Tag: vendas

SineBahia oferece 35 vagas de emprego nesta quinta em Itabuna

Domingos Matos, 11/09/2019 | 17:35
Editado em 11/09/2019 | 14:07

A unidade do SineBahia, no Shopping Jequitibá, em Itabuna, estará intermediando 35 vagas de emprego nesta quinta-feira (12). Entre as muitas oportunidades está o cargo de corretor de imóveis, com 10 vagas disponíveis e cuja uma das exigências é ter o ensino médico completo. Tem vagas também para as funções de vigilante e eletricista de caminhão, além de outros cargos. 

Os interessados devem procurar o Sine, das 9 às 18 horas, portando os seguintes documentos: número do PIS, PASEP ou NIS; Carteira de Trabalho, RG, CPF, currículo, comprovante de residência e certificado de escolaridade.

Confira as vagas a seguir: 

 

OPERADOR DE TELEMARKETING (PCD)

Vaga Exclusiva Para Pessoas Com Deficiência

Ensino Médio Completo

Não exige experiência

05 VAGAS

 

INSPETOR DE DISCIPLINA (MONITOR DE RESSOCIALIZAÇÃO) (PCD)

Vaga Exclusiva Para Pessoas Com Deficiência

Ensino Médio Completo

Experiência mínima de 6 meses com vigilância

Possuir curso de vigilante ou bombeiro civil

02 VAGAS

 

AUXILIAR DE COZINHA (PCD)

Vaga Exclusiva Para Pessoas Com Deficiência

Ensino Fundamental Completo

Experiência mínima de 6 meses na carteira

01 VAGA

 

AUXILIAR DE LIMPEZA (PCD)

Vaga Exclusiva Para Pessoas Com Deficiência

Ensino Médio Completo

Experiência mínima de 6 meses na carteira

01 VAGA

 

SOLDADOR

Ensino Médio Completo

Experiência mínima de 6 meses na carteira

01 VAGA

 

VIGILANTE

Ensino Médio Completo

Experiência mínima de 6 meses na função

Possuir curso de vigilante e extensão a carro forte

01 VAGA

 

AUXILIAR DE COZINHA

Ensino Fundamental Completo

Experiência mínima de 6 meses na função

Experiência com salgados fritos e de forno

01 VAGA

 

VENDEDOR PRACISTA

Ensino Médio Completo

Experiência mínima de 6 meses com vendas

Possuir Moto

Possuir CNH ‘A’

01 VAGA

 

ENTREVISTADOR DE PESQUISA DE OPINIÃO E MÍDIA (TEMPORÁRIA)

Ensino Médio Completo

Não necessita experiência

Possuir habilidade com tablet e smartphone

03 VAGAS

 

VENDEDOR PRACISTA (VENDAS INTERNAS E EXTERNAS)

Ensino Médio Completo

Experiência mínima de 6 meses na carteira

Possuir CNH ‘AB’

01 VAGA

 

TÉCNICO EM FIBRA OPTICA

Ensino Médio Completo

Experiência mínima de 6 meses na função

Possuir CNH ‘AB’

01 VAGA

 

AUXILIAR MECÂNICO DE REFRIGERAÇÃO

Ensino Fundamental Incompleto

Experiência mínima de 6 meses na função

01 VAGA

 

VENDEDOR INTERNO (DE CARROS)

Ensino Médio Completo

Experiência mínima de 6 meses na carteira

Possuir CNH ‘B’

01 VAGA

 

COZINHEIRA

Ensino Fundamental Completo

Experiência mínima de 6 meses na carteira

01 VAGA

 

CORRETOR DE IMOVÉIS

Ensino Médio Completo

Não necessita experiência

Possuir registro no CRECI-BA

10 VAGAS

 

MECÂNICO DE CAMINHÃO A DIESEL

Não necessita escolaridade

Experiência mínima de 6 meses na carteira

02 VAGAS

 

ELETRICISTA DE CAMINHÃO

Não necessita escolaridade

Experiência mínima de 6 meses na carteira

02 VAGAS

 

Polícia Federal investiga supostas vendas de decisões judiciais na Bahia

Domingos Matos, 11/09/2019 | 13:28

A Polícia Federal deflagrou, na manhã desta quarta-feira  (11), a Operação Injusta Causa, com o objetivo de desarticular possível esquema criminoso identificado na Bahia, voltado à venda de decisões judiciais e tráfico de influência.

Cerca de 50 policiais federais, acompanhados de cinco procuradores da República, cumprem 11 mandados de busca e apreensão em órgãos públicos, escritórios de advocacia e nas residências dos investigados.

Os mandados foram expedidos pelo Superior Tribunal de Justiça e têm por objetivo localizar e apreender provas complementares dos crimes praticados.

Centro de Distribuição Logística para cooperativas baianas é inaugurado em São Paulo

Domingos Matos, 03/09/2019 | 15:26

Os produtos de cooperativas da agricultura familiar da Bahia conquistaram os paulistas e agora poderão ser encontrados com mais facilidade na cidade de São Paulo. Na segunda-feira (02), na capital paulista, foi inaugurado o Centro de Distribuição Logística.

A ação é fruto de investimento do Governo do Estado da Bahia, por meio edital Alianças Produtivas, do projeto Bahia Produtiva, executado pela Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), da Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), e foi possível graças à parceria com uma empresa de logística, com foco em pequenos produtores.

