Tag: acesso

Unidade de Saúde da Urbis IV será entregue em março, garante secretário

Domingos Matos, 13/02/2019 | 17:07

O Secretário de Saúde de Itabuna, Jozimar Salles, pediu celeridade nas obras de reforma da Unidade de Saúde da Família Dr. Elson Duarte, no bairro Urbis IV, a fim de que as comunidades daquele bairro e de outras áreas vizinhas possam voltar a receber o atendimento necessário. O titular da SMS acompanha o trabalho no local e acredita que até o inicio de março próximo, a unidade seja entregue às famílias. “O prédio está sendo totalmente reestruturado e oferecerá maior conforto, segurança e comodidade para os pacientes cadastrados na unidade”, reforçou.    

As obras da USF da Urbis IV foram iniciadas no ano passado e de lá pra cá foram executados diversos serviços que envolveram desde o piso, o telhado, as  instalações hidráulicas e elétricas e, por último, será feita a pintura das paredes internas e externas, além da limpeza da área ao redor do prédio.

O secretário de saúde informou que mesmo em reforma, os moradores não ficaram sem assistência à saúde básica na rede municipal. O atendimento está sendo feito no Campus I da Unime, na Avenida José Soares Pinheiro, no bairro Lomanto. Jozimar Sales disse reconhecer o transtorno que as família enfrentam em função da transferência, “mas é por uma boa causa”, garante.

A diretora do Departamento de Atenção Básica da SMS, Dhayse Gonçalves também reforça o compromisso do prefeito Fernando Gomes e do secretário de Saúde, Jozimar Salles, de promover em Itabuna, uma saúde de qualidade, dignidade e respeito aos pacientes do SUS. Ela afirma que o município tem trabalhado  no sentido de conduzir as políticas da Atenção Básica em Itabuna, “que permitam o acesso das famílias a equipamentos confortáveis e em  condições dignas de atendimento”.

A proposta da Secretaria de Saúde de Itabuna, segundo ela, é de manter o  cronograma de reforma direcionando atenção imediata para aquelas unidades de saúde que necessitam de melhoria em sua estrutura física. Dhayse justifica que as verbas não são suficientes para atender a todas as unidades ao mesmo tempo. Lembra que a demanda é grande, “mas o esforço e o desejo de melhorar também são”, assegura

 

Legislativo aprova mudança do Regime Jurídico dos Servidores Municipais de Itabuna

Domingos Matos, 13/02/2019 | 13:41
Editado em 13/02/2019 | 13:50

A Câmara de Itabuna aprovou, por 15 votos a 6, o Projeto de Lei de nº 15/2018, que dispõe sobre a mudança do Regime Jurídico dos Servidores Públicos do Município de Itabuna, de Celetista para Estatutário. A votação do projeto, que é de autoria do Executivo Municipal, ocorreu durante sessão extraordinária na manhã desta quarta-feira (13), no plenário da Câmara.

Segundo o governo, o projeto em questão, que altera o Regime para Estatutário, assegura direitos e garante benefícios aos servidores municipais de Itabuna, atendendo, inclusive, a mais de 150 emendas propostas pelos sindicatos, contemplando uma série de medidas que darão segurança e estabilidade aos funcionários.

De acordo com o projeto, medidas que tratam da aposentadoria dos servidores, bem como vantagens pecuniárias, a exemplo de ajuda de custo, diárias, gratificações, adicionais e abono família, apresentam-se em acordo com as leis vigentes e com os direitos dos servidores. A implementação da Gratificação Natalina, nos moldes do 13º salário, também é outro destaque que atende uma preocupação do Prefeito Fernando Gomes com o funcionalismo municipal e comprovam que o Estatuto não gera prejuízo ao servidor.

"Indignação"

A aprovação do projeto causou indignação de professores e outros servidores municipais. Entidades representativas de classe alegam que o estatuto nunca foi discutido com as categorias e as mudanças propostas em seu texto trazem prejuízos aos servidores públicos. Segundo essas entidades, além da perda ao direito do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS), os funcionários públicos municipais não terão mais acesso à Justiça do Trabalho para resolução dos seus processos.

