Tag: onu

Ilhéus discute temporada de cruzeiros marítimos

Domingos Matos, 27/11/2019 | 19:38

Durante o encontro realizado no gabinete do prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre, na terça-feira (26), foram articuladas ações para ordenamento turístico da temporada 2019-2020 de navios. A reunião contou com a presença de Benedito Braga, subsecretário de Turismo do Estado da Bahia; Jorge Ávila, chefe de gabinete da pasta e trade turístico da cidade.

De acordo com Mário Alexandre, o debate é importante no sentido de organizar o receptivo dos turistas e oferecer um serviço de qualidade. “Uma reunião dentro do projeto de desenvolvimento econômico e turístico com as paradas de navios. A economia é aquecida, especialmente no comércio, serviços de transporte e artesanato”, destacou Mário Alexandre.

O prefeito salientou que trouxe a secretaria de Turismo da Bahia para entrar na luta, e firmar um acordo de benefício para que todos ganhem com o serviço. “O turista ou visitante precisa de segurança, tranquilidade e bem-estar. Estamos discutindo com os setores, a fim de fortalecer a cadeia produtiva da nossa cidade”.

Benedito Braga, por sua vez, observou que a Prefeitura trabalha de forma permanente propondo uma política de desenvolvimento para o município. “O nosso intuito é que Ilhéus continue recebendo um bom quantitativo de navios nas próximas temporadas”.

O subsecretário de Turismo salientou que o Estado que chegar a um consenso para resolver o impasse da proibição imposta pela Codeba em relação à entrada dos táxis e vans para os receptivos especiais dos navios que irão aportar na cidade.

“Temos o plano A, que seria conseguir junto à Codeba essa liberação; e o plano B, que é ceder o Centro de Convenções para servir como terminal de passageiros, a fim de que haja uma distribuição que proporcione melhor atendimento ao turista”.

Maria Aparecida Lima, presidente da Câmara de Turismo da Costa do Cacau, lembrou na oportunidade que o órgão foi o único da Bahia a ser reconhecido pelo trabalho desenvolvido dentro dos propósitos estabelecidos pelo Ministério do Turismo.

“Sentimos que nos últimos três anos o turismo deu um salto enorme e a cidade tomou outro aporte”. E acrescentou “A Câmara de Turismo da Costa do Cacau recebeu o prêmio internacional de qualidade reconhecido pela Organização das Nações Unidas, a ONU”.

Presentes os secretários municipais, Fábio Manzi Junior (Cultura e Turismo); Airton Carvalho (Comunicação), representantes da Companhia das Docas do Estado da Bahia (Codeba), Associação do Turismo de Ilhéus (ATIL) e do Sindicato dos taxistas e proprietários de vans.

A temporada de transatlânticos teve início no último dia 16, com aproximadamente 3.500 passageiros, do navio MSC Fantasia. Ao longo da alta temporada, Ilhéus terá 19 escalas de navio navios, que atracarão na cidade entre os meses de dezembro de 2019 e abril de 2020.

 

Mulheres empreendedoras impulsionam pequenos negócios em Ilhéus

Domingos Matos, 20/11/2019 | 19:31

O 19 de novembro é comemorado o Dia Global do Empreendedorismo Feminino, lançado pela Organização das Nações Unidas, a ONU, em 2014. O intuito da ação é colaborar no debate das questões que envolvem a atuação cada vez mais expressiva do público feminino no âmbito dos negócios. O Município auxilia pessoas que desejam se formalizar como Microempreendedor Individual (MEI), por meio da Sala do Empreendedor e de ações itinerantes realizadas em diversos bairros e distritos de Ilhéus.

Nilma Berdnazuck (foto) é empreendedora formalizada há 11 anos no MEI. A proprietária da confeitaria Divina Doçura, trabalha com encomendas de bolos e tortas, e possui uma expressiva cartela de clientes que confere a profissional, talento, simpatia e bom atendimento. A experiência levou Nilma ir um pouco mais longe. Paralelo a esta atividade, divide-se ministrando aulas de confeitaria no curso de Gastronomia da Faculdade Madre Thaís.

“Durante a minha adolescência trabalhei para outras pessoas. Mas chegou um momento que eu senti a necessidade de ter o meu próprio negócio, era um sonho. Não é fácil, cada dia tem sido um desafio, mas eu não volto atrás de forma alguma. Hoje, quero empregar pessoas, dar oportunidades”, contou a microempresária.

Júlio César Melo, superintendente de Desenvolvimento Econômico, Indústria e Comércio, explicou que as ações do Governo Municipal chamam a atenção da sociedade para a importância do trabalho desenvolvido pelos microempreendedores.

