Tag: turismo

Feriado da Páscoa deve atrair muitos turistas para Ilhéus

Domingos Matos, 18/04/2019 | 15:37

A Páscoa está chegando e Ilhéus é um dos cincos destinos baianos mais procurados pelos turistas nessa época do ano, segundo informações da Secretaria de Turismo do Estado da Bahia (Setur-Ba). Das fazendas de cacau às fábricas de chocolate, a capital da Costa do Cacau se destaca não só pelo clima tropical, mas por ser grande produtora do cacau, principal matéria-prima para a fabricação do chocolate, produto bastante consumido nesta data.

O feriado será entre os dias 19 e 21 de abril, de sexta a domingo. De acordo com uma pesquisa realizada pela Setur-Ba, a expectativa para alta ocupação é grande, espera-se receber na cidade, turistas de outros estados e de todas as regiões baianas. O visitante que vier para Ilhéus tem a experiência de conhecer o processo de produção do cacau e do chocolate. Além disso, pode fazer passeios culturais conhecendo o Bar Vesúvio, Casa de Jorge Amado, Catedral de São Sebastião, Bataclan e o Mercado de Artesanato.

Como opções de passeios para os chocólatras, tem o atrativo “Estrada do Chocolate”, formado por fábricas de chocolate gourmet, fazendas históricas, assentamentos, unidades industriais chocolateiras, além de permitir ao visitante vivenciar a história da região através do turismo rural. Os turistas podem fazer visitas guiadas pelas fazendas e degustar o cacau, sucos e geleias do fruto e também saborear os deliciosos chocolates de origem.

Evento - Tem diversão para todo mundo nessa Páscoa. Quem gosta de festa e quer garantir a animação no feriadão, no sábado dia 20 de abril acontece o “Forró Crush” na Concha Acústica, com grandes atrações do forró como Kal Firmono, Adelmário Coelho, Calcinha Preta e Rasta Chinela. O evento inicia a temporada de forró na cidade e está programado para começar às 22 horas. O show promete agitar a galera que ama dançar coladinho.

Chocolate de origem do Sul da Bahia conquista consumidores de São Paulo

Domingos Matos, 15/04/2019 | 15:19
Editado em 15/04/2019 | 15:31

Na semana que antecede a Páscoa, com a tradição dos ovos de chocolate, São Paulo recebeu o Chocolat Festival, realizado de sexta a domingo na Bienal do Ibirapuera.  O evento que teve o apoio do Governo da Bahia, recebeu cerca de 20 mil pessoas e gerou R$ 5 milhões  em negócios, abrindo um novo e importante mercado para o chocolate de origem produzido no Sul do Estado. O setor  cresce 30% ao ano, com uma enorme demanda, em função da qualidade e   com teores de amêndoas que variam de 50% até 100% de cacau, num produto de grande valor agregado.

 “A avaliação é altamente positiva. Passamos três anos  planejando o festival e como o cacaueiro também frutifica em três anos, chegou o momento de expandir e consolidar o chocolate de origem afirmou o coordenador do evento Marco Lessa”. “As marcas chegam a São Paulo de forma madura, com qualidade, embalagens atraentes”. “O resultado disso é que muitos consumidores disseram que não precisam mais comprar produtos premium da Europa, o que demostra a potencialidade dos nossos produtos  como negócio sustentável”, disse.

Durante três dias, além da Feira do Chocolate, com mais de 40 marcas de origem do Sul da Bahia, o festival teve atividades como o Fórum do Cacau, Biofábrica de Cacau, Cozinha Show, Bean to Bar (da amendoa ao chocolate), ChocoDay, Ateliê do Chocolate e Cozinha Kids, um espaço especial para degustação e elaboração de chocolates, que fez a alegria das crianças.

Novos mercados

Gerson Marques (4), que produz  o Chocolate Yrerê e também atua no setor de turismo rural, destaca que” Como primeiro festival em São Paulo do chocolate de origem da Bahia, ele cria condições para futuros eventos. Os produtores  estão muito satisfeitos com a exposição e as vendas realizadas e as perspectivas de novos negócios”.