O edital Alianças Produtivas tem como proposta apoiar as cooperativas baianas no processo de estruturação e melhoria dos produtos visando acesso ao mercado. Contempladas no edital, a Cooperativa Agropecuária Familiar de Canudos, Uauá e Curaçá (Coopercuc) e a Cooperativa Agropecuária Mista Regional de Irecê (Coopirecê) se uniram para escoar sua produção na cidade paulistana.

Segundo a gestora de mercados Coopirecê, Vamary de Jesus Santos, a iniciativa da constituição do Centro de Distribuição começou a ser desenhada a partir das rodadas de negócios realizadas durante a Naturaltech Bio Far Brazil, que foi realizada no mês de junho deste ano: “Lá nós conhecemos alguns parceiros de logística e, junto com a Coopercuc, iniciamos o processo de construção da parceria”.

Durante a Naturaltech 2019, o Governo da Bahia, por meio do Bahia Produtiva, levou 17 cooperativas da agricultura familiar para o evento. Segundo o especialista temático na área de mercado privado do Bahia Produtiva, Aldir Parise, o apoio em eventos como esse viabiliza, além da exposição e venda dos produtos, a oferta de serviços de logística: “Empresas de logística, que iniciaram trabalhando em São Paulo com produtos de outras regiões do Brasil, ofereceram para o grupo de cooperativas que estavam expondo na Naturaltech, no stand da Bahia, serviços logísticos que vieram a facilitar a questão de custo e operação logística desses produtos em locais onde eles já vendiam esses produtos”.

O gestor de mercados do Aliança Produtiva da Coopercuc, Dailson Andrade, explica que o Centro de Distribuição foi realizado em parceria com o Amazônia Hub, uma empresa que já atua no mercado de logística com cooperativas do Norte do Brasil e agora começa a operar também com cooperativas do Nordeste.

O Centro de Distribuição das cooperativas baianas está situado na cidade de São Paulo e irá fazer todo o processo de distribuição dos produtos das duas cooperativas, facilitando assim uma entrega mais ágil para o consumidor do estado de São Paulo e assim ajudar na redução dos custos de logística para as cooperativas.

Pessoas físicas e jurídicas que queiram adquirir os produtos de cooperativas baianas terão a opção da plataforma de vendas da Amazônia Hub, que vai prestar o marketplace, serviço realizado a partir de um espaço virtual/site, onde acontece o comércio eletrônico, ou seja, a venda de produtos por meio da internet.

Em carta, governadores do Nordeste demonstram preocupação com privatizações

Domingos Matos, 22/08/2019 | 16:29

Na Carta de Teresina, divulgada após reunião na quarta-feira (21), os governadores do Nordeste demonstram preocupação com o anúncio do governo federal sobre a privatização de 17 empresas estatais. O documento foi elaborado em encontro do Consórcio Interestadual de Desenvolvimento Sustentável do Nordeste.

"Essa carta resume o posicionamento dos estados do Nordeste. Entre eles, nos preocupa bastante que esse anúncio de privatizações realizado hoje não venha endossado com estudos que demonstram o que será feito de prestação de serviços nessas áreas", afirmou o governador da Bahia e presidente do consórcio, Rui Costa, em entrevista coletiva. 

No documento, os governadores dão atenção especial aos Correios e à Eletrobras. "Sem estudos técnicos aprofundados e a necessária compreensão de todos os impactos, tais vendas poderão trazer consequências negativas para a soberania nacional e um possível retrocesso à integração regional", diz trecho da carta.

Quatro novas empresas devem gerar 360 empregos na Bahia

Investimentos de R$ 608 milhões vão beneficiar Camaçari, Maracás e Sento Sé

Domingos Matos, 21/08/2019 | 12:01

A Bahia vai receber investimentos na ordem de R$ 608 milhões, com a implantação de quatro novos empreendimentos e gerar 364 empregos diretos em Camaçari, Maracás e Sento Sé. O anúncio foi feito durante a assinatura de protocolos de intenções na Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE), por empresas do ramo de mineração, eletricidade e gás, petroquímico e de plástico.

“Um dos procedimentos que passamos a executar foi a assinatura de protocolos com empresas de setores diferentes, para modernizar e dar mais celeridade ao atendimento. Acreditamos que isso ajuda a fomentar novos negócios e aumentar o network entre os empresários que investem no nosso estado”, afirma Luiz Gugé, chefe de Gabinete e secretário em exercício da SDE. 

Parque eólico em Sento Sé
O segmento de Eletricidade e Gás será responsável pelo maior investimento, com R$ 495 milhões na construção de três parques eólicos da Brennand, para geração de energia elétrica no mercado livre. Devem ser gerados 250 empregos diretos e 1 mil indiretos na construção civil das usinas Umburana de Cheiro, Serra do Fogo e Serra do Vento, no município de Sento Sé. Os novos parques devem entrar em operação em janeiro de 2021. 

“A Bahia tem uma característica excepcional, tanto de vento quanto de sol. Em razão disso, nós decidimos fazer investimentos aqui. Mas preciso destacar o trabalho da SDE. Eu fico impressionado como o estado da Bahia nos recebe e presta um atendimento rápido e eficiente, sempre pronto a nos ajudar. O atendimento do Inema também é de altíssima qualidade, exigente como deve ser, mas sempre tendo uma postura proativa”, declara Adelson Ferraz, diretor da Brennand.

