Tag: suspeito

PF deflagra operação para coibir fraudes na concessão de aposentadoria

Domingos Matos, 23/09/2019 | 15:37

A Polícia Federal (PF) deflagrou hoje (23) uma operação para colher provas da participação de advogados, contadores e servidores do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) na prática de fraudes contra o Sistema Previdenciário. As fraudes possibilitaram que pessoas que não tinham tempo de contribuição suficiente recebessem a aposentadoria sem ter direito, depois de informarem vínculos de trabalho inexistentes.

“O prejuízo real causado pelas fraudes é da ordem de 55 milhões de reais, sendo que a estimativa de economia com a desarticulação do esquema criminoso, caso as fraudes não tivessem sido descobertas e as aposentadorias continuassem sendo pagas, é de 347 milhões de reais”, diz a PF.

Segundo as investigações, o esquema consistia no cômputo extemporâneo de tempo de contribuição fictício para aposentadorias, o que era feito por meio da transmissão de Guias de Recolhimento do FGTS e de Informações à Previdência Social (GFIPs) por meio de empresas inativas. “As GFIPs são utilizadas pelas empresas para o recolhimento do FGTS e para disponibilizar à Previdência Social informações relativas aos segurados, inclusive para comprovar o tempo de contribuição dos funcionários”, explicou a PF.

Depois de averiguar centenas de benefícios concedidos, a PF constatou que todos os requerimentos de benefícios que tinham indício de fraude estavam concentrados em um grupo de seis servidores. Segundo a PF, eles aprovaram as aposentadorias sem observar os requisitos previstos na legislação, como o período de carência e conferência dos documentos.

De acordo com a PF, os responsáveis pela inserção dos dados falsos nos sistemas do INSS e pela transmissão das GFIPs eram dois escritórios de contabilidade. Também foram identificaos cinco advogados responsáveis pela captação de clientes e pela formalização dos requerimentos junto ao INSS.

“Todos os benefícios suspeitos serão revisados administrativamente pelo INSS e poderão ter seus pagamentos suspensos. Os investigados poderão ser indiciados pelos crimes de organização criminosa, estelionato e inserção de dados falsos em sistemas de informação, cujas penas variam de 2 a 12 anos de reclusão.

As investigações foram realizadas em conjunto pela Polícia Federal e pela Coordenação Geral de Inteligência Previdenciária e Trabalhista do Ministério da Economia, que compõem a Força Tarefa Previdenciária, com apoio do INSS. (Com informações da Agência Brasil)

Mulher detida em operação da PF contra fraudes no INSS na Bahia já tinha sido presa 4 vezes em 2018

Domingos Matos, 20/09/2019 | 11:13

Uma mulher que está entre os presos na Operação Lama Preta, deflagrada ontem (19), na Bahia, contra fraudes no Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), já tinha sido detida outras quatro vezes em 2018, segundo informações divulgadas pela Polícia Federal (PF).

A suspeita foi surpreendida pelos policiais, enquanto dormia com o marido, no início da manhã ontem (19), na cidade de Camaçari. O homem também foi preso. Os nomes dos dois, assim como as identidades dos outros envolvidos, não foram divulgados.

Além do casal, segundo a PF, outras sete pessoas foram detidas na quinta. Entre eles um empresário de Vilas do Atlântico, área de classe média alta em Lauro de Freitas, região metropolitana de Salvador. De acordo com a PF, ele era responsável pela falsificação e produção dos documentos usados na fraude.

Idosos e deficientes físicos que colocavam o esquema em prática também foram detidos. Outros três suspeitos seguem foragidos. Todos estão com mandados de prisão preventiva.

O grupo era investigado há 3 anos e a suspeita é de que mais de 100 benefícios tenham sido falsificados. O prejuízo aos cofres públicos passam dos R$ 4 milhões.

"Conseguimos desbaratar esse grupo criminoso, que é formado em sua maioria por estelionatários com amplas passagens policiais", disse o delegado da PF Marcelo Siqueira.

Segundo a PF, os idosos e deficientes eram usados como "dublês" pelo grupo. Eles usavam nomes, fotos e documentos falsos e se apresentavam nas agências do INSS para obter benefícios da instituição. Pela participação no esquema, eles levavam uma parte do dinheiro.

"Um dos benefícios fraudados é o de prestação continuada, que é pago para pessoas com mais de 65 anos de idade em condição de vulnerabilidade. Então, eles precisavam de pessoas idosas para sacar esse benefício. Eles recrutavam pessoas com mais ou menos essa idade para que a fraude tivesse algum tipo de verossimilidade", disse o delegado da PF. "No jargão policial a gente usa a palavra dublê, que é a pessoas que se faz passar por outra para cometer a fraude", explicou.