“Um sucesso de público e de negócios. Estamos chegando com força onde sonhamos e trabalhamos pra isso, que é o mercado paulista, que também pode ser a porta de acesso ao mercado internacional”, disse Henrique Almeida (1), do Chocolate Sagarana.

“Essa é uma oportunidade de aproximar o chocolate de qualidade do público paulista, que passa a perceber de um produto de origem com alto teor de cacau para o chocolate comum”. Helen Schaly (3) da Conschá Chocolate, que é produzido numa unidade na própria fazenda, em Itacaré. 

Já Leo Maia (2), do Chocolate Maia,  afirmou  que “foi  muito proveitoso, com um ótima aceitação para nossos produtos, especialmente o mel de cacau, que é o nosso carro chefe”.

Marly Brito, que produz um mix  de café, cacau e chocolate, destacou “recebemos muita visitação durante os três dias e comercializamos a totalidade dos produtos, além de garantir vendas futuras”

Em junho, acontece em Ilhéus, o Festival Internacional do Cacau e Chocolat, o Chocolat Bahia, considerado o maior evento do gênero no país, que movimenta os setores de agroindústria, comércio, lazer, serviços e turismo. 

Chocolat Festival em São Paulo terá expositores de 40 marcas do Sul da Bahia

Domingos Matos, 10/04/2019 | 11:05

O chocolate de origem do Sul da Bahia, produzido com algumas das melhores amêndoas do mundo, chega a São Paulo com a realização do Chocolat Festival São Paulo, que acontece entre os dias 12 e 14 de abril, no pavilhão da Bienal do Ibirapuera. O evento, que tem o apoio do Governo do Estado, reunirá 72 expositores, entre eles 40 marcas do chocolate da Região Cacaueira, no Sul do Estado. Entre as marcas, chocolates produzidos pela agricultura familiar, a exemplo do Bahia Cacau, que tem investimentos do Bahia Produtiva, programa que incentiva a qualificação, aumento da produtividade, capacitação de mão de obra e comercialização.

Além da exposição e venda de chocolates, o festival terá uma ampla programação com experiências sensoriais, uma série de atividades culturais, exposição A História do Chocolate, cursos e palestras como ChocoDay, Cozinha Show, Espaço Kids e Fórum do Cacau, com chocolatiers e palestrantes do Brasil e do Exterior.

De acordo com o coordenador do Chocolat Festival São Paulo, Marco Lessa (foto), “o desafio é muito grande e nossa expectativa é de que o evento abra espaço para o chocolate de origem do Sul da Bahia no maior mercado consumidor do país”.
“O evento vai alinhar duas áreas importantes, a produção de cacau e chocolate e o turismo. A Bahia precisa acelerar o processo de expansão e consolidação do polo chocolateiro, com profissionalização do setor e um trabalho permanente de promoção no Brasil e no Exterior”, disse.

 

Definida a programação do Festival de Forró de Itacaré

Domingos Matos, 14/03/2019 | 11:38

Grandes atrações nacionais vão estar em Itacaré no 3° Festival de Forró, que acontecerá de 18 a 20 de abril na Praia da Concha, Rua da Pituba e na Praia da Coroinha, na orla da cidade. Os shows acontecerão em praça pública e terá atrações como Targino Gondim, Elba Ramalho, Estakazero, Tato do Falamansa, Fulô de mandacaru, Quinteto Sanfônico do Brasil, Marquinhos Café, Sebastian Silva, Cacau com Leite, Verlano do Flor Serena, Carlos Pita, Trio Baianado, Trio Forró Mais Eu, Aram e os Bahiunos, Nádia Maia, Rennam Mendes, Gel Barbosa, Arrastão de Forró com a Rural Elétrica, Grupo Cabrueira e muito mais.

A programação já está definida. No dia 18 de abril a festa começa às 18 horas na Praia da Concha com Targino e Amigos na Cabana Corais. E a partir das 22 horas a festa passa a ser na Praia da Coroinha, com Trio Araripe, Targino Gondin, Tato do Fala Mansa, Nilton Freitas, Forró do Ralçao e Nenén do Acordeon.

