Tag: servidor

Operação Verão reforça segurança com 25 mil policiais e bombeiros

Domingos Matos, 04/12/2019 | 15:17

Turistas e baianos terão o reforço de 25 mil policiais e bombeiros no trabalho ostensivo e preventivo em todo a Bahia durante a Operação Verão 2019/2020, lançada pelo Governo do Estado nesta quarta-feira (4), no Jardim dos Namorados, em Salvador. No esquema especial, que segue até 29 de fevereiro, serão investidos mais de R$ 2,7 milhões em plantões extras. A Polícia Militar (PMBA) empregará 23 mil servidores a mais, o Corpo de Bombeiros terá 3.175 profissionais, enquanto a Polícia Civil disponibilizará 327 servidores.

Durante o lançamento da operação, realizada pela Secretaria da Segurança Pública (SSP), foram apresentadas as estratégias da iniciativa, que englobam ações preventivas nas áreas litorâneas, nos pontos turísticos e em eventos da capital, além de ações em outros 50 municípios e localidades. “Essa é a 10ª edição dessa operação, que tem uma importância muito grande porque, além de transmitir a sensação de segurança, ela reduz de forma significativa os índices de criminalidade”, afirmou o subsecretário da SSP, Ary Pereira.

Os serviços de segurança serão reforçados com o apoio de viaturas de duas e quatro rodas, aeronaves, lanchas, motos aquáticas, unidades de atendimento pré-hospitalar, autobombas tanques, assim como animais da polícia montada e cães especializados em busca de pessoas e de materiais ilícitos.

Para o comandante geral da PMBA, coronel Anselmo Brandão, a operação será marcada pelo uso de tecnologia. “Utilizaremos novas viaturas e equipamentos como drones, câmeras de reconhecimento facial e embarcações. Cada região do estado contará com o policiamento, principalmente nos pontos turísticos, para garantir a tranquilidade de todos”, explicou.

Também serão empregados guarda-vidas, mergulhadores e equipes de busca e salvamento. O público do exterior contará com policiais bilíngues em pontos turísticos e áreas de trânsito, como Pelourinho e Aeroporto. As unidades de registro de ocorrências especializadas, a exemplo da Delegacia de Atendimento ao Turista (Deltur), e territoriais terão efetivo fortalecido.

Entre as cidades e localidades litorâneas beneficiadas com o apoio policial estão: Salvador, Lauro de Freitas, Porto Seguro, Arraial D'Ajuda, Trancoso, Santa Cruz Cabrália, Santo Amaro, Morro de São Paulo, Vera Cruz, Itaparica, Itabuna, Ilhéus, Vitória da Conquista, Juazeiro, Paulo Afonso, Barreiras, Bom Jesus da Lapa e Senhor do Bonfim.

 

Secretaria de Educação libera segunda parcela do décimo terceiro

Domingos Matos, 04/12/2019 | 11:35

A Secretaria Municipal da Educação de Itabuna (SME) liberou ontem (03), o pagamento da segunda parcela do 13º salário de todos os servidores da secretaria, tanto os que recebem pelo Fundo de Desenvolvimento da Educação Básica (FUNDEB), quanto os que recebem pela fonte de Manutenção e Desenvolvimento da Educação (MDE – Recursos Próprios – Secretaria da Fazenda).

“A data máxima para efetivação do pagamento, segundo a lei, é até o dia 15 de dezembro, mas, a partir dos cálculos procedidos pelo Departamento Financeiro da SME; das audiências da secretária municipal da Educação, professora Nilmecy Gonçalves, com o prefeito Fernando Gomes; e da contrapartida da Secretaria Municipal da Fazenda em estar liberando também os proventos de quem recebe pelo MDE, foi possível proceder a liberação dos valores nas contas dos servidores”, aponta o diretor financeiro da SME, o professor Fábio Bittencourt Peixoto de Melo.

A professora Nilmecy Gonçalves indica que, com os pagamentos desta terça, a SME injetou cerca pouco mais de R$2,56 milhões na economia local com a liberação dos recursos para 100% dos funcionários (diretores, coordenadores, professores, funcionários e pessoal de apoio, nas escolas; diretores, assessores, técnicos e funcionários da secretaria).

