Tag: medico

Novo exame para médico formado no exterior terá provas no computador

Domingos Matos, 29/11/2019 | 18:40

O novo exame de reconhecimento de diploma para médicos formados fora do Brasil, o Revalida, será realizado duas vezes no próximo ano e terá uma das etapas aplicada utilizando computador. Os novos procedimentos foram anunciados pelo ministro da Educação, Abraham Weintraub, em entrevista coletiva ontem (28) em Brasília.

As novas regras do Revalida foram aprovadas ontem pela Câmara dos Deputados, no Projeto de Lei 4.067 de 2015. O substitutivo do deputado e ex-ministro da Saúde Ricardo Barros (PP-PR) abriu a aplicação do teste às universidades privadas. Até então, apenas instituições de ensino públicas podiam fazer o exame.

As provas serão realizadas em duas etapas: uma teórica e uma prática. A primeira será aplicada de forma digital, em locais específicos. A segunda demandará a demonstração de conhecimentos práticos pelos candidatos. A primeira custará R$ 330 e a segunda, R$ 3.300, a serem custeados pelos concorrentes.

“Comparativamente ao custo do último, que foi em 2017 e era de R$ 9.500 pagos pela União, haverá uma redução expressiva da despesa, que cairá para zero”, declarou Weintraub. Quem passar na primeira fase terá até 12 meses, período que contempla outros dois processos de seleção, para tentar ser aprovado na segunda etapa.

Segundo o ministro, a primeira prova do próximo ano deve ocorrer entre abril e junho. O MEC já está em diálogo com três instituições para conduzir o processo de aplicação: a Universidade Federal de São Paulo, a Universidade Federal do Ceará e o Hospital Sírio-Libanês. O conteúdo das questões será unificado para todo o país.

Os aprovados poderão buscar a revalidação de seus diplomas junto a instituições públicas e privadas de ensino. No caso destas últimas, a emissão será permitida àquelas com notas 4 e 5 no Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade) e que ofereçam cursos de medicina. Conforme o ministério, 425 faculdades e universidades cumprem essa exigência.

O secretário de Educação Superior do MEC, Arnaldo de Lima Júnior, rebateu receios sobre a flexibilização dos procedimentos e negou que as novas regras relaxem a avaliação dos profissionais. O questionamento apareceu durante o debate do PL 4.067 na Câmara. Uma das formas para manter exigências foi o estabelecimento de notas mínimas no Enade.

“Nunca existiu Revalida light. O exame será adequado às habilidades do SUS [Sistema Único de Saúde]. Não serão quaisquer universidades, mas aquelas com notas 4 e 5. Ainda haverá regulamentação nossa, que será um decreto. Ainda podemos colocar outros critérios para garantir a qualidade”, afirmou Lima Júnior. Ele acrescentou que o Conselho Federal de Medicina acompanhará o processo.

Weintraub ressaltou que a expectativa do MEC é dar conta da demanda represada de 15 mil profissionais graduados no exterior. Hoje a média do Brasil é de 2,2 a cada 1.000 habitantes. Já a dos países desenvolvidos é de 3,4 a cada 1.000 pessoas. Caso todos esses graduados consigam revalidar seus diplomas, a média poderia chegar até a 2,7 a cada 1.000.

 

Médicos pelo Brasil

Também ontem, o Senado aprovou a medida provisória (MP) que atualiza o antigo programa Mais Médicos e o substitui pelo Médicos pelo Brasil. A redação permitiu a incorporação de médicos cubanos que atuavam no programa em novembro de 2018 e ficaram no Brasil.

Na transição entre a gestão Temer e o novo governo, no fim do ano passado, os médicos do país caribenho que integravam o programa foram chamados de volta à terra natal após o governo cubano romper o acordo com a Organização Pan-Americana da Saúde (Opas), que viabilizava a presença de seus profissionais no Brasil. (Com informações da Agência Brasil)

Inscrições abertas para seleção de médicos para Policlínica de Vitória da Conquista/Itapetinga

Domingos Matos, 28/11/2019 | 12:31
Editado em 28/11/2019 | 01:04

No período de 25 a 29 de novembro estarão abertas as inscrições para o processo seletivo destinado à contratação de médicos reumatologista e neurologista, em caráter temporário, para atuar na Policlínica de Saúde da Região de Vitória da Conquista/ Itapetinga.

