Tag: vestibular

Bahia: Secretaria da Administração divulga resultado final do concurso da Polícia Civil

Domingos Matos, 31/08/2019 | 10:01

A Secretaria da Administração (Saeb) publica neste sábado (31), no Diário Oficial do Estado (DOE), o resultado final e a homologação do concurso para a Polícia Civil da Bahia. Os 331 aprovados (sendo 308 investigadores, 10 escrivães e 13 delegados) serão encaminhados para curso de formação na Academia da Polícia Civil (Acadepol), que vai iniciar no dia 23 de setembro. 

Com mais de 48 mil candidatos inscritos, o concurso para a Polícia Civil começou em abril do ano passado e teve sete etapas eliminatórias. Dentre os inscritos, 35.036 mil foram para o cargo de investigador, 2.436 pretendentes ao cargo de escrivão e 10.678 postulantes a delegado.

Os candidatos passaram por provas objetivas e discursiva, exames biomédicos, teste de aptidão física, exame psicotécnico, prova de títulos e investigação social. O Concurso foi organizado pela Fundação para o Vestibular da Universidade Júlio de Mesquita Filho- Fundação Vunep, contratada pela Saeb.

 

Curso 

Marcado para o dia 23 do próximo mês, curso de formação da Acadepol terá duração de cerca de quatro meses, com 720 horas aula. Ministrado no Colégio Estadual Odorico Tavares, no Corredor da Vitória, o curso é dividido em sete módulos com temas como gestão em segurança pública, investigação criminal, inquérito policial, táticas policiais, dentre outros. 

O conteúdo programático contém aulas que abordaram assuntos como investigação criminal; perícia; inquérito policial; defesa pessoal, gerenciamento de crise, abordagem a pessoas, veículos e locais; legislação e outros. Os alunos ainda passarão por um estágio supervisionado nas unidades da Polícia Civil. Ao final, são submetidos a uma prova para avaliar da absorção do conteúdo.

Escolas estaduais na região Sul realizam avaliações para fortalecimento das aprendizagens de Português e Matemática

Domingos Matos, 09/08/2019 | 07:35

As escolas estaduais estão aplicando avaliações diagnósticas nas disciplinas de Língua Portuguesa e Matemática. A ação faz parte do Sistema de Avaliação Baiano de Educação (SABE), implantado pela Secretaria da Educação do Estado para que os professores possam avaliar, monitorar e potencializar o desempenho do estudante durante o ano letivo. A proposta do SABE é orientar a gestão escolar, os professores e os coordenadores pedagógicos nas intervenções necessárias para suprir os pontos em que os alunos tenham maior dificuldade, fortalecendo as aprendizagens.

No Colégio Estadual Félix Mendonça, por exemplo, localizado na cidade de Itabuna (a 426 km de Salvador), já foram aplicadas atividades diagnósticas e de apoio aos estudantes do 9º ano do Ensino Fundamental e do 3º ano do Ensino Médio. A coordenadora pedagógica Janaína Menezes destacou a importância do SABE para o planejamento pedagógico. “A avaliação tem sentido positivo para toda a unidade escolar, inclusive para os professores e estudantes. Essas provas nos dão dados para que possamos planejar novas ações para garantir a aprendizagem nos conteúdos específicos, e é por isso que a partir dos resultados, trabalhamos na   Atividade Complementar (AC). A gestão também contribui na AC e isso só faz potencializar o trabalho do professor e fortalecer a aprendizagem do aluno”, relata.

A estudante Hellen Évellin de Paula, 17, 3º ano do Ensino Médio, fala sobre a importância da participação dos estudantes nas avaliações. “Eu gostei bastante das avaliações. Achei tranquilas e interessantes, porque a partir dos resultados das atividades o professor e o estudante partem para o trabalho em conjunto, visando a melhoria do nosso aprendizado. Nessas avaliações indicamos nossas dúvidas, necessidades e dificuldades”, pontua.

