Tag: saude

Santa Casa é 12X8: Feira de saúde faz um alerta sobre os perigos da hipertensão arterial

Domingos Matos, 23/04/2019 | 15:38

Na próxima sexta-feira (26), Dia Nacional de Prevenção e Combate à Hipertensão Arterial, a Santa Casa de Misericórdia de Itabuna realizará a feira de saúde “Santa Casa é 12x8”, que tem como objetivo alertar os colaboradores da instituição e o público externo sobre os perigos da hipertensão para a saúde.

A ação vai acontecer nos Hospitais, Manoel Novaes e Calixto Midlej, das 9h30 às 11h e das 15h30 às 17h, com informações e orientações nutricionais, aferição de pressão, fisioterapia e ginástica laboral.

A Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (CIPA) do Hospital Calixto Midlej Filho, juntamente com o Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho (SESMT) da Santa Casa de Misericórdia de Itabuna, desenvolvem e apoiam ações que visam a promoção da saúde e a prevenção de doenças, reforçando a importância de se obter um estilo de vida saudável, para evitar e/ou controlar doenças, como a hipertensão.

Popularmente conhecida como pressão alta, a hipertensão arterial é uma doença crônica caracterizada pelos níveis elevados da pressão sanguínea nas artérias e ocorre quando os valores das pressões máxima e mínima são iguais ou ultrapassam os 140/90 mmHg (ou 14 por 9). Segundo o Ministério da Saúde, 25% da população brasileira é acometida pela doença. 

 

Itacaré sediará Conferência Municipal de Saúde no dia 30 de abril

Domingos Matos, 11/04/2019 | 09:07

Representantes dos mais diversos segmentos da comunidade de Itacaré estarão participando da 6ª Conferência Municipal de Saúde, que acontecerá no dia 30 de abril, das 7 às 17 horas, na Associação Tribo Porto de Trás. O encontro,a princípio, estava programado para acontecer nesta sexta-feira (12), mas diante da necessidade de ampliar a participação popular, a coordenação do evento decidiu realizar no próximo dia 30.

A Conferência Municipal de Saúde tem como principal objetivo avaliar a situação de saúde e propor diretrizes para a formulação da política para o setor nas esferas municipal, estadual e federal. O encontro é aberto a toda a comunidade e tem como meta melhorar cada vez mais o atendimento na área da saúde em Itacaré e discutir com a população ações e propostas que possam avançar ainda mais esse setor.

Na Conferência Municipal serão aprofundadas as discussões iniciadas nas Pré-Conferências realizadas nesta pela Prefeitura de Itacaré, através da Secretaria Municipal de Saúde, nas unidades de atendimento do município, da sede e da zona rural. As deliberações da Conferência devem servir para orientar os governos na elaboração dos planos de saúde e na definição de ações que sejam prioritárias nos âmbitos estaduais, municipais e nacional. Esse ano a 6ª Conferência Municipal de Saúde terá como tema “Democracia e Saúde”, com enfoque na saúde como direito e na consolidação e financiamento do SUS.

O prefeito de Itacaré, Antônio de Anízio, explica que a cada dia o município vem buscando um atendimento melhor na área de saúde, com a construção de postos médicos e odontológicos, contratação de profissionais nas mais diversas áreas, melhorias das unidades, aquisição de veículos e abrindo o diálogo com a comunidade. E a conferência, segundo ele, é uma forma democrática de traçar as diretrizes para as políticas públicas de saúde, daí a importância da participação social “É através desse processo que a população pode contribuir ativamente no desenvolvimento destas políticas para melhorarmos cada vez mais a saúde em nosso município e em todo o país”, destacou

Profissionais da Saúde participam de seleção para o curso de preceptores do SUS

Domingos Matos, 04/04/2019 | 16:40

Com o objetivo de contribuir para melhoria da atenção à saúde no SUS, a Prefeitura, através da secretaria de Saúde (Sesau), em parceria com o Ministério da Saúde, selecionou na última terça-feira (2), candidatos para uma formação de preceptores do SUS, com durabilidade de 1 ano. O curso, que ocorrerá na sede da secretaria, no centro de Ilhéus, é dirigido a profissionais e estudantes dos cursos de graduação em Medicina, que atuam em cenários reais de cuidado à saúde.  