Além da fraude em benefícios, conforme a PF, os envolvidos também usavam os documentos falsos para fraudar compras em lojas e financiamento de carros.

Durante a operação, que também cumpriu 11 mandados de busca e apreensão, a Polícia Federal apreendeu fotos 3x4, cartões de crédito e documentos falsos usados pelo grupo. A corporação destacou que não foram identificadas participações de funcionários do INSS no esquema.

Ainda segundo a PF, a operação foi nomeada de Lama Preta porque é o nome do bairro em Camaçari que apresentou maior número de benefícios fraudados. Além da cidade, foram cumpridos mandados em Salvador, Lauro de Freitas e Dias D'Ávila. (Com informações do G1)

Estudante de odontologia é indiciado por exercício ilegal da profissão e lesão corporal

Domingos Matos, 17/09/2019 | 07:01

O estudante de odontologia suspeito de atuar de forma irregular em clínicas em Vitória da Conquista e Itabuna, no sudoeste e sul da Bahia, foi indiciado por exercício ilegal da profissão e lesão corporal grave. O inquérito instaurado pela delegacia de Conquista foi concluído ontem (16).

Paulo Henrico Almeida foi denunciado pelo Conselho Regional de Odontologia (CRO). Pelo menos 15 pessoas foram lesionadas por procedimentos mal feitos. O inquérito será remetido à Justiça pelo delegado Humberto Matos, um dos responsáveis pelo caso.

Outras duas mulheres, Luíza Gusmão, Isabelle Neme Sá, também serão indiciadas pelos mesmos crimes. A polícia não detalhou se elas também são estudantes. Um dentista, Wildiano Guimarães, terá conduta investigada pela polícia.

A defesa de Paulo Henrico informou que o estudante é inocente.

 

Conselho de odontologia denuncia

O Conselho Regional de Odontologia (CRO) denunciou Paulo Henrico de Almeida no final do mês de maio deste ano. Ele é suspeito de atuando de forma irregular em uma clínica em Vitória da Conquista, no sudoeste da Bahia.

Apesar de não poder exercer a profissão, Henrico postava várias fotos em redes sociais, onde aparece atuando como dentista. O conselho informou ainda que várias pessoas procuraram o órgão para denunciar o rapaz.

O CRO chegou a registrar um boletim de ocorrência contra o estudante na Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (Deam) de Itabuna, no sul do estado, depois que uma senhora denunciou o estudante.

 

Vítimas

Entre as vítimas que denunciaram o estudante está um homem que teve nove dentes extraídos de uma só vez por Paulo Henrico Almeida durante uma consulta.

A vítima contou que procurou o falso dentista, sem saber que ele não era um profissional da área, após uma inflamação em um dos dentes e afirmou que foi surpreendido com as extrações.

Além dele, outras pessoas da cidade relataram problemas com o falso dentista. A empregada doméstica Sirlene Santos contou que durante a consulta, o estudante teria orientado que o filho dela, um jovem de 21 anos, tivesse dois dentes extraídos e substituídos por implantes. (Com informações do G1)

Mãe e filho são mortos a tiros e familiares ficam feridos após casa ser invadida por homens encapuzados em Uruçuca

Domingos Matos, 16/09/2019 | 16:03
Editado em 16/09/2019 | 16:08

Uma mulher de 36 anos e o filho dela, de 18, foram mortos a tiros na madrugada desta segunda-feira (16), após dois homens encapuzados invadirem a casa onde os dois moravam, na cidade de Uruçuca, no sul da Bahia.

De acordo com a Polícia Militar, outras três pessoas da mesma família estavam no imóvel no momento do ataque e também foram baleadas, incluindo um bebê de um ano. No entanto, a Polícia Civil não confirma o ataque à criança.

Conforme a PM, familiares das vítimas contaram que o alvo dos tiros era o jovem de 18 anos, que tinha envolvimento com o tráfico de drogas. As outras vítimas teriam sido baleadas ao tentar defender o rapaz.

O crime ocorreu por volta das 4h desta segunda-feira. Após a ação, os suspeitos, que ainda não foram identificados, fugiram. O caso será investigado pela Polícia Civil.

As duas pessoas que morreram foram identificadas como Mateus Oduque de Jesus e Rosilda Oduque de Jesus. Os corpos deles foram encaminhados para o Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Ilhéus, também no sul do estado.