Prefeito e ex-prefeito de Brumado são multados pelo TCM

Domingos Matos, 04/12/2019 | 09:29
Editado em 03/12/2019 | 21:11

O Tribunal de Contas dos Municípios julgou procedente a denúncia formulada contra o prefeito de Brumado, Eduardo Lima Vasconcelos, o ex- prefeito, Aguiberto Lima Dias, e o secretário de saúde, Cláudio Soares Feres. Os conselheiros julgaram ilegal a ação de dois médicos que, embora servidores municipais – com o conhecimento do prefeito, do ex-prefeito e do secretário da saúde -, constituíram empresas e passaram a prestar serviços à prefeitura. Os fatos denunciados ocorreram nos anos de 2016 e 2017. O prefeito e o ex-prefeito de Brumado foram multados em R$ 5 mil cada um deles, por determinação do relator do processo, conselheiro Francisco Netto.

Segundo o conselheiro, foi constatada a impossibilidade legal dos médicos Bruno Vieira de Andrade e Carlos Alves de Jesus Júnior, na condição de servidores públicos municipais, constituírem empresas para a prestação de serviços de saúde em Brumado, ao qual se encontravam vinculados, como, de fato, ocorreu.

Além disso, os médicos acumularam irregularmente cargos na área de saúde do município. Bruno Vieira de Andrade chegou a prestar serviços no Programa de Saúde da Família (PSF), no Samu Regional e ainda na direção do Hospital Magalhães Netto. Carlos Alves de Jesus Júnior, no período de janeiro a junho de 2017, trabalhou como médico do PSF, do Samu e ainda exerceu a direção do serviço. O conselheiro relator concordou com a conclusão com o Ministério Público Especial de Contas de que houve acúmulo ilegal dos cargos – o que agravou a punição aos gestores.

Cabe recurso da decisão.

 

Estado prorroga recadastramento de aposentados da Justiça e Ministério Público

Novo prazo se encerra no dia 10 de janeiro do próximo ano

Domingos Matos, 03/12/2019 | 09:11

Servidores aposentados do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ/BA) e do Ministério Público da Bahia (MPBA), que ainda não responderam ao chamado da Previdência Estadual, terão prazo adicional para atualizar seus dados funcionais. Do total de convocados, 816 ainda não realizaram o recadastramento anual de inativos, correspondendo a 24% dos chamados. O recadastramento deste grupo teve início no mês de novembro.

Até ontem (2), 3.331 pessoas já haviam realizado o procedimento. Ao todo, 4.167 servidores aposentados foram convocados por seus respectivos órgãos para realizar a prova de vida e atualização dos seus dados funcionais junto à Secretaria da Administração (Saeb), assegurando o recebimento de seus benefícios previdenciários. O novo prazo segue até o dia 10 de janeiro de 2020.

Para realizar o recadastramento, os convocados devem apresentar, no ato do atendimento, documento de identidade oficial com foto atual (em bom estado de conservação), CPF e comprovante de residência atualizado (contas de água, luz ou telefone). Também é necessário apresentar o número do PIS, para atualização da base de dados do Sistema de Escrituração Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas (eSocial).

O recadastramento pode ser feito em uma das 71 unidades do Centro de Atendimento Previdenciário (Ceprev), abrigadas em Postos e Pontos SAC da capital e interior, além do SAC Servidor, que atende no Multishop Boca do Rio, em Salvador. Ainda é possível agendar atendimento para as unidades do Shopping da Bahia, Barra, Bela Vista, Paralela, Salvador Shopping, Liberdade, Camaçari, Lauro de Freitas, Feira Centro II, Conquista II, Itabuna, Juazeiro, Teixeira de Freitas e Jequié. O agendamento é feito na plataforma ou aplicativo do SAC Digital (www.sacdigital.ba.gov.br).