A iniciativa foi desenvolvida através de um convênio firmado com o Hospital Sírio-Libanês de São Paulo, Congresso Nacional de Saúde (CONAS) e Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (CONASEMS), que selecionou os municípios de Itabuna e Ilhéus para participarem da ação. Conforme orienta o projeto, a capacitação se destina preferencialmente, aos profissionais que atuam favorecendo a articulação ensino-trabalho e a utilização da abordagem construtivista na educação de adultos.

Durante a formação, projetos de intervenção ganham destaque na proposta de melhoria na assistência à saúde dos municípios pactuados, como contou a apoiadora e facilitadora de aprendizagem, Maria Hercília Valladares. “Ao articularmos a formação deste público de saúde nos cenários do SUS colocamos essas diferentes modelagens e suas fundamentações em reflexão”, ressaltou. Ao todo, 40 candidatos de Ilhéus e Itabuna participaram da seleção, dos quais, 20 serão contemplados com o curso.

Formação – A preceptoria é uma modalidade de ensino em serviço, que forma profissionais em cenários de prática e que tem ocupado papel de destaque quando se discute a formação deste profissional de saúde. A preceptoria atende às Diretrizes Curriculares Nacionais para os cursos de graduação na saúde e ao princípio do SUS que preconiza a formação profissional no cenário de prática.

Os articuladores pontuam ainda que a ação propõe ainda reorientar a modelagem da atenção à saúde para sistemas integrados; articulação da promoção, preservação e recuperação da saúde, colocando em foco os resultados que agregam valor à saúde das pessoas. A vivência em sistemas integrados oportuniza para estudantes e profissionais uma atuação a partir da identificação de necessidades de saúde das pessoas e populações.

 

Policlínica Regional de Saúde em Itabuna vai atender 31 municípios do Sul da Bahia

Domingos Matos, 03/04/2019 | 13:29

As obras da Policlínica Regional de Saúde do Consórcio Público Interfederativo de Saúde da Região de Itabuna e Ilhéus seguem em ritmo acelerado e devem estar concluídas no segundo semestre deste ano. Com investimentos de R$ 27 milhões do Governo da Bahia, a policlínica atenderá 31 municípios do Sul da Bahia. A unidade de saúde, que está sendo construída em Itabuna,  oferecerá uma série de especialidades médicas, a exemplo de angiologia, cardiologia, endocrinologia, gastrenterologia, neurologia, ortopedia, oftalmologia, otorrinolaringologia, ginecologia/obstetrícia, mastologia e urologia.

Também serão oferecidos serviços como ressonância magnética, tomografia, mamografia, ultrassonografia com doppler, ecocardiografia, ergometria, mapa, holter, eletroencefalograma, eletromiografia, raio-X, eletrocardiograma, endoscopia, colonoscopia, nasolaringoscopia, colposcopia, entre outros, ligados às especialidades de oftalmologia.

Além disso, serão realizados procedimentos como vasectomia, cauterização, pequenas cirurgias e cuidados com o pé diabético, além de biópsias de mama, tireóide, próstata, dérmica, gastroenteral. O Governo do Estado irá adquirir 16 micro ônibus para o deslocamento dos pacientes e acompanhantes até Itabuna.

Consórcio Intermunicipal

A Policlínica Regional tem como  participantes do consórcio os municípios de Almadina, Arataca, Barro Preto, Buerarema, Camacan, Canavieiras, Coaraci, Firmino Alves, Floresta Azul, Gongogi, Ibicaraí, Ibirapitanga, Ilhéus, Itabuna, Itacaré, Itajú do Colônia, Itajuípe, Itapé, Itapitanga, Itororó, Jussari, Maraú, Mascote, Pau Brasil, Potiraguá, Santa Cruz da Vitória, Santa Luzia, São José da Vitória, Una, Uruçuca e Aurelino Leal.