“O prefeito Mário Alexandre tem dispensado atenção especial para a área de fomento ao comércio. As mulheres vêm despontando como uma nova força no sentido de empreender em função da busca por negócios próprios. Ilhéus vive um momento extremamente positivo e entra na rota de possibilidade de negócios na região”. Melo acrescenta que a Sala do Empreendedor ministra cursos, treinamentos e capacitações por meio das ações itinerantes nos bairros.

Orgulhosa da sua história, Nilma Berdnazuck está consciente dos seus desafios e enxerga neles, a oportunidade de transformar a vida de outras pessoas, a meta para os próximos anos é agregar parcerias. “Essa estratégia visa auxiliar mulheres que assim como eu, desejam ter uma renda”. E arremata. “O MEI abriu portas para mim e hoje eu digo com muito orgulho que sou a dona do meu próprio negócio”.

Berdnazuck destaca que a alternativa de possuir um negócio próprio diminui as desigualdades, já que é comum mulheres se afastarem do mercado de trabalho por conta de uma gestação e dos cuidados com a casa e com os filhos. “As ideias tendem a morrer se não forem colocadas em ação. Algumas mulheres só precisam disso, colocar o projeto em ação, porque eu tenho certeza que na cabeça delas fluem muitas ideias positivas”.

Segundo dados do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), nos últimos dois anos, a proporção de mulheres empreendedoras que são chefes de domicílio passou de 38 para 45%. Ainda de acordo com a entidade, as mulheres empreendedoras atualmente representam 48% dos Microempreendedores Individuais, atuando principalmente em atividades de beleza, moda e alimentação.

 

Governadores discutem na França criação de rota de gás natural no Nordeste

Domingos Matos, 19/11/2019 | 07:01
Editado em 18/11/2019 | 20:42

O uso de energias limpas foi destaque ontem (18), na missão internacional do Consórcio Nordeste. Com interesse na criação de 'blue corridors', uma rota de transporte de gás natural entre os nove estados nordestinos, os governadores estiveram com representantes da Golar Power, joint venture entre a norueguesa Golar e o fundo norte-americano Stonepeak. 

Denominado 'Rota Azul', o projeto de integração no Nordeste inclui a instalação de postos de combustíveis capazes de fornecer gás natural liquefeito (GNL) para veículos de carga. Em outros países, a exemplo da China, Espanha e Alemanha, os caminhões e ônibus movidos a gás natural já são realidade. 

Segundo o vice-presidente da Golar no Brasil, Marcelo Sacramento, o plano de trabalho da empresa prevê inúmeras oportunidades de investimentos. “A disponibilidade do gás para carros e caminhões nas rodovias do Nordeste irá gerar uma nova dinâmica no transporte da região. Novas empresas irão se instalar e as já existentes vão ganhar competitividade”, afirmou. 

O gás natural é considerado combustível de transição da economia de carbono, em razão das vantagens econômicas, geopolíticas e ambientais. Quando condensado, ele pode ser transportado em carretas ou navios gaseiros, permitindo atender localidades que não possuem gasodutos. Um dos benefícios do uso de GNL é a redução da emissão de poluentes. 

"Muito importante esse conjunto de investimentos estruturadores na região Nordeste, sobretudo por se tratar de um combustível menos poluente", comentou o governador de Pernambuco, Paulo Câmara. O Nordeste possui uma extensa malha de gasodutos cobrindo o litoral e a maior malha de rodovias do Brasil, além de complexos portuários com infraestrutura para atender a demanda interna e externa. 

Ainda em Paris, na segunda (18), os governadores se reuniram com a Voltalia, grupo francês que investe em energias renováveis em 20 países, incluindo o Brasil. No Nordeste, a empresa possui atividades no Rio Grande Norte. Os estados nordestinos se destacam pela presença expressiva de fontes renováveis de energia. A fonte eólica já é responsável por 29% da matriz elétrica da região, enquanto a solar responde por 3%.

 

Unesco

Encerrando os compromissos na segunda (18), os governadores estiveram na sede da Unesco, onde entregaram uma proposta de memorando de entendimento. O documento assegura a cooperação dos estados nordestinos com a Unesco para o desenvolvimento de projetos na região, alinhados aos objetivos da Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável.

A proposta dos governadores é de cooperação com a Unesco e tem os seguintes objetivos: promover uma educação de qualidade; alcançar a igualdade de gênero; garantir disponibilidade de água limpa e saneamento; viabilizar infraestrutura robusta, industrialização inclusiva e sustentável e estímulo à inovação; conservar a vida subaquática; e promover a paz, com acesso à justiça para todos e estruturação de instituições fortes.

“Fomos muito bem recebidos pelo diretor adjunto da Unesco. Ele recebeu muito bem a comitiva e a proposta que apresentamos é para o estreitamento de uma parceria com a instituição em temas de importância ímpar e que seguem as diretrizes de desenvolvimento sustentável estabelecidos pela Organização das Nações Unidas [ONU] nas áreas de educação, saneamento, justiça, segurança e meio ambiente”, ressaltou o governador do Piauí, Wellington Dias.