Quem residir em local sem cobertura previdenciária, ou fora da Bahia, poderá efetuar o recadastramento enviando documentos autenticados para: Suprev - Av. Tancredo Neves, n° 776, Bloco A, Bairro Caminho das Árvores, Salvador – Bahia, CEP: 41.820-904, colocando na parte externa do envelope a palavra “RECADASTRAMENTO”. Aqueles que realizarem o recadastramento por correspondência ainda devem encaminhar atestado de vida, disponível no Portal do Servidor (www.portaldoservidor.ba.gov.br).

Situações especiais devem seguir orientações da Previdência Estadual, disponíveis para consulta no Portal do Servidor. Já casos de falecimento deverão ser imediatamente comunicados pelos familiares do ex-servidor à Suprev, seja por meio da apresentação da respectiva certidão de óbito em quaisquer das unidades Ceprev, pelos Correios ou ainda pelo e-mail suprev.certidao@saeb.ba.gov.brou diretamente nos setores de recursos humanos do TJ/BA ou MPBA.

O recadastramento de inativos do Estado ocorre anualmente, por meio da Superintendência de Previdência (Suprev), da Saeb. Mais informações, como o calendário de recadastramento, locais de recadastramento e documentação necessária, podem ser consultadas no Portal do Servidor. Outras dúvidas podem ser sanadas pelo call center da Previdência Estadual: 0800 071 5353 ou 4020-5353.

Polícia procura advogado acusado de mandar matar servidor

Domingos Matos, 29/11/2019 | 13:39

O advogado Diolino Telles Filho está sendo procurado pela Polícia Civil, acusado de ordenar o assassinato de Roberto Alves Moreira, que apurava desvio de dinheiro e a venda ilegal de imóveis públicos municipais, da cidade de Condeúba, distante 660 quilômetros de Salvador.

O delegado Sérgio Fabiano de Carvalho, titular da Delegacia Territorial (DT), de Condeúba, cumpriu mandados de busca e apreensão, em imóveis relacionados ao advogado, que está com a prisão decretada, na manhã de ontem  (28). Equipes da 10ª Coorpin/Conquista deram apoio nas buscas.

As investigações conduzidas pela DT/Condeúba revelaram que Diolino encomendou a morte de Roberto, que presidia uma auditoria contábil, na prefeitura da cidade. A vítima foi executada a tiros, em fevereiro de 2017, no centro de Condeúba.

Empresa de armas e munições é alvo de operação de combate à sonegação fiscal

Domingos Matos, 28/11/2019 | 11:30

A empresa "Sniper", do ramo de venda de armas e munições, acusada de dever mais R$ 50 milhões aos cofres públicos foi alvo de uma operação deflagrada na manhã de ontem (27), pelo Ministério Público estadual, por meio do Grupo de Atuação Especial de Combate à Sonegação Fiscal e aos Crimes Contra a Ordem Tributária, Econômica, as Relações de Consumo e a Economia Popular (Gaesf), a Secretaria da Fazenda do Estado da Bahia (Sefaz), e a Polícia Civil do Estado da Bahia. Denominada “Operação Enyo”, a ação cumpriu seis mandados de busca e apreensão em Salvador, expedidos pela 1ª Vara Criminal. Durante a operação, o proprietário da empresa, Alexandre Lobo Pinto, foi preso preventivamente por tentar ocultar e destruir provas, informou o coordenador do Gaesf, promotor de Justiça Hugo Casciano de Santana. O promotor acrescentou que os bens apreendidos poderão ser usados para restituir os cofres públicos, por meio da atuação do Comitê Interinstitucional de Recuperação de Ativos (Cira). Até agora, a Justiça já bloqueou R$ 2,5 milhões das contas dos investigados.

A empresa, que vinha sendo monitorada desde 2016 pelo trânsito de mercadorias, já havia sido autuada e notificada inúmeras vezes pela falta de recolhimento de impostos em suas operações comerciais de armas e munições. A dívida atualmente chega R$ 50,12 milhões, valor que se refere apenas às operações registradas pelos sistemas da Sefaz e que não reflete o verdadeiro montante devido pelo contribuinte, pois as saídas de mercadorias se davam através de notas fiscais emitidas manualmente, fora do controle eletrônico da fiscalização.