O equipamento terá gestão compartilhada entre o governo estadual, que financia 40% dos custos mensais, enquanto os municípios consorciados vão cobrir os 60% restantes proporcionalmente à população de cada cidade.

Unidade de Saúde da Urbis IV será entregue em março, garante secretário

Domingos Matos, 13/02/2019 | 17:07

O Secretário de Saúde de Itabuna, Jozimar Salles, pediu celeridade nas obras de reforma da Unidade de Saúde da Família Dr. Elson Duarte, no bairro Urbis IV, a fim de que as comunidades daquele bairro e de outras áreas vizinhas possam voltar a receber o atendimento necessário. O titular da SMS acompanha o trabalho no local e acredita que até o inicio de março próximo, a unidade seja entregue às famílias. “O prédio está sendo totalmente reestruturado e oferecerá maior conforto, segurança e comodidade para os pacientes cadastrados na unidade”, reforçou.    

As obras da USF da Urbis IV foram iniciadas no ano passado e de lá pra cá foram executados diversos serviços que envolveram desde o piso, o telhado, as  instalações hidráulicas e elétricas e, por último, será feita a pintura das paredes internas e externas, além da limpeza da área ao redor do prédio.

O secretário de saúde informou que mesmo em reforma, os moradores não ficaram sem assistência à saúde básica na rede municipal. O atendimento está sendo feito no Campus I da Unime, na Avenida José Soares Pinheiro, no bairro Lomanto. Jozimar Sales disse reconhecer o transtorno que as família enfrentam em função da transferência, “mas é por uma boa causa”, garante.

A diretora do Departamento de Atenção Básica da SMS, Dhayse Gonçalves também reforça o compromisso do prefeito Fernando Gomes e do secretário de Saúde, Jozimar Salles, de promover em Itabuna, uma saúde de qualidade, dignidade e respeito aos pacientes do SUS. Ela afirma que o município tem trabalhado  no sentido de conduzir as políticas da Atenção Básica em Itabuna, “que permitam o acesso das famílias a equipamentos confortáveis e em  condições dignas de atendimento”.

A proposta da Secretaria de Saúde de Itabuna, segundo ela, é de manter o  cronograma de reforma direcionando atenção imediata para aquelas unidades de saúde que necessitam de melhoria em sua estrutura física. Dhayse justifica que as verbas não são suficientes para atender a todas as unidades ao mesmo tempo. Lembra que a demanda é grande, “mas o esforço e o desejo de melhorar também são”, assegura

 

Seminário fortalece integração da rede municipal de saúde de Ilhéus

Domingos Matos, 11/02/2019 | 17:07

Diretores, coordenadores e representantes técnicos da Secretaria Municipal de Saúde (Sesau), participaram do Seminário Integrador, Planejamento e Gestão, realizado pela Sesau, no auditório da Faculdade Madre Thais, realizado nos últimos dias 6 e 7.  O principal objetivo do encontro foi interligar todos os departamentos da Sesau para que juntos possam identificar, planejar e solucionar possíveis problemas existentes na estrutura da pasta.

O prefeito Mário Alexandre esteve presente no seminário e destacou a importância da iniciativa. ”Muito bom ver os profissionais da saúde envolvidos em momentos de integração e de união em um mesmo propósito, o de aperfeiçoar cada vez mais os serviços da saúde no município, que já estão bons e vão melhorar ainda mais”, enfatizou. O encontro contou também com a presença do diretor do Hospital Vida Memorial, Valter Júnior, que ministrou palestra sobre humanização.

Segundo o secretário municipal de Saúde, Geraldo Magela, é fundamental que a equipe da Sesau dê um passo a diante, avance no sistema de acolhimento dos pacientes, na melhoria da integração da rede, para reduzir custos e aumentar a eficácia do serviço. ”O nosso objetivo é obter maior eficiência nos resultados, estamos com esse seminário para integrar essa equipe, preparar esses profissionais, para que no dia a dia consigamos melhorar o acolhimento de nosso cliente que é a população”, explicou Magela.