Além do chefe do poder executivo de Pernambuco e do Piauí, participam da missão na Europa os governadores Rui Costa (Bahia), Renan Filho (Alagoas), Camilo Santana (Ceará), João Azevêdo (Paraíba) e Fátima Bezerra (Rio Grande do Norte), assim como o vice-governador Carlos Brandão (Maranhão). O governador de Sergipe, Belivaldo Chagas, está representado pelo superintendente de Parcerias Público Privadas, Oliveira Junior. 

Depois de Paris, o grupo estará em Roma, na quarta-feira (20), e em Berlim, na quinta (21) e sexta-feira (22). O objetivo da viagem é atrair investimentos para áreas de interesse dos nove estados do Nordeste, que reúnem 27,2% da população brasileira. 

Em meio a protestos, Evo Morales renuncia à presidência da Bolívia

Domingos Matos, 10/11/2019 | 15:00
Editado em 11/11/2019 | 14:39

O presidente da Bolívia, Evo Morales, anunciou nesse domingo (10), em um pronunciamento transmitido a partir da cidade de Cochabamba, sua renúncia ao cargo, em meio à escalada dos protestos que se seguiram à eleição de 20 de outubro no país.

Ao lado de Morales, o vice-presidente Alvaro García Linera também anunciou que deixava seu posto. Posteriormente, o ex-presidente boliviano falou sobre o assunto em suas redes sociais.

“Queremos preservar a vida dos bolivianos”, disse Morales no pronunciamento. Ele disse que decidiu deixar o cargo “para que não continuem maltratando parentes de líderes sindicais, prejudicando a gente mais humilde. Estou renunciando e lamento muito esse golpe”.

Imagens de TV mostraram oposicionistas comemorando nas ruas de La Paz. A pressão sobre Morales aumentou depois que o comandante das Forças Armadas bolivianas, William Kaiman, sugeriu, na tarde deste domingo, que Morales renunciasse para permitir a “pacificação e a manutenção da estabilidade, pelo bem da nossa Bolívia”.

Mais cedo, Morales havia anunciado a realização de novas eleições e a substituição dos integrantes do Tribunal Superior Eleitoral boliviano, mas não conseguiu melhorar os ânimos dos adversários. Na ocasião, ele disse que sua “principal missão é proteger a vida, preservar a paz, a justiça social e a unidade de toda a comunidade boliviana”.

O anúncio da nova eleição foi feito depois de a Organização dos Estados Americanos (OEA) ter divulgado um informe sobre uma auditoria do processo eleitoral, em que o órgão recomendou a realização de um novo pleito.

Antes da renúncia de Morales, a imprensa boliviana noticiou a realização neste domingo de diversos ataques a residências, incluindo casas de familiares de Morales, e a prédios públicos. No Twitter, o ainda presidente havia denunciado que “fascistas” tinham incendiado a casa dos governadores de Chuquisaca y Oruro, e também de sua irmã, Esther Morales, em Oruro. Emissoras de rádio e TV estatais, como a Bolívia TV, foram alvo de protestos.

Depois que manifestantes atacaram a sua casa, o presidente da Câmara dos Deputados, Víctor Borda, também renunciou ao cargo no domingo.

Eleição polêmica

As eleições presidenciais bolivianas ocorreram em 20 de outubro. Morales obteve 47,07% dos votos, enquanto seu principal concorrente, Carlos Mesa, alcançou a 36,51%. Pelas regras eleitorais bolivianas, Morales foi declarado eleito, por ter obtido mais de 10% de votos além de Mesa.

A apuração dos votos, no entanto, foi acompanhada por polêmica, com acusações de ambos os lados. Uma missão de observação da Organização dos Estados Americanos (OEA) apontou problemas como a falta de segurança no armazenamento das urnas e a suspensão da apuração.

Diante da polêmica, Morales e líderes oposicionistas sugeriram que a Organização dos Estados Americanos (OEA) auditasse o resultado das eleições – e Morales convidou países como Colômbia, Argentina, Brasil e Estados Unidos a participarem do processo. Desde então, os protestos populares se acirraram, com oposicionistas chegando a estabelecer um prazo para que Morales deixasse o cargo. (Com informações da Agência Brasil)

ONG Unidos pelo Diabetes lança campanha Novembro Azul em Itabuna

Domingos Matos, 31/10/2019 | 12:13

A ONG Unidos pelo Diabetes realizou ontem (30), no auditório do Hospital Beira Rio, o lançamento oficial da Campanha Novembro Azul. O evento teve o apoio da Câmara de Dirigentes Lojistas de Itabuna, Sindicato Patronal do Comércio e Associação Comercial e Industrial de Itabuna, reunindo profissionais de saúde, empresários, lideranças comunitárias e outros segmentos parceiros do projeto.