Para a Presidente do Sindicato dos Professores (SIMPI), Maria do Carmo Oliveira, mais conhecida como Carminha, o dia foi de luto, mas também de muita luta. “Nos mobilizamos junto às outras entidades para impedir essa aprovação. Fizemos todas as convocações possíveis e pressionamos ao máximo os vereadores para que não aprovassem esta mudança. Os trabalhadores foram traídos pelos vereadores, com exceção daqueles que defenderam nossa causa”, afirmou a líder sindical.

Os seis vereadores que se opuseram à alteração do regime jurídico foram: Jairo Araújo (PC do B), Babá Cearense (PHS), Enderson Guinho (PDT), Júnior Brandão (PT), Charliane Sousa e Chicão (ambos do PTB). 

Shopping Jequitibá libera acesso de cães e gatos

Domingos Matos, 13/02/2019 | 10:04

A partir desta semana, o Shopping Jequitibá, em Itabuna, liberou a entrada de cães e gatos de pequeno e médio porte, que não ultrapassem a altura de 40 cm, no interior do empreendimento. Para garantir um convivência agradável e segura algumas regras devem ser seguidas, como estar acompanhado do dono e usar coleira.

Outras regras a serem observadas são:  limpeza de eventual sujeira é de responsabilidade do dono do animal (que deve levar papel e sacolas), o acesso à escada rolante só pode ser feita no colo, o acesso à praça de alimentação e banheiros só é permitida a cães-guias.

O acesso de cães das raças pitbull, mastim napolitano, rottweiller, american stafforshare terrier, além de variações dessas raças, não será permitido.

No caso de acessos ao interior as lojas, os estabelecimentos que permitem a entrada de cães e gatos estarão  sinalizados com a marca da patinha.

Maiores orientações e informações estão disponíveis nas redes sociais do Shopping Jequitibá:  Instagram:@shoppingjequitiba  e Facebook: Shopping Jequitibá

Produtores de cacau devem voltar a acessar crédito rural

Domingos Matos, 12/02/2019 | 15:31

Agricultores familiares produtores de cacau da Bahia devem voltar a fazer financiamento de crédito para implantação, ampliação ou modernização da estrutura de produção, beneficiamento, agroindustrialização do cacau, entre outras ações. A medida foi discutida, nesta terça-feira (12), por dirigentes e técnicos da Secretaria de Desenvolvimento Rural do Estado da Bahia (SDR) e do Banco do Nordeste, no município de Ilhéus. 

O secretário em exercício da SDR, Jeandro Ribeiro, apresentou as diversas ações que estão sendo realizadas pela secretaria para fortalecer a cacauicultura baiana, como assistência técnica e extensão rural (Ater), apoio à reforma agrária, regularização fundiária, mecanização rural, além dos investimentos realizados por meio de projetos como o Pró-Semiárido e o Bahia Produtiva.

Ribeiro enfatizou que é preciso somar esforços para a região cacaueira: "É um desafio que trazemos, mas essa é uma estratégia de juntar todos os investimentos e potencializá-los como esse acesso ao crédito".

Estiveram presentes técnicos da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR/SDR) e da Superintendência Baiana de Assistência Técnica e Extensão Rural (Bahiater/SDR), além de agentes das prestadoras de assistência técnica e extensão rural (Ater) dos Territórios de Identidade Litoral Sul, Baixo Sul, Médio Rio das Contas e Costa do Descobrimento.
Segundo o superintendente do Banco do Nordeste, José Gomes, com a SDR surgiu a possibilidade de voltar a atender os produtores de cacau: "Estamos aprofundando a discussão para atender os produtores que se encaixarem no perfil para o crédito para que possam retornar as atividades preponderantes na região".

Para operacionalizar crédito para a cacauicultura foram realizados encaminhamentos como visitas às áreas produtivas, capacitação das entidades de Ater e andamento do projeto de conservação produtiva.