Já no dia 19 a festa começa também às 18 horas na Praia da Concha com Targino e Amigos na Cabana Corais. Às 20 horas a festa será na Rua da Pituba, com Arrastão da Rural Elétrica e Aulões de Forró com o Grupo Cabrueira. Às 22 horas a festa acontece na orla da cidade com Sebastian Silva, Marquinhos Café, Targino Gondin, Quinteto Sinfônico do Brasil, Fulô de Mandacaru, Nádia Maia, Verlando (Flor Serena), Cacau com Leite e Aran e Os Bahianos.

O último dia do Festival de Forró de Itacaré começa às 18 horas, com Targino Gondin e Amigos, também na Praia da Concha. E às 20 horas a festa continua na Rua da Pituba, com Arrastão da Rural Elétrica e Aulões de Forró com o Grupo Cabrueira. E às 22 horas a festa acontece na Praia da Coroinha com Trio Aconchego, Rennnan Mendes, Gel Barbosa, Targino Gondin, Elba Ramalho, Carlos Pitta, Trio Baianado e Trio Forró Mais Eu.

O Festival de Forró de Itacaré tem como tema “30 anos de saudade de Luiz Gonzaga”, onde os músicos vão relembrar grandes sucessos do Rei do Baião. A proposta é de fazer uma grande festa, unindo a boa música, a animação e a alegria do forró e a característica que só Itacaré tem de fazer festa na praia. Tudo isso num lugar cercado de praias, cachoeiras, belezas naturais e uma gastronomia diversificada. A realização é da Prefeitura de Itacaré, Toca pra nós dois e com o apoio da Câmara de Vereadores, Governo da Bahia e a cerveja oficial do evento e a Skol Puro Malte.

O prefeito de Itacaré, Antônio de Anízio, informou que o objetivo é consolidar a cidade como um grande centro de eventos, atraindo cada vez mais turistas e movimentando a economia da cidade. E o Festival de Forró, segundo o prefeito, tem sido um dos eventos de grande sucesso na cidade, uma festa para todas as idades e públicos, onde todos podem curtir em clima de muita alegria e paz. Já o secretário de Turismo, Júlio Oliveira, adiantou que todas as providências já estão sendo adotadas para fazer uma festa com grandes atrações, uma infraestrutura maior e com segurança para os itacareenses e turistas.

FICC promove mais uma edição do espetáculo teatral a “Paixão de Cristo”

Domingos Matos, 14/03/2019 | 10:11

O espetáculo teatral a “Paixão de Cristo”, um dos eventos religiosos promovidos pela Fundação Itabunense de Cultura e Cidadania (FICC), já tem data marcada para acontecer. Com previsão para o dia 19 de abril, a encenação que revive a vida e morte de Jesus Cristo, conta com a coordenação do diretor de Turismo e produtor cultural, Ari Rodrigues, e direção geral, Marquinhos Nô. 

Uma reunião entre a coordenação do espetáculo e elenco, realizada na última segunda-feira (11), no Teatro Zélia Lessa, teve como objetivo debater diversos assuntos em torno do evento, que este ano, terá algumas mudanças, segundo o presidente da FICC, Daniel Leão. Ele revelou que “por conta da interdição do Estádio Luiz Viana Filho”, o espetáculo foi transferido para a praça Camacan, centro de Itabuna.

O atual diretor de Turismo da FICC, Ari Rodrigues, ressaltou que a montagem promete trazer diversas novidades. “Toda encenação acontecerá no centro da praça Camacan, entretanto, teremos uma novidade, que ainda não podemos contar”, informou, enfatizando que será um grandioso evento e que o público se surpreenderá.

Diretor geral do espetáculo, Marquinhos Nô, avaliou o empenho e a entrega artística dos participantes como ponto positivo para o sucesso contínuo do evento. Nô observou, também, “que apesar da história já ser conhecida do público, a cada edição é preciso inovar.”

Cerca de 70 atores participarão da encenação, dentre eles, profissionais de Itabuna, Itapé, Itajuípe, Buerarema, Camacan, além dos alunos do curso de teatro da instituição. A cenografia do espetáculo está sob a responsabilidade do artista plástico, Diovani Tavares; produção executiva e assistência de direção, Eva Lima; texto e figurino, Marquinhos Nô.