Os feridos são Lucas Gabriel Oduque de Jesus, de 1 ano, filho de Rosilda; Roseane Oduque de Jesus, de 38 anos, que é irmã de Rosilda; e Mateus Oliveira dos Santos, filho de Roseane, que não teve idade divulgada.

Os três foram socorridos e levados para um hospital da região. Não há detalhes sobre o estado de saúde deles. (Com informações do G1)

 

Mulher morta a marretada pelo marido e enterrada em quintal de bar é sepultada

Domingos Matos, 14/09/2019 | 07:01

O corpo da mulher enterrada em quintal de bar pelo marido foi velado na tarde de ontem (13), quase 15 dias após ter desaparecido. O enterro aconteceu em Varzedo, município onde a vítima nasceu, entre as cidades de Santo Antônio de Jesus e Amargosa, a 200 quilômetros de Salvador.

De acordo com Ivonete dos Santos, filha da vítima, o corpo da mãe havia sido levado para uma perícia em Salvador e não tinha sido liberado por causa de uma pendência de documentação médica.

Maria Damiana dos Santos, de 57 anos, foi morta com golpes de marreta e enterrada em quintal de um bar que era propriedade do casal. O corpo foi encontrado na tarde da última segunda-feira (9), após o marido Antônio Santos confessar o crime e mostrar o local onde a vítima estava.

 

Damiana dos Santos morreu após sofrer golpes de marreta em Santo Antônio de Jesus — Foto: Reprodução/TV Bahia

Segundo o delegado Orlando Corsino, que investiga o caso, Antônio disse que matou Damiana durante uma briga por ciúme, após ela apontar uma faca para ele e, por isso, agiu em legítima defesa. Dois dias antes de confessar, ele tinha dito para a polícia que não sabia do paradeiro da esposa.

Na quinta-feira (11), familiares e amigos da vítima fizeram um protesto pedindo justiça e pena máxima para o suspeito porque a audiência dele tinha sido suspensa.

Antônio Santos vai responder por feminicídio e ocultação de cadáver. Ele está preso na Delegacia de Santo Antônio de Jesus e deve ser transferido para o presídio de Salvador na próxima semana. (Com informações do G1)

 

Foragido por estupro é preso com auxílio do Reconhecimento Facial

Domingos Matos, 12/09/2019 | 12:32

O sistema de Reconhecimento Facial da Secretaria da Segurança Pública da Bahia chegou a marca de 56 foragidos capturados, na manhã desta quinta-feira (12), após a prisão de Cosme Conceição Castro, 45 anos. Foragido da Justiça pelo crime de estupro contra uma vítima com idade inferior a 18 anos, ele foi flagrado circulando em um dos pontos monitorados de Salvador.

Cosme passava de bermuda quadriculada, camisa da cor cinza e mochila quando o equipamento gerou um alerta com mais de 90% de semelhança. Uma dupla de PMs da Operação Cooper foi acionada e interceptou o suspeito.

Seguindo o protocolo de atuação, Cosme, que possui mandado de prisão expedido em março deste ano pela 1ª Vara dos Feitos Relativos aos Crimes Praticados contra Criança e Adolescente de Salvador, foi encaminhado para a Central de Flagrantes da Polícia Civil. Com apoio da Polinter a identidade foi confirmada.

Após exames de corpo de delito, no Departamento de Polícia Técnica (DPT), Cosme ficará à disposição da Justiça.

 

Segundo suspeito de assalto baleado por policial em Ilhéus morre no hospital

Domingos Matos, 09/09/2019 | 21:53

O suspeito de assalto, Denilson de Jesus Pereira, baleado por um policial militar na manhã desta segunda-feira (09), num ponto de ônibus no bairro Savóia, em Ilhéus, não resistiu aos ferimentos e morreu durante a tarde no Hospital Regional Costa do Cacau.

Denilson e outro suspeito, conhecido como Caic, tentaram assaltar um grupo de pessoas que esperavam o ônibus. Um policial militar, que estavam acompanhado a esposa, reagiu e atirou contra os dois acusados. Caic morreu no local.

Segundo o advogado do PM, ele agiu em legítima defesa. 

Polícia identifica suspeito de matar taxista em Itabuna; vítima morava em Ibicaraí

Domingos Matos, 09/09/2019 | 21:09

O suspeito de executar na noite do último sábado (07), o taxista José Alberto Carvalho Santos (foto), de 55 anos, foi identificado pela polícia, por meio de testemunhas. Trata-se de Carlos Julião Sobrinho, mais conhecido como o “Carlito”, de 35 anos.