A inscrição deverá ser efetuada por meio de entrega da ficha de inscrição, currículo padronizado, formulário de relação de títulos, e demais documentos, no período de 25 a 29 de novembro, das 8h às 12h e das 14h às 17h, pessoalmente, na sede do Consórcio situada na Avenida Juracy Magalhães, nº 3340, Edifício Multiplace Conquista Sul, Sala 303, Boa Vista, Vitória da Conquista.

Confira o edital completo, clique aqui.

Estado altera regras para concurso de médico e odontólogo da Polícia Militar

Domingos Matos, 22/11/2019 | 16:37

A Secretaria da Administração (Saeb) publicou ontem (21), no Diário Oficial do Estado (DOE), retificação no edital de abertura de inscrições ao concurso público para seleção de oficiais de saúde da Polícia Militar da Bahia. De acordo com a publicação, poderão concorrer no certame candidatos aptos, que tenham, no mínimo, 18 anos. Anteriormente, o concurso tinha entre seus pré-requisitos a exigência de idade entre 18 e 30 anos. A medida atende recomendação do Ministério Público da Bahia (MP-BA).

Com isso, o prazo para inscrição no concurso será estendido até o dia 20 de dezembro, às 23h59, no site da empresa organizadora, o Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (IBFC), disponível no endereço www.ibfc.org.br. O prazo máximo para pagamento do boleto de inscrição, no valor de R$ 150, passa a ser o dia 23 de dezembro, observando o horário de Brasília. Outros prazos para o certame e o cronograma provisório de atividades também serão reajustados e podem ser consultados no DOE e no Portal do Servidor (www.portaldoservidor.ba.gov.br).

Promovido pela Saeb e Polícia Militar, o concurso conta 17 vagas, sendo 11 para médico e seis para odontólogo, que vão assumir o posto de 1° Tenente na corporação. O certame tem validade de um ano, podendo ser prorrogado, uma única vez, por igual período. As vagas para médico serão distribuídas entre as regiões de Salvador, Barreiras, Itabuna e Juazeiro. Serão convocados cardiologistas, ortopedistas, psiquiatras e clínicos gerais. Já as vagas para odontólogo são para atuar em Salvador, Itabuna e Juazeiro. Na capital é preciso ser especialista em Implantodontia, Periodontia e Prótese Dentária. Nos municípios do interior, as vagas são para Cirurgião Dentista.

 

 

 

Dia Mundial do AVC: médico da Santa Casa de Itabuna fala sobre os sinais e prevenção da doença

Domingos Matos, 30/10/2019 | 00:13
Editado em 30/10/2019 | 13:57

O Acidente Vascular Cerebral (AVC) acontece quando vasos que levam sangue ao cérebro entopem ou se rompem, provocando a paralisia da área cerebral que ficou sem circulação sanguínea. 

De acordo com o Dr. Antônio Fernando Ribeiro Silva Jr, especialista em doenças cerebrovasculares, existem dois tipos de AVC, que ocorrem por motivos diferentes: o mais comum é isquêmico, quando há obstrução de uma artéria, impedindo a passagem de oxigênio para células cerebrais, que acabam morrendo. Já o hemorrágico acontece quando há rompimento de um vaso cerebral, provocando hemorragia dentro do tecido cerebral ou na superfície entre o cérebro e a meninge. “Esse tipo pode levar à morte com mais frequência do que o AVC isquêmico e representa 15% dos casos”, afirma.

Tido como uma das principais causas de morte, incapacitação e internações no mundo, ocorre mais em pessoas do sexo masculino e entre os fatores relacionados ao problema estão: a hipertensão, o diabetes tipo 2, colesterol alto, obesidade, tabagismo, uso excessivo de álcool e idade avançada.

O médico comenta que os principais sinais de alerta da doença são: fraqueza ou formigamento na face, no braço ou na perna, especialmente em um lado do corpo; confusão mental, alteração da fala ou compreensão, alteração na visão (em um ou ambos os olhos), alteração do equilíbrio, coordenação, tontura ou alteração no andar, dor de cabeça súbita e intensa. “Diante desses sintomas é preciso ligar imediatamente para o SAMU (192), Bombeiros (193) ou encaminhar a pessoa para o hospital mais próximo”, alerta.

O diagnóstico é feito através de exames de imagem, que permitem identificar a área do cérebro afetada e o tipo do derrame. “As chances de recuperação e sobrevivência são grandes se a doença for diagnosticada rapidamente. Para tanto, é preciso procurar atendimento médico o quanto antes”, pontua.