Além disso, ainda pesam contra ela denúncias de comercialização sem emissão de documento fiscal, mercadoria sem comprovação de origem e interposição fictícia de pessoas (uso de “laranjas”). Este tipo de atuação sem recolhimento de impostos representa concorrência desleal e perda de arrecadação do Estado, com o consequente prejuízo na prestação de serviços e investimentos do poder público.

Participaram da operação cinco promotores de Justiça, cinco delegados de Polícia, 12 servidores da Sefaz, 18 policiais civis, dois servidores da Polícia Fazendária, além de uma frota de viaturas. 

 

Mais 21 prefeituras têm contas aprovadas pelo TCM

Domingos Matos, 28/11/2019 | 10:17
Editado em 28/11/2019 | 00:28

Na sessão de ontem (27), o Tribunal de Contas dos Municípios, por quatro votos a um, aprovou com ressalvas as contas da Prefeitura de Itanhém, da responsabilidade de Zulma Pinheiro dos Santos Vaz, relativas ao exercício de 2018. O relator do parecer, conselheiro Fernando Vita, opinou pela rejeição das contas, em razão da extrapolação da despesa total com pessoal, que segundo ele, sem aplicação das regras da Instrução nº 003, do TCM, alcançaram 56,24% da receita corrente líquida. Entretanto, foi vencido por quatro votos a um, com a divergência aberta pelo conselheiro Raimundo Moreira, que, assim como os demais conselheiros presentes à sessão, aplicam a instrução e excluem dos cálculos os gastos com pessoal a despesa com servidores na execução de programas federais.

Com a aplicação da Instrução nº 003, a despesa total com pessoal totalizou R$23.308.813,03, correspondendo a 53,25% da receita corrente líquida do município, inferior, portanto, ao percentual máximo de 54% estabelecido pela Lei de Responsabilidade Fiscal. Os conselheiros do TCM também aprovaram a aplicação de multa no valor de R$12 mil à prefeita, em função das irregularidades identificadas durante a análise das contas.

O relatório técnico apontou como ressalvas a admissão de servidores sem a realização de prévio concurso público; a realização de gastos irrazoáveis com aquisição de combustíveis, locação de veículos e transporte escolar, serviços de digitalização e assessoria contábil; baixa cobrança da dívida ativa do município; ausência de inserção de dados no sistema SIGA do TCM; e apresentação do relatório de controle interno sem desacordo com as exigências legais.

Na mesma sessão, os conselheiros também aprovaram com ressalvas as contas de prefeitos de mais 20 municípios baianos. Todos foram penalizados com multas, em razão de irregularidades, equívocos e omissões constatados durante a análise das contas. Alguns ainda foram penalizados com sanções que correspondem a 30% dos seus subsídios anuais, pela não recondução das despesas com pessoal nos prazos estabelecidos pela Lei de Responsabilidade Fiscal.

Foram aprovadas com ressalvas as contas do prefeito de Piritiba, Samuel Oliveira Santana; de Jacaraci, Antônio Carlos Freire de Abreu; de Santaluz, Quitéria Carneiro Araújo; de Santa Luzia, Antônio Guilherme dos Santos; de Saúde, Sérgio Luiz Passos; de Canápolis, Myriam Teixeira de Oliveira; de Jacobina, Luciano Antônio Pinheiro; de Livramento de Nossa Senhora, José Ricardo Ribeiro; de Presidente Jânio Quadros, Alex da Silva; de Gandu, Leonardo Barbosa Cardoso; de Itatim, Gilmar Pereira Nogueira; de Paripiranga, Justino das Virgens Neto; de Presidente Dutra, Sílvio Mário de Almeida; de Saubara, Márcia Oliveira de Araújo; de Brotas de Macaúbas, Litercílio de Oliveira Júnior; de Canudos, Genário de Alcântara Neto; de Utinga, Joyuson Vieira Santos; de Quixabeira, Reginaldo Sampaio Silva; e de Sobradinho, Luiz Vicente Torres Sanjuan.