O crime aconteceu no bairro Jaçanã, em Itabuna. O taxista morava em Itabuna e estava transportando um casal, que também foi baleado no ataque. O casal teve ferimentos leves e já foi, inclusive, liberado do Hospital de Base.

Segundo a polícia, a hipótese de latrocínio (roubo seguido de morte) foi descartada. O acusado não levou nada da vítima. Até o fechamento dessa matéria, Carlos Julião, que é ex-presidiário, continuava foragido.

Jovem de 20 anos morre e namorado fica ferido após serem esfaqueados na BA; ex da vítima é suspeito

Domingos Matos, 09/09/2019 | 20:05

Uma jovem de 20 anos morreu e o namorado dela ficou ferido após o casal ser esfaqueado, na cidade de Entre Rios, cidade a cerca de 130 quilômetros de Salvador. Conforme a Polícia Civil, o ex-companheiro dela é suspeito do ataque. Contudo, ainda não há detalhes sobre a motivação do crime.

Segundo informações da polícia, Sthephanie Viana Pinheiro estava com o namorado em uma praça, quando aconteceu o ataque, no último domingo (8). O suspeito fugiu logo após o crime.

De acordo com a Polícia Civil, o casal foi socorrido e levado para o Hospital Geral de Camaçari (HGC), que fica a 100 quilômetros de Entre Rios, mas a jovem não resistiu aos ferimentos. Não há detalhes sobre o estado de saúde do rapaz.

A polícia informou que, até a publicação desta reportagem, o ex-companheiro da vítima estava foragido. O caso é investigado como feminicídio na delegacia de Entre Rios. (Com informações do G1)

 

Assalto, tiros e morte em ponto de ônibus de Ilhéus

Domingos Matos, 09/09/2019 | 14:33
Editado em 09/09/2019 | 14:08

Dois suspeitos foram baleados durante um assalto em um ponto de ônibus no bairro Jardim Savóia, em Ilhéus, na manhã desta segunda-feira (9). Um dos acusados morreu no local e o outro foi socorrido pelo Samu para o Hospital Regional Costa do Cacau.

Segundo a Polícia Civil, os tiros foram disparados por um policial militar, lotado na Cipe/Caema, que reagiu ao assalto. Ele estava em companhia da esposa no ponto de ônibus, no momento em que foram supreendidos pela dupla de assaltantes, que chegou armada e ameaçando as vítimas. 

Denilson de Jesus Pereira, suspeito que sobreviveu, será encaminhado para o presídio Ariston Cardoso, assim que tiver alta.

A polícia vai instaurar inquérito para apurar o caso, mas adiantou que o soldado agiu em legítima defesa. O assaltanto morto não havia sido identificado até o fechamento dessa matéria. 

Mais um assassinato em Itabuna: taxista de Ibicaraí é executado no bairro Jaçanã

Domingos Matos, 07/09/2019 | 22:58
Editado em 07/09/2019 | 22:59

O taxista José Alberto Carvalho Santos, de 55 anos, foi brutalmente assassinado na noite deste sábado (07), no bairro Jaçanã, em Itabuna. Um casal de passageiros também teria sido baleado durante o ataque.

O táxi de José Alberto tem placa de Ibicaraí. Uma terceira pessoa que estaria no carro é suspeito de cometer o crime. Mas a polícia ainda não confirmou essa informação. O caso deve ser esclarecido após o depoimento dos passageiros, que foram encaminhados para o Hospital de Base.

 

Idosa surda e muda é estuprada após ter casa invadida na Bahia; suspeito é preso

Domingos Matos, 07/09/2019 | 15:03

Uma idosa de 66 anos, que é surda e muda, foi estuprada após ter a casa invadida por um homem, na cidade de Coaraci, no sul da Bahia. Conforme a delegada Ana Cristina Bastos, que investiga o caso, o suspeito de ter cometido o crime foi preso.

Segundo informações da delegada, o caso aconteceu na noite de quarta-feira (4). A vítima, que mora com o filho, estava sozinha quando aconteceu o crime. Uma equipe da Polícia Militar da cidade foi acionada por vizinhos da vítima, que viram um homem dentro da casa.

Ao chegar no local, os policiais encontraram a idosa bastante agitada e descobriram que o suspeito tinha fugido. A equipe fez rondas na região e encontrou o suspeito, identificado como Genilson Jesus de Oliveira, de 51 anos, em um rua próxima do local do crime.

De acordo com Ana Cristina Bastos, Genilson, que já trabalhou como pedreiro na casa da vítima, negou ter estuprado a idosa e contou que, ao passar pela rua onde a ela mora, encontrou a porta da casa aberta, ficou preocupado, trancou a porta do local e foi embora.