Já Felipe Santos, 17, também do 3º ano, classifica as atividades como uma revisão dos assuntos. “Parece uma revisão de tudo que já vimos em sala de aula. Isso é bom, porque os professores ficam sabendo quais as nossas dúvidas, o que não aprendemos e é o momento de pensar novos métodos pedagógicos de ensino. Além de contribuir para o aprendizado dos estudantes que estão finalizando o Ensino Médio e irão fazer as provas do ENEM e vestibulares no final do ano”,     

Segundo a diretora da unidade, Rose Guerra, o SABE permite ter uma visão individual de cada estudante e quais competências ele precisa alcançar para obter aprendizagem real. “A nossa equipe escolar já trabalha visando garantir aprendizagem significativa, revendo nossas estratégias para atingir o nosso objetivo educacional. Para isso, temos aulas no contraturno, que envolvem os estudantes monitores e a aplicação de exercícios diagnósticos com termômetro, para nos permitir avançar ou refazer estratégias. A dedicação com que os nossos estudantes encaram cada avaliação faz a diferença na concepção e evolução do ensino e das aprendizagens”, diz.

Começa nesta terça-feira a matrícula do pré-vestibular Universidade Para Todos

Domingos Matos, 21/05/2019 | 07:17
Editado em 20/05/2019 | 20:21

A matrícula para o cursinho pré-vestibular Universidade para Todos começa nesta terça-feira (21) e segue sexta (24), no local e turno para os quais o aluno optou para cursar. O programa é ofertados pela Secretaria da Educação do Estado em parceria com as universidades estaduais (UNEB, UESC, UEFS e UESB) e tem como objetivo o fortalecimento da política de acesso à Educação Superior. Neste ano, foram inscritos 32.711 estudantes de todo o Estado para as 11.505 vagas ofertadas. As aulas irão começar no dia 27 deste mês e seguem até dezembro.

No ato da matrícula, o estudante classificado deverá apresentar os documentos expressos no edital, dentre os quais os documentos pessoais e os históricos escolares do Fundamental II e do Ensino Médio. Além das aulas, os alunos têm acesso aos projetos complementares, como seminários, oficinas, simulados, revisão para o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) e orientação vocacional. Para os cursistas da UNEB e UESB, que obtiverem frequência superior a 75% nas aulas, está garantida a isenção da taxa de inscrição no vestibular.

Para a execução do projeto, serão selecionados pelas universidades parcerias, 1.034 estudantes universitários que atuarão como professores/monitores. Esta é mais uma política pública educacional desenvolvida pela Secretaria da Educação do Estado voltada para a juventude, de modo a oportunizar aos universitários a vivência do exercício da docência. Durante a execução do programa, esses alunos serão acompanhados e passarão por formação.

O cursinho pré-vestibular é voltado a estudantes matriculados, em 2019, no 3º ano do Ensino Médio Regular estadual ou municipal ou nas suas modalidades correspondentes; aos matriculados, em 2019, no 4º ano da Educação Profissional integrada ao Ensino Médio da rede estadual ou municipal ou nas suas modalidades correspondentes; e nos egressos do Ensino Médio estadual ou municipal do Estado da Bahia. Marcado pela abrangência nos 27 Territórios de Identidade, o programa já possibilitou a cerca de 20 mil estudantes o ingresso no Ensino Superior em diversas instituições, ao longo de dez anos.  

 

Vestibular solidário: FTC realiza campanha de arrecadação de agasalhos

Domingos Matos, 17/05/2019 | 17:41

Formar profissionais conscientes de seu papel social é um compromisso da Rede FTC com a sociedade e, agora, os vestibulandos da instituição também são convidados à pratica da empatia. A campanha “Vestibular Solidário” propõe que o candidato a uma das vagas de graduação doe, no dia do vestibular, um agasalho ou cobertor que, depois, será destinado a quem mais precisa.

O candidato poderá entregar suas doações na unidade FTC em que vai realizar a prova de vestibular, marcada para o dia 26 de maio. Os donativos arrecadados serão destinados a uma instituição previamente selecionada pela Rede FTC. Em Itabuna, as doações serão destinadas ao Albergue Bezerra de Menezes, que atende pacientes com distúrbios mentais, idosos, e adultos com deficiência, localizado no bairro Antique.

Quem esquecer ou não puder participar dessa corrente de solidariedade não vai ficar de fora do processo seletivo que esse ano oferece 300 bolsas de até 100% em todos os cursos, exceto Medicina. “A participação do estudante não está condicionada à doação. Cada um é livre para participar da ação como puder, nós apenas convidamos nossa comunidade a se movimentar pelo bem do próximo e exercitar a empatia e a responsabilidade social, valores muito importantes para todos nós da FTC”, explica, Milena Oliveira, diretora de Marketing Integrado da Rede FTC, responsável pela idealização da campanha.