Segundo o especialista, cerca de 90% dos casos podem ser evitados se adotarmos um estilo de vida mais saudável, como: visitas regulares ao médico, alimentação balanceada, prática de atividades físicas, controle da pressão alta, do diabetes, evitar o álcool e tabagismo.

É possível perder peso com lipo e abdominoplastia?

Domingos Matos, 16/09/2019 | 09:30

A lipoaspiração e a abdominoplastia estão entre as cirurgias plásticas mais realizadas no Brasil e no mundo.

Porém, existem muitas mulheres e homens que ainda entendem mal esse procedimento ou acabam tendo uma visão errada sobre o objetivo da cirurgia.

Dessa forma, é nesse post que você vai entender de uma vez por todas se é possível perder peso com esses procedimentos e o que realmente esperar.

Preparada? Vamos lá!

Entenda o conceito de cada cirurgia

Antes de começar a explicar melhor a temática em relação a perda de peso e as duas cirurgias plásticas do título desse post, vale a pena entender exatamente o que é cada procedimento.

- Lipoaspiração:

A lipoaspiração é um procedimento com foco na retirada de gordura entre os tecidos do corpo, geralmente na região do abdômen, culote, coxas e costas.

Através de uma cânula o cirurgião suga a gordura da região, deixando a área visivelmente mais magra e definida.

- Abdominoplastia:

Por outro lado, a abdominoplastia vem como um processo de retirada da pele da região do abdômen, geralmente após o parto ou emagrecimento.

O foco dessa cirurgia é eliminar os tecidos que sofreram flacidez ou que ficaram com uma grande quantidade de estrias.

Lipoaspiração e abdominoplastia emagrecem?

A pergunta que não quer calar não tem uma resposta simples, mas é possível ser bastante direta em relação ao que dizem os especialistas.

Em resumo, nem a lipoaspiração e nem a abdominoplastia servem para pacientes que querem perder peso.

E por que não?

Primeiramente, em relação a a lipoaspiração, a quantidade de gordura que é retirada pode ser considerada mínima, não sendo algo que vá fazer diferença na balança.

Já em relação a abdominoplastia, o que é retirado da paciente é o excesso de pele, o que pode dar alguma diferença em relação ao peso, mas toda a gordura do seu corpo se mantém presente.

Por que então, essas cirurgias parecem promover o emagrecimento?

A recomendação do cirurgião diante de qualquer dúvida sobre o procedimento deve envolver espera e conhecimento.

Isso porque, essas cirurgias funcionam como uma quebra de etapa, ou seja, você pula uma casa para conseguir aquilo que quer sem precisar de tempo.

Através da espera e conhecimento, dá para entender que a percepção de emagrecer depois destes dois procedimentos está relacionada totalmente a questão visual.

Na lipoaspiração, você elimina algumas gordurinhas que são visíveis e incomodam, deixando a cintura um pouco mais fina ou mesmo reduzindo os culotes e a barriga, por exemplo.

Com isso, mesmo que a gordura retirada seja mínima, você vai olhar no espelho e perceber que o corpo está mais harmônico e bonito, seguindo os padrões de beleza.

A abdominoplastia, por outro lado, é capaz de eliminar o tecido flácido e as estrias, o que já garante a eliminação daquilo que incomoda, um tecido mole e marcas.

Sendo assim, você tem a sensação de que está mais magra porque o tecido que estava pendurado sumiu.

Em suma, você não emagreceu, mas conseguiu um corpo mais definido e levemente mais magro, já que tirou da sua visão aquilo que estava incomodando.

Importante:  a abdominoplastia, por exemplo, só é recomendada depois de você emagrecer, para conseguir retirar todo o excesso de pele e seguir com um plano mais equilibrado de atividades e alimentação.

Porque as cirurgias são vistas como a possibilidade de emagrecimento rápido?

Esse é o ponto de destaque desse post, no qual você deve ter total atenção para entender como uma ideia pode ser entendida errada.

Dessa forma, essa temática será dividida em três pontos, sendo eles:

- O imaginário cirúrgico:

Em primeiro lugar, quase todos os procedimentos estéticos, nesse caso lipoaspiração e abdominoplastia, lidam com a ideia da paciente.

Ou seja, lidam com o como você quer ficar ou o que é possível fazer.