Cabe recurso da decisão.

 

Ex-presidente da Câmara de Ilhéus é afastado do cargo de vereador por 180 dias

Domingos Matos, 28/11/2019 | 08:09

A Justiça determinou o afastamento por 180 dias do ex-presidente da Câmara Municipal de Ilhéus, Lukas Pinheiro Paiva, do cargo de vereador. A decisão acolheu pedido liminar realizado em ação civil pública ajuizada pelo Ministério Público estadual, por meio dos promotores de Justiça Frank Ferrari e Thomás Raimundo Brito, e foi proferida na segunda-feira (25), pelo juiz Alex Venícius Miranda. A pedido do MP, foi determinada também a indisponibilidade de bens, no valor aproximado de R$ 215,7 mil, do edil e de mais quatro acusados na ação por improbidade administrativa, enriquecimento ilícito e desvio de recursos públicos. As acusações são resultado das investigações realizadas na Operação Xavier, que desbaratou uma organização criminosa instalada dentro da Câmara de Vereadores da cidade.

Conforme a decisão, além de afastado, o vereador Lukas Paiva não poderá frequentar o prédio da Câmara, utilizar dos serviços do órgão e manter qualquer tipo de contato com os servidores da Casa. O juiz acatou as provas trazidas pelo MP de que Paiva tentou prejudicar as investigações do MP a partir de assédio a colaboradores e a estagiários do escritório de advogacia de um dos investigados, além de oferecer cargos fantasmas a um dos acusados para tentar fazê-lo desistir de acordo de colaboração com o MP. “As provas são clarividentes no sentido do mesmo em procurar dificultar o trabalho investigativo realizado pelo Ministério Público”, afirmou o magistrado. 

Segundo a ação, os acusados cometeram fraudes contábeis e falsificação de documentos em esquema de fraudes na escrituração contábil de pagamentos de contribuições previdenciárias ao INSS, por meio de falsificação ou alteração de Guias de Recolhimento Previdenciário, cujos valores registrados eram superiores ao recolhimento efetivamente realizado. Com a fraude, o objetivo era maquiar as saídas ilegais, sem despesas correspondentes, dos recursos da Câmara. 

Lukas Paiva foi apontado como líder do esquema criminoso, executado quando ele ocupava a presidência da Casa. Os outros acusados são: Antônio Lavigne de Lemos, considerado braço direito de Lukas Paiva no cargo de controlador interno da Câmara, ele seria o responsável por fazer pagamentos inexistentes e superfaturados; Rodrigo Alves dos Santos, apontado por gerar guias falsas, adulterar extratos bancários e emitir notas de pagamentos superestimadas; o contador Cleomir Primo Santana, sócio da empresa SCM Serviços de Consultoria Contábil, teria se beneficiado das transferências bancárias e seria o supervisor das fraudes contábeis executadas pelo contador Íkaro Pires Sales de Oliveira. Os dois são apontados como responsáveis pela maquiagem contábil, com montagem de processos de pagamento ideologicamente falsos.

Encontro capacita gestores da educação municipal na próxima semana

Domingos Matos, 27/11/2019 | 12:36

Incentivar a troca de aprendizados e novas ideias para o aprimoramento da gestão da educação pública entre os municípios da região é o objetivo do Encontro de Boas Práticas da Educação Municipal, que acontece na quarta-feira (4), das 9 às 14hs, no auditório do Edifício Premier Business, em Ilhéus. O evento gratuito é uma realização de: Instituto Arapyaú, Associação dos Municípios da Região Cacaueira – Amurc e Gove. Informações e inscrições podem ser feitas através do telefone (73) 3613-5114.

No encontro serão apresentadas boas práticas na gestão da educação municipal. Logo depois, os servidores terão um momento de conversa a especialista em educação, Cleuza Repulho e uma sessão de perguntas e respostas sobre gestão educacional. A iniciativa, segundo o secretário executivo Luciano Veiga, “visa construir uma gestão de excelência, eficiência, eficácia e efetiva dos municípios associados”.