 

Prefeito de Itacaré inaugura Unidade de Saúde da Família de Pancada Grande

Domingos Matos, 04/02/2019 | 08:07

O Assentamento Pancada Grande, na zona rural de Itacaré, já conta com um novo posto de saúde para melhor atender a comunidade local e das regiões mais próximas. O prefeito de Itacaré, Antônio de Anízio, entregou na tarde da última sexta-feira a Unidade de Saúde da Família André Martins da Silva, que já está em pleno funcionamento com atendimento médico e posteriormente será implantado o serviço odontológico.

Durante a solenidade de Inauguração, o presidente do Assentamento Pancada Grande, José Alves Bubu, falou das lutas da comunidade, dos projetos em andamento e das vitórias somadas a cada dia. Também destacou que o posto de saúde representa a concretização de mais um sonho dos moradores. O novo posto foi construído com recursos próprios da Prefeitura de Itacaré e contou com o apoio da comunidade de Pancada Grande. No local foi implantada uma sala de recepção e espera, farmácia, consultórios, banheiros e copa. O atendimento ficará por conta do médico Dr. Sérgio e a enfermeira Isadora, que já ´prestavam serviços nessa localidade e conhecem de perto a comunidade e a realidade local.

O prefeito de Itacaré, Antônio de Anízio fez questão de reafirmar o compromisso com a saúde e com os mais diversos setores da comunidade, principalmente a zona rural, que é o povo que mais precisa dos serviços. De acordo com ele, apesar de todas as dificuldades enfrentadas pelos municípios, tem sido possível honrar os compromissos e ainda assim realizar obras, serviços, eventos e investimentos em toda Itacaré. O novo posto, com todo o suporte de medicamentos e profissionais de saúde, vai assegurar muito mais comodidade, melhor atendimento, possibilitará o acompanhamento dos pacientes e evitará o deslocamento dos moradores.

A solenidade de inauguração da Unidade de Saúde da Família André Martins da Silva contou com a presença do vice-prefeito Genilson Souza, do ex-prefeito Roberto Setúbal, que deu a sua contribuição da formação do Assentamento Pancada Grande, dos vereadores Miguel da Matinha, Givaldo Anes e Benilton da Passagem, do secretário de Saúde Ricardo Lins, responsável pelo acompanhamento e atendimento na unidade, dos demais secretários municipais, representantes de diversas associações, órgãos estaduais, comitiva do deputado estadual Rosemberg Pinto, que tem destinado projetos para o local, além da comunidade que foi conhecer a unidade e comemorar a realização de mais essa vitória para o Assentamento Pancada Grande.

 

Saúde dos olhos: Você sabe o que é pterígio?

Domingos Matos, 29/01/2019 | 16:01

Mais conhecido como “carne no olho”, o pterígio é um espessamento vascularizado da conjuntiva, membrana transparente que recobre toda a região branca do olho e se estende até o ângulo interno da fenda palpebral.

O Dr. Elson Cabral Velanes Neto (foto), especialista em Catarata do DayHORC, empresa do Grupo Opty em Itabuna (BA), explica que a doença se alastra para a córnea e apresenta vasos sanguíneos e tecido fibroso, o que pode deixá-la opaca e causar a distorção da curvatura. “O pterígio traz sintomas como prurido, sensação de areia nos olhos, fotofobia, lacrimejamento e hiperemia ocular”, diz.

As causas do pterígio não são conhecidas, todavia, sabe-se que fatores genéticos, bem como ambientais, como a exposição ao sol, à poeira e ao vento, podem favorecer o surgimento do pterígio.

Embora não seja uma doença ocular grave, o pterígio pode afetar a visão caso se estenda na região central da córnea. Em casos de sintomas como ardência e hiperemia, o oftalmologista pode prescrever colírios para aliviar o problema, mas a remoção do pterígio ocorre por meio de cirurgia. O especialista diz que existem diversas técnicas cirúrgicas, algumas delas capazes de reduzir o risco de recidiva.