 

Fiéis e turistas celebram a lavagem das escadarias da Catedral de São Sebastião em Ilhéus

Domingos Matos, 17/02/2019 | 15:04

Religiosos e turistas movidos pela fé, devoção, música e alegria tomaram conta da celebração da tradicional lavagem das escadarias da Catedral de São Sebastião, na praça Dom Eduardo, localizada na avenida Sores Lopes, nesta quinta-feira (17). O início das festividades, uma das mais importantes manifestações religiosas de Ilhéus, ocorreu no Sindicato dos Estivadores, às 9 horas, com batucadas, fanfarras e samba de roda comandados pelos líderes religiosos de matrizes africanas.

O cortejo de fé arrastou uma multidão, que saiu da Avenida Dois de Julho às 10 horas, e percorreu as principais ruas do centro histórico, em direção as escadarias da Catedral, local onde acontece o ritual candomblecista. Durante o cortejo, turistas brasileiros e estrangeiros, desembarcados do navio MSC Fantasia, juntaram-se aos fiéis religiosos, que seguiam ao lado dos grupos afros Dilazenze, Rastafari, Mini Congo, Zambiaxé e da banda de sopro dos estivadores, Guarda Embaixo.

Ritmo e fé - Baianas com trajes típicos carregavam quartinhas de cerâmica, contendo água de cheiro e flores, e seguravam vassouras para realizar a limpeza das escadas. A beleza do cortejo ficou por conta dos grupos de terreiro Ilê Axé Ballomi, de Pai Toinho; Sultão das Matas; de Mãe Carmosina; o terreiro de Gilmar e Anailton, do Teotônio Vilela, terreiro de Mãe Jeci, do Alto do Coqueiro. Muitas pessoas vestidas de branco acompanhavam o trajeto arrastado por um mini trio no ritmo percussionista dos blocos afros.

A ilheense e estudante, Luna Argolo, frequenta a festa há bastante tempo, e contou que os momentos mais legais para ela foram o desfile das baianas e a lavagem das escadarias. “Todo ano participo, essa festa é maravilhosa para o turismo de Ilhéus. É notório ver a alegria dos turistas ao vivenciar a nossa cultura de perto” comentou.

Pela primeira vez, o mineiro Nilton Barbosa veio para a cidade e disse que foi surpreendido com a festa. “O ponto mais alto da celebração foi ver a multidão unida pela fé e devoção. Isso só se vê na Bahia” exaltou.

Festival Choco Summer incrementa calendário do verão de Ilhéus

Domingos Matos, 12/02/2019 | 10:06

Durante dez dias, de 1° a 10 de fevereiro, ilheenses e turistas se deliciaram com a 3ª edição do Festival Choco Summer, realizado pela MVU Promoções e Eventos, com apoio da Prefeitura Municipal, por meio da Secretaria Municipal de Turismo e Esporte (Setur). O espaço montado na Avenida Soares Lopes, principal cartão postal da cidade, reuniu 48 expositores, a maioria deles empreendedores da área de chocolate.

O festival atende diferentes gostos, por reunir gastronomia, música e negócios, com exposição e comercialização de chocolates em um único ambiente. Este ano, a exposição tronou-se mais um atrativo do projeto “Cidade Verão”, complexo de lazer turístico instalado na Avenida Soares Lopes.

O idealizador do Choco Summer, Marco Lessa, falou sobre a mudança. ”No próximo ano, o festival deve acompanhar o calendário do “Cidade Verão”, por isso deve  começar logo após o Réveillon e se estender até o final de janeiro, terá uma durabilidade maior, pois  vem crescendo ano após ano a quantidade de expositores, a estrutura e a programação cultural”, adianta.

A expositora Laís Farias, de Ipiaú, além dos chocolates tradicionais trouxe amêndoas de cacau caramelizadas com canela. “O produto fez o maior sucesso aqui, assim como o chocolate com 70% de cacau, sem lactose, sem glúten, sem conservantes, é artesanal, gourmet, o mais natural possível. Nossos licores com diversos sabores também foram sucesso de vendas”, comemorou Laís.