Esse imaginário cirúrgico está em todos os lugares, desde as revistas de moda até aquela blogueira que garante que uma lipo devolveu sua cintura.

Entretanto, se trata apenas de um imaginário, e a recomendação do cirurgião é ter atenção quanto aquilo que você deseja e aquilo que é possível obter. Sendo possiblidades completamente diferentes.

- A questão de resultado rápido:

Em segundo lugar, as cirurgias plásticas surgem como uma possiblidade rápida de conquistar algo.

Por exemplo, porque passar horas treinando para deixar o abdômen zerado se você pode recorrer a uma lipoaspiração não é mesmo?

Além de ser nociva para quem está planejando mudar, a ideia de resultado rápido não funciona tão rápido assim.

Afinal, você não vai conseguir emagrecer, o resultado não dura para sempre e depende de você o que vai acontecer nos próximos meses e anos.

Fora isso, toda cirurgia envolve algum risco.

- Autoestima e frustração:

Em terceiro lugar, para terminar, a lipoaspiração e a abdominoplastia mexem com o imaginário do paciente, como uma possibilidade quase infinita de melhorar mais a cada dia.

Ou seja, é a sua autoestima que parece estar em jogo, junto com a frustração por não conseguir aquele resultado que deseja.

Emagrecer e ter o corpo dos sonhos não é fácil e envolve mudanças no estilo de vida, incluindo alimentação e prática física.

Nessa linha, a abdominoplastia e lipoaspiração vem como uma alternativa para correções após o emagrecimento, como que para melhorar os resultados ou eliminar algo que, de maneira saudável, não está sendo possível.

Esses três pontos mostram que as cirurgias plásticas podem causar uma ideia errada e até uma dependência.

Afinal, você pode preferir subir em uma mesa e seguir com o pós-operatório ao invés de malhar e cortar a alimentação. O que não é nada saudável.

Com isso, a recomendação do cirurgião qualificado pode não apenas mudar a sua perspectiva, mas garantir que você amplie aquilo que pensa sobre procedimentos estéticos e hábitos saudáveis.

Conclusão

Não é possível perder peso com lipoaspiração e abdominoplastia, sendo que a recomendação do cirurgião é sempre começar por uma mudança alimentar e física antes de optar por cirurgias.

Assim, os procedimentos estéticos podem brincar com o imaginário do paciente, mas é preciso realmente investir em uma vida saudável bem como conversar com profissionais qualificados antes de qualquer escolha.

Estudantes envolvidos nos Jogos Estudantis da Rede Pública serão beneficiados com exames médicos

Domingos Matos, 17/07/2019 | 16:29

Os estudantes envolvidos nos Jogos Estudantis da Rede Pública (Jerp) irão fazer exames médicos para a obtenção de atestado de saúde para a prática do esporte. A ação faz parte de uma articulação entre as secretarias estaduais da Educação e da Saúde (Sesab) com as secretarias municipais de Saúde, no âmbito do Programa Saúde na Escola. A proposta da ação foi apresentada durante a 267ª Reunião da Comissão Intergestores Bipartite (CIB), que envolve a gestão de Saúde na Bahia. O alinhamento foi para que os estudantes sejam atendidos pelas unidades básicas de Saúde, assim como na rede própria do Estado, a exemplo das policlínicas.

Os estudantes farão os seguintes exames: clínico; RX do tórax; eletrocardiograma; glicemia e hemograma completo. Para tanto, precisarão ser encaminhados pela gestão escolar, por meio da ficha de encaminhamento do estudante atleta, disponível no Portal da Educação, que deverá ser entregue na unidade de Saúde que atende ao Território. “O que a gente pede é que o estudante, de posse do formulário, vá até a unidade básica de Saúde e informe que é participante do Jerp, para agendamento e atendimento dos exames e posterior obtenção do atestado de aptidão física”, destacou o coordenador de Educação Física e Esporte Escolar da Secretaria da Educação do Estado, José Fernandes.