Mineração em Maracás
No segmento de Mineração, a Vanádio de Maracás, do grupo Largo Resources, que produz 7% da demanda mundial de pentóxido de vanádio e exporta 100% do seu produto, vai investir R$ 83 milhões na ampliação e modernização da planta mineiro-industrial no município de Maracás. De acordo com o diretor da empresa, Nilson Chaves, os equipamentos já chegaram e estão sendo instalados e testados. “Em setembro, já sentiremos melhora na produção e, no início de 2020, devemos atingir o aumento de 37% previstos. Vamos manter os 373 empregos existentes e promover a geração de 25 novos empregos diretos”, diz.

R$ 30 mi de investimentos em Camaçari
A Birla Carbon, do segmento Petroquímico, está investindo R$ 23 milhões na modernização de suas instalações com a tecnologia de manufacturing 4.0. A unidade de Camaçari é a planta com a automação mais avançada do grupo no mundo. 
O investimento será destinado também a uma nova linha de produtos da matéria prima negro de fumo, que antes só era produzida na planta de Cubatão, no estado de São Paulo. A perspectiva é que a ampliação esteja em pleno funcionamento até o final do ano e sejam produzidas 2 mil toneladas por ano da nova linha, que será destinada ao setor de plástico em geral, artefatos de borrachas e pneus.

“Camaçari foi escolhida como planta piloto. Um dos projetos de digitalização feito aqui por nossa mão de obra local será aplicado em todas as nossas plantas no mundo. Mais de 90% de nossas vendas são feitas para clientes localizados na Bahia e a modernização aumentará nosso volume de vendas dentro do próprio estado. Projetamos uma perspectiva de crescimento dos nossos clientes também já que, com nossa produção local, eles terão disponibilidade de atender um volume maior no Brasil e aumentar suas exportações”, explica Ronaldo Duarte, presidente da Birla Carbon na América do Sul.

A THD Indústria e Comércio de Materiais Plásticos, que tem 15 anos de mercado, vai investir R$ 7 milhões na ampliação de sua unidade industrial em Camaçari. “Graças ao apoio de uma grande empresa, vamos trabalhar recuperando a matéria prima de grandes indústrias e fabricaremos big bags de ráfia, que voltarão para as próprias fábricas, ao invés de virar lixo e poluir o meio ambiente. Teremos capacidade de produzir 1,2 mil unidades por ano”, afirma o sócio do grupo, Eron Evangelista.

Em coletiva nesta terça, Governo do Estado lança Operação Posto Legal

Domingos Matos, 20/08/2019 | 10:08

As infrações encontradas após visitas a 36 postos de combustível de Salvador e Feira de Santana na última semana serão detalhadas na manhã desta terça-feira, às 10h, no auditório da Superintendência de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon-BA), por representantes da força-tarefa responsável pela Operação Posto Legal, criada com o objetivo de verificar a qualidade e a quantidade do combustível vendido ao consumidor baiano. 

A ação reúne, além do Procon-BA, órgão da Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social da Bahia (SJDHDS), a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), o Instituto Baiano de Metrologia e Qualidade (Ibametro) e o Departamento de Polícia Técnica (DPT), com apoio das polícias Civil e Militar, da Secretaria da Fazenda do Estado (Sefaz-BA) e da Procuradoria Geral do Estado (PGE-BA). 

Todo o Estado
A operação se estenderá a todos postos do Estado nos próximos meses, podendo também retornar a postos já fiscalizados, a depender do que for apurado pelos órgãos participantes. Dos postos visitados nesta primeira etapa, 24 são de Feira de Santana e 12 de Salvador. 

De acordo com o superintendente do Procon-BA, Filipe Vieira, a Operação Posto Legal "busca proteger o direito do consumidor, garantindo a entrega de um produto de qualidade e na quantidade correta, promovendo com isso a concorrência leal. Por isso a meta é visitar todos os postos baianos, e a ressalva de que a simples presença da Posto Legal não significa que o posto sob fiscalização esteja irregular". 

Quem faz o que
A análise das amostras de combustíveis coletadas cabe à ANP e ao DPT, e ao Ibametro cabe checar possíveis fraudes metrológicas, ou seja, verificar se a quantidade marcada nas bombas é a mesma efetivamente entregue ao consumidor. A essas análises, somam-se a verificação, sob responsabilidade do Procon-BA, de infrações ao Código de Defesa do Consumidor, e, por parte da Sefaz-BA, os cruzamentos de dados das notas fiscais eletrônicas com as vendas por meio de cartões de débito e crédito, entre outros documentos fiscais eletrônicos, para identificação de indícios de fraudes fiscais na comercialização de combustíveis. 

Com base nos resultados das análises, os estabelecimentos que apresentarem infrações irão sofrer as penalidades devidas nas esferas administrativa, civil e até mesmo criminal. A Polícia Militar, por sua vez, irá monitorar os postos fiscalizados para aferir o cumprimento de medidas adotadas pelos órgãos participantes da Operação Posto Legal, a exemplo da afixação de lacres em bombas de combustível.