*Plano operacional* 
A reunião é desdobramento da estratégia do Plano Operacional para o Cacau e Chocolate da Bahia, lançado pelo Governo do Estado, em novembro de 2018, que atenderá 20 mil agricultores. O plano prevê o desenvolvimento de ações que permitirão elevar, em cinco anos, a produção de cacau na Bahia para 240 mil toneladas/ano, até 2022, e consolidar a fabricação de chocolates finos com certificado de origem no Sul da Bahia.

 

Missão de Moçambique conhece experiências do Bahia Produtiva

Domingos Matos, 12/02/2019 | 11:04

Com o objetivo de conhecer experiências do projeto Bahia Produtiva, desenvolvido pelo Governo da Bahia, uma delegação formada por representantes do Governo de Moçambique realiza um Missão de Intercâmbio até quinta-feira (14). O início das atividades ocorreu na sede da Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), no Centro Administrativo da Bahia (CAB), em Salvador, com a participação de dirigentes e técnicos da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), órgão do Estado que executa o Bahia Produtiva.

“O primeiro dia de trabalho com a delegação de Moçambique foi bastante proveitoso. Eles puderam conhecer a experiência do projeto Bahia Produtiva e seus resultados. A partir dessa experiência e das visitas de campo, eles pretendem tirar algumas lições para serem implementadas em Moçambique. Esse intercâmbio é de extrema importância para conhecer novas experiências de ambos os países”, destacou o coordenador do Bahia Produtiva, Fernando Cabral.

Para o diretor provincial da Terra, Ambiente e Desenvolvimento Rural de Moçambique, Francisco Sambo, o objetivo é ter um conhecimento geral de como é implementado o Bahia Produtiva, devido a similaridade com a estrutura governamental de Moçambique, país que também tem um projeto financiado pelo Banco Mundial, por meio do Fundo Nacional de Desenvolvimento Sustentável (FNDS). 

"Estamos ainda em uma fase piloto do projeto, trabalhando em duas províncias, localizadas no Centro e Norte do país, consideradas as mais produtivas do país, por isso viemos conhecer como é feita a gestão do projeto nos territórios, e como é feita a assistência técnica para cada umas dessas áreas territoriais, para que em Moçambique nós possamos expandir essas experiências”, explicou Francisco Sambo. 

A programação desse primeiro dia do intercâmbio incluiu a apresentação das ferramentas, execução, estratégias e instrumentos do Bahia Produtiva, serviços de assistência técnica e extensão rural (Ater), Alianças Produtivas, sistemas de monitoramento, e avaliação de instrumentos de registro. Foi realizada também uma reunião com representantes da Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE), com a finalidade de debater sobre estratégias de atração de investimentos.

O intercâmbio terá ainda as visitas de campo a projetos produtivos socioambientais e voltados para cadeias produtivas como a da cajucultura e apicultura, nos municípios de Ribeira do Pombal, Banzaê e Tucano.

 

Bahia Produtiva

Garantir sustentabilidade e inclusão socioprodutiva a famílias de comunidades rurais baianas são algumas das finalidades do Bahia Produtiva. Nos últimos quatro anos, o projeto selecionou 874 projetos em toda a Bahia, totalizando investimentos de aproximadamente R$ 290 milhões, beneficiando diretamente mais de 28 mil famílias.

O Bahia Produtiva se diferencia de outros projetos não somente por aplicar recursos para investimentos produtivos, mas também por ofertar um serviço sistemático de Ater e apoio à gestão, ações de promoção de produtos sustentáveis e acesso a mercados, estratégia de alianças produtivas e aporte a políticas públicas complementares.

 

Ilhéus: Governo cria novo Portal da Transparência e Acesso à Informação

Domingos Matos, 12/02/2019 | 07:11

O Decreto nº. 013/2019, assinado pelo prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre, regulamenta a transparência ativa no Município e cria o Portal da Transparência e Acesso à Informação. Amparado na Lei Complementar nº 131/2009 e Lei Federal nº. 12.527/2011, esse decreto garante ao cidadão o direito de acompanhar, em tempo real, informações pormenorizadas sobre a execução orçamentária e financeira do Executivo Municipal entre diversas outras.