A primeira atividade da campanha, que tem como principal objetivo a prevenção do diabetes, acontece neste domingo (3), com a realização da Pedalada Azul, que terá saída às 8 horas  da Praça Rio Cachoeira, em frente ao Hospital Beira Rio, e vai percorrer as principais avenidas da cidade, num percurso de cerca de 10 quilômetros.

Durante todo o mês está sendo realizada a  campanha Cidade Azul,  que pretende iluminar prédios e espaços públicos, indústrias, estabelecimentos comerciais e residências com a cor azul, símbolo da prevenção do diabetes. A campanha, apoiada pela Federação Internacional do Diabetes, acontece desde 2007, com iluminação de monumentos ícones no mundo e Itabuna, que há vários anos participa da iniciativa, tem sido uma das cidades mais iluminadas do Brasil. Também estão programadas palestras, debates e ações de prevenção  em escolas, unidades de saúde, etc.

A Campanha Novembro Azul terá como ponto alto o Mutirão do Diabetes de Itabuna, que acontece no próximo dia 23 de novembro e faz parte do calendário da Federação Internacional do Diabetes, sendo considerado o maior evento de prevenção de tratamento da doença.

De acordo com o presidente da ONG Unidos pelo Diabetes,  Dr. Rafael Andrade,  “estamos chegando aos 15 anos do mutirão  com o evento consolidado com referência no tratamento e prevenção do diabetes, cujo modelo já foi implantado em  25 cidades do Brasil. A cidade toda se envolve nessa ação de largo alcance social. Faremos o maior mês azul de todos os tempos em Itabuna”.

O prefeito de Itabuna, Fernando Gomes, disse que “a cidade mais uma vez dá exemplo para o Brasil, num evento que beneficia milhares de pessoas. É preciso que as pessoas se unam em torno de causas como o mutirão”.   O secretário de Saúde de Itabuna, Uildson Nascimento, disse que “precisamos abraçar iniciativas como essa, num evento que chega aos 15 anos e que conta com todo o apoio do município”. A prefeitura garante a estrutura e a equipe de profissionais de saúde no mutirão e o atendimento nas unidades básicas durante todo o ano.

Para o pró-reitor de Extensão da Universidade Estadual de Santa Cruz, Alessandro Santana, “o mutirão é um dos mais importantes eventos da região na região e a Uesc  é parceira, com seus professores e alunos. Essa iniciativa é um exemplo de mobilização e voluntariado”. O presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas de Itabuna, Carlos Leahy, ressalta que “A CDL, Associação Comercial e o Sindicom se orgulham de serem parceiros do mutirão, reforçando a responsabilidade social do setor comercial e industrial”.

Ranking britânico inclui Uesc entre as melhores universidades do mundo

Domingos Matos, 12/09/2019 | 13:34
Editado em 12/09/2019 | 15:25

A Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC), pela primeira vez, alcançou os critérios para entrar na lista mundial de universidades classificadas pelo ranking do THE “Times Higher Education”.  A UESC está citada no ranking THE em 45º lugar entre as brasileiras, precedida na Bahia, somente pela Universidade Federal da Bahia (UFBA).

O THE “Times Higher Education” é o provedor dos dados que sustenta a excelência universitária em todos os continentes do mundo. Situa-se como empresa por trás do ranking universitário e com quase cinco décadas de experiência como fonte de análise e insights sobre o ensino superior e uma experiência incomparável nas tendências que sustentam o desempenho da universidade em todo o mundo.

“Estou feliz pelo resultado. É um esforço de toda a comunidade acadêmica que está sendo reconhecido,” comemora o reitor da UESC, Evandro Sena Freire. A notícia também foi comemorada pela professora Adélia Pinheiro. “Estou muito orgulhosa do resultado alcançado! Reflete o trabalho dedicado e comprometido de toda a comunidade acadêmica, ao longo de todos os anos de existência da UESC, jovem e pujante! Políticas e escolhas acertadas! Orgulho-me de fazer parte dessa historia!”  disse Adélia, que foi reitora da Uesc, no período de 2012 à 2019, e é atual secretaria de Ciência Tecnologia e Inovação do Estado da Bahia).

O professor Joaquim Bastos, reitor no período 2004 à 2012, manifestou a “gratidão e satisfação por fazer parte dessa história.  Tivemos reitores excelentes e tudo funciona.”
A UESC já havia sido incluída no Ranking comparativo de universidades latino-americanas divulgado pela THE (Times Higher Education), que é ligada ao jornal britânico The Times, em parceria com a empresa Elsevier. Também figura entre as universidades que têm ações em prol das metas do desenvolvimento sustentável da ONU.

 

Critérios de avaliação

O estudo analisa cinco critérios principais: qualidade de ensino (ambiente de aprendizagem, reputação, desempenho estudantil, número de professores com doutorado, docentes premiados e renda institucional); volume de publicações de pesquisa; citações em artigos científicos; projeção internacional (número de alunos e de professores estrangeiros);  e troca de conhecimento com outras instituições.