As inscrições para o processo seletivo da Rede FTC seguem abertas até o dia 23 de maio e podem ser realizadas através do portal da instituição. Para informações sobre a política de bolsas e sobre as vagas ofertadas por cada campi, o candidato deve conferir os editais do Vestibular Tradicional no linkhttps://www.ftc.br/vestibular/

Serviço – Vestibular Solidário Rede FTC

Quando: 26/05, às 9h

Onde: FTC Itabuna – Praça José Bastos, n. 55 - Centro

Inscrições e Informações: https://www.ftc.br/vestibular/

Inscrições para o pré-vestibular Universidade para Todos terminam nesta terça-feira

Domingos Matos, 06/05/2019 | 14:49

As inscrições para o Programa Universidade Para Todos (UPT) terminam nesta terça-feira (7). Estão sendo ofertadas 11.505 vagas. As inscrições são gratuitas e devem ser feitas exclusivamente pelo Portal da Educação. Criado em 2003, o cursinho pré-vestibular é desenvolvido em parceria com as universidades estaduais (Uneb, Uesc, Uefs e Uesb) e visa o fortalecimento da política de acesso à Educação Superior. Marcado pela abrangência nos 27 Territórios de Identidade, o UPT, ao longo de dez anos, já possibilitou a cerca de 20 mil estudantes o ingresso no Ensino Superior em diversas instituições. 

O cursinho pré-vestibular é voltado a estudantes matriculados, em 2019, no 3º ano do Ensino Médio Regular estadual ou municipal ou suas modalidades correspondentes; matriculados, em 2019, no 4º ano da Educação Profissional integrada ao Ensino Médio da rede estadual ou municipal ou suas modalidades correspondentes e egressos do Ensino Médio estadual ou municipal do Estado da Bahia.

No ato da inscrição, o candidato deverá fazer opção para um único município, local de funcionamento e turno que deseja cursar, bem como preencher integralmente o formulário de inscrição. O candidato informará, obrigatoriamente, o número do seu Cadastro de Pessoa Física (CPF) e criará uma senha de seis a oito dígitos, o que dará origem a um nome de usuário para acesso ao endereço de inscrição. Além de poder fazer alterações sobre a inscrição pelo sistema, o candidato também poderá tirar dúvidas sobre o processo pelo telefone 0800 285 8000, das 8h30 às 12h e das 13h30 às 18h ou pelo email: upt@educacao.ba.gov.br.

A seleção dos candidatos será feita a partir das notas de Português e Matemática informadas pelos candidatos no ato da inscrição. A lista dos contemplados será divulgada no dia 10 de maio no Portal da Educação. A matrícula deverá acontecer de 21 a 24 de maio, no turno e local para o qual o estudante optou para cursar, com a apresentação dos documentos expressos no edital, entre os quais os documentos pessoais e os históricos escolares do Fundamental II e do Ensino Médio. As aulas estão previstas para começar no dia 27 de maio e seguem até o mês de dezembro.

Além das aulas, os estudantes têm acesso aos projetos complementares, como seminários, oficinas, simulados, revisão para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e orientação vocacional. Os 11.505 selecionados receberão camisa e material de estudo. Para os cursistas da Uneb e Uesb, que obtiverem frequência superior a 75% nas aulas, está garantida a isenção da taxa de inscrição no vestibular.

Para a execução do projeto, serão selecionados pelas universidades parcerias, 1.034 estudantes universitários que atuarão como professores/monitores. Esta é mais uma política pública educacional voltada para a juventude, de modo a oportunizar aos universitários a vivência do exercício da docência. Durante a execução do programa, eles serão acompanhados e passarão por formação.

A estudante Vitória Santos, concluinte do Ensino Médio do Colégio Estadual Mestre Paulo dos Anjos, cursou o UPT, em 2018, e foi aprovada para o Bacharelado Interdisciplinar da Universidade Federal da Bahia (Ufba), em 2019. Ela falou sobre o papel do UPT para seu ingresso no Ensino Superior. “Esta foi uma experiência gratificante que me proporcionou chegar à universidade. É um momento de aprendizado didático e de vivência que aconselho a todos os estudantes da rede estadual buscarem essa chance. Garanto que é um projeto de qualidade, com ótimos professores. E o aluno da rede pública tem que acreditar que pode cursar uma universidade como eu e diversos outros alunos puderam contar com a ajuda do UPT”, destacou.