O papel que o esporte desempenha no desenvolvimento integral dos estudantes e a importância de que eles estejam habilitados para a sua prática são avaliados, também, pelo coordenador de Educação Ambiental e Saúde da Secretaria da Educação do Estado, Fábio Barbosa. “A atividade física vai além da promoção da saúde, pois ela proporciona a aquisição de valores, a adaptabilidade social e o desenvolvimento da disciplina, que são aspectos também fundamentais para o aprendizado e a formação de cidadania, além de ser uma estratégia de resgate social e de combate à evasão escolar. Sendo assim, a realização dos exames é uma ação importante, porque contribuirá para que a mobilização e o envolvimento da comunidade escolar nas atividades físicas e de lazer sejam realizados com a garantia de que os estudantes estarão aptos clinicamente, contribuindo, consequentemente, para a promoção da saúde na escola”.


Sobre o Jerp 

Organizado pela Secretaria da Educação do Estado da Bahia, por meio de cada um dos 27 Núcleos Territoriais de Educação do Estado (NTE), o Jerp acontece por etapas: Escolar, Municipal, Polo, Territorial, Zonal, Regional e Nacional. Participam das competições estudantes de 962 escolas (estaduais, municipais e federais) de 384 municípios baianos, em diferentes modalidades.

Profissionais do Mais Médicos reforçam atendimento à Saúde em Ilhéus

Domingos Matos, 17/07/2019 | 11:23

Esta semana Ilhéus recebeu mais três dos quatro profissionais do Programa Mais Médicos mantidos pelo Ministério da Saúde do Governo Federal. A informação é da Secretaria de Saúde do Município (Sesau), após adesão à nova fase da iniciativa. Eles, assim como os três clínicos já atuantes na cidade vão reforçar o atendimento na rede básica de saúde.

Segundo a secretaria, parte dos médicos selecionados já começam a se apresentar nas unidades para iniciar os trabalhos. Também serão beneficiados os moradores das localidades rurais do Banco do Pedro, Banco Central e Santo Antônio. Já as unidades do Teotônio Vilela I, Ilhéus II, Estratégia de Saúde da Família (ESF) do Nossa Senhora da Vitória II e Couto mantem o atendimento.   

Conforme informações da diretora da Atenção Básica, Jailma Nascimento, esta ação segue orientação do prefeito Mário Alexandre, para que o município se empenhe em atender às demandas da população. “Estamos aguardando os prazos e a parte burocrática do programa, para receber mais um profissional médico”, informou Jailma. 

Começam inscrições para a 2ª fase do Programa Mais Médicos

Domingos Matos, 08/07/2019 | 14:19

Começaram nesta segunda-feira (8) as inscrições para a 2ª fase do edital do  Programa Mais Médicos, agora destinadas a brasileiros formados no exterior.

Os profissionais interessados em aderir ao programa terão entre os dias 8 e 12 de julho para fazer a inscrição.

As inscrições terão que ser feitas exclusivamente pela internet, através do Sistema de Gerenciamento de Programas (SGP).

Quanto aos médicos que tiveram as inscrições concluídas na 1ª fase do edital, o prazo para se apresentarem nas cidades escolhidas terminou no dia 28 de junho.

Os números consolidados dos médicos homologados e a lista dos municípios com vagas preenchidas serão divulgados a partir de hoje no site do programa.

Os municípios contemplados neste edital do Mais Médicos são de áreas historicamente com maiores dificuldades de acesso – a exemplo das ribeirinhas, fluviais, quilombolas e indígenas – e que dependem do atendimento do Sistema Único de Saúde (SUS).

As pessoas que vivem nas áreas mais vulneráveis do Brasil terão um reforço na assistência à Atenção Primária pelo Programa Mais Médicos a partir deste mês. Até o momento, 1.481 profissionais brasileiros já começaram a atuar nas unidades de saúde.

 

Ilhéus: Posto Médico Sarah Kubitschek realiza marcação de cirurgias eletivas

Domingos Matos, 05/06/2019 | 08:05
Editado em 04/06/2019 | 22:53

Seguindo determinação do prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre, a nova Unidade Básica de Saúde Sarah Kubstheck, localizada no Parque Infantil, reabre suas portas proporcionando aos moradores daquela localidade e adjacências marcação de cirurgias eletivas. O programa de marcação itinerante de cirurgias da Central de Regulação de Ilhéus, órgão vinculado à Secretaria Municipal de Saúde (Sesau), vem realizando serviços em diversas áreas da cidade, junto com a Atenção Básica.

Com objetivo de auxiliar na redução das filas, o mutirão atende as demandas da população, além de garantir a realização dos serviços com agilidade, segurança e eficiência durante toda a semana.  Além das que já realizava antes, o município passou a disponibilizar cirurgias de laqueadura e vasectomia e intensifica os trabalhos na busca dos pacientes que necessitam passar por intervenção cirúrgica.

