Tag: secretario

Secretários debatem estratégias para a Educação no Sul da Bahia

Domingos Matos, 25/04/2019 | 11:32
Editado em 25/04/2019 | 16:11

Durante uma reunião Ordinária do Fórum Regional de Educação (Forsec) da Amurc, na quarta-feira, 24, os Secretários de Educação dos municípios do Sul da Bahia iniciaram o diálogo para a realização de um Planejamento Estratégico que vai contemplar as principais demandas da educação regional e que será apresentado ao Governo do Estado da Bahia.

A proposta, segundo a presidente do Fórum e secretária de Firmino Alves, Andréa Morais visa a elaboração de um Planejamento Estratégico pontuando as necessidade da educação na região. A ideia é levar o documento até o secretário de Educação do Estado e verificar o que pode ser feito para melhorar a educação nos municípios da região”, relatou Andréa.

“Nós temos a necessidade de dialogar, precisamos de apoio e parcerias para o fortalecimento da educação na região. Dentre as demandas, pontuamos a construção de uma Base Nacional Curricular Comum (BNCC) e a melhoria do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) na Bahia, que no ano passado obteve o pior resultado em relação a outros Estados do Brasil”, destacou Andréa.

A iniciativa fortalece o papel do Forsec e da Câmara Técnica de Educação, que integra o Consórcio de Desenvolvimento Sustentável – Litoral Sul, e que segundo o coordenador executivo da Amurc, Luciano Veiga, tem atraído parcerias importantes, a exemplo dos Institutos Natura, Arapyaú e o Itaú Social para o desenvolvimento da educação regional.

Formação

Ainda na reunião do Forsec, a subgerente da Coordenação de Integração Comunitária da Pró-reitoria de Extensão da Uesc, Cintya Nobre chamou atenção dos secretários sobre a importância incluir os professores que atuam no ciclo de Alfabetização dos municípios na Formação Continuada de Qualidade, que será oferecida pela instituição. A carga horária total do curso será de 112 horas.

O Fórum integra o Programa de Apoio Gerencial Institucional às Prefeituras da Região Litoral Sul – AGIR-LS, desenvolvido pela Amurc em parceria com a Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc).  

Unidade de Saúde da Urbis IV será entregue em março, garante secretário

Domingos Matos, 13/02/2019 | 17:07

O Secretário de Saúde de Itabuna, Jozimar Salles, pediu celeridade nas obras de reforma da Unidade de Saúde da Família Dr. Elson Duarte, no bairro Urbis IV, a fim de que as comunidades daquele bairro e de outras áreas vizinhas possam voltar a receber o atendimento necessário. O titular da SMS acompanha o trabalho no local e acredita que até o inicio de março próximo, a unidade seja entregue às famílias. “O prédio está sendo totalmente reestruturado e oferecerá maior conforto, segurança e comodidade para os pacientes cadastrados na unidade”, reforçou.    

As obras da USF da Urbis IV foram iniciadas no ano passado e de lá pra cá foram executados diversos serviços que envolveram desde o piso, o telhado, as  instalações hidráulicas e elétricas e, por último, será feita a pintura das paredes internas e externas, além da limpeza da área ao redor do prédio.

O secretário de saúde informou que mesmo em reforma, os moradores não ficaram sem assistência à saúde básica na rede municipal. O atendimento está sendo feito no Campus I da Unime, na Avenida José Soares Pinheiro, no bairro Lomanto. Jozimar Sales disse reconhecer o transtorno que as família enfrentam em função da transferência, “mas é por uma boa causa”, garante.

A diretora do Departamento de Atenção Básica da SMS, Dhayse Gonçalves também reforça o compromisso do prefeito Fernando Gomes e do secretário de Saúde, Jozimar Salles, de promover em Itabuna, uma saúde de qualidade, dignidade e respeito aos pacientes do SUS. Ela afirma que o município tem trabalhado  no sentido de conduzir as políticas da Atenção Básica em Itabuna, “que permitam o acesso das famílias a equipamentos confortáveis e em  condições dignas de atendimento”.