O auditório fica localizado na avenida Osvaldo Cruz, nº 74, no bairro Cidade Nova, centro de Ilhéus.

 

Geraldo: Sei como resolver o problema da saúde de Itabuna, porque já fiz duas vezes

Domingos Matos, 27/11/2019 | 08:40
Editado em 27/11/2019 | 08:50

O ex-prefeito Geraldo Simões deu entrevista nessa terça-feira (26), à radialista Silmara Sousa, na Rádio Interativa FM. Na saída, comentou sobre a saúde em Itabuna: "Fui questionado sobre o caos na Saúde em Itabuna. Quando fui Prefeito a Saúde não tinha tanto financiamento como tem hoje, mas deixei toda rede informatizada, Gestão Plena funcionando, atendimento de excelência para a população de Itabuna e dos Municípios pactuados".

De acordo com Geraldo, "os hospitais conveniados e demais prestadores recebiam em dia, quando não adiantado, os servidores trabalhavam felizes, sem atraso de salários e com boas condições para desenvolver suas capacidades. Na verdade, não há segredo, mas tem que ter gestão responsável com o dinheiro público, dando o exemplo aos servidores, fornecedores e prestadores, para que cada um se sinta responsável pela excelência do serviço, entendendo que cada ação representa um passo para salvar uma vida ou, pelo menos, assegurar dignidade às pessoas que buscam atendimento."

Câmara de Itabuna realiza amanhã audiência pública sobre Assistência Social

Domingos Matos, 26/11/2019 | 09:21

Com o tema Assistência Social, está marcada para amanhã (28), a partir das 19 horas, mais uma Audiência Pública de respaldo ao processo de reforma e atualização da Lei Orgânica do Município de Itabuna (LOMI). A discussão, promovida pela Câmara de Vereadores, será na sede da Casa, para onde é convidada a comunidade em geral, além de nomes da política, dos conselhos e sindicatos.

Será a quarta audiência para captar os anseios do cidadão em favor da nova LOMI (uma verdadeira Constituição no âmbito do município). A terceira, em 13 de novembro, tratou sobre Cultura, Esporte, Lazer e Turismo. Já no dia 5, o Plenário da Casa reuniu servidores e respectivas entidades sindicais, para identificar o quê julgam necessário constar na referida lei.

Vale lembrar que a série de audiências começou em 29 de outubro, no auditório da ACI (Associação Comercial e Empresarial de Itabuna), ouvindo comerciantes, comerciários e outros profissionais liberais. Desde então, todas as sugestões estão sendo avaliadas e algumas delas também poderão ser aproveitadas em outros dispositivos legais, a exemplo do Código de Posturas do Município.

Seguirá até 10 de dezembro o prazo para sugestões de emendas da população à Lei Orgânica e o resultado dessa construção coletiva deverá ser apresentado tão logo comece o Ano Legislativo de 2020.

Câmara de Itabuna realiza audiência pública sobre Assistência Social na quinta-feira

Domingos Matos, 26/11/2019 | 09:21
Editado em 26/11/2019 | 10:26

Com o tema Assistência Social, está marcada para a próxima quinta-feira (28), a partir das 19 horas, mais uma Audiência Pública de respaldo ao processo de reforma e atualização da Lei Orgânica do Município de Itabuna (LOMI). A discussão, promovida pela Câmara de Vereadores, será na sede da Casa, para onde é convidada a comunidade em geral, além de nomes da política, dos conselhos e sindicatos.

Será a quarta audiência para captar os anseios do cidadão em favor da nova LOMI (uma verdadeira Constituição no âmbito do município). A terceira, em 13 de novembro, tratou sobre Cultura, Esporte, Lazer e Turismo. Já no dia 5, o Plenário da Casa reuniu servidores e respectivas entidades sindicais, para identificar o quê julgam necessário constar na referida lei.