 

Itacaré oferece 50 vagas para curso Universidade Para Todos

Domingos Matos, 25/04/2019 | 07:06

As inscrições para o curso Universidade Para Todos já estão abertas e podem ser feitas até o dia 02 de maio, exclusivamente no site www.educacao.ba.gov.br/universidadeparaodos. Para o município de Itacaré estão sendo oferecidas 50 vagas, com aulas que serão ministradas no turno noturno, no Centro Educacional de Itacaré. O Universidade Para Todos é um projeto totalmente gratuito que prepara os alunos para os vestibulares e também para o ENEM.

O cursinho pré-vestibular é voltado para os seguintes estudantes: Matriculados no 3º ano do ensino médio estadual ou municipal ou modalidades correspondentes; Matriculados, em 2019, no 4º ano da educação profissional integrada ao ensino médio da rede estadual ou municipal; e aqueles que terminaram o ensino médio nas redes estadual ou municipal de ensino da Bahia. No momento da inscrição, o candidato deve escolher um município, local e turno que deseja cursar, assim como preencher o formulário de inscrição.

A lista dos contemplados pelo programa será divulgada no dia 10 de maio, no Portal da Educação. A seleção será realizada com base nas notas de Matemática e Português que os candidatos informarem na inscrição. As oportunidades são em parceria com as universidades estaduais (Uesb, Uefs, Uneb e Uesc). A matrícula está prevista para ocorrer entre 21 e 24 de maio, no turno e local para o qual o estudante optou cursar, com a apresentação dos documentos expressos no edital, entre eles os documentos pessoais e os históricos escolares do Fundamental II e do Ensino Médio.

As aulas devem começar no dia 27 de maio e seguem até o mês de dezembro. Além das aulas, os estudantes têm acesso aos projetos complementares, como seminários, oficinas, simulados, revisão para o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) e orientação vocacional. Os selecionados receberão camisa e material de estudo. Para a execução do projeto, serão selecionados pelas universidades parceiras 1.034 estudantes universitários que atuarão como professores/monitores.

Universidade Para Todos oferece 11,5 mil vagas em pré-vestibular gratuito

Domingos Matos, 24/04/2019 | 09:13

Os baianos que desejam ingressar em um curso de nível superior podem contar com um reforço extra das aulas do Pré-Vestibular Universidade Para Todos. As inscrições do programa foram abertas na terça-feira (23) e seguem até o dia 2 de maio. Este ano são ofertadas 11.505 vagas, distribuídas entre 143 municípios baianos. 

Os interessados devem realizar a inscrição exclusivamente no site da Secretaria da Educação do Estado. Um dos critérios de seleção é ter cursado ensino fundamental e médio na rede pública de ensino.

A coordenadora-geral do programa, Patrícia Machado, explica que as aulas são totalmente gratuitas e que, ao realizar a inscrição, o candidato deve ter o histórico escolar em mãos, pois precisará informar as médias de português e matemática. “O Universidade Para Todos é uma iniciativa do Governo do Estado para favorecer o estudante da rede pública no acesso ao ensino superior. As aulas serão realizadas em 202 locais de funcionamento em toda a Bahia. Podem se inscrever os alunos da rede estadual que estão no último ano do ensino médio ou aqueles que já concluíram, independentemente de há quanto tempo tenha sido essa conclusão", afirma. 

A coordenadora ainda esclarece que, no preenchimento do formulário de inscrição, as notas das disciplinas de português e matemática são somadas e a média obtida será utilizada para classificar o candidato de acordo com o município, local de funcionamento e o turno escolhidos. 

A lista dos candidatos selecionados será divulgada no dia 10 de maio. Já a matrícula poderá ser feita entre 21 e 24 de maio. As aulas serão iniciadas no dia 27 de maio e finalizadas no mês de dezembro.

Estudante de Fonoaudiologia da Universidade do Estado da Bahia (Uneb), Ramon Oliveira, 21 anos, cursou o pré-vestibular em 2018. Ele garante que as aulas foram fundamentais para o ingresso no curso superior. “Foi uma experiência muito gratificante, principalmente porque tive um aprendizado dinâmico e que fugia das aulas tradicionais. Isso ajudou a fixar o conhecimento. Agora, estou na Uneb e amando o curso que escolhi. O Universidade Para Todos é um projeto motivacional”, destaca Ramon. 