SERVIÇO

O que: coletiva sobre primeiros resultados da Operação Posto Legal
Quando: terça-feira, 20/8, às 10h
Onde: Auditório do Procon-BA (Rua Carlos Gomes, 1064 - Largo Dois de Julho)
Órgãos presentes: Procon-BA, ANP, Ibametro, DPT e Sefaz-BA

Penalty demite mais de 100 funcionários em Itabuna

Domingos Matos, 19/08/2019 | 20:39

A Penalty demitiu mais de 100 funcionários da fábrica de Itabuna, no sul da Bahia, no último final de semana. A empresa alegou estoque alto e baixas vendas no período. Nas unidades em Itabuna e em Itajuípe, a Penalty fabrica bolas e materiais esportivos e, agora, emprega cerca de 600 funcionários.

As demissões ocorrem após rumores de fechamento das fábricas nos dois municípios do sul da Bahia. A direção da empresa, em contato com o sindicato dos trabalhadores, o Sintratec, negou que vá deixar a região. Na última semana, a Penalty obteve, do governo do Estado, mais 10 anos dez anos de isenções fiscais para operar no sul da Bahia.

Jéser Cardoso, do Sindicato dos Trabalhadores em Indústrias Têxteis e de Calçados do Sul e do Extremo-Sul da Bahia (Sintratec), disse ao PIMENTA que manteve contato com a direção da empresa. “Eles nos disseram que já receberam isenção do governo do Estado e a pendência com o município [de Itabuna] já foi resolvida. Negaram que vá deixar o município”, disse.

Jéser afirmou não confirmou se houve demissão em Itajuípe. A Penalty, marca que pertence à Cambuci, também concedeu férias coletivas a funcionários de um dos turnos da fábrica em Itabuna devido ao alto estoque, informou Jéser. (Com informações do Pimenta)

Itabuna: Sine oferece mais de 30 vagas de emprego nesta quinta-feira

Domingos Matos, 08/08/2019 | 10:15

O SineBahia, unidade de Itabuna, está intermediando 35 vagas de emprego para esta quinta-feira (08). Os candidatos interessados devem se dirigir ao Sine, no Shopping Jequitibá, na Aziz Maron, bairro Goes Calmon, centro da cidade, das 9h às 18h. Entre os cargos ofertados estão os de pesquisador, técnico em manutenção predial e auxiliar de limpeza. 

É necessário levar número do PIS, PASEP ou NIS; Carteira de Trabalho, RG, CPF, currículo, comprovante de residência e certificado de escolaridade.

Confira as vagas a seguir:

 

OPERADOR DE TELEMARKETING (PCD)

Vaga Exclusiva Para Pessoas Com Deficiência

Ensino Médio Completo

Não exige experiência

05 VAGAS

 

TÉCNICO EM MANUTENÇÃO PREDIAL

Ensino Médio Completo

Experiência mínima de 6 meses na carteira

Experiência com pintura, hidráulica, elétrica, alvenaria entre outras 

Possuir disponibilidade de horário

Possuir NR10 ativo

Possuir CNH ‘B’

02 VAGAS

 

TÉCNICO DE INFORMÁTICA

Ensino Médio Completo

Experiência mínima de 6 meses com manutenção de impressora e notebook/PC

Possuir CNH ‘AB’

01 VAGA

 

AUXILIAR DE LIMPEZA

Ensino Médio Incompleto

Experiência mínima de 6 meses na carteira

Ter disponibilidade de horário

10 VAGAS

 

PESQUISADOR (TEMPORÁRIO)

Ensino Médio Completo

Experiência mínima de 6 meses com atendimento ao público

10 VAGAS

 

VENDEDOR INTERNO

Ensino Médio Completo

Experiência mínima de 6 meses na carteira

02 VAGAS

 

PROMOTOR DE VENDAS

Ensino Médio Completo

Experiência mínima de 6 meses com vendas e atendimento ao cliente

Possuir CNH ‘A’

Possuir moto própria

02 VAGAS

 

AVALIADOR DE VEÍCULOS SEMI-NOVOS

Ensino Médio Completo

Experiência mínima de 6 meses na função

Possuir CNH B

01 VAGA

 

OPERADOR DE FROTA

Ensino Médio Completo

Experiência mínima de 6 meses em serviços de controle e gerenciamento de frota

Experiência com pacote Office

Possuir CNH ‘B’

Possuir Curso de Direção Defensiva e Primeiros Socorros

01 VAGA

 

OPERADOR DE RETRO- ESCAVADEIRA

Ensino Médio Completo

Experiência mínima de 6 meses na carteira

01 VAGA

 

Seminário marca o fomento ao empreendedorismo entre jovens itabunenses

Domingos Matos, 05/08/2019 | 17:18

Jovens itabunenses lotaram o auditório da Associação Comercial e Empresarial de Itabuna – ACI, no último sábado (3), em busca de conhecimento e informações para empreender ou aprimorar o próprio negócio. Para o presidente Sérgio Velanes, o seminário foi um marco para a Associação, que tem como um dos pilares o fomento ao empreendedorismo. “A Associação tem investido na capacitação de empreendedores através do Empreender, pois entende que o acaso só beneficia a quem se prepara”, declarou.