Segundo o diretor da Central de Regulação, Fábio Mantena, as solicitações mais recorrentes são para cirurgias de hérnia, vesícula, histerectomia e cisto no ovário. “É sempre um prazer promover saúde, hoje possuímos profissionais e existe investimento para atender com mais agilidade. A marcação itinerante de cirurgias já foi realizada nas zonas Sul e Oeste e agora chega à zona Norte da cidade. Em breve, estará retornando para a zona rural”, enfatiza o diretor.

Para Daniela Bispo, 27 anos, mãe de três filhos, moradora da Avenida Esperança, a marcação itinerante chegou na hora certa. “Estar aqui no Sarah, todo reformado, era um sonho que passa a ser realidade. Agora posso marcar minha cirurgia de laqueadura tão perto de casa”, comemora Daniela.

Hospitais parceiros – Além do hospital Costa do Cacau, os ilheenses também contam com uma rede de atendimento que inclui os hospitais Vida Memorial, São José, além da Clínica Ortopédica e Cirúrgica de Ilhéus (Coci).

Inscrições para Programa Mais Médicos terminam nesta quarta

Domingos Matos, 29/05/2019 | 11:20

Os profissionais interessados em participar do Mais Médicos têm até esta quarta-feira (29) para se inscrever no programa. De acordo com o Ministério da Saúde, um dos requisitos necessários é estar formado e ter habilitação em qualquer Conselho Regional de Medicina do país.

O órgão orienta a importância de os candidatos estarem atentos a todas as regras de adesão previstas no edital nº11/2019, publicado em 13 maio deste ano no Diário Oficial da União. Uma delas se refere à apresentação dos documentos no ato da inscrição, feita exclusivamente pela internet, por meio do Sistema de Gerenciamento de Programas (SGP), disponível no site do Mais Médicos.

Para esta fase do programa, estão previstas 2.212 vagas destinadas principalmente para o atendimento na atenção primária à saúde da população que vive nas regiões com mais necessidade de cuidados. Entre os dias 6 e 7 de junho, os candidatos deverão acessar o sistema SGP para escolherem entre as vagas disponibilizadas nos 1.185 municípios e 13 Distritos Sanitários Especiais Indígenas (Dseis) com os mais altos índices de vulnerabilidade do país.

Hoje também é o último dia para os gestores locais confirmarem o número de médicos que precisam para o atendimento em suas unidades de saúde. A publicação do resultado com o número final de vagas destinadas aos municípios que receberão os profissionais será publicada no dia 4 de junho. Segundo o ministério, a previsão para que os médicos já comecem a atuar nas unidades de saúde é junho deste ano. (Com informações da Agência Brasil)

 

Vereadores lamentam as mortes dos médicos Wilson Teles e Francisco Vasconcellos

Domingos Matos, 16/05/2019 | 10:08

Vereadores itabunenses lamentaram durante a Sessão Ordinária de quarta-feira (15), as mortes de dois profissionais de Saúde de grande atuação no município. “Itabuna perdeu grandes médicos: o ginecologista e obstetra Wilson Telles e o pneumologista e geriatra Francisco Vasconcellos”, disse o presidente da Câmara, Ricardo Xavier.

Um dos mais antigos ginecologistas de Itabuna, Wilson Telles de Menezes, faleceu na manhã de ontem aos 87 anos. Por mais de 50 anos atuou na Santa Casa de Misericórdia de Itabuna e em sua clina particular. Deixou a esposa, Luiza Amália Telles, e quatro filhos, entre eles o advogado Paulo Jorge e o médico oftalmologista José Fabiano.

Já o médico Francisco Carlos Vasconcelos tinha 59 anos. Pneumologista e geriatra, foi membro do corpo clínico da Santa Casa de Itabuna e atuou como plantonista no Hospital Calixto Midlej Filho e São Lucas. Também prestou serviços profissionais, tanto na rede publica quanto na particular de Saúde.

Ilhéus abre processo seletivo para contratação de médicos e enfermeiros

Domingos Matos, 08/05/2019 | 08:11
Editado em 08/05/2019 | 08:27

O Município de Ilhéus abriu processo seletivo simplificado para contratação temporária de 81 profissionais de saúde, entre técnicos de enfermagem, enfermeiros e médicos de diversas especialidades, com salários que variam de R$ 1,2 mil a R$ 8 mil.