No entanto, a delegada informou que o depoimento do suspeito apresentou contradições. A vítima indicou Genilson Jesus como o autor do crime e os policiais não encontraram a porta da residência trancada.

Ainda segundo Ana Cristina Bastos, a idosa passou por exame de corpo de delito na quinta-feira (5). O caso é investigado na Delegacia de Coaraci, onde o suspeito está à disposição da Justiça.

 

Comerciante morre após ser baleado em tentativa de assalto em Itamaraju

Domingos Matos, 06/09/2019 | 09:13

Um comerciante de 53 anos morreu após ser baleado em uma tentativa de assalto, no início da tarde de ontem (5), no município de Itamaraju, no sul da Bahia.

De acordo com a Polícia Civil, Mario Santana dos Santos foi abordado por dois suspeitos após estacionar o carro dele em frente a uma loja de produtos agropecuários, no centro da cidade.

Conforme a polícia, o comerciante teria reagido à ação e, em seguida, foi atingido por três tiros. Ele morreu no local do ataque. Os suspeitos fugiram em uma motocicleta, sem levar nada.

O corpo de Mario Santana foi levado para o Instituto Médico Legal (IML) de Itamaraju. Não há detalhes sobre o sepultamento da vítima.

O caso está sob investigação da Polícia Civil. Os autores do crime ainda não foram identificados. (Com informações do G1)

 

Homem é preso após se passar por policial federal e dar voz de prisão para advogado na Bahia

Domingos Matos, 05/09/2019 | 08:11

Um homem foi preso após se passar por policial federal e "dar voz de prisão" por desacato para um advogado, ontem (4), na cidade de Vitória da Conquista, no sudoeste da Bahia. Conforme o delegado Hudson Santana, que investiga o caso, o suspeito estava com uma arma falsa.

Segundo o delegado, o suspeito, identificado como Carlos Alberto, teve uma discussão com o advogado. Não há detalhes sobre o motivo da briga. A vítima denunciou o caso para a Comissão Defesa das Prorrogativas da Advogados do Brasil (OAB), que acionou a Polícia Militar.

De acordo com o delegado, Carlos Santana foi preso em flagrante, na Rua Francisco Santos, no Centro da cidade. Além da arma, o suspeito estava com mandados judiciais com indícios de falsificação, uma munição, vários distintivos e cartões de banco com titularidades diferentes.

O delegado Hudson Santana informou que Carlos Alberto não tinha passagens anteriores pela polícia. Ele foi levado para o Distrito Integrado de Segurança Pública (DISEP) e depois foi encaminhado para o Conjunto Penal de Vitória da Conquista, onde segue à disposição da Justiça. (Com informações do G1)

 

Departamento de Crimes Contra o Patrimônio deflagra operação de combate a roubos de veículos

Domingos Matos, 05/09/2019 | 07:30

Equipes do Departamento de Crimes Contra o Patrimônio (DCCP) deflagraram a Operação Tentáculos, na terça-feira (3), com o objetivo de identificar e prender criminosos envolvidos em furtos e roubos de veículos. Durante as ações, os policiais cumpriram mandados e prenderam um homem em flagrante, no município de Candeias, na Região Metropolitana de Salvador (RMS).

Taylor Werley Carmo Silva, de 25 anos, e Jandeilton Bispo Pereira, 20, foram apresentados durante coletiva de imprensa, conduzida pela diretora do DCCP, delegada Maria Selma Lima e as delegadas Glória Isabel Ramos e Auricélia Santarém, na sede da Polícia Civil, na Piedade, ontem (4).

Taylor Werley tinha dois mandados de prisão preventiva, por homicídio e tentativa, ocorridos em 2016, no município de Feira de Santana. Jandeilton Bispo foi preso em flagrante com um revólver calibre 38, com numeração suprimida, 20 munições, 10 pinos contendo cocaína e dois aparelhos celulares. A dupla foi localizada em um campo de futebol, em Candeias.

Segundo a diretora do DCCP, Taylor e Jandeilton são suspeitos de envolvimento em roubos de veículos. “As apurações apontaram para esses dois suspeitos, ligados também a crimes de homicídio e tráfico de drogas”, explica Maria Selma Lima.

A dupla está à disposição da Justiça e a Operação Tentáculos segue em outros locais. As ações também contam com equipes da Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos de Veículos (DRFRV) e com as tecnologias da Secretaria da Segurança Pública (SSP-BA), a exemplo do reconhecimento de placas de veículos.

 

Acesse com seus dados:

ou
Ainda não tem acesso?
Registre-se em nosso Blog.