Uesc vai coordenar cursinho Pré-Vestibular do Universidade Para Todos no sul da Bahia

Domingos Matos, 23/04/2019 | 17:23

A Secretaria de Educação da Bahia abriu nesta terça-feira (23) as inscrições para o Programa Universidade Para Todos (UPT), que oferece 11.505 vagas. O candidato pode se inscrever gratuitamente, no período de 23 de abril a 2 de maio, pelo Portal da Educação. No sul da Bahia, o programa é coordenado pela Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc).

O cursinho pré-vestibular é voltado a estudantes matriculados, em 2019, no 3º ano do Ensino Médio Regular estadual ou municipal ou suas modalidades correspondentes; matriculados, em 2019, no 4º ano da Educação Profissional integrada ao Ensino Médio ou suas modalidades correspondentes e egressos do Ensino Médio estadual ou municipal na Bahia.

No ato da inscrição, o candidato deverá fazer opção para um único município, local de funcionamento e turno que deseja cursar. O candidato informará, o número do seu Cadastro de Pessoa Física (CPF) e criará uma senha de seis a oito dígitos, o que dará origem a um nome de usuário para acesso ao endereço de inscrição.

Além de poder fazer alterações sobre a inscrição pelo sistema, o candidato também poderá tirar dúvidas sobre o processo pelo telefone 0800 285 8000, de segunda a sexta-feira, das 8h30min às 12h e das 13h30min às 18h ou pelo email.

A seleção dos candidatos será feita a partir das notas de Português e Matemática informadas pelos candidatos no ato da inscrição. A lista dos contemplados será divulgada no dia 10 de maio no Portal da Educação. A matrícula deverá acontecer de 21 a 24 de maio, no turno e local para o qual o estudante optou para cursar, com a apresentação dos documentos previstos no edital.

As aulas estão previstas para começar no dia 27 de maio e seguem até o mês de dezembro. Além das aulas, os estudantes têm acesso aos projetos complementares, como seminários, oficinas, simulados, revisão para o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) e orientação vocacional. Os 11.505 selecionados receberão camisa e material de estudo.

Para os cursistas da Universidade Estado da Bahia (Uneb) e Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb), que obtiverem frequência superior a 75% nas aulas, está garantida a isenção da taxa de inscrição no vestibular.

Internos do CPI são autorizados a cursar Ensino Superior após aprovação em vestibular

Domingos Matos, 18/04/2019 | 00:13

Uma cerimônia, realizada na manhã de quarta-feira (17), autorizou quatro internos que cumprem penas no Conjunto Penal de Itabuna a frequentarem as aulas em uma faculdade do município. Além de terem feito as provas do Enem 2018, eles ainda foram aprovados recentemente em um processo seletivo da instituição de ensino.

Dos cinco que foram aprovados, quatro deles reúnem as condições jurídicas para sair da unidade diariamente, e foram autorizados pelo juiz Antonio Maldonado a seguir os estudos, pois já estão no regime semiaberto. Com a autorização, estão aptos a deixar diariamente a unidade prisional e frequentar as aulas na faculdade que os acolheu.

O juiz enfatizou que esse é um novo momento, uma nova oportunidade que se abre à frente de cada um deles, alertando para a necessidade de uma boa conduta a partir de agora, quando terão um contato maior com o público externo, com a sociedade.

Para o diretor, capitão PM Adriano Jácome, esse é um momento muito importante para a unidade. “Com os quatro dessa quarta-feira, são nove estudantes que saíram do Conjunto Penal para o Ensino Superior. Temos consciência de que não é simples, mas também sabemos que trabalhando em equipe o resultado aparece. Agradecemos o apoio do Judiciário, Ministério Público, Defensoria Pública, Colégio Estadual e de nossa equipe de trabalho”.

A coordenadora de Educação da empresa Socializa, que operacionaliza o Conjunto Penal de Itabuna, Maria do Carmo, lembrou que o principal objetivo de todo trabalho realizado na unidade é a ressocialização. “A Educação é um poderoso instrumento de transformação. Agradeço à direção da unidade e à Socializa, por nos ter dado condições para sonhar e realizar momentos como esse, que estão cada vez mais frequentes”.

A cerimônia reuniu, além do juiz Maldonado e do diretor do CPI, Adriano Valério Jácome da Silva e do diretor adjunto Bernard Dutra, representante do Núcleo Territorial de Educação (NTE), Andrea Bezerra; da instituição de ensino superior parceira no projeto, Shirlei Araújo; e do novo diretor do Conjunto Penal de Eunápolis, major Kleber Santos, além da diretora do Colégio Estadual, Adriana Lima e de integrantes do Corpo Técnico e Administrativo do CPI.