 

Turista de Brasília é estuprada e agredida durante passeio em Maraú

Domingos Matos, 11/02/2019 | 10:20
Editado em 11/02/2019 | 10:49

Uma turista de Brasília foi estuprada e agredida por um homem não identificado, quando estava realizando um passeio em uma praia de Maraú, no sul da Bahia, região muito procurada por visitantes no verão.

De acordo com informações da Polícia Civil, o caso ocorreu no domingo (10), na Praia da Ponta do Mutá (foto). A vítima não teve identidade divulgada. A mulher prestou depoimento no domingo, na Delegacia de Turismo de Ilhéus, e foi submetida a exame.

Segundo a 7ª Coordenadoria de Polícia Civil do Interior (Coorpin/Ilhéus), a turista foi surpreendida por um homem moreno e magro, de aproximadamente 25 anos, com cabelo raspado, e que estava usando camiseta vermelha.

A vítima, conforme a polícia, tentou se livrar do criminoso após ser atacada, mas foi agredida com socos e chutes, antes de ser violentada sexualmente.

Policiais Militares de Barra Grande foram acionados para atender a ocorrência e fizeram buscas na região, mas não conseguiram localizar o suspeito. (Com informações do G1)

Itacaré cadastra ambulantes que irão trabalhar no carnaval da cidade

Domingos Matos, 11/02/2019 | 09:03

A Prefeitura de Itacaré, através da Secretaria Municipal de Turismo e em parceria com a Secretaria da Fazenda, estará realizando o cadastramento de vendedores ambulantes que desejam trabalhar no circuito do carnaval oficial, 2019, que acontecerá de 02 a 05 de março. O cadastramento será feito de 12 a 22 de fevereiro, das 8 às 13 horas, na sede da Secretaria Municipal de Turismo, localizada na Passarela da Villa, Galeria Solar, 1º Andar, Rua Lodônio Almeida. As vagas são limitadas.

Para se cadastrar os ambulantes precisam ser maiores de 18 anos, apresentar cópia do RG, CPF, comprovante de residência, título de eleitor, certidão de antecedentes criminais e assinar o termo de compromisso com a Secretaria Municipal de Turismo. Os ambulantes serão cadastrados por categorias, a depender do produto que comercializarão. O credenciado que for cadastrado e qualificado deverá atuar apenas na área que lhe for autorizado, definida pela Prefeitura de Itacaré, para garantir uma maior organização dos eventos.

Também é dever dos comerciantes não modificar sob qualquer pretexto, sem prévia autorização escrita, os padrões das tendas e outros utensílios empregados na estrutura, os quais são exclusivamente definidos pela Prefeitura. Além disso, para garantir maior organização, deverá atuar devidamente fardado com avental ou guarda-pó, sapatos fechados, observando o asseio e higiene corporal incluindo unhas e barbas aparadas, cabelos presos e protegidos por gorro, touca, rede ou boné e identificado com a camisa e crachá entregue após o treinamento da vigilância sanitária.

Outro item a ser observado é que o ambulante não deve comercializar produtos em carros de mão, a venda de bebidas pré-preparadas artesanalmente (a exemplo de licor, cravinho, príncipe maluco, entre outros). As bebidas e alimentos deverão ser servidos em copos, pratos e talheres descartáveis, não sendo permitido o uso de louças, vidros e alumínio.

 

Itacaré: governo assina Protocolo de Intenções para investimentos no turismo

Domingos Matos, 08/02/2019 | 18:30

O prefeito de Itacaré, Antônio de Anízio, participou na noite da última terça-feira (05) de uma reunião com o Conselho Municipal de Turismo (Comtur), com o objetivo de discutir e implementar uma série ações voltadas para o turismo do município e as medidas envolvendo os mais diversos setores da cidade. Na oportunidade, o prefeito assinou junto com o Comtur o Protocolo de Intenções “O Turismo que Queremos”, com diversas ações conjuntas e compartilhadas voltadas para o fortalecimento do turismo e o desenvolvimento da cidade.