Conforme o edital 001/2019 (https://bit.ly/2J2wzME), publicado no Diário Oficial do Município da segunda-feira (6), a validade do contrato será de um ano, contada a partir da data da homologação. Serão selecionados 27 enfermeiros, 23 técnicos de enfermagem, 16 clínicos geral, cinco pediatras, quatro obstetras, quatro ginecologistas e dois psiquiatras.

As inscrições serão realizadas até o próximo 13 de maio, no horário das 8 às 12 horas e das 14 às 17 horas (dias úteis), através da impressão, preenchimento e envio pelo candidato da ficha de inscrição presencial no seguinte endereço: Secretaria Municipal de Saúde de Ilhéus, Rua Araújo Pinho, n. 07, Ed. Embratel, Centro. Para inscrição, os candidatos deverão apresentar, juntamente com sua ficha de inscrição, no local da inscrição presencial, as provas documentais de que trata o edital.

 

Marinha abre 79 vagas para médicos

Domingos Matos, 06/05/2019 | 09:06

Estão abertas até o próximo dia 20 de maio as inscrições no concurso público para a admissão de médicos no Corpo de Saúde da Marinha.

A inscrição, cuja taxa é de R$ 126,00, é realizada no site www.ingressonamarinha.mar.mil.br, onde também pode ser encontrado o edital.  

Para concorrer, é necessário ser brasileiro nato, de ambos os sexos, ter menos de 36 anos de idade, ter concluído o curso ou estar em fase de conclusão e ter concluído a Residência Médica, para as vagas de Medicina de âmbito regional, dentre outros requisitos previstos em Edital.

As áreas de conhecimento da Medicina para este ano, para o concurso de âmbito nacional, encontram-se previstas no edital.

Para o concurso em âmbito regional as vagas de Medicina para Salvador são: Clínica Médica, Geriatria e Psiquiatria.

Após a aprovação em todas as etapas do Concurso, os alunos realizarão o Curso de Formação de Oficiais (CFO), na cidade do Rio de Janeiro, com a duração de 31 semanas, após o qual serão promovidos a 1º Tenente.

Serviço:

Concurso Público de Nível Superior - Corpo de Saúde da Marinha

Inscrição: 03 a 20/05/19

Valor: R$ 126,00

Informações: www.ingressonamarinha.mar.mil.br ou (71) 3507-3825.

Homem leva filha de 11 anos para hospital e é preso após médicos constatarem estupro na Bahia

Domingos Matos, 17/01/2019 | 17:10

Um homem, que não teve a identidade divulgada, foi preso suspeito de estuprar a filha, de 11 anos, na noite de quarta-feira (16), na cidade de Tremedal, no sudoeste da Bahia.

O suspeito foi detido depois que levou a menina para o Hospital Municipal, afirmando que a garota estava muito agitada. Segundo a polícia, durante avaliação, os médicos descobriram que a criança havia sido abusada sexualmente.

A Polícia Militar foi acionada e agentes da 80ª CIPM estiveram na unidade de saúde. O homem foi preso e, em seguida, encaminhado para a delegacia da cidade.

O caso está sob investigação da Polícia Civil.  (Com informações do G1)

Inscritos no Mais Médicos devem se apresentar até hoje aos municípios

Domingos Matos, 10/01/2019 | 15:03
Editado em 10/01/2019 | 16:12

Profissionais com registro no Brasil inscritos na segunda chamada do programa Mais Médicos têm até hoje (10) para se apresentar aos municípios. Médicos que decidirem não comparecer mais às atividades devem informar ao município onde trabalhariam. A cidade fica encarregada de comunicar a desistência ao governo federal.  

A etapa contou com 2.549 vagas em 1.197 municípios e 34 Distritos Sanitários Especiais Indígenas (DSEI).  Ao todo, 1.707 profissionais com registro brasileiro escolheram localidades.

Segundo o Ministério da Saúde, candidatos que desistirem dos postos terão as vagas colocadas de volta ao edital do Mais Médicos. O sistema será atualizado com as vagas disponíveis para os profissionais formados no exterior.

A previsão é que a lista de médicos brasileiros homologados que deram início às atividades seja publicada no próximo dia 14. (Da Agência Brasil)

Acesse com seus dados:

ou
Ainda não tem acesso?
Registre-se em nosso Blog.