A proposta da Secretaria de Saúde de Itabuna, segundo ela, é de manter o  cronograma de reforma direcionando atenção imediata para aquelas unidades de saúde que necessitam de melhoria em sua estrutura física. Dhayse justifica que as verbas não são suficientes para atender a todas as unidades ao mesmo tempo. Lembra que a demanda é grande, “mas o esforço e o desejo de melhorar também são”, assegura

 

Rui Costa empossa secretários estaduais

Domingos Matos, 08/02/2019 | 16:32

O governador Rui Costa empossou parte do secretariado estadual na tarde de quinta-feira (7), em evento realizado no auditório da Secretaria de Infraestrutura (Seinfra), no Centro Administrativo da Bahia (CAB), em Salvador. Na ocasião, ele também anunciou o nome do novo secretário de Desenvolvimento Urbano, Sérgio Brito. 

"É uma equipe com perfil técnico, mas também com conceito político, que possa acelerar os investimentos e manter a Bahia nesse ritmo de crescimento. O que nós queremos é que a Bahia continue superando as dificuldades nacionais e conseguindo ser exceção à regra no país inteiro. Nós estamos, com muito trabalho, conseguindo superar e vencer as adversidades, mantendo a Bahia no equilíbrio fiscal e financeiro, sem deixar de fazer os investimentos", disse Rui. 

Tomaram posse os novos secretários do Meio Ambiente, João Carlos Oliveira; de Infraestrutura Hídrica e Saneamento, Leonardo Goes; do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte, Davidson Magalhães; do Turismo, Fausto Franco; e da Agricultura, Lucas Costa. 

Nos dias 29 de janeiro e 5 de fevereiro, o governador já havia anunciado a permanência dos secretários Manoel Vitório (Fazenda), Edelvino Góes (Administração), Nestor Duarte (Administração Penitenciária), André Curvello (Comunicação Social), Bruno Dauster (Casa Civil), Maurício Barbosa (Segurança Pública), Fábio Vilas-Boas (Saúde) e Marcus Cavalcanti (Infraestrutura). 

As secretárias Arany Santana, Julieta Palmeira e Fabya Reis também seguem titulares das pastas de Cultura, Políticas para as Mulheres e Promoção da Igualdade Racial, respectivamente. Já o vice-governador João Leão tomou posse como secretário de Desenvolvimento Econômico. O ex-secretário de Desenvolvimento Rural, Jerônimo Rodrigues, assumiu a Educação no lugar de Walter Pinheiro, que agora comanda a Secretaria do Planejamento (Seplan). 

 

Rui anuncia mais cinco secretários durante programa Papo Correria 

Domingos Matos, 05/02/2019 | 15:18

Mais cinco secretários estaduais foram anunciados pelo governador Rui Costa para a segunda gestão durante o programa Papo Correria, transmitido ao vivo nas redes sociais do governador ao meio-dia desta terça-feira (05). 

Permanecerão nos cargos as atuais secretárias Arany Santana (Cultura) e Julieta Palmeira (Políticas para as Mulheres). Na pasta do Meio Ambiente (Sema), assume João Carlos Oliveira da Silva, na Secretaria de Infraestrutura Hídrica e Saneamento (SIHS), Leonardo Goes da Silva, e no Turismo (Setur), Fausto de Abreu Franco. 

Ainda esta semana, Rui deve anunciar os chefes das seguintes pastas: Desenvolvimento Rural (SDR), Desenvolvimento Urbano (Sedur), Relações Institucionais (Serin), Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SJDHDS) e Secretaria de Ciência, Tecnologia e inovação (SECTI).

Upa 24 horas recebe reforço de mais um médico plantonista, diz secretário de Saúde de Itabuna

Domingos Matos, 10/01/2019 | 12:31
Editado em 10/01/2019 | 10:57

A Unidade de Pronto Atendimento (UPA 24), de Itabuna ganhou o reforço com a contratação de mais um médico plantonista, aumentando para quatro o número de profissionais para garantir o atendimento noturno, initerruptamente, conforme anunciou o secretário de Saúde do município, Jozimar Salles.