Na lista de ações está a elaboração e implantação do Plano Municipal de Turismo, que passa pela harmonização e definição sobre o volume e nicho de visitantes que são desejados pela comunidade itacareense, levando em consideração a geografia, o meio ambiente, a infraestrutura e o desenvolvimento socioeconômico da cidade. Também está prevista a conclusão do Plano Municipal de Saneamento Básico e acompanhamento do Comtur do cronograma de implantação.

Outra ação importante é o aumento da fiscalização e combate a informalidade, tendo em vista a necessária ampliação de receitas pelo município para garantir uma prestação de serviços qualificada aos moradores e aos visitantes. Também se comprometeu a implantar o Serviço de Atendimento ao Turista (SAT), estrutura física relevante para o acolhimento dos visitantes, reforçando a imagem positiva da cidade.

Ainda como parte das ações conjuntas será feita a implantação do Grupo de Trabalho para o desenvolvimento do Circuito Turístico do Rio das Contas e Taboquinhas, que busca valorizar as atrações e belezas naturais que circundam o Rio, tendo por base o Turismo Comunitário, como fazendas de cacau, comunidades quilombolas e ribeirinhas, atrativos naturais, restaurantes e pesca esportiva. O prefeito Antônio de Anízio destacou que grande parte das ações do Protocolo de Intenções já vem sendo implementadas pela Prefeitura de Itacaré e reafirmou a necessidade da participação de todos os segmentos para que fortalecer cada vez mais o turismo da cidade.

 

Tradicionais blocos de rua prometem esquentar o carnaval em Ilhéus

Domingos Matos, 08/02/2019 | 17:39

A Prefeitura de Ilhéus vai garantir serviços essenciais de saúde, trânsito e segurança, durante os tradicionais desfiles das entidades carnavalescas, blocos afros e de arrastão, no sábado e domingo de Carnaval (2 e 3 de março). Além disso, os blocos de rua tradicionais e novos vão esquentar a manifestação momesca nos meses de fevereiro e março. Os bloquinhos de rua ganham cada vez espaço mais na cidade, movimentam o turismo e a economia local. A programação está recheada e tem opões para todo tipo de público.

O secretário de Turismo e Esporte de Ilhéus (Setur), Alcides Kruschewsky, observa que em muitas cidades brasileiras o carnaval cultural consiste em desfile de blocos de rua e é um verdadeiro sucesso. “Devido ao momento de crise que afeta as finanças municipais em todo o país, é necessário racionalizar os recursos, gastando estritamente o necessário. Por isso, a Prefeitura disponibilizará uma estrutura mínima para apoiar as manifestações que acontecerão no período da folia. O modelo do carnaval com financiamento dos cofres públicos está acabando, as manifestações voltarão a ser espontâneas e com recursos privados” diz o secretário.

Alegria dos bairros - A alegria e descontração no Malhado ficará por conta do bloco Biribanos do Malha, neste sábado (9), a partir das 15 horas, nas imediações das avenidas ACM e Litorânea Norte e conta com as atrações Batuk Bom e Allan Diniz. O popular bloco As Muringuetes, composto por foliões travestidos de mulheres, sairá pelas ruas do Pontal no dia 23, com concentração em frente à lanchonete Larika.

Uma novidade para este ano, é que a mulherada terá um bloco só delas. No dia 23 de fevereiro, pela primeira vez, sai o bloco Vaca de Divinas Tretas, protagonizado apenas por mulheres. O bloco desfila da orla da Sapetinga com destino à praça São João Batista, a partir das 15 horas.

O carnaval no bairro Hernani Sá será antecipado, nos dias 23 e 24 de fevereiro com inicio às 17 horas e termino às 23 horas, na Avenida Silvio Silva (eixo principal). Terá desfiles de blocos de marchinhas e minitrio com bandas locais. Carnaval é sinônimo de alegria e também de solidariedade para o bloco da família, que há mais de dez anos ajuda a angariar recursos em prol das ações sociais da Paróquia São Francisco de Assis.

