Tag: colegio

Inscrições para os Colégios da Polícia Militar serão abertas no próximo dia 2

Domingos Matos, 28/12/2018 | 16:42
Editado em 28/12/2018 | 16:41

A Polícia Militar da Bahia, por meio da rede CPM de Ensino, inicia na próxima quarta-feira, 2 de janeiro, a partir das 7 horas, as inscrições do processo seletivo para admissão nas 15 unidades do Colégio da Polícia Militar (CPM) e na Creche da Polícia Militar.

O edital foi divulgado no Diário Oficial do Estado desta sexta-feira (28) e as inscrições podem ser realizadas até as 18 horas de 6 de janeiro, um domingo, por meio do site www.pm.ba.gov.br/cpm2019.

Serão sorteadas 2.414 vagas, sendo 2.381 para as 15 unidades do CPM na Bahia (361 para o Ensino Médio e 2.020 para o Ensino Fundamental) e 33 vagas para CMEI Nossa Senhora das Graças.

Entre as vagas oferecidas na capital, 70% são destinadas para filhos de policiais militares e servidores civis da instituição e 30% para o público externo. Já no interior do estado, a divisão será feita em partes iguais: 50% das vagas direcionadas para filhos de policiais militares e servidores civis da instituição e 50% para o público externo.

O sorteio eletrônico, que ocorrerá às 9 horas do dia 11 de janeiro, no Instituto Anísio Teixeira (IAT), localizado no bairro de São Marcos, em Salvador, será acompanhado, além dos pais ou responsáveis dos candidatos inscritos, pelos representantes do Tribunal de Justiça, Assembleia Legislativa, Ministério Público Estadual, Procuradoria Geral do Estado, Defensoria Pública e associações de classe.

A Polícia Militar da Bahia dispõe de 15 unidades do colégio em todo estado e 12.814 alunos. São cinco na capital (Dendezeiros, Luiz Tarquínio, Ribeira, Lobato e Cajazeiras) e 10 distribuídas pelas cidades de Teixeira de Freitas, Alagoinhas, Ilhéus, Itabuna, Feira de Santana, Vitória da Conquista, Candeias, Juazeiro, Jequié e Barreiras. Em decorrência do ensino de excelência, os alunos do CPM têm conquistado posições de destaque no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

 

Ensino Fundamental americano em Itabuna

Informe

Domingos Matos, 13/11/2017 | 08:10

O Colégio Ieprol consolidou-se no serviço de ensino de Itabuna, oferecendo uma educação de excelência, voltada para atender as exigências educacionais do século XXI.

E, fiel a essa visão, apresentou à comunidade itabunense e regional, na noite do dia 09/11, mais uma novidade revolucionária: o Middle School, ensino fundamental americano.

Com essa inovadora proposta, o Colégio Ieprol completa o seu já excepcional portfólio - método Poliedro, Mecatrônica e Robótica e o Programa Dual Language.

O Middle School é resultado de uma parceria com uma das mais importantes universidades norte-americanas, University of Missouri, e funcionará a partir de 2018 para alunos do 7º e 8º anos.

O aluno concluinte sairá com duas diplomações, a brasileira e a americana. Isso permitirá um futuro de mobilidade pessoal, acadêmica e profissional, que superará qualquer fronteira.

E não é só isso. Após a conclusão do Middle School, o aluno poderá seguir para o High School (ensino médio), a partir do 9º ano.

Forte no conteúdo, ousado nas propostas e criativo nas ideias. Assim é o Colégio Ieprol. Caminhando lado a lado ao tempo de seu filho.

As matrículas estão abertas. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (73) 98880-8010. Visite a página.

Colégio Ieprol abre as portas para visitação

Domingos Matos, 31/01/2017 | 22:41
Editado em 31/01/2017 | 22:47

O Colégio Ieprol vai abrir as portas, nessas quarta e quinta-feiras (1 e 2), a interessados em conhecer a estrutura por dentro, da parte física à formação de cada profissional, passando pelas metodologias e sistema de ensino (clique na imagem para ampliá-la). O colégio adota o premiado método Poliedro, e oferece novidades como Robótica e aulas bilingues, entre outras.

As visitas ocorrerão no horário comercial, e não precisam ser previamente agendadas, além de estarem abertas também a quem não tenha relação com a instituição, a exemplo de alunos matriculados.

"Estamos abertos para receber a comunidade de Itabuna e região. Será um grande prazer, ao mesmo tempo que é uma prestação de serviço ao interessado ou a quem pode vir a se interessar por esse modelo avançado de ensino", convida a diretora Inatiane Martins.

O Colégio Ieprol fica na avenida Inácio Tosta Filho, 118, 6º andar, em Itabuna. O telefone para contato é (73) 3612 1786.

Ação publicitária

Colégios desfilam em homenagem aos 125 anos de Canavieiras

Domingos Matos, 27/05/2016 | 21:56

Para comemorar os 125 anos de emancipação político-administrativa de Canavieiras, as escolas das redes municipal e particular promoveram um imponente desfile cívico. O cortejo teve início na praça Maçônica, seguindo pela avenida Octávio Mangabeira (rua 13) até a praça da Bandeira, onde está localizado o Paço Municipal e o palanque das autoridades, onde as escolas fizeram as apresentações.

Motivado pelas intermitentes chuvas que caíram na cidade na terça e quarta-feira (24 e 25), o prefeito Almir Melo decidiu transferir a realização do desfile para esta sexta-feira (27). “Procedemos essa mudança para preservar a saúde dos alunos, além do brilho do desfile, que trouxe muitas alegorias representando as belezas da cidade e do Jogos Olímpicos”, justificou o prefeito.