A unidade já atende cerca de cinco mil pacientes por mês e é considerada como um importante e indispensável serviço de atendimento médico de média complexidade assegurado pelo Sistema Único de Saúde. “É um direito constitucional do cidadão brasileiro que o prefeito Fernando Gomes faz questão de respeitar e por isso vem trabalhando para que o itabunense tenha acesso a uma saúde plena e de qualidade e que atenda aos anseios de nossa comunidade”, frisou o secretário de Saúde.

A UPA 24 instalada no bairro Monte Cristo, funciona como um mini hospital e atende moradores de vários bairros de Itabuna, a exemplo do Santa Inês, Fátima, Califórnia, Nova Califórnia e São Roque  e de acordo com o secretário, a unidade tem cumprido o papel de auxiliar e suprir a grande demanda nos atendimentos emergenciais do município, desafogando, inclusive, os hospitais de Base e o Calixto Midlej Filho, por exemplo.

Jozimar Salles explicou que o atendimento na UPA é feito diuturnamente a pacientes em situação de urgência e emergência que buscam os serviços no local ou são encaminhadas pelo Serviço de Urgência e Emergência (Samu 192).  Trabalham no local durante os sete dias por semana, além dos quatro médicos e uma coordenadora, uma equipe de enfermeiros, um técnico em radiologia e quatro auxiliares técnicos.  

 

Vereador vai convocar ex-secretário da Saúde para explicar carta-delação

Domingos Matos, 24/03/2017 | 23:24

Deu no Pimenta

O presidente da Comissão de Saúde, vereador Enderson Guinho (PDT), quer que seja ouvido, na Câmara, o ex-secretário de Saúde de Itabuna Vitor Lavinsky. Em carta aberta, Lavinsky fez críticas ao prefeito Fernando Gomes (DEM), citando “propostas indecentes” e afirmava não abrir mão da “transparência e da honestidade”.

Enderson disse querer, com a convocação de Lavinsky, esclarecer pontos da carta. “Nela, há termos fortes como propostas indecentes, jogadas sujas e mumunhas políticas”, frisou Guinho. Entre os significados dicionarizados de mumunha, constam negócio ilícito e corrupção. “A presença dele na Casa seria de muita valia para a cidade”.

Na sessão ordinária da quarta (22), vereadores como Jairo Araújo, Antônio Cavalcante, Ricardo Xavier endossaram a importância de ouvir Lavinsky. Ainda na sessão, foram tratados temas como abandono de postos de saúde e o fim do atendimento psiquiátrico no Hospital de Base. De acordo com a médica Célia Kalil, que usou a Tribuna Popular, o setor de psiquiatria itabunense atendia, por ano, 20 mil pacientes.

Antes, O Trombone havia publicado: A lava-jato, o caso Ilheus e a saida de Vitor do Amor (...)"Uma delação informal, não há dúvidas. Resta saber quem se interessa por ela."

Parece que o vereador Enderson Guinho se interessou, como afirma o Pimenta. Observemos o interesse desse interesse.

A lava-jato, o caso Ilhéus e a saída de Vítor do Amor

Domingos Matos, 23/03/2017 | 00:06
Editado em 23/03/2017 | 00:15

Há uma relação direta entre o que ocorre no Brasil, com a chamada Operação Lava-jato, as prisões dessa terça-feira (21) em Ilhéus e o pedido de boné do secretário da Saúde de Itabuna, Vítor do Amor. Sinal dos tempos.

A relação entre a Lava-jato e o caso de Ilhéus é evidente: inspiração. O Ministério Público Estadual imitou o que fazem o MPF e a PGR na famosa operação nascida na 13ª Vara Federal de Curitiba.

O que fica mais no campo da especulação é o caso do ex-secretário da Saúde de Itabuna.

Será que quando convidado, o tio, Jaime do Amor - conhecido negociante ligado ao prefeito Fernando Gomes - não chegou a dizer quem era o futuro chefe? Seu modo de agir. A já folclórica forma de tratamento de seus subordinados... E sobre os pedidos “fora dos preceitos da legalidade”, nada?

Claro que há relação.

Um dia após a prisão de agentes públicos e políticos, sob suspeita de corrupção, numa cidade vizinha, de mesmo porte, acaba sendo um alerta.

Mas interessante mesmo é um representante do primeiro escalão de uma prefeitura como a de Itabuna dizer que recebia pedidos estranhos. Logo numa secretaria com o orçamento que a Saúde tem. Não dá para desconsiderar.