No dia 23 de fevereiro às 19 horas, os foliões desfilarão pregando paz e amor na rua principal do bairro. O bloco carnavalesco 20 Comer, da avenida Princesa Isabel, vai desfilar no dia 3 de março. O bloco é formado por sócios, familiares e amigos da associação beneficente de feijoada 20 Comer de Ilhéus.

Alguns dos mais antigos resistem ao tempo e se consolidam, como é o caso do Bar do Jorginho, conhecido como reduto carnavalesco, que neste ano terá uma programação especial. O local vai contar com uma estrutura de palco para apresentações de bandas de marchinhas.

Tradição - O tradicional e pontual bloco Zé Pereira, na primeira noite de carnaval, 1° de março, saíra da concentração no Bar de Jorginho, próximo da praça São João Batista, à meia noite, com banda de marchinhas, passando pelas principais ruas do bairro. No dia 2 de março, tem apresentação com Barbara Show no palco montado em frente ao bar. O Bloco Ascopo & Adecopa vai comandar a folia na praça São João Batista e pelas principais ruas do Pontal, a partir das 19 horas, também no dia 2 de março.  

No domingo, 3 de março, será a vez dos Mascarados liderados por Mãe Laura, com cortejo marcado para as 17 horas.  Além dos mascarados, o bar do Jorginho realiza, no mesmo dia, o bingo carnavalesco a partir das 16 horas. A segunda-feira (4) de Carnaval tem programação e vai ficar por conta do Bloco SecaCopo, com marchinhas de carnaval, que sai da praça São João Batista às 18 horas, no Pontal. E para encerrar as comemorações, a tradicional lavagam do Bar do Jorginho, está marcada para as 16 horas na terça-feira de Carnaval.

 

Rui Costa empossa secretários estaduais

Domingos Matos, 08/02/2019 | 16:32

O governador Rui Costa empossou parte do secretariado estadual na tarde de quinta-feira (7), em evento realizado no auditório da Secretaria de Infraestrutura (Seinfra), no Centro Administrativo da Bahia (CAB), em Salvador. Na ocasião, ele também anunciou o nome do novo secretário de Desenvolvimento Urbano, Sérgio Brito. 

"É uma equipe com perfil técnico, mas também com conceito político, que possa acelerar os investimentos e manter a Bahia nesse ritmo de crescimento. O que nós queremos é que a Bahia continue superando as dificuldades nacionais e conseguindo ser exceção à regra no país inteiro. Nós estamos, com muito trabalho, conseguindo superar e vencer as adversidades, mantendo a Bahia no equilíbrio fiscal e financeiro, sem deixar de fazer os investimentos", disse Rui. 

Tomaram posse os novos secretários do Meio Ambiente, João Carlos Oliveira; de Infraestrutura Hídrica e Saneamento, Leonardo Goes; do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte, Davidson Magalhães; do Turismo, Fausto Franco; e da Agricultura, Lucas Costa. 

Nos dias 29 de janeiro e 5 de fevereiro, o governador já havia anunciado a permanência dos secretários Manoel Vitório (Fazenda), Edelvino Góes (Administração), Nestor Duarte (Administração Penitenciária), André Curvello (Comunicação Social), Bruno Dauster (Casa Civil), Maurício Barbosa (Segurança Pública), Fábio Vilas-Boas (Saúde) e Marcus Cavalcanti (Infraestrutura). 

As secretárias Arany Santana, Julieta Palmeira e Fabya Reis também seguem titulares das pastas de Cultura, Políticas para as Mulheres e Promoção da Igualdade Racial, respectivamente. Já o vice-governador João Leão tomou posse como secretário de Desenvolvimento Econômico. O ex-secretário de Desenvolvimento Rural, Jerônimo Rodrigues, assumiu a Educação no lugar de Walter Pinheiro, que agora comanda a Secretaria do Planejamento (Seplan). 