Uma das técnicas é a excisão do pterígio, associada ao recobrimento da área exposta com um enxerto ou retalho da conjuntiva do próprio paciente (autotransplante conjuntival) ou com membrana amniótica. “A recorrência após a cirurgia é muito comum se não for utilizado o transplante durante a cirurgia”, conclui. O hábito de usar óculos escuros com filtro UV é uma forma de prevenção da doença, segundo o especialista do DayHORC.

 

Governo quer implantar 200 salas para o tratamento de pé diabético nos municípios baianos

Domingos Matos, 16/01/2019 | 19:01

Foi publicada no Diário Oficial de quarta-feira (16), uma portaria da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) que define os critérios para a implantação de 200 salas para o tratamento do pé diabético e feridas complexas em todo o estado. O objetivo é reduzir o número de amputações decorrentes da falta de controle do diabetes, que entre 2010 e 2018, ocasionou mais de 6 mil amputações.

De acordo com o secretário da Saúde da Bahia, Fábio Vilas-Boas, as amputações decorrentes de complicações do pé diabético constituem um grave problema de saúde pública no Brasil e no mundo, levando em conta as elevadas taxas de internação hospitalar. “Além do impacto social na vida do usuário e da alta mortalidade associada, as amputações estão relacionadas a altos custos diretos e indiretos para o sistema de saúde. Dados do Sistema de Pactuação dos Indicadores (Sispacto) apontam que 25% das internações de pacientes de Salvador, por exemplo, poderiam ser prevenidas por serem condições sensíveis à Atenção Básica. Sem o adequado acompanhamento, o paciente diabético não realiza exames, não toma os medicamentos e acaba por ir a uma emergência de um hospital com o pé infectado que levará, possivelmente, à amputação de um dos membros”, afirma Vilas-Boas.

A portaria prevê que cada município poderá implantar uma Sala de Pé Diabético de referência municipal, a qual competirá, realizar a gestão do leito de feridas; realizar a inspeção sistemática dos pés; orientar os métodos de descarga e uso de palmilha; realizar o desbastamento de calosidades e realizar pesquisa de pulso periférico.

Já à Sesab competirá a disponibilização de equipamentos específicos para diagnóstico do pé diabético e complicações vasculares (Kit para sala de Pé Diabético); a qualificação dos técnicos de enfermagem em podologia; a capacitação da equipe que atuará nas Policlínicas como referência para as Salas de Pé Diabéticos; a realização de teleconsultoria, com inclusão de imagens e exames, para auxiliar a conduta dos profissionais; a realização de webpalestras relacionadas ao tema; a articulação com as Secretarias Municipais de Saúde para implantação dos pontos de atenção e fluxos de referenciamentos; e a coordenação do processo regulatório inter-regional.

Adesão - Poderão implantar a Sala de Pé Diabético os 200 primeiros municípios que enviarem o Termo de Adesão, contido na Portaria, devidamente preenchido com os dados solicitados. Os municípios devem encaminhar o Termo de Adesão para o endereço eletrônico dab.assessoria@saude.ba.gov.br, até 60 (sessenta) dias da data da publicação da portaria. A lista de municípios contemplados será publicada no site da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia no prazo de cinco dias após o término do prazo de adesão dos municípios. Ainda de acordo com a portaria, serão priorizados os municípios com população superior a 20 mil habitantes.

Embora as estatísticas sobre as amputações de membros inferiores em diabéticos sejam preocupantes, dados do Centro de Diabetes e Endocrinologia da Bahia (Cedeba) revelam que um bom programa de prevenção é capaz de reduzir as amputações em até 85%, e que ações preventivas devem ser difundidas entre a população no nível assistencial mais próximo, que é a Atenção Básica.

 

 

Upa 24 horas recebe reforço de mais um médico plantonista, diz secretário de Saúde de Itabuna

Domingos Matos, 10/01/2019 | 12:31
Editado em 10/01/2019 | 10:57

A Unidade de Pronto Atendimento (UPA 24), de Itabuna ganhou o reforço com a contratação de mais um médico plantonista, aumentando para quatro o número de profissionais para garantir o atendimento noturno, initerruptamente, conforme anunciou o secretário de Saúde do município, Jozimar Salles.