Inovando, já em 2017, o prefeito transferiu a responsabilidade pela gestão e monitoramento da transparência pública para a Controladoria-Geral do Município (CGM), observando as diretrizes nacionais para o controle interno no setor público. De imediato, a CGM ampliou a transparência ativa com a criação da Página de Acesso à Informação. Em meados de 2018, iniciou projeto de reestruturação do Portal.

Como resultado do trabalho, o Governo Municipal lança, em 2019, o novo Portal da Transparência e Acesso à Informação, com a finalidade de consolidar e disponibilizar as informações públicas a partir de um único local, acessível em domínio público, disponível na internet, 24 horas por dia, sete dias por semana.

Monitoramento - A auditora municipal de Transparência e Controle Social, Suzi Rodrigues, afirma que “ao estabelecer uma estrutura mínima para o Portal e o padrão das informações que deverão ser disponibilizadas, o gestor fortalece nosso trabalho de monitoramento, que já vem sendo realizado a partir da aplicação trimestral de listas de verificação, baseadas nos tópicos fiscalizados pelos órgãos de controle externo, como o Tribunal de Contas dos Municípios do Estado da Bahia (TCM-BA) e o Ministério Público Federal (MPF), bem como pela Controladoria-Geral da União (CGU), oportunidade na qual recomendamos ao controlador-geral propostas de melhorias”, explica.

Em dezembro passado, Ilhéus alcançou a nota 7,99, acima da média nacional (6,50) dos municípios avaliados pela Controladoria-Geral da União (CGU), tendo sido a primeira avaliação feita por meio da Escala Brasil Transparente.

Pesquisa de opinião - O Decreto 013/2019 entrará em vigor no próximo dia 6 de março e está disponível no Diário Oficial do Município (link: https://bit.ly/2MQ7DXV). Segundo o controlador-geral do Município, Alex Souza, “juntamente com a publicação do novo Portal da Transparência e Acesso à Informação, estaremos disponibilizando uma pesquisa de opinião, acessível pela internet, de 10 de março a 30 de abril de 2019, por meio da qual qualquer interessado poderá avaliar o Portal, votar nas principais demandas por transparência e encaminhar sugestões de melhorias. Os resultados desta consulta pública serão analisados pela CGM no mês de maio e divulgados no mês de junho, durante o Fórum Municipal de Transparência e Fortalecimento do Controle Social”, adianta o o controlador-geral.

Além do novo Portal, a norma também estabelece os instrumentos mínimos que deverão ser contemplados no Sítio Oficial do Município, sob a gestão e monitoramento da Secretaria de Comunicação Social, tais como linguagem cidadã, clara e de fácil compreensão do usuário; ferramenta de busca de conteúdo, por meio do uso de palavra-chave; links de notícias e eventos de interesse do Município e ferramenta de acessibilidade, garantindo o acesso às informações por pessoas com deficiência. Terá também o serviço Fale Conosco, para que o usuário esclareça dúvidas ou envie comentários, Catálogo de Serviços e o Diário Oficial do Município.

 

Receita abre consulta a lote da malha fina do Imposto de Renda

Domingos Matos, 08/02/2019 | 10:05

A Receita Federal abre hoje (8) consulta ao lote residual de restituição do Imposto de Renda (IR) Pessoa Física de fevereiro. Ao todo, serão desembolsados R$ 401 milhões para 142,6 mil contribuintes que estavam na malha fina das declarações de 2008 a 2018, mas regularizaram as pendências com o Fisco.

A lista com os nomes estará disponível a partir das 9h no site da Receita na internet. A consulta também pode ser feita pelo Receitafone, no número 146. A Receita oferece ainda aplicativo para tablets e smartphones, que permite o acompanhamento das restituições.