Em sua mensagem aos canavieirenses, o prefeito Almir Melo pediu que eles fizessem uma viagem pelo túnel do tempo para relembrar os avanços de Canavieiras, uma cidade que sempre primou pela altivez em sua história. O prefeito lembrou das lutas pela autonomia administrativa, encetada pelos seus filhos ilustres e que culminou na elevação de cidade, há 125 anos.

Para Almir Melo, a história de Canavieiras está intrinsecamente ligada ao desenvolvimento da Bahia, com a introdução de uma das maiores matrizes econômicas do estado, a cacauicultura, que atualmente ressurge com novas possibilidades. “Canavieiras foi um dos mais importantes centros comerciais do Sul da Bahia, responsável pela geração de riquezas. Não nos abatemos com as dificuldades e estamos trabalhando incansavelmente para reconstruir nossa cidade”, ressaltou.

Estagiária se recusa a alisar cabelo e é hostilizada no trabalho

Domingos Matos, 07/12/2011 | 09:37
Editado em 07/12/2011 | 10:11

estagiáriaA estagiária Ester Elisa da Silva Cesário acusa seus superiores de perseguição e racismo. Conforme Boletim de Ocorrência registrado no dia 24 de novembro, na Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância (Decradi) de São Paulo, ela teria sido forçada a alisar o cabelo para manter a "boa aparência". A diretora do Colégio Internacional Anhembi Morumbi ainda teria prometido comprar camisas mais cumpridas para que a funcionária escondesse os quadris.

Ester conta que foi contratada no dia 1º de novembro de 2011, para atuar no setor de marketing e monitorar visitas de pais interessados em matricular seus filhos no colégio, localizado no bairro do Brooklin, na cidade de São Paulo. A estagiária afirma ter sido convocada para uma conversa na sala da diretora, identificada como professora Dea de Oliveira. Nos dias anteriores, sempre alguém mandava recado para que prendesse o cabelo e evitasse circular pelos corredores.

"Ela disse: 'como você pode representar o colégio com esse cabelo crespo? O padrão daqui é cabelo liso'. Então, ela começou a falar que o cabelo dela era ruim, igual o meu, que era armado, igual o meu, e ela teve que alisar para manter o padrão da escola."

Além das advertências, Ester afirma ter sofrido ameaças depois de revelar o conteúdo da conversa aos demais funcionários do colégio. Eles teriam demonstrado solidariedade ao perceber que a estagiaria estava em prantos no banheiro.

"Depois disso, eu me vesti para ir embora e, quando estava saindo, ela me parou na porta e disse: 'cuidado com o que você fala por aí porque eu tenho vinte anos aqui no colégio e você está começando agora. A vida é muito difícil, você ainda vai ouvir muitas coisas ruins e vai ter que aguentar'."

Colégio se defende

Após contato da reportagem, um funcionário indicado pela Direção do Anhembi Morumbi informou que a instituição não recebeu nenhuma notificação sobre o registro do Boletim de Ocorrência. Ele negou a existência de preconceito e se limitou a dizer que "o colégio zela pela sua imagem e, ao pregar a 'boa aparência', se refere ao uso de uniformes e cabelo preso".

A advogada trabalhista Carmen Dora de Freitas Ferreira, que ministra cursos no Geledés – Instituto da Mulher Negra – assegura que a expressão "boa aparência" é usada frequentemente para disfarçar preconceitos.

"Não está escrito isso, mas quando eles dizem 'boa aparência', automaticamente estão excluindo negros, afrodescendentes e indígenas. O padrão é mulher loira, alta, magra, olhos claros. É isso que querem dizer com 'boa aparência'. E excluir do mercado de trabalho por esse requisito é muito doloroso, afronta a Lei, afronta a Constituição e afronta os direitos humanos".

LEIA MAIS

Ensino fundamental americano em Itabuna

Publicidade

Domingos Matos, 13/11/2011 | 00:00
Editado em 13/11/2017 | 08:28

O Colégio Ieprol consolidou-se no serviço de ensino de Itabuna, oferecendo uma educação de excelência, voltada para atender as exigências educacionais do século XXI.

E, fiel a essa visão, apresentou à comunidade itabunense e regional, na noite do dia 09/11, mais uma novidade revolucionária: o Middle School, ensino fundamental americano.

Com essa inovadora proposta, o Colégio Ieprol completa o seu já excepcional portfólio - método Poliedro, Mecatrônica e Robótica e o Programa Dual Language.

O Middle School é resultado de uma parceria com uma das mais importantes universidades norte-americanas, University of Missouri, e funcionará a partir de 2018 para alunos do 7º e 8º anos.

O aluno concluinte sairá com duas diplomações, a brasileira e a americana. Isso permitirá um futuro de mobilidade pessoal, acadêmica e profissional, que superará qualquer fronteira.

E não é só isso. Após a conclusão do Middle School, o aluno poderá seguir para o High School (ensino médio), a partir do 9º ano.

Forte no conteúdo, ousado nas propostas e criativo nas ideias. Assim é o Colégio Ieprol. Caminhando lado a lado ao tempo de seu filho.

As matrículas estão abertas. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (73) 98880-8010. Visite a página.

Ieprol, Middle School, Mizzou, University of Missouri

Na escola da malandragem: menor preso com 38 em porta de Colégio

Domingos Matos, 11/08/2010 | 13:33
Editado em 11/08/2010 | 14:32

Acesse com seus dados:

ou
Ainda não tem acesso?
Registre-se em nosso Blog.