial.

"Vamos avançar com o sistema de Reconhecimento Facial para as cidades da RMS e interior, com a mesma eficiência que estamos presenciando em Salvador e que também ficou evidenciada na Micareta de Feira de Santana", afirmou o secretário da Segurança Pública, Maurício Teles Barbosa.

 

Homenagens a personalidades marcam comemoração do aniversário de Itabuna

Domingos Matos, 30/07/2019 | 09:43

O final de semana foi marcado por  muita emoção e reconhecimento com a outorga da Comenda Firmino Alves e da Medalha de Honra ao Mérito. Autoridades políticas, do judiciário, médicos, empresários, servidores do município, entre outros convidados, participaram das solenidades que marcaram as comemorações dos 109 do município.

Uma performance especial da Orquestra Sinfônica da Bahia e do Ballet do Teatro Castro Alves numa apresentação conjunta, no sábado (27), encantou o público presente no Teatro Municipal de Itabuna Candinha Dória. Eles usaram da criatividade e de muita inteligência para contar a história do Soldado Igor Stravinsky. Já no domingo (28), o Ballet Tchu e Cia deixou a plateia concentrada numa perfeita apresentação.

Mas o ponto alto da programação foi à outorga da Medalha de Honra ao Mérito e da Comenda Firmino Alves, dias 27 e 28, respectivamente, concedidas a pessoas e personalidades que contribuem para o desenvolvimento de Itabuna. Vale ressaltar que no domingo (28), ainda aconteceu a Missa Solene celebrada na Catedral de São José pelo padre Gilvan de Oliveira, na presença de fieis e servidores da Prefeitura Municipal de Itabuna.

Homenagens

Sobre a Comenda Firmino Alves, maior honraria do município que possui o nome do fundador de Itabuna – Firmino Alves -, foi instituída na gestão do prefeito Fernando Gomes, conforme a lei de nº1.974, de 24 de outubro de 2005.

Ela foi concedida a Secretária de Cultura do Estado da Bahia, Arany Santana; ao comerciante Alencar Pereira da Silva, o popular Caboco Alencar, do ABC da Noite, considerado um patrimônio Histórico e Cultural de Itabuna; ao engenheiro Civil Jorge Ribeiro Carrilho; o ex-prefeito José Oduque Teixeira; a professora Maria Rita de Almeida Fontes (Tia Rita – in memorian); o artista plástico Renato Afonso M. de Souza (Renart); a maestrina Zélia Lessa; o Desembargador José Edvaldo Rocha Rotondano, ex-presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia; o Desembargador Edmilson Jatahy Fonseca Júnior, presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia.

Já a Medalha de Honra ao Mérito foi concedida a mais de 40 pessoas que também deram e continuam dando importante contribuição cultural, política e econômica para o município de Itabuna, entre eles, Secretários Municipais, políticos, médicos, entre outros profissionais. Para a Secretária de Cultura da Bahia, Arany Santana, que fez uso da palavra em nome dos homenageados, o teatro está pronto, “no entanto, é agora começará o trabalho da gestão deste equipamento, e nós do Governo da Bahia, através da Secult, estamos à disposição para contribuir para que este seja de fato um espaço de cultura, sustentável e importante para toda região”.

Projeto promove protagonismo entre colaboradoras do Conjunto Penal de Itabuna

Domingos Matos, 22/07/2019 | 14:21

Mulheres colaboradoras da Socializa no Conjunto Penal de Itabuna (CPI) são as protagonistas de um projeto de integração, que busca a equidade de gêneros no ambiente de trabalho, por meio da valorização e empoderamento das mulheres. As primeiras beneficiadas foram as colaboradoras que atuam na Unidade de Alimentação e Nutrição.
Cozinheiras, ajudantes, técnicas em nutrição, auxiliares administrativas, nutricionistas participaram, na sexta-feira (19), de um dia especial, em um hotel da cidade, que envolveu palestras, atividades lúdicas, momentos de beleza e reconhecimento.

O projeto, assinado pela nutricionista Thaianne Novais, responsável técnica pela UAN do Conjunto Penal, tem como justificativa as “diversas indicações de que o trabalho remunerado ocupa, cada vez mais, uma parte importante da vida das mulheres”. Assim, o objetivo é “apoiar e confirmar a equidade de gêneros, já existentes no Conjunto Penal de Itabuna, além de ressaltar a mulher no processo de trabalho”.

Programação

Além da palestra “Equidade de Gêneros: Empoderamento Feminino no Ambiente de Trabalho”, as mulheres tiveram aula de ioga, massagem terapêutica, almoço especial, além de uma vasta programação com profissionais de estética, que proporcionaram um verdadeiro “dia de beleza”, com design de sobrancelhas, modelamento capilar entre outros. Todas ganharam brindes.

Ao todo, cerca de 20 mulheres fizeram parte do primeiro projeto, que servirá como piloto, uma vez que será estendido às mulheres dos demais setores da empresa.

Reconhecimento Facial flagra primeira mulher foragida em Salvador

Domingos Matos, 15/07/2019 | 11:35
Editado em 15/07/2019 | 14:41

A tecnologia moderna de Reconhecimento Facial, pioneira na Bahia, flagrou, na noite de sábado (13), a primeira mulher em Salvador foragida da Justiça. Eliene Santos Correia, 39 anos, foi capturada na Estação Rodoviária, após alerta do sistema da Secretaria da Segurança Pública.

Foragida por envolvimento direto com tráfico de drogas, na região da Boca do Rio, Eliene foi acompanhada pelas câmeras da SSP. Quando o sistema apontou 98% de semelhança com a foto da criminosa, no banco de dados policial, uma equipe da 1ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM/Pernambués) foi acionada.