As restituições terão correção de 5,68%, para o lote de 2018, a 107,8% para o lote de 2008. Em todos os casos, os índices têm como base a taxa Selic (juros básicos da economia) acumulada entre a entrega da declaração até este mês.

O dinheiro será depositado nas contas informadas na declaração no próximo dia 15. O contribuinte que não receber a restituição deverá ir a qualquer agência do Banco do Brasil ou ligar para os telefones 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (telefone especial exclusivo para deficientes auditivos) para ter acesso ao pagamento.

Pacientes do centro e da área rural de Itabuna estão sendo atendidos na UBS do antigo Sesp

mudança, endereço, marcação exames, Itabuna

Domingos Matos, 07/02/2019 | 14:05

A marcação de exames para média complexidade para pacientes cadastros no Sistema Único de Saúde (SUS) que residem no centro de Itabuna e na zona rural do município está sendo feita em novo endereço: na Unidade Básica de Saúde (UBS) José Maria Magalhães Neto, antigo SESP, na praça João Pessoa. O secretário de Saúde, Jozimar Salles informou que a mudança de local para o atendimento à média complexidade visa facilitar o acesso dos pacientes aos serviços qualificados,  bem como diminuir o fluxo na Central de Regulação.   

A diretora do Departamento da Atenção Básica, Dhayse Nascimento Gonçalves explicou que a média complexidade ambulatorial, incluem desde fisioterapia, exames laboratoriais e oftalmológicos, revisão, otorrino, consultas, raio x, ultrassons, eletro e eco cardiograma, até a confecção do cartão SUS.

Dhayse reforça que o atendimento de média complexidade na UBS José Maria de Magalhães Neto é só para os moradores do centro e dos distritos de Mutuns e Itamaracá. Os demais pacientes de outros bairros continuarão sendo atendidos nas  unidades de saúde onde estas famílias residem. Informa ainda, que a Central de Regulação manterá a oferta dos serviços de alta complexidade, a exemplo de ressonância magnética, tomografia computadoriza, densitometria óssea, dentre outras.

A diretora da Atenção Básica destacou que os serviços de média e de alta  complexidade são formados por uma série de ações que asseguram o atendimento na rede pública de saúde e atendem aos principais problemas e agravos de saúde da comunidade, com profissionais especializados, além do uso de recursos tecnológicos, para o apoio do diagnóstico e do tratamento.

“Já os procedimentos de alta complexidade envolvem alta tecnologia e alto custo, oferecidos pelo SUS, a partir do atendimento clinico nas unidades básicas de saúde e agendadas de acordo com a quantidade de cotas liberadas mensalmente, pelo Governo do Estado, através da Central de Regulação”, explicou a diretora. Dhayse lembra também que a Secretaria de Saúde implantou o projeto Fila Zero, uma iniciativa para reduzir e normalizar as filas de acesso a consultas na rede pública de saúde em Itabuna.

 

Policlínicas e Central de Regulação se tornam referência para outros estados

Domingos Matos, 07/02/2019 | 11:04

O modelo adotado na Bahia para a descentralização da assistência de média complexidade, com as policlínicas regionais de saúde, está se tornando referência para outros estados. A unidade instalada em Feira de Santana foi apresentada na quarta-feira (06), para o secretário da Saúde de Goiás, Ismael Alexandrino Júnior, pelo secretário da Saúde da Bahia, Fábio Vilas-Boas. A expectativa é que o modelo baiano seja implantado em outros estados a fim de ampliar e descentralizar o atendimento especializado para a população em outras localidades do Brasil. “Podemos afirmar que essa é uma experiência inovadora na gestão do sistema de saúde, diferente do que vem sendo implantado em todo o Brasil”, explicou Fábio Vilas-Boas.

O secretário de Goiás ainda visitou toda a estrutura e à tarde reuniu-se com gestores da SESAB para detalhar o conhecimento. “As policlínicas contribuem para a regionalização da saúde. Nós entendemos que a saúde não pode ser praticada somente na capital. Esse é um modelo exitoso aqui na Bahia e nós pretendemos implantar no estado de Goiás e dar acesso à saúde mais próximo da população”, afirmou Ismael Alexandrino Júnior.