Uma delação informal, não há dúvidas. Resta saber quem se interessa por ela.

Secretário pede pra sair e aponta possíveis irregularidades no governo

Vítor do Amor diz que pedidos "fora dos preceitos da legalidade" motivaram saída

Domingos Matos, 22/03/2017 | 21:55

CARTA ABERTA À POPULAÇÃO DE ITABUNA E À IMPRENSA

Senhoras e Senhores,

Informo que, a partir desta quarta-feira (22), não mais faço parte da equipe de trabalho da Prefeitura Municipal de Itabuna, tendo pedido a minha exoneração do cargo de Secretário de Saúde, durante reunião com a equipe de trabalho, com participação do prefeito desta cidade. Este comunicado visa alguns objetivos, os quais enumero:

1 – Esclarecer que ao atender o convite para assumir a SMS, deixei claro ser um gestor do sistema, portanto, um técnico, sem nenhum envolvimento político e, naquele momento, aceitava a tarefa planejar a recuperação da rede de saúde, que, de acordo com as informações passadas pela autoridade maior do município, precisava de adequações urgentes às necessidades exigidas pela população. Várias foram as reuniões, os contatos, todos deixando claro o objetivo técnico do meu trabalho. As promessas de que não havia envolvimento político partidário foram reforçadas a cada um desses encontros e, como demente à Deus, procurei acreditar;

2 – Ao longo dos primeiros dias de atividade, busquei levantar problemas decorrentes de problemas na gestão passada, que não se adequavam às diretrizes estabelecidas pela atual gestão. Uma das missões, foi trabalhar para as devidas correções, sem a preocupação de publicidade do que estava ou não errado. Naquele momento, muito mais importante que criticar o passado, era pensar no presente e no futuro, pois a cidade carecia de um sistema que pudesse transformar hospitais e postos de saúde, em ambientes propícios ao atendimento das necessidades da população, especialmente a mais carente. Os 32 Postos de Saúde, 12 Unidades de Média e Alta Complexidade e um Hospital Municipal, 3 Centros de Atenção Psicossocial, Odontocentro e Serviço de Atendimento Móvel de Urgência(Samu), foram alvo da atenção de toda a equipe de trabalho, com levantamento das ações necessárias para oferecer dignidade a população, a exemplo de abertura de processos licitatórios para reformas que, por vezes agradaram, outras, não, mas, que tiveram um objetivo único: recuperar a autoestima da população da cidade em relação a um dos setores mais importantes da vida de Itabuna.

Ao longo dos pouco mais de quase três meses de contato com a cidade de Itabuna e com o seu gestor, comecei a encarar algumas dificuldades, algumas inerentes ao próprio cargo, outras por falta de total visão do prefeito em relação ao que deveria ser uma gestão voltada para os compromissos técnicos. E nesses conflitos que começamos a travar, notei algo que foge totalmente dos meus princípios: a falta de humanização nas relações e de respeito ao próximo.

Apesar de ainda jovem, aprendi que não é com gritos, gestos bruscos, atitudes com único objetivo de menosprezar as pessoas ou propostas indecentes que devemos basear as nossas vidas, especialmente quando o bem público está colocado sob a nossa responsabilidade. Temos, enfim, um compromisso com a população, ávida por dias melhores, insatisfeita com o atendimento em todas as unidades de saúde e, a principal missão de alguém com respaldo moral, é, no mínimo, diminuir esse sofrimento. E isso só pode ocorrer com trabalho, feito à base da honestidade.

A forma sugerida, muitas vezes, fugia ao que mandam os preceitos da legalidade e disso sempre fugi e estarei distante, sempre. Este meu comportamento pode ser atestado em órgãos onde trabalhei – Hospital Geral do Estado(HGE-Salvador), Hospital Roberto Santos(HRS-Salvador), Hospital Albino Leitão(São Sebastião do Passé) e Secretaria de Saúde de São Sebastião do Passé, da qual fui titular durante três anos.