O evento foi marcado por grande interação entre os empreendedores, palestrantes e empresários convidados, que levaram dicas de sucesso. Dentre os temáticas, a psicóloga Priscila Nascimento falou sobre as ferramentas para desenvolver a inteligência emocional – auto valorização, auto estima, empatia, auto confiança e auto conhecimento. "A inteligência emocional é um conceito bastante utilizado na atualidade e diz respeito sobre saber equilibrar as emoções no ambiente pessoal e de trabalho", destacou.

Entre os participantes, a interação foi muito grande sobre o tema da Inteligência Emocional, principalmente no que diz respeito a empatia no atendimento. Para a fisioterapeuta Elis Baracho, integrante do grupo de Mulheres Empreendedoras, a temática atualizada fez refletir sobre “a importância de colocar em prática características de Inteligência Emocional, que influenciam positivamente no atendimento ao cliente”.

Já na palestra do empresário Franklin Bastos, o tema de finanças chamou a atenção dos participantes já que se trata de uma temática que “a maioria das pessoas não dominam e têm dificuldades de separar as finanças pessoais das específicas de trabalho, o que tem levado muitas empresas à falência”. Ainda sobre a temática, o empresário Marcel Ribeiro das Lojas Buriti, compartilhou seus conhecimentos sobre a área financeira.

O jovem Osvaldo Nascimento, que trabalha no setor de atendimento da Santa Casa de Misericórdia de Itabuna, elogiou a iniciativa do seminário, que contribuiu para ampliar os seus conhecimentos e futuramente retornar com os projetos da área de comunicação. “Que bom que a Associação está promovendo eventos como esse para estimular os empreendedorismo entre os jovens com conteúdos tão importantes”.

Participação e parceria

O empresário José Raimundo também participou do seminário e destacou a importância de eventos como esse para fortalecer o comércio. No final do encontro, o empresário Nelsinho Báfica, da KMS falou sobre as estratégias específicas para melhor utilizar as redes sociais como impulsionadores de vendas do próprio negócio. Foram apresentadas situações sobre página pessoal e profissional nas redes sociais, dicas de empulsionamentos em publicações e anúncios de produtos e serviços das empresas nas redes sociais.

Como fruto do evento, será realizada uma reunião nesta quinta-feira (8), às 19 horas, na sede da entidade, para a formação do núcleo de jovens empreendedores do programa Empreender da Associação, que conta com a parceria do Sebrae de Itabuna.

Palhaças & Palhaços em cartaz neste domingo na Tenda TPI

Domingos Matos, 25/07/2019 | 09:41

Os grupos As Madalenas e Teatro/Circo Maktub se unem neste domingo (28), durante o espetáculo Palhaças & Palhaços. A atração promete divertir todas as idades, reunindo diferentes talentos e estilos de palhaçaria. As apresentações começam às 17 horas, na Tenda Teatro Popular de Ilhéus (TPI), localizada na Avenida Soares Lopes. Com classificação livre, a entrada não terá preço fixo e os ingressos serão vendidos na modalidade “pague quanto quiser”.

Palhaços & Palhaças será um espetáculo formado por esquetes cômicas, números circenses clássicos e algumas releituras . Os grupos irão subir ao palco da Tenda Teatro Popular de Ilhéus, que se transformará num legítimo picadeiro, onde o riso será a grande estrela. Além de se revezarem em cena, As Madalenas e Teatro/ Circo Maktub irão surpreender o público se apresentando juntos, em uma confraternização de palhaçaria.

Com apenas um ano de existência, As Madalenas é o primeiro coletivo de palhaçaria feminina da região Sul da Bahia, formado por mulheres com idade entre 13 e 71 anos. No espetáculo deste domingo, as palhaças se unem à larga experiência do grupo Teatro/Circo Maktub que, com 17 anos de existência, realiza pesquisas sobre a comicidade dos palhaços desde 2006. Em Palhaços & Palhaças, as duas companhias irão brindar o público com o melhor dos seus repertórios.

II Brechó do Maktub

Antes do público cair no riso, das 14h às 16h30 será realizado o II Brechó do Grupo Teatro/Circo Maktub. As vendas serão na Tenda TPI, com preços entre R$2 e R$ 50. Estarão disponíveis roupas sociais, figurinos e adereços de diversos estilos.

Assaí Atacadista inaugura loja em Ilhéus, nesta sexta-feira (26)

Domingos Matos, 24/07/2019 | 20:05

Nesta sexta feira, 26 de julho, o Assaí Atacadista abre as portas de sua unidade no município de Ilhéus. A inauguração marca a continuidade do plano de expansão da rede para 2019, que planeja a abertura de 15 a 20 lojas até o fim deste ano, e reforça a importância estratégica do estado para as operações da companhia. A nova unidade, a 149ª no Brasil, é também a 12ª do Assaí na Bahia. No Nordeste, é o estado com o maior número de unidades da bandeira.

Em preparação para a abertura, a rede investiu 53 milhões de reais e criou mais de 500 postos de trabalho, entre diretos e indiretos, gerando oportunidades de emprego e renda, e contribuindo para o desenvolvimento econômico do município.