Bahiafarma e Central de Regulação 
O secretário da Saúde de Goiás, Ismael Alexandrino Júnior, visitou ainda a sede da Bahiafarma, onde ele foi apresentado à planta de produção da indústria farmacêutica, que faz a distribuição de medicamentos e testes rápidos para o Sistema Único de Saúde em todo o país.

Na sequencia, foi realizada visita à Central Estadual de Regulação, onde pode conhecer o sistema de informática desenvolvido pela SESAB e que vem permitindo reduzir rapidamente o número de pessoas aguardando leitos em todo o estado.

 

Projetos produtivos da Bahia recebem visita de representantes do Banco Mundial

Domingos Matos, 04/02/2019 | 13:09

Um grupo formado por representantes do Banco Internacional de Reconstrução e Desenvolvimento (BIRD/Banco Mundial) e da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), empresa pública vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), realiza, de segunda-feira (04) a quarta-feira (06), a Missão de Supervisão do projeto Bahia Produtiva.

O objetivo é apresentar os avanços nos três anos de projeto, em especial com a questão ao acesso de mercado, além de aprimorar os instrumentos de controle e avaliação sobre os impactos na renda e na qualidade de vida das famílias beneficiadas.

A programação conta com visita ao Assentamento Terra Vista, no município de Arataca, área reflorestada com espécies nativas da Mata Atlântica com a tecnologia do plantio a partir do método Cabruca, à Fábrica de Chocolate da Agricultura Familiar, em Ibicaraí, e ao Instituto Biofábrica do Cacau, em Ilhéus, que tem como objetivo o cultivo e disseminação de mudas de frutas de espécies subtropicais. O grupo visita também a comunidade Quilombola de Tererê e a Cooperativa de Pesca Repescar, em Itaparica. 

 

Projetos produtivos da Bahia recebem visita de representantes do Banco Mundial

Domingos Matos, 04/02/2019 | 13:09

Um grupo formado por representantes do Banco Internacional de Reconstrução e Desenvolvimento (BIRD/Banco Mundial) e da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), empresa pública vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), realiza, de segunda-feira (04) a quarta-feira (06), a Missão de Supervisão do projeto Bahia Produtiva.

O objetivo é apresentar os avanços nos três anos de projeto, em especial com a questão ao acesso de mercado, além de aprimorar os instrumentos de controle e avaliação sobre os impactos na renda e na qualidade de vida das famílias beneficiadas.

A programação conta com visita ao Assentamento Terra Vista, no município de Arataca, área reflorestada com espécies nativas da Mata Atlântica com a tecnologia do plantio a partir do método Cabruca, à Fábrica de Chocolate da Agricultura Familiar, em Ibicaraí, e ao Instituto Biofábrica do Cacau, em Ilhéus, que tem como objetivo o cultivo e disseminação de mudas de frutas de espécies subtropicais. O grupo visita também a comunidade Quilombola de Tererê e a Cooperativa de Pesca Repescar, em Itaparica. 

 

Clássico BaVi terá torcida única e 338 policiais militares

Domingos Matos, 31/01/2019 | 14:09
Editado em 31/01/2019 | 09:25

O clássico Bahia x Vitória, válido pela Copa do Nordeste 2019, na tarde do próximo domingo (3), na Arena Fonte Nova, terá a presença apenas da torcida do Esporte Clube Bahia. Definição que foi estabelecida na reunião de planejamento estratégico de policiamento do clássico BaVi, realizada quarta-feira (30), na sede do Batalhão Especializado em Policiamento de Eventos (Bepe), no bairro de Pituaçu, em Salvador. 

O esquema de segurança terá 338 policiais militares, distribuídos na parte interna e no entorno do estádio. Serão realizadas abordagens pessoais nos portões de acesso, intensificação do policiamento nos principais corredores de tráfego, pontos de ônibus e estações de transbordo. A equipe operacional da Arena também apresentou o planejamento para o jogo.