 

Mercado de artesanato de Ilhéus é reconhecido formalmente como ponto turístico e cultural

Domingos Matos, 08/02/2019 | 15:40

Um dos locais mais frequentados por nativos e turistas que visitam Ilhéus, o Mercado de Artesanato, situado à Rua Eustáquio Bastos, no centro, existe há 18 anos, mas só agora foi reconhecido como ponto de interesse cultural, social e turístico da cidade. O Projeto de lei de número 4.003, de 27 de Dezembro de 2018, de autoria do vereador Makrisi Ageli de Sá, que formaliza o equipamento, foi sancionado pelo prefeito Mário Alexandre.

Para o vereador, o mercado é um espaço já consolidado como instrumento real, apto a receber tanto os moradores do município quanto os turistas, mas que faltava ser tratado formalmente como um ponto turístico ilheense. ”Existia uma  certa dificuldade no reconhecimento desse equipamento, como por  exemplo na confecção de materiais impressos publicitários que divulgam os atrativos culturais e turísticos da cidade”, destaca.

Outro avanço, segundo o autor do projeto, é a inserção do Mercado de Artesanato em alguns fóruns organizados da iniciativa privada, para seu reconhecimento como instrumento formal de turismo. “O espaço, que já existe há décadas, agora estará formalmente na lista dos equipamentos de cultura,   história e turismo dentro do roteiro do município”, enfatiza Makrisi.

No mercado, funcionam cerca de 80 lojas, que oferecem uma ampla variedade de produtos como artesanatos, comidas típicas da região, esculturas, equipamentos eletrônicos, vestuário, produtos de decoração e joias. No verão, o fluxo de turistas no local tem um aumento aproximado de 80%, com registro de aproximadamente 150 mil turistas na temporada. 

 

´Super Férias` do Jequitibá reúne 1200 crianças e adolescentes

Domingos Matos, 08/02/2019 | 07:02

Durante três semanas o Projeto Super Férias movimentou o Shopping Jequitibá, em Itabuna. Destinado a crianças e adolescentes, o projeto atraiu pessoas de toda a região e de outros estados, que estavam em viagem de turismo no Sul da Bahia.

A programação foi aberta com as oficinas da Escola Kumon, com atividades  de leitura, musicalidade com a língua inglesa, coordenação motora fina e matemática. Na segunda etapa, a Escola Catavento ofereceu oficinas de Slime, ecoarte, pintura facial, contação de histórias, ateliê de movimento, escultura de balão, técnicas de pintura e um cantinho especial para os bebês.

O projeto Super Férias, que reuniu cerca de 1.200 pessoas, foi encerrado com a Exposição Interativa do Serviço Social da Indústria (SESI), com apresentações de robótica, biologia e química, em que os adolescentes puderam fazer experimentos práticos nos equipamentos produzidos pelos estudantes da instituições.

“O projeto foi uma oportunidade de integrar crianças, adolescentes e seus familiares, num ambiente agradável e acolhedor, que incentivou a busca do conhecimento, a criatividade e o prazer da leitura”, destacou o diretor do Shopping Jequitibá, Manoel Chaves Neto.

Nos dias 12 e 20 de fevereiro, o shopping realiza o projeto Estar Bem, evento voltado para o mundo fitness.

 

Rui anuncia mais cinco secretários durante programa Papo Correria 

Domingos Matos, 05/02/2019 | 15:18

Mais cinco secretários estaduais foram anunciados pelo governador Rui Costa para a segunda gestão durante o programa Papo Correria, transmitido ao vivo nas redes sociais do governador ao meio-dia desta terça-feira (05). 

Permanecerão nos cargos as atuais secretárias Arany Santana (Cultura) e Julieta Palmeira (Políticas para as Mulheres). Na pasta do Meio Ambiente (Sema), assume João Carlos Oliveira da Silva, na Secretaria de Infraestrutura Hídrica e Saneamento (SIHS), Leonardo Goes da Silva, e no Turismo (Setur), Fausto de Abreu Franco. 

Ainda esta semana, Rui deve anunciar os chefes das seguintes pastas: Desenvolvimento Rural (SDR), Desenvolvimento Urbano (Sedur), Relações Institucionais (Serin), Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SJDHDS) e Secretaria de Ciência, Tecnologia e inovação (SECTI).

Acesse com seus dados:

ou
Ainda não tem acesso?
Registre-se em nosso Blog.