A dupla de militares conduziu Eliene até a Central de Flagrantes onde foi realizada a identificação da foragida. Acompanhando ela, tinha um homem que cumpre pena em regime semiaberto. Como não havia irregularidade, ele foi ouvido e liberado.

"Nosso efetivo trabalha 24h e em sintonia com as guarnições da PM e equipes da PC, nas ruas. Esse trabalho integrando tecnologia e agilidade nos garante o bom desempenho da ferramenta", disse o superintendente de Telecomunicações da SSP, coronel Antônio Carlos Silva Magalhães.

Itacaré realiza mais uma coleta de DNA do Projeto Pai Presente

Domingos Matos, 09/07/2019 | 17:02

A Prefeitura Municipal de Itacaré e o Tribunal de Justiça da Bahia, através do Centro Judiciário de Solução Consensual de Conflitos (Cejusc), estão promovendo no próximo dia 25 de julho mais uma edição do Projeto Pai Presente, com a coleta de dados para o reconhecimento de paternidade. Os interessados em utilizar esses serviços precisam estar atentos, porque o agendamento e a entrega dos documentos devem ser realizados até o dia 24 de julho, no Cejusc, localizado na Praça Santos Dumont (Praça dos Cachorros).

Nessa edição serão realizados 30 atendimentos. A ação tem como principal objetivo realizar testes de DNA gratuitos para as pessoas que não possuem nome do pai em seu registro de nascimento. Para saber mais informações sobre quais os documentos necessários, como acontecerá o atendimento e como será feito os exames, basta entrar em contato através do email cejuscitacare@gmail.com, pelo telefone (73)988656668 ou diretamente no Cejusc, na Praça Santos Dumont (Praça dos Cachorros), 60, centro de Itacaré.

O Projeto Pai Presente Estimula o reconhecimento de paternidade de forma gratuita e sem precisar ingressar com processo judicial. Destina-se aos pais que desejam realizar o reconhecimento espontâneo tardio, após o registro da criança apenas pela mãe, ou aos casos em que há dúvida quanto à paternidade, com a realização de exame de DNA, quando necessário.

Criado pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e acolhido inicialmente pela Corregedoria de Justiça do TJBA em 2010, o projeto foi implementado pela Presidência do Tribunal e Justiça baiano em 2013, por meio da Resolução nº 8, de 17 de abril de 2013, período em que a Assessoria Especial da Presidência para Assuntos Institucionais (AEPII) passou a coordenar a ação.

Cerimônia transfere sede do Governo para Cachoeira

O ato destaca a importância do município nas batalhas travadas pela conquista da independência do Brasil

Domingos Matos, 25/06/2019 | 15:02

A cidade de Cachoeira, no Recôncavo baiano, se tornou sede do Governo do Estado, nesta terça-feira (25), pelo 12º ano consecutivo. O ato destaca a importância do município nas batalhas travadas pela conquista da independência do Brasil, que tiveram início no dia 25 de junho de 1822. O evento histórico resultou na libertação baiana do domínio português, em 2 de julho do ano seguinte.

Representante do Governo no evento, a secretária estadual de Cultura, Arany Santana, participou dos atos tradicionais da ocasião, como o hasteamento da bandeira, o Te Deum - cerimônia religiosa realizada na paróquia da cidade -, e a sessão solene na Câmara Municipal. 

De acordo com Arany, a data é importante não somente para Cachoeira e para a Bahia, mas para o Brasil. “Hoje, a cidade de Cachoeira relembra o 25 de junho de 1822, quando autoridades e o povo cachoeirano e de cidades vizinhas tiveram a adesão da Igreja e seguiram para a Câmara, para aclamar Dom Pedro I como príncipe regente do Brasil. Esse foi o primeiro passo para a luta da nossa independência. A heróica Cachoeira tem o privilégio de ter dado o primeiro passo para a independência do país”, ressaltou a secretária.

Ainda segundo a Arany Santana, desde o dia 1º de junho, a Secretaria de Cultura do Estado (Secult) vem realizando uma série de atividades históricas e culturais nas cidades do Recôncavo, na Rota da Independência, com rodas de conversa nas escolas e exposições. "O Governo se faz presente e celebra todo o mês de junho, especialmente na comemoração do 25 de junho. O objetivo é destacar que a data é um momento de orgulho para todos nós”, explicou. 

Aos 92 anos, conhecida e reconhecida como doutora do samba, Dalva Damiana de Freitas se produziu toda para a data, com roupa de baiana e colares de contas e búzios. "Cachoeira é tudo para mim. Sou operária, criei meus filhos e me sinto orgulhosa com este reconhecimento, que é trazer a sede do Governo para Cachoeira. Isso fortalece a cidade", opinou.

Natural de Feira de Santana, o professor Francisco Freitas também prestigiou o evento.  “Vejo esta celebração como uma forma de passar para os mais novos sobre esse fato histórico na cidade. A cerimônia resguarda a tradição”, destacou. 

Te Deum 

O padre Hélio Vilas Boas afirma que o Te Deum é um hino de louvor ao Deus libertador. "No dia 25 de junho de 1822, a população se reuniu nessa igreja, onde foi realizado o primeiro Te Deum por um Brasil livre. Então, a cada ano, reforçamos a memória do 25 de junho, comemorando a data, louvando e bendizendo a Deus pelo ideal de liberdade".

Acesse com seus dados:

ou
Ainda não tem acesso?
Registre-se em nosso Blog.