“A Polícia Militar está sempre aqui para ajudar, e a união de todos os órgãos envolvidos é de grande importância para garantir o sucesso deste evento”, declarou o tenente-coronel Saulo Roberto, comandante do Bepe.

 

Pré-vestibular Universidade para Todos aprova 893 estudantes na Uneb

Domingos Matos, 31/01/2019 | 12:03

O pré-vestibular Universidade para Todos (UPT), da Secretaria da Educação do Estado, contribuiu para a aprovação de 893 alunos no vestibular 2019 da Universidade do Estado da Bahia (Uneb), uma das quatro instituições estaduais de Ensino Superior parceiras do programa. Entre os aprovados, por conta da ampliação do sistema de cotas, estão 43 quilombolas e seis indígenas. Outros 3.153 foram classificados e muitos ainda podem ser convocados pela Uneb nas próximas chamadas para a matrícula. Desde 2007, o UPT já colaborou para o ingresso de mais de 18 mil estudantes no ensino superior.

A indígena Amaranta Almeida da Poncada, da Aldeia Boca da Mata, em Porto Seguro, é uma das aprovadas e vai cursar Enfermagem. “Vou realizar um dos maiores sonhos da minha vida, que é fazer um curso que trará um retorno muito importante para a minha comunidade. Minha intenção é me tornar enfermeira para ajudar o meu povo”, afirma. 

A estudante conta também que a oportunidade de fazer o UPT foi decisiva. “O curso contribuiu muito para que eu passasse na Uneb. Tinha dificuldades na área de exatas, que foram destravadas no curso. As aulas e os professores eram ótimos. Estou muito feliz com esta vitória”. 

A coordenadora do UPT na Secretaria da Educação do Estado, Patrícia Machado, ressalta que as universidades estaduais parceiras – Uneb, Uefs, Uesb e Uesc – estão, atualmente, fazendo o levantamento dos estudantes aprovados nos vestibulares. “Passamos o ano de 2018 voltados para esse foco, com aulas regulares de segunda a sexta-feira; fizemos aulões, revisão e tivemos orientação vocacional para mostrar aos estudantes o perfil de profissional que o mercado hoje deseja e os cursos que temos em cada uma das universidades para que eles tivessem esse conhecimento no momento de fazer a opção, seja no SISU ou no vestibular tradicional”, explica. 

A importância do UPT é também comentada pela coordenadora do programa na Uneb, Simone Wanderley. “Mais uma vez, a Uneb prova que a universidade é um espaço para todos. Esse resultado reforça o alcance social do projeto e reafirma o seu principal compromisso que é democratizar o acesso ao ensino superior”.

 

Rede de Associações Rurais do Território Litoral Sul da Bahia foi lançada em Itacaré

Domingos Matos, 30/01/2019 | 18:30

Representantes de associações rurais e do setor de agricultura de Itacaré e municípios circunvizinhos acompanharam o Seminário de Lançamento do Projeto de Apoio às Associações Rurais do Litoral Sul da Bahia na semana passada, durante a Expofeira de Itacaré. A proposta visa apoiar, subsidiar e consolidar a estruturação de uma rede de associações rurais, visando a formação de uma entidade representativa dos agricultores.

O encontro contou com a iniciativa do Consórcio de Desenvolvimento Sustentável – Litoral, em parceria com a Prefeitura Municipal de Itacaré e o Governo do Estado da Bahia, através da Superintendência Baiana de Assistência Técnica e Extensão Rural (Bahiater). Dentre as ações do governo do Estado, a superintendente do órgão, Célia Watanabe destacou que estará atuando em conjunto com parceiros, os municípios e o consórcio de atuação.

