Tag: reducao

Em quatro anos, houve redução de 16% em acidentes nas rodovias baianas

Domingos Matos, 07/02/2019 | 18:07

A Bahia teve uma redução de aproximadamente 16% no número de acidentes em rodovias estaduais, em comparação aos anos de 2015 e 2018. Em 2015, houve 6.021 ocorrências, enquanto 5.023 acidentes ocorreram no ano passado. Uma diminuição de 998 ocorrências registradas em estradas baianas em quatro anos. A informação é do Sistema de Acidente e Estatística de Trânsito (ACT), da Secretaria de Infraestrutura do Estado (Seinfra).

Também houve no estado uma diminuição de cerca de 5% em relação ao número de mortes em rodovias baianas entre os anos de 2017 e 2018. No ano passado, foram 343 vítimas fatais e 703 feridos por conta de acidentes. Em 2017, ocorreram 361 mortes e 711 feridos. 

Ainda de acordo com o relatório, a principal causa de ocorrências em 2018 foi a imprudência do motorista como falta de atenção, excesso de velocidade e ultrapassagem indevida, com 3.436 registros. A rodovia com maior quantidade de acidentes no último ano foi a BA-099, com 584 casos. Em seguida, a BA-001, com 489 registros, e a BA-262, com 253 acidentes.

Em busca de contribuir com a melhoria na segurança viária, a Secretaria de Infraestrutura promoveu a entrega de novas viaturas e etilômetros para o Batalhão de Polícia Rodoviária Estadual (BPRv), para que as fiscalizações nas estradas fossem intensificadas. Além disso, a Seinfra também promove ações com foco na promoção de um trânsito mais seguro. 

“Realizamos workshops, cursos para policiais rodoviários e campanhas educativas, como o Programa de Educação para o Trânsito, com objetivo de ajudar na capacitação dos agentes de trânsito e também tornar o motorista mais prudente ao conduzir o veículo”, destaca o secretário de Infraestrutura, Marcus Cavalcanti.

Polícia constata redução de 20% de vítimas fatais de acidentes nas estradas

Domingos Matos, 03/01/2012 | 10:07
Editado em 03/01/2012 | 10:08

A Polícia Rodoviária da Bahia divulgou nesta segunda-feira (2) os números da Operação reveillon 2011, realizada nas rodovias estaduais e federais delegadas ao Derba, entre os dias 30 de dezembro de 2011 e 1º de janeiro deste ano.

Segundo diagnósticos da polícia, foram abordados 2.288 veículos, registrados 37 acidentes com oito feridos leves, 21 feridos graves e quatro vítimas fatais, sendo constatada uma redução de 20% no número de vítimas fatais e de 17,78% no número de acidentes, em relação ao mesmo período do ano passado.

Dia do Trabalhador será marcado por luta pela redução da carga horária

Domingos Matos, 26/04/2011 | 20:01
Editado em 26/04/2011 | 20:11

Em todo o país, as centrais sindicais vão fazer manifestações pela redução da carga horária de trabalho, de 44 para 40 horas semanais, através da aprovação da Proposta de Emenda Constitucional (PEC 231/95) que espera há 16 anos para ser aprovada no Congresso Nacional.

A PEC 231/95 propõe reduzir a jornada de trabalho das atuais 44 horas para 40 horas. Aumenta também de 50% para 75% o adicional da hora extra. A discussão em torno do assunto é anterior a 1995. Na assembléia constituinte de 1988, houve um forte debate para decidir qual seria a carga horária do trabalhador brasileiro. A jornada de 44 horas acabou prevalecendo.  

Além da luta pela Redução da Jornada de Trabalho para 40 horas semanais sem redução dos salários, o Primeiro de Maio em todo o Brasil será um momento de intensificar a pressão pelo aumento do Salário Mínimo de 580,00, a correção da tabela do IR, o Piso Regional, a intensidade das lutas na defesa de uma agenda positiva pela manutenção e ampliação das conquistas sociais e trabalhistas.

Em Itabuna as atividades do Primeiro de Maio são coordenadas pela Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil CTB/Regional Sul da Bahia) e seus sindicatos filiados, a saber: Sindicato dos Bancários, Comerciários, Sintratec (Têxteis e Calçadistas), Sindserv (Servidores Municipais), Sindimed (Médicos), Sindicacau (Alimentação), Sindiacs/ACE (Agentes Comunitários de Saúde e de Endemias), STR (Rurais), Sintracom (Construção Civil), e Sintragráficos.

No sábado, dia 30 de abril, a partir das 18 horas acontece o I Encontro Gospel dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Sul da Bahia com a participação de bandas e cantores evangélicos. No domingo, 01/05, as atividades serão concentradas na Usemi, a partir das 8 horas.

Além dessas entidades sindicais, as atividades do Primeiro de Maio em Itabuna contam com apoios e participações de lideranças dos movimentos sociais, estudantis e de associação de moradores.

A CTB firmou parcerias com a Faculdade de Ciências e Tecnologia (FTC), Centro de Referência em Saúde do Trabalhador (Cerest), Departamento de Transito (Detran) e com o Serviço de Atendimento ao Cidadão (SAC) para oferecer aos presentes nas atividades serviços sociais, entre outros.

Além disso, a parte festiva das comemorações pelo Primeiro de Maio em Itabuna contará com apresentações das Bandas Nova Era, Bis e Zabumbahia.

Capitão Fábio prevê redução dos índices de criminalidade com Ronda no Bairro

Domingos Matos, 17/08/2010 | 08:32
Editado em 17/08/2010 | 08:37

Capitão FábioA implantação do programa Ronda no Bairro em Itabuna foi destacada pelo deputado estadual Capitão Fábio, como um exemplo de ação eficiente de combate à criminalidade. O programa chega a Itabuna depois de ser executado com sucesso na periferia de Salvador e em Feira de Santana.

O Ronda no Bairro foi iniciado na quinta-feira (12) em Itabuna e está sendo executado nos bairros Maria Pinheiro, Fonseca, Novo Fonseca, Pedro Jerônimo, Daniel Gomes, Zizo, São Pedro, São Judas, São Caetano, Sarinha, Novo São Caetano, Jaçanã, Jardim Primavera, Novo Jaçanã, Banco Raso, Vila Anália e Gogó da Ema. O trabalho da polícia será permanente.

Serão utilizadas cinco viaturas e cinco motos, com 80 policiais militares fazendo o policiamento 24 horas. "O Ronda no Bairro diminuiu os índices de criminalidade em Salvador e Feira de Santa e terá impactos positivos na redução da violência em Itabuna", disse o capitão Fábio, que durante seu mandato tem feito gestões junto às autoridades para melhorar a estrutura do setor de segurança pública no Sul da Bahia.

Acesse com seus dados:

ou
Ainda não tem acesso?
Registre-se em nosso Blog.