Tag: imoveis

Novo modelo de seleção pública vai reduzir em 40% as despesas do Estado com avaliação de imóveis

Domingos Matos, 08/09/2019 | 16:37

O governo baiano está credenciando empresas interessadas em prestar serviços ao Estado como avaliadores de bens imóveis. O edital de credenciamento marca a inauguração de um novo modelo de seleção pública proposto pela Secretaria de Administração do Estado (Saeb) que deverá proporcionar aos cofres públicos economia de 40% na execução dos serviços de avaliação contratados anualmente pelo Estado para viabilizar o seguro, locação, permuta e aquisição de imóveis, entre outros processos.

“O modelo vai dar novo estímulo aos processos de avaliação e reavaliação de imóveis no Estado, com ganhos em economicidade e agilidade”, ressalta a diretora de Administração de Bens Imóveis da Superintendência de Patrimônio da Saeb, Laura Protásio.

Antes da iniciativa – que foi inspirada em uma experiência desenvolvida pelo governo estadual do Rio Grande do Sul – todas as avaliações de bens imóveis no Estado eram executadas por meio de contrato de inexigibilidade com a Caixa Econômica Federal (CEF) no valor de R$ 350 mil ao ano. O banco tem a vantagem de dar chancela às avaliações – garantindo segurança jurídica aos processos – mas trabalha com custo de serviços técnicos mais altos e maior prazo para entrega dos laudos. 

“A solução que encontramos foi criar internamente uma equipe técnica de engenheiros para recepcionar os laudos apresentados pelas empresas e validá-los”, informa a coordenadora de Sinistro e Normatização, Laura Nogueira. Segundo Laura, em função da mudança, desde 2018 o escopo do contrato com a Caixa Econômica Federal (CEF) foi reduzido para contemplar apenas demandar estratégicas do Estado para aquisição e alienação de imóveis. Agora, a expectativa é de que o credenciamento estimule as unidades do Estado a atender à demanda reprimida de avaliação de bens imóveis.

Credenciamento – As empresas interessadas em prestar serviço ao Estado como avaliadoras imobiliárias poderão fazer o seu credenciamento ao longo dos próximos 12 meses, enviando documentação para a Saeb, no endereço 2ª Avenida, nº 200, sala 103, Centro Administrativo da Bahia (CAB). As contratações por inexigibilidade serão realizadas mediante sorteio entre as empresas habilitadas, à medida que surgirem demandas de avaliação. O termo de referência e o edital com a relação dos documentos necessários para o credenciamento estão disponíveis no endereço eletrônico www.comprasnet.ba.gov.br. Mais informações podem ser obtidas também pelo telefone (71) 3115-3360.

 

MP cumpre mandado de prisão por exploração ilegal de imóveis no Rio

Domingos Matos, 16/07/2019 | 09:01

O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ) cumpre nesta terça-feira (16), 17 mandados de prisão preventiva contra acusados de exploração imobiliária clandestina na comunidade da Muzema e nos arredores. O grupo é suspeito de loteamento, construção, venda, locação e financiamento ilegal de imóveis.

Além disso, eles são acusados de ligações clandestinas de água e energia elétrica e a corrupção de agentes públicos. A operação de hoje também cumpre diversos mandados de busca e apreensão.

Ao todo, foram denunciadas 27 pessoas por suspeito de envolvimento no grupo criminoso, de acordo com o Ministério Público.

Além dos riscos para as pessoas que vivem nesses edifícios, as construções ilegais provocam a destruição de vegetação da Mata Atlântica.

Em abril, dois prédios construídos ilegalmente desabaram na comunidade da Muzema, deixando 24 mortos. A região é controlada por uma milícia, grupo criminoso que extorque moradores e explora serviços clandestinos. (Com informações da Agência Brasil)

Acordo com construtora facilita compra de imóveis aos comerciários de Itabuna

Domingos Matos, 21/10/2010 | 23:51
Editado em 22/10/2010 | 20:55

jairoAtravés de uma parceria entre a Prefeitura de Itabuna, Caixa Econômica Federal, FM Construtora e Sindicato dos Comerciários de Itabuna, os trabalhadores do comércio de terão facilitado o acesso para a aquisição de apartamentos do Residencial Parque das Flores.

O acordo garante à categoria a inclusão ao programa Minha Casa Minha Vida, do Governo Federal, que possibilita o financiamento do imóvel pela Caixa, com prazo de pagamento em até 300 meses e um desconto que pode chegar a 17 mil reais no valor total.

O gerente de vendas da FM Construtora, Paulo Dórea, explica que os comerciários com renda familiar média de mais de três salários mínimos e que não tenham restrição ao crédito estão aptos para fazer o cadastro e obter o financiamento. Os apartamentos terão prestações com valor médio de 290 reais.

De acordo com o presidente do sindicato, Jairo Araujo, “a vantagem é que, através dessa parceria, o condomínio está sendo construído prioritariamente para os comerciários, que com isso poderão adquirir imóveis com excelentes condições de pagamento, graças à política de incentivo habitacional do presidente Lula”.

O sindicato está fazendo uma campanha junto à categoria, para esclarecer dúvidas e fornecer detalhes sobre o financiamento da Caixa Econômica Federal. “Trata-se de uma excelente oportunidade para quem deseja ter o próprio apartamento”, destaca Jairo Araújo.

O comércio de Itabuna emprega cerca de oito mil pessoas e é o setor que mais absorve mão de obra no município. “O sindicato tem atuado não apenas no sentido da valorização profissional e da luta por melhores salários, mas também para que os trabalhadores tenham qualidade de vida”, diz o presidente.

Financiamento facilita aquisição de imóveis

Domingos Matos, 15/10/2010 | 10:01
Editado em 15/10/2010 | 10:17

fmAs linhas de financiamento da Caixa Econômica Federal, através do programa Minha Casa Minha Vida, estão facilitando a aquisição de imóveis e atraindo novos empreendimentos para um  setor em franca expansão.

“A facilidade na obtenção do financiamento e os juros  baixos para o comprador são atrativos para quem pretende realizar o sonho da casa própria”, afirma Fernando Mello, diretor da FM Construtora, que lançou em Itabuna o Residencial Parque das Flores, um condomínio de apartamentos,  localizado no bairro São Roque.

Inserido no programa Minha Casa Minha Vida, o Residencial Parque das Flores visa atender famílias com renda média de três a seis salários mínimos. O programa oferece, além dos juros baixos, um subsídio de até 17 mil reais no valor total do financiamento.

Os imóveis podem ser quitados em até 300 meses e, no caso do Parque das Flores, o valor da prestação fica em torno de 290 reais. “Desta maneira, está sendo possível oferecer imóveis de qualidade, com itens de lazer e de segurança, a preços acessíveis, atingindo um setor de população em que existe forte demanda”, ressalta Fernando Mello.

O diretor da FM Construtora destaca ainda que “a própria Caixa Econômica Federal disponibiliza profissionais que fazem a simulação total do financiamento, para que os interessados conheçam os valores, descontos e condições de pagamento no momento em que se interessa pela aquisição de um apartamento".

O Residencial Parque das Flores     terá 24 blocos de apartamentos, com quatro pavimentos cada, numa área total de 30 mil metros quadrados, com vagas para estacionamento e itens de lazer como piscina com raia e deck molhado, quiosques com churrasqueira, quadra de esportes, parque infantil e bicicletário.

Acesse com seus dados:

ou
Ainda não tem acesso?
Registre-se em nosso Blog.