Este ano, o Brasil aumentou o número de universidades que entraram na lista do THE, liderada pela britânica Universidade de Oxford, a lista deste ano tem 46 universidades brasileiras, contra 35 no ano passado.

O salto fez o Brasil passar de nono para o sétimo país com maior número de universidades na lista, deixando para trás nações como Chile, Itália e Espanha. A USP (Universidade de São Paulo) se manteve como a melhor universidade do Brasil.
 

Vereador dispara arma de fogo durante briga com esposa em casa e atinge filho de 12 anos

Domingos Matos, 30/08/2019 | 12:10

Um vereador da cidade de Itapebi, no sul da Bahia, baleou o filho de 12 anos, após efetuar disparos de arma de fogo dentro da casa onde mora. De acordo com a Polícia Civil de Itapebi, o caso ocorreu na noite de quinta-feira (29), durante uma discussão entre o vereador e a esposa.

Conforme a polícia, no momento da confusão com a mulher, que é a mãe da criança, Cristiano Pereira da Silva (foto) sacou a arma e efetuou disparos. Não há informações sobre para onde ele mirou na hora em que disparou a arma.

Ferido de raspão na perna direita, o garoto foi socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e encaminhado para o Hospital Regional de Eunápolis. Informações preliminares apontam que o menino não corre risco de morrer.

Ainda segundo a polícia, após os disparos, Cristiano fugiu de Itapebi e, até a publicação desta reportagem, não foi encontrado para esclarecimentos. Informou ainda que uma equipe plantonista que fica no Hospital Regional foi à casa do vereador, encontrou a esposa de Cristiano na porta da residência, mas que a mulher se recusou a responder às perguntas dos policiais.

Segundo a Polícia Civil de Itapebi, a mulher se limitou a dizer que o fato ocorreu na residência do casal em um momento de "bebedeira", e que esclareceria melhor os fatos na presença de um advogado.

O G1 busca contato com a assessoria do vereador, para obter posicionamento sobre o caso. Já a Câmara de Vereadores de Itabepi informou que só vai se pronunciar sobre o caso quando vereador foi ouvido pela Polícia Civil. (Com informações do G1)

 

Cooperativas baianas da agricultura familiar participam da Climate Week

Domingos Matos, 22/08/2019 | 19:24

O sistema agroalimentar mundial passa por desafios e traz como consequências o aumento do desmatamento e de doenças relativas ao consumo excessivo de determinados produtos com agroquímica, produzidos pelo sistema convencional.  Todo esse cenário requer uma série de transformações e a agricultura familiar é uma das possibilidades de preservar a biodiversidade. 

Nessa perspectiva, o Governo do Estado, por meio do Bahia Produtiva, projeto da Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), executado pela Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), apoia a participação de quatro cooperativas da agricultura familiar da Bahia na Semana do Clima da América Latina e Caribe (Climate Week), que acontece no Wet'n Wild,  em Salvador, até esta sexta-feira (23). 

O evento, idealizado pela Organização das Nações Unidas (ONU) é uma preparação para a COP25 (Conferência sobre Mudança Climática), que acontecerá em dezembro, no Chile, para discutir sobre o enfrentamento da emergência climática, tema de urgência mundial.

Participam do evento, a  Cooperativa da Cajucultura Familiar do Nordeste (Cooperacaju), de Ribeira do Pombal, a Cooperativa da Agricultura Familiar e Economia Solidária da Bacia do Rio Salgado e Adjacências (Coopfesba), de Ibicaraí, a Cooperativa de Produção da Região do Piemonte da Diamantina (Coopes), de Capim Grosso, e a Central de Comercialização das Cooperativas da Caatinga, de Juazeiro. 

De acordo com o assessor especial do Bahia Produtiva, Guilherme Martins, é importante inserir cooperativas da agricultura familiar em uma discussão dessa natureza, em um ambiente de debates e de comercialização, como da Semana do Clima 2019: “A intenção é que os gestores, as organizações mundiais, gestores públicos e a comunidade que discutem essas questões de mudanças climáticas possam ter conhecimento de projetos como o Bahia Produtiva, que apoia as cooperativas incentivando a sociobiodiversidade na Bahia e adota ferramentas de manutenção e preservação do meio ambiente”. 

Para o presidente da Cooperacaju, Icaro Rennê, essa é mais uma oportunidade que o Governo da Bahia proporciona às cooperativas, que mostraram seu potencial para o público de diversos países: “Participar desse evento do clima, nos proporcionou demonstrar a riqueza da agricultura familiar da Bahia, e o que nós temos de diversidade. O clima é o principal fator responsável por essa produção diversa da Bahia, um estado tão vasto e com grande riqueza de clima e produções”. 