“Ilhéus vive um momento muito importante. Atraiu investimentos e obras que serão fundamentais para mais um salto de desenvolvimento econômico e social. Estamos muito orgulhosos por fazer parte dessa nova fase e poder atender a população local com variedade, qualidade no atendimento e preços competitivos, que as são marcas registradas do Assaí”, afirma Belmiro Gomes, presidente do Assaí Atacadista.

A nova loja tem mais de 5 mil m2 de salão de vendas, 26 checkouts e 441 vagas de estacionamento para carros e motos. Preparada para atender transformadores (food service, lanchonetes, pasteleiros, restaurantes), revendedores (donos de padarias, mercados, mercearias, cantinas), utilizadores (escolas, hotéis, clubes, condomínios) e, também, consumidores finais, o Assaí em Ilhéus oferecerá um sortimento de mais de sete mil itens, de grandes marcas nacionais e importadas, incluindo alimentos, bebidas, produtos de higiene pessoal e limpeza, de bazar, para automóveis e animais de estimação, além de descartáveis e embalagens.

Localizada na Zona Sul de Ilhéus, uma das áreas que mais cresce na cidade, a unidade funcionará de segunda-feira a sábado, das 7h às 22h, e aos domingos e feriados, das 7h às 18h, na Avenida Olivença (em frente à Cabana Gabriela).

Política de preços

Um dos diferenciais do Assaí é a política de dois preços, que atende às necessidades dos diferentes perfis de clientes que frequentam as lojas da rede. Com a política, os clientes podem adquirir desde uma caixa fechada de determinado produto até uma única unidade, sem deixar de aproveitar os preços competitivos que a bandeira oferece.

Além disso, o Assaí disponibiliza o seu cartão de crédito próprio, o Passaí, que permite a qualquer cliente pagar o preço de atacado, mesmo comprando uma única unidade de um item. O benefício é inédito no segmento de atacado de autosserviço. Lançado em 2017, o Passaí já é responsável por 5% do total das vendas da rede, atingindo 10% em algumas unidades.

Sustentabilidade

A unidade Assaí Ilhéus conta com iluminação 100% em LED e ilhas de refrigeração e congelados (freezers) com portas, iniciativas que proporcionam uma experiência de compra mais agradável aos clientes ao mesmo tempo em que reduzem o consumo de energia elétrica. Conta, também, com fachada de vidro e telhas translúcidas, garantindo um melhor aproveitamento da luz natural e redução nos gastos com energia. 

Paralelamente, a rede investe em outras iniciativas sustentáveis, como o descarte correto de resíduos e itens recicláveis usados no dia a dia das lojas, incluindo caixas de papelão e óleo de cozinha. E incentiva, também, o uso de sacolas retornáveis. A coleção de sacolas do Assaí conta com quatro modelos, todos com capacidade de 15kg e estampas inspiradas na mandala, que é o símbolo da integração e da harmonia.

Para o público em geral, a loja oferece coletores de pilhas e baterias, que garantem o descarte adequado desses produtos, evitando assim a contaminação do solo.

Crescimento

O Assaí tem apresentado números significativos de crescimento. Em 2018, a rede alcançou faturamento bruto de R$ 24,9 bilhões, com um expressivo acréscimo de 4,9 bilhões em vendas, na comparação com 2017. Registrou, também, a sua melhor venda por m2 dos últimos cinco anos. Para 2019, o Assaí planeja a abertura de 15 a 20 unidades. A loja Assaí em Ilhéus é a quinta inauguração no ano.

O forte ritmo de crescimento do Assaí pode ser explicado a partir de alguns fatores. Um deles é a assertividade do negócio e sua adequação aos diferentes perfis de clientes que frequentam as lojas da rede. Além disso, preços competitivos e um atendimento de qualidade, características da rede, ajudam a diferenciar a bandeira. De acordo com a Nielsen, o atacado de autosserviço é, hoje, o formato com maior penetração nos lares brasileiros. A chegada do modelo a novos estados e municípios, sem dúvida, tem ajudado a popularizar o formato.

Sobre o Assaí Atacadista

O Assaí Atacadista possui 149 unidades em 18 estados (AL, AM, BA, CE, GO, MG, MS, MT, PA, PB, PE, PI, PR, RJ, RN, SE, SP, TO) e no Distrito Federal. Negócio de atacado do GPA, a rede opera com o formato Cash&Carry, conhecido como atacado de autosserviço, e está em plena expansão. Em 2018, a bandeira inaugurou 18 novas unidades no Brasil e fechou o ano com vendas brutas de R$ 24,9 bilhões, expansão de 24,2% em relação ao ano anterior.

Chocolat Bahia 2019 consolida polo chocolateiro e impulsiona economia

Domingos Matos, 22/07/2019 | 19:21

O maior evento de cacau e chocolate da América Latina. Assim pode ser definido o Chocolat Festival 2019, encerrado neste domingo (21), em Ilhéus. Realizado com o apoio do Governo do Estado, o festival reuniu cerca de 60 mil pessoas e movimentou aproximadamente R$ 15 milhões em negócios, reunindo 170  expositores e mais de 70  marcas de chocolate.

O festival possui características únicas  como produção de chocolate, mel de cacau, nibs, cauchaça, creme de, cacau caramelizado, sabonetes de cacau, etc; e uma estrada temática, a Estrada do Chocolate,  com fazendas centenárias, fábricas de chocolate, natureza exuberante.