Vale lembrar que a série de audiências começou em 29 de outubro, no auditório da ACI (Associação Comercial e Empresarial de Itabuna), ouvindo comerciantes, comerciários e outros profissionais liberais. Desde então, todas as sugestões estão sendo avaliadas e algumas delas também poderão ser aproveitadas em outros dispositivos legais, a exemplo do Código de Posturas do Município.

Seguirá até 10 de dezembro o prazo para sugestões de emendas da população à Lei Orgânica e o resultado dessa construção coletiva deverá ser apresentado tão logo comece o Ano Legislativo de 2020.

Jovens da Fundac são beneficiados com doação de 1,4 mil livros

Domingos Matos, 23/11/2019 | 12:31

Jovens em cumprimento de medidas socioeducativas de três Comunidades de Atendimento Socioeducativo (Case) foram beneficiados com a doação de 1,4 mil livros arrecadados pela campanha 'Asas ao Pensamento', do Ministério Público do Estado da Bahia (MPBA). A ação teve o apoio da Fundação da Criança e do Adolescente (Fundac), órgão da Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social da Bahia (SJDHDS).

O ato de entrega ocorreu ontem (22), na Case Salvador. Jovens da unidade, da Case Feminina e da Case CIA realizaram apresentações artísticas. O evento teve a presença do secretário da SJDHDS, Carlos Martins; da diretora-geral da Fundac, Regina Affonso; e da coordenadora do Centro de Apoio Operacional de Defesa da Criança e do Adolescente (Caoca) do MPBA, Marly Barreto.

"Quero registrar a minha alegria com essa campanha do Ministério Público, especialmente pela sensibilidade com os nossos jovens. Não existe pessoa no mundo que não seja transformada com a leitura de um livro. Abracem esses livros, colham tudo que vocês puderem de cada um deles. Com oportunidades, um outro mundo é possível: depende de vocês agarrá-las", pontuou Carlos Martins.

As doações foram realizadas durante todo o mês de outubro por membros e servidores do Ministério Público, além da população em geral. A campanha também ocorreu em Feira de Santana e Camaçari, totalizando oito pontos de coletas nos três municípios. Além da Case Salvador, também serão beneficiadas com a ação a Case Feminina e a Case Cia. 

Para a diretora-geral da Fundac, Regina Affonso, "a doação desses livros representa muito para nós e para os nossos jovens. Tenho certeza que eles farão muito bom proveito, utilizando a leitura para transformas suas vidas e alcançar novos voos".

A promotora Marly Barreto agradeceu o apoio da Fundac e da SJDHDS à ação. "Nosso objetivo é que se apoderem desses livros, leiam, estudem, consumam de maneira intensa. Agradeço a toda equipe da Fundac pelo apoio à nossa campanha, que mobilizou todo o corpo do MPBA e a sociedade", disse.

As três unidades beneficiadas atendem 323 adolescentes em cumprimento de medida de internação e internação provisória. Esta iniciativa destaca o envolvimento de distintas instituições em ações que visam promover as rotinas pedagógicas desenvolvidas nas unidades Fundac. Outras ações neste âmbito têm sido implementadas por meio de parcerias com a Fundação Pedro Calmon (FPC), universidades e outros atores da sociedade civil.

Estiveram presentes ainda a diretora adjunta da Fundac, Fabiana Burity; gerentes das Unidades de Atendimento Socioeducativo em Salvador e RMS; as promotoras Andréia Ariadna e Edna Cerqueira; além de servidores das instituições.  

Hospital de Base de Itabuna implanta ações de gestão e novas tecnologias

Domingos Matos, 22/11/2019 | 20:36
Editado em 23/11/2019 | 01:56

A direção do Hospital de Base Luís Eduardo Magalhães, em Itabuna, apresentou ontem (22) ações e adoção de recursos tecnológicos que ampliarão a melhoria do atendimento aos pacientes. O hospital atende mais de 160 municípios da região, conveniados através do Sistema Único de Saúde-SUS.