O presidente da Coopfesba, Osaná Crisóstomo, destacou que é essencial que  cooperativas, associações e agricultores familiares tenham esse momento de diálogo: “Precisamos discutir como vamos projetar daqui pra frente, sobre a alimentação saudável, o apelo à qualidade, e, também, sobre a preservação e conscientização que são um grande desafio, pois nós agricultores temos que estar preparados para essas intervenções da natureza, pra saber como nos proteger e produzir um alimento cada vez melhor”. 

O encontro reúne representantes de 26 países e cerca de 5 mil pessoas para debater a crise climática no planeta. A consultora de agricultura do Canadá, Hannah Simmons, conheceu os produtos das cooperativas da Bahia: “Amei os produtos como caju, cacau e mel. Cada vez que eu tenho oportunidade de apoiar e comprar os produtos, eu faço, porque eu adoro valorizar este tio de produção da agricultura familiar e a gente tem que andar junto nesse caminho pra mudar a agricultura”.

Seminário em Itabuna aborda aspectos comportamentais para o sucesso

Evento acontece no próximo dia 27 e está com inscrições abertas pela Loja Virtual do Sebrae

Domingos Matos, 25/06/2019 | 14:22

O Sebrae em Itabuna promove nesta quinta-feira, 27, às 18h30, no Palace Hotel, o seminário com o tema: “O seu comportamento como ferramenta para o sucesso”. Na programação, a gerente regional da instituição e especialista em Gestão de Cidades e Empreendimentos Criativos, Claudiana Figueiredo, vai falaro sobre o tema “Pensar o futuro para garantir resultados”.

Também no seminário, o facilitador credenciado pela ONU para o Seminário Internacional Empretec, Moisés Souza vai apresentar as características do empreendedor de sucesso.

As inscrições gratuitas estão sendo feitas na Loja Virtual do Sebrae. Mais informações pelos telefones: (73) 3613-9734 / 99974-2262, ou no Ponto de Atendimento do Sebrae, em Itabuna, na rua Paulino Vieira, nº 175, Centro.

Relatores da ONU enviam carta sigilosa a Bolsonaro para proteção do cacique Babau

Domingos Matos, 08/06/2019 | 10:36
Editado em 08/06/2019 | 10:38

Relatores da ONU (Organização das Nações Unidas) cobraram uma proteção do governo de Jair Bolsonaro a um dos principais líderes indígenas do país, Rosivaldo Ferreira da Silva, o cacique Babau.

Numa carta confidencial ao governo, os relatores Michel Forst e Victoria Lucia Tauli-Corpuz afirmam que estão preocupados diante das informações recebidas sobre um suposto plano de assassinatos no sul da Bahia contra o líder indígena e mais quatro de seus parentes.(…)

Na carta enviada no dia 4 de abril, os relatores da ONU alertam que essa não é a primeira vez que fazem um apelo para que o Estado garanta a proteção da liderança indígena. Em 2016, um outro apelo foi emitido. Três anos depois, os relatores “lamentam que nenhuma resposta substantiva” até hoje tenha sido enviada pelo Brasil.

Agora, os especialistas da ONU apontam que, no dia 29 de janeiro de 2019, o cacique foi informado sobre um suposto plano para matá-lo, com a participação de fazendeiros locais e representantes da Polícia Militar e Civil.

Leia mais no Blog do Jamil Chade

Fernando Gomes é multado pelo TCM por irregularidades em pregão eletrônico

Domingos Matos, 06/06/2019 | 08:06

O Tribunal de Contas dos Municípios, na quarta-feira (05), multou em R$4 mil o prefeito de Itabuna, Fernando Gomes Oliveira, em razão de irregularidades em pregão eletrônico realizado no exercício de 2019. O processo licitatório tinha por objeto a contratação de empresa para a prestação de serviços de transporte escolar, no valor estimado de R$992.538,80.

A denúncia, formulada pela empresa Metrópolys Transportes LTDA., indicou ter havido violação ao caráter competitivo do certame, em razão da vedação de participação de sociedades por ação e cooperativas, sendo excetuadas as de consumo, que não guardam relação com o objeto de edital.

O relator do processo, conselheiro Mário Negromonte, considerou que os argumentos apresentados pelo gestor foram insuficientes para justificar a vedação contida no edital quanto à participação de cooperativas. Não restou demonstrado que o objeto licitado, no caso o transporte escolar, por sua natureza, ensejaria a pessoalidade, habitualidade e subordinação jurídica, de forma a justificar a restrição imposta, o que caracteriza uma exigência desnecessária e cláusula restritiva de participação.

Também foram verificadas diversas inconsistências no edital do pregão eletrônico, que inviabilizariam a elaboração de proposta de preços, mais especificamente em relação a indicação do tempo de uso dos ônibus colocados à disposição da administração municipal; determinação de responsabilidade pelo abastecimento dos veículos; e quantidade de dias letivos para fins de cálculo na elaboração da proposta.