A administração pública, na minha visão, sempre exigiu transparência e honestidade e disso nunca abri mão. Por isso, em todos os órgãos por onde passei, tive o grande mérito de ver as contas avaliadas e aprovadas pelo Tribunal de Contas da União, o que não significou nenhum tipo de favor. Afinal, a obrigação do gestor público, é cuidar do bem da população com total honestidade.

Sou brasileiro e, como tal, estou, a exemplo da população, cansado das “mumunhas” políticas, das jogadas sujas, dos dribles desconcertantes que a população tem encarado, todas dadas por gente que sempre busca o melhor para as suas vidas e sequer se importa com os caminhos sujos que seguem e com as práticas delituosas.

Por fim, agradeço a todos pelo carinho de gente que conheci há pouco tempo, mas entendeu as razões das mudanças que, naquele primeiro momento eram necessárias. Deixo um projeto de trabalho honesto e espero que ele seja levado adiante, ao menos nesse item – honestidade no trato com o dinheiro público.

Ao prefeito municipal, a expectativa de que possa cumprir com fidelidade as suas promessas e oferecer um serviço público de saúde à altura da população itabunense.

Aos veículos de comunicação, o agradecimento pelas notícias, entrevistas, destaques e, confesso ter entendido as cobranças. Os gestores públicos são obrigados a encarar com atenção às críticas que saem desses veículos de massa, pois são interlocutores dos anseios da população.

Obrigado a todos,

Vitor do Amor Santos Lavinsky

Rui dá posse a sete novos secretários de Estado

Domingos Matos, 24/01/2017 | 00:55

A equipe do Governo do Estado conta com sete novos secretários, empossados pelo governador Rui Costa nesta segunda-feira (23), em solenidade no auditório da Fundação Luís Eduardo Magalhães (Flem), no Centro Administrativo da Bahia (CAB), em Salvador. José Vivaldo Mendonça assume a Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti); Jaques Wagner, de Desenvolvimento Econômico (SDE); Fernando Torres, de Desenvolvimento Urbano (Sedur); Olívia Santana, do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre); Carlos Martins, de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (JDHDS); Geraldo Reis, do Meio Ambiente (Sema); e Julieta Palmeira, de Políticas para as Mulheres (SPM).

Na ocasião, Rui indicou o critério para a escolha dos secretários. "O equilíbrio entre o técnico e alguma sensibilidade política. É isso que nós buscamos. Não interessa ter alguém técnico que não tem sensibilidade do quanto aquilo impacta na melhoria na vida das pessoas. E também não adianta a pessoa apenas com perfil político, que não saberá executar aquilo que tem feito. A escolha partiu de quem tem conhecimento técnico, além de saber manter ou mudar uma equipe que já está em andamento. Os projetos são do Governo do Estado e não dos secretários", afirmou.

Alguns desses nomes foram adiantos aqui no blog há quase duas semanas (na sexta-feira, dia 13).

Cima elege nova diretoria

O consórcio será presidido pelo prefeito Antônio Guilherme; Djalma Orrico será o segundo secretário

Domingos Matos, 10/01/2017 | 15:42
Editado em 10/01/2017 | 15:44

O ⁠⁠⁠Consórcio Intermunicipal da Mata Atlântica (Cima), realizou em Camacan, na sexta-feira (6), a eleição e posse de sua nova diretoria. O Cima atua como instrumento de desenvolvimento urbano integrado, e tem desenvolvido ações na região, para atender demandas em comuns dos municípios, no campo do desenvolvimento urbano, saneamento básico, resíduos sólidos, abastecimento de água, dentre outros setores.

A chapa eleita é presidida pelo prefeito reeleito de Santa Luzia, Antonio Guilherme, e composta pelos prefeitos(as), de Jussari, Antonio Valete (vice- presidente), de Arataca, Katiana Oliveira (1ª tesoureira), de Itaju do Colônia, Djalma Orrico (2º Tesoureiro), de Pau Brasil, Barbara Suzete (1ª Secretaria) e de Mascote, Arnaldo Lopes (2º secretário). O prefeito de Santa Luzia e presidente do consórcio, Antonio Guilherme, diz que o intuito de sua nova gestão é dar continuidade às ações que já vem desenvolvendo.