O coordenador do Chocolat Festival 2019, Marco Lessa, destacou que “os resultados superaram todas as expectativas, numa  demonstração de que os consumidores passam a valorizar o chocolate de origem. Tivemos muitos lançamentos de produtos, com diversidade e inovação,  que  atraíram pessoas da região e de outros estados”. Ainda para Marcos, “é importante  conscientizar os cerca de 30 mil produtores de cacau, que sustentaram a economia sulbaiana durante décadas, de que eles podem se restabelecer dentro de um novo conceito, que é o chocolate de origem. Dessa maneira, iremos retomar, em bases sólidas e sustentáveis, o caminho do desenvolvimento”.

O Governo do Estado também marcou presença no festival com os estandes do  Centro Público de Economia Solidária (Cesol) Litoral Sul,com produtos de empreendimentos solidários e destaque para o lançamento do creme de cacau Cacauela; a Bahia Cacau, uma cooperativa que  já que comercializa chocolate e derivados no mercado paulista, a fábrica-escola do Chocolate do Centro Estadual de Educação Profissional Nelson Schau, com a instalação de uma planta industrial em que os alunos produziram chocolates e derivados de cacau, além da retomada as atividades da Câmara Setorial do Cacau, que define de ações conjuntas para o desenvolvimento da cadeia produtiva do cacau.

Chocolate e retomada do desenvolvimento

A empreendedora Marly Brito destacou que “a cada ano, o festival abre a possibilidade de novos negócios e incentiva a criação de novos produtos derivados de cacau”. Gerson Marques, que produz chocolates e também atua na área de turismo rural, ressaltou que “as vendas diretas aumentaram e também os acordos comerciais com parceiros da Bahia e de outros estados, consolidando a qualidade e o potencial do chocolate, além de criar um novo atrativo para o setor turístico”.

Para Leo Maia, que aproveitou o evento para lançar o chocolate branco com nibs de cacau, “esse é um mercado que exige sempre inovações capazes de cativar e atrair novos consumidores. As vendas foram ótimas”. Fernando Modaka, um dos pioneiros na produção de chocolate de origem, disse que “esse movimento que estamos vivendo no Sul da Bahia é fantástico, agrega valor o nosso principal produto, o cacau, tornando a região conhecida pelo chocolate de qualidade”.

A difusão de novas tecnologias também tem sido uma das tônicas do festival. O diretor executivo do Centro de Inovação do Cacau, da Universidade Estadual de Santa Cruz, Cristiano Vilela destacou que “o Sul da Bahia passa por um processo de modernização e valorização do cacau  e na qualidade do chocolate”.  O vice-presidente da Federação da Agricultura do Estado da Bahia-FAEB, Guilherme Moura, avaliou que “o Festival do Chocolate já se tornou uma referência no Brasil  com sua característica única de unir produção de cacau e de chocolate, além de impulsionar toda a revitalização cadeia produtiva e movimentar a economia”.

Além da comercialização de chocolate e outros produtos o festival contou com eventos como Cozinha Show, ChocoDay, Ateliê do Chocolate, Cozinha Kids, Espaço Cutural do Cacau, com apresentação  de artistas regionais, exposição História do Cacau, palestras, workshops e o Fórum Brasileiro do Cacau, com foco na sustentabilidade e avanços tecnológicos.

O Chocolat Bahia - 11 ° Festival Internacional do Chocolate e Cacau contou com a parceria do Governo da Bahia, através das secretarias do Turismo, do Desenvolvimento Econômico, da Agricultura, do Desenvolvimento Rural, CAR, e apoio financeiro do Fundo de Cultura, Secretaria da Fazenda e Secretaria de Cultura, assim como da Prefeitura Municipal de Ilhéus, Sebrae, Governo do Pará, Banco do Nordeste, Bahiagás, Sicredi e Chocolates Harald. O evento também tem apoio institucional da CEPLAC, Instituto Biofábrica, UESC, GAP, entre outras instituições. O Chocolat Bahia é uma realização da MVU Eventos.

Empreendedores solidários participam do Festival Internacional do Chocolate e Cacau

Domingos Matos, 18/07/2019 | 12:36

O Centro Público de Economia Solidária (Cesol) do Litoral Sul, equipamento ligado à Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre), vai participar da 11ª edição do Festival Internacional do Chocolate e Cacau, que começa nesta quinta (18) e segue até domingo (21), no Centro de Convenções de Ilhéus.

Produtos de 13 empreendimentos solidários de diversas cidades da região sul da Bahia, que trabalham com a cadeia do cacau, estarão à venda durante o evento no estande do Cesol. Entre os destaques, o lançamento do Cacauela, um creme de cacau produzido por um grupo de empreendedoras da zona rural de Camacan, que é atendido pelo Cesol desde 2014. A novidade será apresentada no primeiro dia do festival, às 19h.

Para o coordenador do Cesol Litoral Sul, Thiago Fernandes, a expectativa é estabelecer relações e redes de contato para ampliar as vendas dos grupos solidários do segmento cacaueiro. “O festival é uma vitrine importante para apresentar o trabalho que vem sendo feito ao longo dos anos no apoio aos empreendimentos de economia solidária e para potencializar a comercialização dos grupos que produzem chocolates e artigos derivados do cacau”, destaca o coordenador.