A unidade já atende cerca de cinco mil pacientes por mês e é considerada como um importante e indispensável serviço de atendimento médico de média complexidade assegurado pelo Sistema Único de Saúde. “É um direito constitucional do cidadão brasileiro que o prefeito Fernando Gomes faz questão de respeitar e por isso vem trabalhando para que o itabunense tenha acesso a uma saúde plena e de qualidade e que atenda aos anseios de nossa comunidade”, frisou o secretário de Saúde.

A UPA 24 instalada no bairro Monte Cristo, funciona como um mini hospital e atende moradores de vários bairros de Itabuna, a exemplo do Santa Inês, Fátima, Califórnia, Nova Califórnia e São Roque  e de acordo com o secretário, a unidade tem cumprido o papel de auxiliar e suprir a grande demanda nos atendimentos emergenciais do município, desafogando, inclusive, os hospitais de Base e o Calixto Midlej Filho, por exemplo.

Jozimar Salles explicou que o atendimento na UPA é feito diuturnamente a pacientes em situação de urgência e emergência que buscam os serviços no local ou são encaminhadas pelo Serviço de Urgência e Emergência (Samu 192).  Trabalham no local durante os sete dias por semana, além dos quatro médicos e uma coordenadora, uma equipe de enfermeiros, um técnico em radiologia e quatro auxiliares técnicos.  

 

Mais de 780 internos são atendidos na III Feira de Saúde do Conjunto Penal de Itabuna

Domingos Matos, 25/09/2018 | 17:56

Consultas clínicas, atendimentos psicológicos, psiquiátricos, fisioterapêuticos, testes rápidos para detecção de infecções sexualmente transmissíveis (IST), palestras, entre outros serviços, mudaram a rotina dos internos do Conjunto Penal de Itabuna, na segunda-feira (24). A III Feira de Saúde do CPI atendeu, ao todo, 786 internos – dos quais, 92 também participaram de duas palestras, sobre prevenção às IST e ao diabetes, promovidas pelo Cerpat e pelo projeto Mutirão do Diabetes.

Além dos profissionais que já atuam no setor de saúde do presídio – médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem e psicólogos – a feira recebeu reforço de profissionais e estudantes de Enfermagem e Medicina, da Unime e da Uesc.

De acordo com o diretor da unidade prisional, capitão PM Adriano Valério Jácome da Silva, essa é uma oportunidade de oferecer uma gama maior de serviços, concentrados em forma de mutirão, a um número maior de internos. “No dia-a-dia atendemos a cerca de 150 pacientes, contando entre homens e mulheres. Na feira atendemos a 786 homens, e ainda realizamos um processo de educação em saúde, com palestras, a mais de 90 desses que foram atendidos também nas diversas especialidades”, destaca.

O diretor afirma que esse modelo de atendimentos concentrados, em parceria com diversas instituições de saúde e educação, públicas e privadas, é importante porque mostra à sociedade que há um trabalho de ressocialização com esse público. A atividade recebeu a visita da OAB-Itabuna.

“A assistência à saúde está na Lei de Execuções Penais, o que já é feito no dia-a-dia. Porém, uma feira como esta serve para ampliar a assistência, o que melhora a condição dos internos. O Conjunto Penal de Itabuna está de parabéns pela iniciativa”, afirmou o advogado Tiago Leal, presidente da Comissão de Criminalistas, Sistema Prisional e Segurança Pública da OAB-Itabuna.

A III Feira de Saúde foi realizada pela Secretaria de Administração Penitenciária e Ressocialização e Conjunto Penal de Itabuna, por meio da Socializa – Soluções em Gestão, que operacionaliza a unidade, em sistema de cogestão com o Governo do Estado.