Já o prefeito de Itaju do Colônia e 2º secretário, Djalma Orrico, diz que o consórcio é uma ferramenta de desenvolvimento regional, o que é essencial para o crescimento de cada município associado. "Faremos uma gestão proativa buscando soluções conjuntas, mas voltadas ao bem-estar dos moradores dos respectivos municípios".

Sérgio Gomes é o novo secretário de Trânsito

Terceiro Gomes no governo, Sérgio prova a força desse nome

Domingos Matos, 04/01/2017 | 12:08
Editado em 04/01/2017 | 12:12

Confirmada a nomeação de Sérgio Gomes para a pasta do Trânsito. O nome de Sérgio, que é filho do prefeito Fernando Gomes, foi ventilado na tarde de ontem, mas a confirmação veio há pouco, após a constatação do Pimenta de que o homem já despacha na secretaria. (veja no "Em Tempo"  o porquê do grifo)

Está prevista para hoje à tarde uma reunião do Governo com a cúpula do PMDB, partido do novo secretário, para que este - o PMDB - seja avisado de que possui mais um secretário na gestão.

Nos bastidores, a indicação de Sérgio Gomes é atribuída a outro Gomes, o Josias, secretário estadual de Relações Institucionais do governo Rui Costa. Apesar do sobrenome, não se trata de mais um parente do prefeito.

Com Sérgio Gomes, o PMDB passa a ocupar três secretarias no governo municipal, e todas seriam, segundo a teoria, indicações de Josias. Os outros seriam a secretária de Educação, Anorina Smith e o secretário de Viação e Obras, Francisco França.

Gomes, o nome forte do governo

Não há dúvidas que o nome Gomes tem a força nesse governo. Primeiro, pelo prefeito, Fernando Gomes, que tem fama de ser centralizador. Depois, temos a teoria de que o secretário Josias Gomes tem uma força inconteste na atual administração. Ainda temos outro Gomes a mandar: o sobrinho de FG, Dinaílson (Son) Gomes, na Administração. Parece mesmo que esse nome, de origem latina (Gomo ou Gome), tem o poder.

Em tempo: Gomo ou Gome era um pronome medieval que significava "homem".

Secretário visita unidades da Sesab em Ilhéus

Domingos Matos, 02/01/2017 | 16:51
Editado em 02/01/2017 | 17:18

Em ritmo acelerado, as obras de reforma e ampliação da emergência do Hospital Geral Luiz Viana Filho, em Ilhéus, foram visitadas nesta quinta-feira (29) pelo secretário da Saúde do Estado, Fábio Vilas-Boas. O projeto visa qualificar o atendimento à população. Além da emergência, estão sendo requalificados o estacionamento e a entrada da unidade.

No sábado (31), às 10h, Fábio Vilas-Boas fará uma visita às obras do Hospital Regional da Costa do Cacau, em construção no município de Ilhéus. A nova unidade deve ser entregue no primeiro semestre de 2017. "Será um equipamento hospitalar com 180 leitos nesta primeira fase, incluindo leitos de terapia intensiva adulto e neonatal. Ainda teremos o serviço de cirurgia cardíaca, que será responsável por atender toda a região sul", explica o Secretário. Na segunda fase, mais 120 leitos serão entregues. "Trata-se de um equipamento hospitalar de grande porte", afirma.

Só na construção, o investimento é de quase R$ 80 milhões. Com o hospital, a capacidade de atendimento hospitalar na região será dobrada. A unidade contará com equipamentos modernos e ofertará atendimento em ortopedia, cardiologia, dentre outras especialidades, e 30 leitos de UTI nessa primeira etapa.

Carlos Lee desiste de candidatura a prefeito de Itabuna

Dirigente lojista e ex-secretário de Indústria e Comércio, Lee ( Carlos Leahy) descobriu um câncer no pâncreas

Domingos Matos, 01/06/2016 | 22:04

Um câncer no pâncreas, descoberto por acaso há uma semana, levou o pré-candidato a prefeito Carlos Lee, do PSB, a retirar o seu nome da disputa pela prefeitura de Itabuna, nas eleições deste ano.