Entre ações apresentadas estão a implantação do sistema digital de prontuário eletrônico–PEP, que agilizará o fluxo e a segurança dos dados dos pacientes e a gestão de custos de insumos. Além disso, entrou em funcionamento o novo equipamento Raio X Digital, o primeiro da Bahia com essa tecnologia, que permite realizar exames panorâmicos. O novo equipamento oferece recursos para envio de imagens em arquivos digitais, em diversos setores do hospital, garantindo segurança, agilidade e qualidade no diagnóstico, além da redução de custos.

CENTRO CIRÚRGICO

O Hospital de Base reabriu a terceira sala cirúrgica, para agilizar e dinamizar o fluxo de atendimento de urgência e emergência de pacientes politraumatizados, com novos equipamentos como aparelho de anestesia de última geração e bisturis eletrônicos de alta frequência. O setor também recebeu um novo desfibrilador para casos de paradas cardiorrespiratórias. Novos desfibriladores também foram destinados ao Pronto Socorro, CTI e enfermarias.

As ações implementadas também incluem a abertura da Enfermaria F, destinada ao atendimento de habilitação de leitos e expansão de novos procedimentos médicos, em parceria com a Secretaria de Saúde da Bahia-SESAB, e a Secretaria Municipal de Saúde de Itabuna. Recentemente as enfermarias receberam 160 poltronas reclináveis, para maior conforto aos acompanhantes. As ações organizacionais têm destinado servidores para o pronto socorro e enfermarias, ampliando a assistência e tratamento aos pacientes.

O prefeito de Itabuna Fernando Gomes destacou que “o Hospital de Base conta hoje com uma gestão qualificada, para prestar um serviço eficiente à população. Nosso compromisso que os pacientes de Itabuna e da região possam contar com um hospital público de excelência”.

No encerramento da solenidade, foi anunciado o pagamento antecipado do 13º Salário que já está na conta de todos os servidores.

De acordo com o diretor médico do Hospital de Base, Dr. Eduardo Kowalsky, “estamos criando um novo paradigma, com o hospital assumindo o protagonismo na saúde pública da região, com melhorias continuais no atendimento ao paciente, num processo permanente de modernização da estrutura e dos equipamentos e de capacitação profissional”.

Estado altera regras para concurso de médico e odontólogo da Polícia Militar

Domingos Matos, 22/11/2019 | 16:37

A Secretaria da Administração (Saeb) publicou ontem (21), no Diário Oficial do Estado (DOE), retificação no edital de abertura de inscrições ao concurso público para seleção de oficiais de saúde da Polícia Militar da Bahia. De acordo com a publicação, poderão concorrer no certame candidatos aptos, que tenham, no mínimo, 18 anos. Anteriormente, o concurso tinha entre seus pré-requisitos a exigência de idade entre 18 e 30 anos. A medida atende recomendação do Ministério Público da Bahia (MP-BA).

Com isso, o prazo para inscrição no concurso será estendido até o dia 20 de dezembro, às 23h59, no site da empresa organizadora, o Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (IBFC), disponível no endereço www.ibfc.org.br. O prazo máximo para pagamento do boleto de inscrição, no valor de R$ 150, passa a ser o dia 23 de dezembro, observando o horário de Brasília. Outros prazos para o certame e o cronograma provisório de atividades também serão reajustados e podem ser consultados no DOE e no Portal do Servidor (www.portaldoservidor.ba.gov.br).

Promovido pela Saeb e Polícia Militar, o concurso conta 17 vagas, sendo 11 para médico e seis para odontólogo, que vão assumir o posto de 1° Tenente na corporação. O certame tem validade de um ano, podendo ser prorrogado, uma única vez, por igual período. As vagas para médico serão distribuídas entre as regiões de Salvador, Barreiras, Itabuna e Juazeiro. Serão convocados cardiologistas, ortopedistas, psiquiatras e clínicos gerais. Já as vagas para odontólogo são para atuar em Salvador, Itabuna e Juazeiro. Na capital é preciso ser especialista em Implantodontia, Periodontia e Prótese Dentária. Nos municípios do interior, as vagas são para Cirurgião Dentista.

 

 

 

Acesse com seus dados:

ou
Ainda não tem acesso?
Registre-se em nosso Blog.