Ela destacou ainda que “é necessário manter um diálogo na localidade, para verificar de fato, a demanda da agricultura familiar, pois é a partir daí que se cria o caminho de uma cidade sustentável”, declarou a representante do Estado ao esclarecer sobre o papel da assistência técnica, que tem a finalidade de ajudar as famílias e associações rurais a terem acesso às políticas públicas.

O Seminário aconteceu durante a Expofeira de Itacaré, que promoveu a agricultura familiar local e de outros municípios, a partir da exposição de produtos, capacitações e atividades artísticos-culturais. De acordo com o prefeito de Itacaré e presidente do Consórcio Litoral Sul, Antônio de Anízio, as duas atividades valorizam os pequenos agricultores, no sentido de “fortalecer o segmento que hoje é fundamental para o abastecimento da zona urbana”, reforçou o gestor, que também parabenizou a parceria com a Bahiater.

Sobre o convênio de apoio às associações rurais, o coordenador executivo do consórcio, Luciano Veiga falou que o projeto vai beneficiar 13 municípios consorciados do Território Litoral Sul. A proposta visa “capacitar os agricultores para que tenham um entendimento maior sobre como se organizar, enquanto associação, como cuidar da situação financeira e administrativa. Além disso, o projeto possibilita aos agricultores participar de feiras em rede, para fazer com que os agricultores possam expor em outras localidades”, explicou.

 

Estudantes do Félix Mendonça em Itabuna se destacam no ENEM e conquistam vagas na UESC

Domingos Matos, 29/01/2019 | 18:01

Estudantes da rede estadual estão comemorando o ingresso em universidades em toda Bahia. Com o ótimo desempenho no Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM), em 2018, os alunos conquistaram vagas pelo Sistema de Seleção Unificada (SISU) em cursos dos mais concorridos, como Medicina e Direito, em universidades públicas da Bahia. As matrículas, que devem ser realizadas nas próprias instituições, iniciam nesta quarta-feira (30), e seguem até 4 de janeiro. Mas informações no endereçohttp://sisu.mec.gov.br/. 

A festa foi em dobro para os irmãos Dandara Cezar (foto) e Pablo Cezar, estudantes do Colégio Estadual Felix Mendonça, em Itabuna, que conquistaram vagas no curso de Comunicação Social, com ênfase em Rádio e TV, e em Ciência da Computação, respectivamente, na Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC). Para a futura universitária, a possibilidade de cursar o Ensino Superior perto de casa será gratificante. “A minha família está muito feliz com as nossas conquistas e mais ainda porque temos uma universidade de qualidade perto de onde moramos e isso ajuda bastante. O meu conselho para os colegas é que busquem seus objetivos enfrentando todos os desafios”, disse.

Para Filippe Richard, também concluinte do Colégio Estadual Felix Mendonça, a conquista de uma vaga no curso de Direito na UESC, mostra a capacidade dos alunos da rede pública. “Somos estigmatizados, mas existe muita qualidade no ensino da escola pública e o Félix Mendonça é um ótimo exemplo. Na escola fui incentivado a participar de diversos concursos de Redação, onde tive muito destaque, além dos projetos desenvolvidos na unidade. E tudo isso me ajudou muito na minha preparação para a conquista desta vaga. Então, além da estrutura, tenho a consciência que o aluno também é responsável pela busca do conhecimento e formação intelectual”, enfatizou.

Muito contente com o acesso ao curso de Medicina da Universidade Federal da Bahia (UFBA), em Salvador, Taís Araújo, concluinte do Colégio Estadual César Borges, em Valente, contou sobre a trajetória que a levou a esta conquista. “Com certeza tive bastante ajuda da escola e professores na preparação para o ENEM. É importante que o aluno também tenha iniciativa de procurar o aprendizado, pesquisando e buscando outras formas de ganhar conhecimento. Estou com uma grande expectativa em iniciar o curso, sei que será um desafio porque é em outra cidade, mas a vontade de vencer é maior”, afirmou a aluna, que teve nota 940 em Redação e 760 na média geral.

 

Acesse com seus dados:

ou
Ainda não tem acesso?
Registre-se em nosso Blog.