 

Mais cinco internos do CPI prestam vestibular

Domingos Matos, 28/03/2019 | 16:43

Foi realizado na terça-feira (26), no Conjunto Penal de Itabuna (CPI), mais um vestibular com internos que cumprem pena na unidade prisional. Cinco candidatos responderam questões das áreas de Linguagens, Ciências Humanas, Ciências da Natureza, Matemática e Redação em busca do sonho de cursar o Ensino Superior.

Entre os vestibulandos, alguns concluíram o Ensino Médio no Colégio Estadual de Itabuna, que mantém um núcleo anexo no CPI, e outros já possuem uma formação superior e pretendem uma segunda graduação.

Também há diferença de regime entre os participantes: dois são do regime fechado e três cumprem suas penas já no regime semiaberto, mas fazem parte dos diversos programas de ressocialização e remição de pena, a exemplo da própria escola e do trabalho na própria unidade.

Desde 2017 o CPI matriculou cinco internos no Ensino Superior, em cursos e faculdades de ponta no município. Com o ingresso na academia, a Justiça promoveu a progressão de regime de todos eles. De acordo com o setor de ressocialização do Conjunto Penal, alguns deles estão, inclusive, estagiando na área de graduação.

Além do Colégio Estadual de Itabuna, o CPI abriga uma escola municipal (Lourival Oliveira). O Centro de Educação e Ressocialização conta com diversos cursos profissionalizantes, a exemplo de Corte e Costura, Serigrafia, Cabeleireira, fabricação de sandálias e artesanato, além de projetos como o de Remição da Pena pela Leitura e pelo Trabalho.

Pré-vestibular Universidade para Todos aprova 893 estudantes na Uneb

Domingos Matos, 31/01/2019 | 12:03

O pré-vestibular Universidade para Todos (UPT), da Secretaria da Educação do Estado, contribuiu para a aprovação de 893 alunos no vestibular 2019 da Universidade do Estado da Bahia (Uneb), uma das quatro instituições estaduais de Ensino Superior parceiras do programa. Entre os aprovados, por conta da ampliação do sistema de cotas, estão 43 quilombolas e seis indígenas. Outros 3.153 foram classificados e muitos ainda podem ser convocados pela Uneb nas próximas chamadas para a matrícula. Desde 2007, o UPT já colaborou para o ingresso de mais de 18 mil estudantes no ensino superior.

A indígena Amaranta Almeida da Poncada, da Aldeia Boca da Mata, em Porto Seguro, é uma das aprovadas e vai cursar Enfermagem. “Vou realizar um dos maiores sonhos da minha vida, que é fazer um curso que trará um retorno muito importante para a minha comunidade. Minha intenção é me tornar enfermeira para ajudar o meu povo”, afirma. 

A estudante conta também que a oportunidade de fazer o UPT foi decisiva. “O curso contribuiu muito para que eu passasse na Uneb. Tinha dificuldades na área de exatas, que foram destravadas no curso. As aulas e os professores eram ótimos. Estou muito feliz com esta vitória”. 

A coordenadora do UPT na Secretaria da Educação do Estado, Patrícia Machado, ressalta que as universidades estaduais parceiras – Uneb, Uefs, Uesb e Uesc – estão, atualmente, fazendo o levantamento dos estudantes aprovados nos vestibulares. “Passamos o ano de 2018 voltados para esse foco, com aulas regulares de segunda a sexta-feira; fizemos aulões, revisão e tivemos orientação vocacional para mostrar aos estudantes o perfil de profissional que o mercado hoje deseja e os cursos que temos em cada uma das universidades para que eles tivessem esse conhecimento no momento de fazer a opção, seja no SISU ou no vestibular tradicional”, explica. 

A importância do UPT é também comentada pela coordenadora do programa na Uneb, Simone Wanderley. “Mais uma vez, a Uneb prova que a universidade é um espaço para todos. Esse resultado reforça o alcance social do projeto e reafirma o seu principal compromisso que é democratizar o acesso ao ensino superior”.

