CMVI

Tag: desenvolvimento

Rui Costa participa do Festival Internacional do Chocolate em Ilhéus

Domingos Matos, 18/07/2019 | 21:40

A abertura da 11ª edição do Chocolat Bahia - Festival Internacional do Chocolate e Cacau, em Ilhéus, contou com a presença do governador Rui Costa na tarde desta quinta-feira (18). Realizado no Centro de Convenções do município, o festival tem a participação de 170 expositores e reúne 70 marcas de chocolate de origem. 

"Cada vez que venho ao evento, eu fico mais entusiasmado e otimista. Ele representa o ressurgimento da economia do cacau. Estamos saindo daquela lógica de exportar o cacau in natura para agregar valor. É impressionante a qualidade e a diversidade de produtos. Também já temos garantida a presença do estado na feira do chocolate de Paris", afirmou Rui. 

Considerado o maior evento de chocolate de origem do Brasil, o festival segue até o próximo domingo (21). "A expectativa é de mais de 60 mil pessoas em quatro dias de evento. É um público de todo Brasil e do exterior. O primeiro dia já é um sucesso absoluto. Estamos felizes com o resultado alcançado e, principalmente, porque conseguimos agregar valor na produção de cacau e colocar essa região no patamar que ela sempre esteve: de referência mundial na produção de cacau, chocolate e turismo", explicou o organizador do Chocolat Bahia, Marco Lessa. 

O festival recebe apoio do Governo do Estado, por meio de diversas secretarias. Durante o evento, especialistas nacionais e internacionais discutem as tendências do setor no mundo. Palestras, workshops e cursos também fazem parte da programação. 

Cacau e Chocolate

O secretário estadual de Turismo, Fausto Franco destaca que “esse evento é importantíssimo para fomentar a economia da região. Ilhéus, que já conta com belezas naturais, uma rica cultura e a magia de Jorge Amado, agora tem o chocolate como fator de agregação ao turismo”. Para o secretário de Agricultura, Lucas Costa, “temos apoiado a evolução da produtividade do cacau, investindo no acesso à crédito, assistência técnica e produção de mudas de qualidade na Biofábrica”.

O secretário de Desenvolvimento Rural, Josias Gomes ressalta que “através de programas como o Bahia Produtiva, a agricultura familiar vem se destacando na produção de chocolates de origem e um exemplo é o  Bahia Cacau, que hoje comercializa seus produtos em vários estados do Brasil”.  Já a secretária de Ciência, Tecnologia e Inovação, Adélia Pinheiro   disse que “o desenvolvimento de tecnologias e a transformação dessas tecnologias em processos de produtos e serviços impacta diretamente em toda a cadeia produtiva do cacau e chocolate,  incluindo assentamentos e pequenas propriedades rurais da agricultura familiar”.

Davidson Magalhães, secretário de Trabalho, Emprego e Renda, afirma que “o adensamento do cultivo de cacau, com a produção de chocolate e seus derivados, com investimentos na economia solidária e apoio a comercialização, é um trabalho que estamos intensificando no Sul da Bahia”. Para o secretário de Meio Ambiente, João Carlos Oliveira, “a produção de cacau, através do sistema cabruca, contribui para a conservação do meio ambiente. A produção de chocolate consolida um processo estratégico e dá uma nova dimensão à economia regional”.

O coordenador do Chocolat Festival, Marco Lessa destaca que “a cada ano o Festival se consolida como um evento impulsionador da economia regional, A ampliação das marcas  e os investimentos na qualidade das amêndoas e do produto final, permitem a criação de um polo chocolateiro, com imenso potencial de mercado no Brasil e no Exterior, onde existe uma demanda crescente de chocolates de origem”.

Fábrica em Santo Antônio de Jesus deve gerar 200 novos empregos

Domingos Matos, 18/07/2019 | 07:16

Com investimentos de R$ 12 milhões, o grupo Natulab inaugurou, na última terça-feira (16), uma fábrica de suplementos alimentares em Santo Antônio de Jesus, com a presença do vice-governador e secretário de Desenvolvimento Econômico, João Leão. O grupo, que é incentivado pelo Estado, prevê uma linha de produção mensal de dois milhões de unidades de alimentos com o início das atividades, projetando atingir 100% da capacidade de produção de sete milhões de unidades, já em 2020. 

"Temos hoje em Santo Antônio de Jesus um dos cinco maiores grupos de fabricação de suplementos alimentares do Brasil. Com esta nova linha de produção e a força dos trabalhadores e das trabalhadoras baianas logo essa empresa será uma das primeiras", disse o vice-governador aos funcionários do grupo Natulab, no pontapé inicial da nova fábrica. 