CAPS AD promove capacitação para agentes comunitários de saúde

Domingos Matos, 31/08/2018 | 15:30

O Centro de Atenção Psicossocial – Álcool e Drogas (CAPS AD) promoveu uma capacitação para os agentes comunitários de saúde que trabalham no município com o objetivo de levar informações para estes profissionais que são considerados o principal elo entre a Atenção Básica e os demais serviços oferecidos pelo município. De acordo com o Secretário Municipal de Saúde, Isaac Nery (foto), este trabalho tem grande importância para o sucesso do atendimento nos Centros.

O coordenador do Centro, José Messias dos Santos, frisa que é muito importante que ocorra a vinculação dos princípios da Atenção Básica concomitante com os do CAPS, para que os profissionais em questão estejam preparados para saber como agir e ter conhecimento dos serviços disponíveis para os pacientes do CAPS. “O agente comunitário é o elo principal entre a atenção básica e os demais serviços. Por isso, é importante que estes profissionais sejam habilitados para lidar com este processo da saúde mental”.

E completa frisando que o projeto do Centro é trabalhar constantemente com capacitações voltadas para os agentes comunitários de saúde. “A ideia é fazer um treinamento progressivo”. Paciente do CAPS AD, Virgílio Moura        diz estar muito satisfeito com o resultado do seu tratamento. “São várias atividades disponibilizadas por diferentes profissionais que tem me ajudado muito. Agradeço a Deus e a essa instituição por estar retornando ao mundo em que vivo”.

Prefeitos elegem presidência do Consórcio de Saúde no Sul da Bahia

O Consórcio vai coordenar as atividades da Policlínica Regional de Saúde de Itabuna

Domingos Matos, 24/08/2018 | 15:00
Editado em 24/08/2018 | 16:49

O prefeito de Almadina, Milton Cerqueira e o prefeito de Itajuípe, Marcone Amaral foram eleitos presidente e vice-presidente, respectivamente, do Consórcio Público Interfederativo de Saúde que envolve a participação de 30 municípios do interior do Estado. O ato aconteceu na tarde desta quinta-feira, 23, na sede da Associação dos Municípios da Região Cacaueira – Amurc e foi conduzida pelo coordenador dos consórcios de saúde da Bahia, Nelson Portela.

A ação conta com o apoio e a articulação da entidade municipalista, que desde o ano passado, vem reunindo e orientando prefeitos e secretários de saúde dos municípios para a criação do Consórcio e a futura instalação da Policlínica, prevista para o primeiro semestre de 2019, em Itabuna. Para o presidente da Amurc e prefeito de Itacaré, Antônio de Anízio, “o ato representa um grande passo para dirimir demandas existentes nos municípios, nas áreas de Média e Alta Complexidade”.

O Consórcio vai coordenar as atividades da Policlínica Regional de Saúde de Itabuna e vai atender os municípios consorciados: Almadina, Arataca, Barro Preto, Buerarema, Camacan, Canavieiras, Coaraci, Firmino Alves, Floresta Azul, Gongogi, Ibicaraí, Ibirapitanga, Ilhéus, Itabuna, Itacaré, Itajú do Colônia, Itajuípe, Itapé, Itapitanga, Itororó, Jussari, Maraú, Mascote, Pau Brasil, Potiraguá, Santa Cruz da Vitória, Santa Luzia, São José da Vitória, Una, e Aurelino Leal.

A população dessas localidades terão acesso a uma variedade de especialidades médicas, a exemplo de angiologia, cardiologia, endocrinologia, gastrenterologia, neurologia, ortopedia, oftalmologia, otorrinolaringologia, ginecologia/obstetrícia, mastologia e urologia. Diversos exames também serão oferecidos, com destaque para os seguintes: ressonância magnética, tomografia, mamografia, ultrassonografia com doppler, ecocardiografia, ergometria, mapa, holter, eletroencefalograma, entre outros.

O presidente eleito, Milton Cerqueira falou em democracia, e que todos os municípios terão igualdade de participação no consórcio para definir as demandas da Policlínica e “acolher a população da nossa região, que sofre muito com a saúde”. Já o prefeito Marcone declarou que, junto com o presidente, estará visitando outras regiões do Estado para conhecer o modelo de funcionamento e a estrutura de Consórcio e das Policlínicas Regionais.