O Ministério Público de Contas se pronunciou no sentido da procedência parcial da denúncia, aplicando-se multa ao gestor, bem como recomendação para que “seja determinada a republicação do edital sem as ilegalidades apontadas ao longo deste opinativo”.

Cabe recurso da decisão.

 

STF julga nesta quarta se o SUS deve pagar por medicamentos para tratamento de doenças raras

Domingos Matos, 22/05/2019 | 11:03
Editado em 22/05/2019 | 13:12

O Superior Tribunal Federal (STF) vota, nesta quarta-feira (22), se os medicamentos de alto custo para o tratamento de doenças raras serão disponibilizados no Sistema Único de Saúde (SUS), mesmo aqueles que ainda não constavam na lista. O processo começou em 2016, mas foi adiado em virtude do pedido de vistas do ex-ministro, Teori Zavasck. Segundo dados do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), são mais de 40 mil ações que aguardam posição definitiva da Justiça brasileira sobre o tema.

Na pauta estão os processos que tratam da responsabilidade solidária dos entes federados na prestação dos serviços de saúde (RE 855178), além da obrigação do Estado de fornecer medicamentos considerados de alto custo (RE 566471) e não registrados na Anvisa (RE 657718).

O dr. Salmo Raskin, do Departamento Científico de Genética da Sociedade Brasileira de (SBP), defende que o governo brasileiro se organize para fornecer esses medicamentos aos pacientes que têm indicação. “Esses remédios são extremamente caros e os pacientes terão que usar durante a vida toda. Não há como eles arcarem com esses custos. Por isso, é muito importante que o governo os forneça àqueles que precisam e têm indicação para seu uso. O direito à saúde é uma das garantias da nossa constituição”, argumenta.

O pediatra adverte ainda que, atualmente, os pacientes que precisam desses medicamentos acabam entrando na justiça para consegui-los e, na maioria das vezes, o resultado é favorável. Contudo, isso gera um ônus muito maior para o governo e é extremamente burocrático para os pacientes.

“O governo não possui uma política de atendimento às pessoas com doenças raras e, assim, negligencia o atendimento a elas. Atualmente, já existem medicamentos disponíveis no SUS para quem tem atrofia muscular espinhal, doença de Gaucher e osteogênese imperfeita”, destaca o dr. Salmo Raskin.

CARÊNCIA – As doenças raras são um grupo composto por mais de 8 mil patologias consideradas incomuns pela medicina, mas que afeta milhões de pessoas em todo o mundo. Estimativas indicam que entre 6% e 8% da população brasileira sofra com algum tipo de doença rara.

"Só um subgrupo dessas doenças raras, as anomalias congênitas, atinge aproximadamente 4% de todos os nascidos vivos e segue como a segunda maior causa de mortalidade infantil no Brasil há mais de 30 anos. Mesmo assim, até hoje não temos uma política pública em funcionamento que proporcione atendimento adequado aos pacientes”, critica o pediatra.

 

Virada de ano em Ilhéus tem festa, praias lotadas e  rede hoteleira com quase 100% de ocupação

Domingos Matos, 03/01/2019 | 09:01
Editado em 04/01/2019 | 10:30

Ilhéus teve um dos mais movimentados réveillons e inicio de verão  dos últimos anos. A festa popular foi realizada com o patrocínio do Governo da Bahia, através da Bahiatursa, em parceria com a Prefeitura de Ilhéus. De norte a sul, o litoral da cidade foi  ocupado por nativos e turistas que escolheram a cidade para viver a passagem de ano.  No centro histórico, que preserva as marcas da cultura secular, aconteceu a festa de Reveillon, no palco montado na Avenida Soares Lopes, ao lado da majestosa Catedral de São Sebastião, onde milhares de pessoas festejaram a chegada de 2019.

O público cantou e dançou ao som da banda Top Gan, da dupla Rafa & Pipo Marques e da banda Dois Amores. O comando da virada ficou por  conta da dupla de Salvador, Rafa & Pipo Marques, formada pelos filhos do cantor Bel Marques, que embalou  a esperança da multidão que lotou a avenida.

A estrutura contou com um efetivo de cerca de 85 homens da 68ª Companhia Independente da Polícia Militar, que contribuiu e assegurou o clima de tranquilidade da festa, além do reforço da Guarda Civil Municipal (GCM) e de agentes da Superintendência de Transporte, Trânsito e Mobilidade do município (Sutram). O policiamento foi garantido após o término do evento, por volta das 4 horas da madrugada. A Secretaria Municipal de Saúde (Sesau) disponibilizou duas unidades móveis de emergência, mas nenhuma ocorrência grave foi registrada.