 

Faculdade de Ilhéus faz inscrições na segunda chance do Vestibular 2019.1

Domingos Matos, 11/01/2019 | 08:02

 

A Faculdade de Ilhéus está com inscrições abertas para a segunda chance do vestibular 2019.1 até o próximo dia 16 de janeiro. Os interessados podem concorrer a vagas para os cursos de graduação em Administração, Ciências Contábeis, Direito, Enfermagem, Engenharia Civil, Nutrição, Odontologia e Psicologia. A prova do exame será aplicada no dia 20 deste mês, sendo que os portões serão abertos a partir das 7h30min.

A instituição completou 16 anos de funcionamento e se notabiliza como uma das mais eficientes faculdades da região, com aulas cem por cento presenciais e cursos bem avaliados pelo Ministério da Educação (MEC). As inscrições para a 2ª Chance no vestibular 2019.1 podem ser feitas pelo site www.faculdadedeilheus.com.br ou de forma presencial, na secretaria da Faculdade, localizada à margem da Rodovia BA-001, trecho Ilhéus-Olivença, km 1,5, bairro São Francisco, zona sul da cidade, no horário das 8 às 21 horas. O valor da taxa de inscrição é de 50 reais.

A Faculdade de Ilhéus também utiliza os resultados do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) para efeito de preenchimento de vagas remanescentes. Focada no compromisso de oferecer um ensino superior de qualidade, a instituição disponibiliza infraestrutura com sede própria, instalações modernas, salas climatizadas, biblioteca e laboratórios equipados que valorizam o binômio ensino-aprendizagem.

Financiamentos – Com a finalidade de garantir o acesso dos estudantes ao ensino superior, a Faculdade de Ilhéus aceita o financiamento de até 100 por cento do curso através do FIES (Fundo de Financiamento Estudantil), do Governo Federal. A instituição também oferece um sistema próprio de financiamento, o Cred-IES–Cesupi, que garante crédito até 70 por cento da mensalidade, sem juros, do início ao fim do curso. Após a conclusão da graduação, o estudante negocia diretamente a quitação do financiamento.

Ieprol amplia atividades em Itabuna investindo em educação

Domingos Matos, 16/12/2016 | 11:22
Editado em 16/12/2016 | 11:25

Depois de se qualificar ao longo dos últimos treze anos como um instituto de educação profissional e excelência, oferecendo cursos técnicos, de especialização e qualificação nas áreas  Saúde, Meio Ambiente, Gestão e Negócios e Desenvolvimento Educacional e Social, o Ieprol amplia suas ações no Sul da Bahia. Agora, numa parceria com o Sistema de Ensino Poliedro, que ocupa o primeiro lugar no ranking do país em material didático segundo a Rabbit Research e com elevado índice de aprovação em exames vestibulares e no Enem, lança para 2017 o Colégio Ieprol, com cursos a partir do ensino fundamental até o segundo grau.

O colégio ocupa três dos seis andares do edifício Vila Rica e está segundo a diretora Inatiane Martins, equipado com oito salas de aula, biblioteca, espaço para estudo individual e coletivo, data-show, laboratórios de anatomia humana, de química, de física e de informática, além de investir na implantação de um sistema de segurança com monitoramento de vídeo e na qualificação de uma equipe de 10 professores das diversas disciplinas, que estão recebendo treinamento no Sistema Poliedro, que trabalha com um sistema de módulos contextualizados.

Século XXI

A proposta, segundo ela, é pensar numa escola para o século 21, que fuja do modelo de educação tradicional e associe o aprendizado com o desenvolvimento de competências do aluno para o mundo, que está em constante mudança, e para a própria  vida, oferecendo a opção de serem, no futuro, os profissionais que desejarem, com o diferencial de serem os melhores na sua opção.

Como inovação projeto inclui aulas intensivas de inglês – ao invés de uma por semana são oferecidas cinco horas aulas, através de um programa de dual language - , além de matérias inovadoras como robótica – já nas disciplinas do ciclo básico -  e mecatrônica. O colégio também oferece aos pais e alunos um sistema de consultoria educacional.

Poliedro

Inatiane Martins explica que  o sistema Poliedro foi criado e vem funcionando com excelência na área a educacional há mais de 20 anos, com mais de 140 escolas parceiras instaladas em 20 estados do Brasil, apresentando resultados extraordinários em aprovação e desenvolvimento de alunos. Diz ainda que “o Poliedro investe no desenvolvimento de um projeto educacional integrador, com uma metodologia sólida e recursos tecnológicos que auxiliam na organização e no planejamento de estudos, o que motiva e desperta a paixão dos professores pelo ensino e dos alunos pela aprendizagem”.