O Festival Internacional do Chocolate e Cacau conta com uma programação composta por cursos, palestras, workshops, feira e ateliê do chocolate, exposições de arte, turismo em fazendas, espaço educativo para crianças e shows com artistas regionais e nacionais. As atividades contribuem na promoção do turismo e da cultura regional, com foco na economia criativa.

Na última edição, mais de 65 mil pessoas circularam pelo evento, entre produtores, chocolateiros, jovens empreendedores, chefes especializados, pesquisadores, técnicos e consumidores. Além disso, 120 expositores, sendo 42 deles de marcas de chocolate da região, marcaram presença no festival.

Casas Bahia são acionadas por problemas em vendas pela internet

Domingos Matos, 17/07/2019 | 13:37

O Ministério Público estadual, por meio da promotora de Justiça Joseane Suzart, ajuizou ação civil pública e pediu que a Justiça determine que a Cnova Comércio Eletrônico S/A, também denominada ‘CasasBahia.com’, passe a emitir as notas fiscais de todos os produtos comercializados por ela, bem como que assegure sua entrega no prazo estipulado. Na ação, a promotora de Justiça pede ainda que a empresa forneça ao consumidor todas as informações referentes à venda de cartões de crédito, a exemplo dos juros, número de prestações e soma total a pagar. 

Na ação, a promotora explica que no Ministério Público e nos sítios eletrônicos ‘Consumidor.gov.br’ e ‘Reclame aqui’ há mais de 6000 reclamações contra a ‘CasasBahia.com’ por realizar transações sem emissão de nota fiscal, atraso na entrega de produtos, além de ausência de esclarecimentos referentes à aquisição de seguro de anuidade de cartão de crédito, dentre outras queixas. Caso a ação seja acatada pela Justiça, a empresa terá ainda que restituir os valores pagos de forma indevida e indenizar os consumidores afetados material e moralmente. 

Sine anuncia dezenas de vagas de emprego em Itabuna

Domingos Matos, 27/06/2019 | 07:00
Editado em 27/06/2019 | 16:57

Os candidatos interessados devem se dirigir à unidade do SineBahia Itabuna, situada na Avenida Aziz Maron, Bairro Goes Calmon, no Shopping Jequitibá, das 9h às 18h. Imprescindível portar número do PIS, PASEP ou NIS; Carteira de Trabalho, RG, CPF, currículo, comprovante de residência e certificado de escolaridade.

VAGAS EXCLUSIVAS PARA ITABUNA:

OPERADOR DE TELEMARKETING (PCD)

Exclusivo Para Pessoas com Deficiência

Ensino Médio Completo

Não exige experiência

05 VAGAS

AUXILIAR DE COZINHA

Ensino Fundamental

06 Meses de Experiência na carteira

03 Vagas

AUXILIAR DE LIMPEZA

Ensino Fundamental

06 Meses de Experiência na carteira

01 Vaga

FARMACEUTICO

Ensino Superior Completo em Farmácia

06 Meses de Experiência na carteira

01 Vaga

MONITOR DE RESSOCIALIZAÇÃO

Ensino Médio Completo

Informática Básico

06 Vagas

MOTORISTA

Ensino Médio Completo

06 Meses de Experiência na Carteira

Possuir CNH D/E

02 Vagas

PSICÓLOGO

Ensino Superior Completo em Psicologia

06 Meses de Experiência na Carteira

01 Vaga

VENDEDOR PRACISTA

Ensino Médio Completo

Experiência com Vendas

10 Vagas

VENDEDOR PRACISTA

Ensino Médio Completo

Experiência mínima de 6 meses na carteira

Possuir CNH ‘B’

Possuir carro

Possuir Disponibilidade para viajar

01 VAGA

GERENTE DE LOJA

Ensino Médio Completo

Experiência mínima de 6 meses na carteira

Experiência como gestor de loja no segmento de telefonia

01 VAGA

TÉCNICO EM REFRIGERAÇÃO

Ensino Fundamental Completo

Experiência mínima de 6 meses na função

Possuir curso de refrigeração

Possuir CNH ‘AB’

01 VAGA

LIXADOR

Ensino Fundamental Completo

Experiência mínima de 6 meses na carteira

10 VAGAS

ELETRICISTA INDUSTRIAL

Ensino Médio Completo

Experiência mínima de 6 meses na carteira

02 VAGAS

ENCANADOR INDUSTRIAL

Ensino Médio Completo

Experiência mínima de 6 meses na carteira

02 VAGAS

ENCANADOR PREDIAL

Ensino Médio Completo

Experiência mínima de 6 meses na carteira

02 VAGAS

CARPINTEIRO

Ensino Fundamental Incompleto
Experiência mínima de 6 meses na função

02 VAGAS

BETONEIRO

Ensino Fundamental Completo

Experiência mínima de 6 meses na carteira

02 VAGAS

MONTADOR DE ANDAIME

Ensino Fundamental Completo

Experiência mínima de 6 meses na carteira

02 VAGAS

CALDEIREIRO  (CHAPAS DE FERRO E AÇO)

Ensino Fundamental Completo

Experiência mínima de 6 meses na carteira

02 VAGAS

 

Acesse com seus dados:

ou
Ainda não tem acesso?
Registre-se em nosso Blog.