Praias e hotéis lotados

A temporada de verão nessa primeira semana do Ano Novo registra grande movimento nas principais praias da cidade e quase 100 por cento de ocupação na rede hoteleira. A expectativa é de que o fluxo turístico seja superior que no ano passado, considerando também os visitantes que chegam a Ilhéus através dos cruzeiros marítimos.

As praias do Sul e do Norte, e a do Cristo, no centro da cidade – onde está sendo construída a primeira ponte estaiada da Bahia – obra do governo estadual, são as mais procuradas pelos banhistas. Vale lembrar que Ilhéus possui o mais extenso litoral da Bahia, com cerca de 90 quilômetros de beleza exuberante e convite à descontração, descanso e alegria.

No centro histórico, os visitantes podem apreciar monumentos arquitetônicos como o Palácio Paranaguá, Teatro Municipal, Bar Vesúvio, Casa de Cultura Jorge Amado, Espaço Bataclan, Igreja Matriz de São Jorge, Catedral de São Sebastião, entre outros atrativos turísticos. 

 

 

Em novo parecer, ONU desenha para o TSE: Lula deve participar de eleição

Domingos Matos, 10/09/2018 | 16:13

Do site de Lula

Após visita ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na manhã desta segunda-feira (10), os advogados Cristiano Zanin e Valeska Teixeira anunciaram que o Comitê de Direitos Humanos da ONU proferiu nova determinação ao Estado brasileiro para que assegure o direito de Lula a ser candidato à presidência da república. “Nós acabamos de receber uma nova decisão do comitê de Direitos Humanos da ONU que reforça a decisão do dia 17 de agosto, deixando bem claro que o Brasil está vinculado às decisões liminares”, afirmou Zanin.

“O ex-presidente Lula deve concorrer nas eleições segundo a nova decisão do Comitê de Direito Humanos, que determina que a candidatura do ex-presidente Lula deve ser assegurada. A ONU também lembra que todos os poderes, tanto legislativo, quanto executivo e judiciário, estão obrigados a acatar as decisões do Comitê”, afirmou Valeska.

Segundo Zanin, a determinação tem caráter vinculante e “não há espaço para que não seja cumprida”, já que, como diz o comunicado do Comitê, um Estado parte não pode invocar a sua lei interna para descumprir uma determinação deste Comitê.

A nova decisão foi proferida a partir do pedido da defesa do ex-presidente Lula enviada após o julgamento no TSE que descumpriu a determinação proferida no dia 17 de agosto e barrou a candidatura de Lula à presidência. A defesa de Lula explicou que a nova determinação será comunicada ao Supremo Tribunal Federal como parte dos recursos interposto. “Há recursos pendentes da decisão do TSE no STF, então nós vamos levar essa nova decisão  proferida pelo Comitê hoje determinando que ao Brasil que assegura o direito de Lula concorrer nestas eleições ao conhecimento do STF”, disse Zanin

Fernando Gomes é multado pelo TCM por irregularidades em pregão eletrônico

Domingos Matos, 01/05/2018 | 10:02
Editado em 06/06/2019 | 10:52

O Tribunal de Contas dos Municípios, na quarta-feira (05), multou em R$4 mil o prefeito de Itabuna, Fernando Gomes Oliveira, em razão de irregularidades em pregão eletrônico realizado no exercício de 2019. O processo licitatório tinha por objeto a contratação de empresa para a prestação de serviços de transporte escolar, no valor estimado de R$992.538,80.

A denúncia, formulada pela empresa Metrópolys Transportes LTDA., indicou ter havido violação ao caráter competitivo do certame, em razão da vedação de participação de sociedades por ação e cooperativas, sendo excetuadas as de consumo, que não guardam relação com o objeto de edital.

O relator do processo, conselheiro Mário Negromonte, considerou que os argumentos apresentados pelo gestor foram insuficientes para justificar a vedação contida no edital quanto à participação de cooperativas. Não restou demonstrado que o objeto licitado, no caso o transporte escolar, por sua natureza, ensejaria a pessoalidade, habitualidade e subordinação jurídica, de forma a justificar a restrição imposta, o que caracteriza uma exigência desnecessária e cláusula restritiva de participação.

Também foram verificadas diversas inconsistências no edital do pregão eletrônico, que inviabilizariam a elaboração de proposta de preços, mais especificamente em relação a indicação do tempo de uso dos ônibus colocados à disposição da administração municipal; determinação de responsabilidade pelo abastecimento dos veículos; e quantidade de dias letivos para fins de cálculo na elaboração da proposta.

O Ministério Público de Contas se pronunciou no sentido da procedência parcial da denúncia, aplicando-se multa ao gestor, bem como recomendação para que “seja determinada a republicação do edital sem as ilegalidades apontadas ao longo deste opinativo”.

Cabe recurso da decisão.

 

Acesse com seus dados:

ou
Ainda não tem acesso?
Registre-se em nosso Blog.