A proposta educacional tem como foco promover a formação de um aluno questionador e autônomo, responsável e protagonista de seu próprio processo de aprendizagem. Em paralelo, o projeto educacional visa estimular desenvolvimento do raciocínio lógico de maneira contextualizada, construindo um indivíduo com as habilidades requisitadas para aprovação no ENEM, em vestibulares e ir muito  além. 
(Via Arte e Manhas)

FTC oferece vagas em 17 cursos de graduação

Domingos Matos, 05/07/2016 | 18:45

Com vagas em 17 cursos de graduação, incluindo os novos bacharelados em Medicina Veterinária, Engenharia Elétrica e Engenharia Mecatrônica, a Faculdade de Tecnologia e Ciências (FTC) de Itabuna está com inscrições abertas para o Processo Seletivo – Vestibular 2016.2, cujas provas estão marcadas para o próximo dia 17 de julho (domingo), das 14 às 18 horas. Os candidatos têm ainda a opção de utilizar as notas obtidas no ENEM como critério de classificação.

Para efetivar inscrição os interessados devem acessar o link vestibular.ftc.br, disponível no Portal FTC, ou ainda de forma presencial na Central de Atendimento ao Aluno, que funciona no campus da Faculdade, localizado na Praça José Bastos, área central de Itabuna, até o dia 15 de julho.

Também para o semestre 2016.2, a FTC está investindo na revitalização dos cursos de Educação Física e Comunicação Social – Jornalismo e de Publicidade e Propaganda. Ainda na área das Ciências Humanas, na unidade itabunense estão disponíveis os bacharelados em Administração, Direito e Psicologia. Já na área das Exatas as opções de cursos incluem Engenharia Ambiental, Engenharia Civil e Sistemas de Informação.

Para os candidatos que pretendem cursar um dos bacharelados em Ciências da Saúde, a FTC Itabuna disponibiliza vagas em Biomedicina, Enfermagem, Farmácia, Fisioterapia e Nutrição. O Processo Seletivo 2016.2 inclui ainda as vagas para as novas turmas dos cursos tecnológicos de Logística e o de Segurança do Trabalho. Outras informações sobre o Vestibular FTC podem ser obtidas através do 0800 056 6666.

Vestibular solidário: FTC realiza campanha de arrecadação de agasalhos

Domingos Matos, 15/07/2015 | 10:08
Editado em 17/05/2019 | 17:50

Formar profissionais conscientes de seu papel social é um compromisso da Rede FTC com a sociedade e, agora, os vestibulandos da instituição também são convidados à pratica da empatia. A campanha “Vestibular Solidário” propõe que o candidato a uma das vagas de graduação doe, no dia do vestibular, um agasalho ou cobertor que, depois, será destinado a quem mais precisa.

O candidato poderá entregar suas doações na unidade FTC em que vai realizar a prova de vestibular, marcada para o dia 26 de maio. Os donativos arrecadados serão destinados a uma instituição previamente selecionada pela Rede FTC. Em Itabuna, as doações serão destinadas ao Albergue Bezerra de Menezes, que atende pacientes com distúrbios mentais, idosos, e adultos com deficiência, localizado no bairro Antique.

Quem esquecer ou não puder participar dessa corrente de solidariedade não vai ficar de fora do processo seletivo que esse ano oferece 300 bolsas de até 100% em todos os cursos, exceto Medicina. “A participação do estudante não está condicionada à doação. Cada um é livre para participar da ação como puder, nós apenas convidamos nossa comunidade a se movimentar pelo bem do próximo e exercitar a empatia e a responsabilidade social, valores muito importantes para todos nós da FTC”, explica, Milena Oliveira, diretora de Marketing Integrado da Rede FTC, responsável pela idealização da campanha.

As inscrições para o processo seletivo da Rede FTC seguem abertas até o dia 23 de maio e podem ser realizadas através do portal da instituição. Para informações sobre a política de bolsas e sobre as vagas ofertadas por cada campi, o candidato deve conferir os editais do Vestibular Tradicional no linkhttps://www.ftc.br/vestibular/

Serviço – Vestibular Solidário Rede FTC

Quando: 26/05, às 9h

Onde: FTC Itabuna – Praça José Bastos, n. 55 - Centro

Inscrições e Informações: https://www.ftc.br/vestibular/

Acesse com seus dados:

ou
Ainda não tem acesso?
Registre-se em nosso Blog.