 

Palestra orienta colaboradores do CPI sobre importância da atividade física para a saúde

Domingos Matos, 13/06/2018 | 08:35

Uma vida plena de saúde, de acordo com o conceito da Organização Mundial da Saúde (“um estado de completo bem-estar físico, mental e social e não somente ausência de afecções e enfermidades”), envolve muito mais do que a ausência de doenças.

Pensando em garantir ferramentas e informações sobre a importância da atividade física para a promoção e manutenção da saúde de cada um, a Socializa promoveu, na manhã de segunda-feira (11), no Conjunto Penal de Itabuna (CPI), uma palestra sobre o tema, direcionada aos seus colaboradores na unidade.

Proferida pela enfermeira e educadora física Nilza Cerqueira, especialista em Enfermagem do Trabalho, a palestra destacou a necessidade de se cultivarem hábitos saudáveis associados à atividade física regular, como meio de promoção à saúde, bem-estar e elevação da autoestima.

“A atividade física regular e o cultivo de hábitos alimentares sudáveis são fatores importantíssimos para a prevenção a doenças cardiovasculares, depressão e até neoplasias”, informa a palestrante.

O diretor da unidade, capitão PM Adriano Valério Jácome da Silva, destacou a importância de palestras como essa, levando em conta a atipicidade do local de trabalho dos ouvintes, uma unidade prisional, área de segurança, em que o bom condicionamento físico ganha uma importância até maior em relação a outros ambientes laborais.

Feira de Saúde proporciona dia especial de cidadania no Conjunto Penal de Itabuna

Domingos Matos, 28/03/2018 | 13:57

Se em quantidade elas não se comparam aos homens recolhidos, em disposição dão um verdadeiro show. As cerca de 75 mulheres custodiadas no Conjunto Penal de Itabuna participaram ativamente da 1ª Feira de Saúde da Mulher realizada na unidade prisional e, literalmente, correram todos os oito estandes disponibilizados. Tanto que a organização fez uma conta simples: foram 71 mulheres usando todos os serviços oferecidos, o que resultou na soma de 568 atendimentos.

A Feira de Saúde da Mulher foi organizada pela empresa Socializa, por meio do Corpo Técnico do CPI, em parceria com a faculdade de Enfermagem da Unime e com apoio da casa de perfumaria e cosméticos O Boticário. Estudantes do 6º semestre, junto com professores e profissionais do Conjunto Penal, proporcionaram às internas um dia diferente, com atendimentos diversos, a exemplo de exames preventivos (citologia), orientações sobre parto humanizado, prevenção às infecções sexualmente transmissíveis (ISTs) dentre outros. 

Também foram oferecidos testes rápidos para detecção de aids, sífilis e hepatite, orientações para o autoexame da mama (prevenção ao câncer de mama), além de momentos de beleza, com maquiagens e tratamentos de cabelo. Ainda foi realizada uma pequena exposição dos diversos cursos profissionalizantes e produtos, realizados e apresentados pelas próprias internas.

“Esse momento foi a culminância de um projeto desenvolvido ao longo do mês de março. Já tivemos, no dia 16, uma parte mais lúdica e reflexiva, com a participação de uma psicóloga convidada, que trabalhou a questão da autoestima. Hoje, percebemos inclusive um resultado daquele momento, com a participação quase total de nossas internas no evento”, observou o diretor do CPI, capitão PM Adriano Valério Jácome da Silva.

Mas, a programação destinada à mulher não se encerrou com o evento. Além das internas, também estão sendo beneficiadas as mulheres visitantes, com um estande de orientação sobre prevenção a doenças como câncer de mama e as chamadas ISTs.

Participaram do evento o chefe de Gabinete da Secretaria da Administração Penitenciária e Ressocialização (SEAP), Carlos Eduardo Sodré, e a representante da 7ª Diretoria Regional de Saúde (7ª Dires), Dina Lúcia de Almeida.

Acesse com seus dados:

ou
Ainda não tem acesso?
Registre-se em nosso Blog.