O anúncio da decisão foi feito pelo próprio Lee durante entrevista coletiva à imprensa de Itabuna e região, na tarde desta quarta-feira (1º). “Estou adiando o sonho de ser prefeito de Itabuna. Estou apenas adiando, e não desistindo, porque não desistirei jamais”, declarou, deixando transparecer que ainda poderá vir a ser candidato em outra oportunidade.

Carlos Lee disse que está se preparando para iniciar o tratamento já a partir da próxima semana. Durante todo o tempo da entrevista, que durou cerca de uma hora, ele demonstrou firmeza, tranqüilidade e otimismo quanto ao resultado das sessões de quimioterapia para redução do tumor a que será submetido pelos próximos cinco meses.

Presente à coletiva, o presidente do PSB itabunense, João Carlos Oliveira, esclareceu que o partido deverá ter participação efetiva no processo eleitoral que se aproxima, mantendo inclusive as pré-candidaturas à Câmara Municipal, mas não antecipou nada sobre possível apoio a outro candidato a prefeito.

“Ainda é cedo para uma tomada de decisão, e não é prudente decidirmos agora, num momento de emoção”,disse, acrescentando que qualquer decisão a ser tomada terá o aval de toda a Executiva do partido.

Via Itabuna Notícias

Itabuna da depressão: secretário sai e deixa "Júnior" no Esporte

Domingos Matos, 03/04/2016 | 14:56
Editado em 03/04/2016 | 15:10

O governo Vane - que "acabou" naquela entrevista em que o prefeito abriu mão da reeleição - vai acabando de fato a cada dia nesse ano de eleição. As coisas já acontecem ou deixam de acontecer sem que ninguém se dê ao trabalho de questionar a real importância dos fatos. O vice-prefeito deixa a secretaria do Planejamento e muito pouco se fala disso. Um balanço, um marco, nada é apresentado - e nem se imagina que seja necessário.

Outra. O secretário de Esportes, Evans Maxwel (foto), deixou a titularidade da pasta, porque vai disputar uma vaga na Câmara. Mas, ao mesmo tempo, não vai deixar a pasta.

Saiu, mas deixou em seu lugar o filhão, Evans Maxwel Júnior.

O jovem passará a ser secretário oficialmente na próxima segunda-feira, segundo o pai e ele próprio.

Aos 18 anos, Júnior, com cara de BV, diz que era pra ter sido nomeado na sexta-feira (1º), mas como o prefeito estava fora da cidade...

A nomeação ficou para a segunda-feira (4), quando já não teremos a esperança do 1º de abril.

Rui cobra de secretários compromisso com contenção de gastos

Domingos Matos, 31/03/2016 | 07:25

“A crise econômica não será superada enquanto não for superada a crise política”. A declaração do governador Rui Costa foi dada durante reunião, nesta quarta-feira (30), com secretários e dirigentes de empresas públicas.

O principal objetivo do encontro, realizado na Governadoria por cerca de três horas, foi cobrar dos gestores os resultados do decreto de contingenciamento (nº 16.417/2015), publicado em novembro do ano passado para garantir a contenção de gastos públicos e a regularidade no pagamento dos servidores.

De forma transparente, Rui comparou os números do Estado nos meses de janeiro de 2014, 2015 e 2016, e destacou que a situação se agravou este ano em virtude da queda na arrecadação.

“Temos que trabalhar muito e não podemos perder a capacidade fiscal”, afirmou o governador. Apesar da crise econômica que atravessa o Brasil e atinge a Bahia, Rui garantiu que os serviços essenciais oferecidos pelo Governo serão mantidos, mas para isso vai cobrar a participação de todos na luta pela redução das despesas na máquina pública. “É uma questão de responsabilidade e sobrevivência”, pontuou.

Rui também disse que é imperativo continuar revendo contratos e métodos para garantir que a Bahia continue no caminho certo. Ele lembrou que 19 estados já atrasaram salários dos servidores públicos, enquanto a Bahia continua honrando seus compromissos, mesmo com a redução dos repasses federais e do fundo de participação. “Precisamos estar unidos. Apenas assim, e com muitos esforços, vamos superar as dificuldades”, afirmou ao pedir a compreensão e empenho de todos para o momento.

Leia matéria completa

Acesse com seus dados:

ou
Ainda não tem acesso?
Registre-se em nosso Blog.