Leão também ressaltou o empenho do Governo do Estado em desenvolver industrialmente a Bahia: "O governador Rui Costa e toda equipe de governo trabalha pensando a Bahia a longo prazo. Temos excelentes índices no setor industrial, graças ao trabalho de captação de novos investimentos da equipe de trabalho do governo, apresentando nosso potencial de desenvolvimento econômico".

A Natulab é uma empresa de medicamentos fitoterápicos e conta com mais de mil colaboradores distribuídos entre unidades fabris e centro de distribuição e logística, na Bahia, e um escritório comercial em São Paulo. A nova fábrica de Santo Antônio de Jesus inicia as atividades com aproximadamente 125 colaboradores, com previsão para gera mais 75 empregos diretos. 

O presidente da empresa, Wilson Borges, agradeceu o apoio do governo do estado na realização desta conquista para o povo baiano "É uma grande alegria para nós da Natulab essa realização. Mas também quero agradecer o empenho do Governo do Estado, na pessoa do vice-governador, João Leão. O Brasil precisa caminhar de mãos dadas, empresários e governos. Assim sairemos da crise. Assim a Bahia enfrenta a crise e, por isso, investimos no estado com essa nova fábrica" disse Borges.

Chocolate de origem incrementa turismo gastronômico e histórico em Ilhéus

Domingos Matos, 17/07/2019 | 20:35
Editado em 18/07/2019 | 08:34

A Costa do Cacau tem sol e praia, cultura valorizada pela obra do escritor Jorge Amado, turismo de negócios e ecoturismo, opções para um público diversificado. O destaque dessa região no mapa turístico da Bahia não para por aí. Deve-se também à rica tradição e produção de cacau, que alcança visibilidade internacional esta semana, com a realização da 11ª edição do Chocolat Bahia Festival, entre os dias 18 e 21 de julho.   

Com público estimado em mais de 60 mil pessoas durante os quatro dias, o evento é aberto ao público, que será recepcionado por baianas tipicamente vestidas. Mais de 70 produtores de chocolate de origem e de 170 expositores estarão no pavilhão de feiras do Centro de Convenções de Ilhéus. Realizado em parceria com o Governo da Bahia, o festival fortalece o calendário turístico do Estado.

Além da degustação da iguaria, o evento oferece aos investidores cursos de capacitação, debates, rodadas de negócios e palestras ministradas por especialistas internacionais. A programação do Chocolat Bahia inclui ainda workshops gratuitos de receitas com renomados chefs do país, visitas a fazendas produtoras de cacau e exposição de esculturas de chocolate.

O festival promove Ilhéus como polo chocolateiro e contribui para difundir a cadeia produtiva do cacau, excelente oportunidade de negócios e valorização da gastronomia, destacou o secretário estadual do Turismo, Fausto Franco. "Estamos empenhados em valorizar ainda mais o ciclo produtivo das fazendas de cacau às fábricas de chocolate, estruturando a Estrada do Chocolate para o turismo, associado à relevância cultural da região", disse.

O Chocolat Festival foi criado para fomentar a profissionalização desse novo mercado que, em 2008, surgia na região e hoje está em plena expansão. "Há 11 anos reunimos consumidores, especialistas e produtores nesse evento, uma grande oportunidade para discutir a industrialização, a verticalização da produção e a melhoria da qualidade das amêndoas de cacau selecionado e produto final elaborado”, explica o empresário Marco Lessa, idealizador do festival.
O Governo da Bahia apoia o evento por meio das secretarias do Turismo, Desenvolvimento Econômico, Agricultura, Desenvolvimento Rural, CAR, e apoio financeiro do Fundo de Cultura, Secretaria da Fazenda e Secretaria de Cultura, assim como da Prefeitura Municipal de Ilhéus, Sebrae. O evento também tem apoio institucional da Ceplac. O Chocolat Bahia é uma realização da MVU Eventos.

Estudantes envolvidos nos Jogos Estudantis da Rede Pública serão beneficiados com exames médicos

Domingos Matos, 17/07/2019 | 16:29

Os estudantes envolvidos nos Jogos Estudantis da Rede Pública (Jerp) irão fazer exames médicos para a obtenção de atestado de saúde para a prática do esporte. A ação faz parte de uma articulação entre as secretarias estaduais da Educação e da Saúde (Sesab) com as secretarias municipais de Saúde, no âmbito do Programa Saúde na Escola. A proposta da ação foi apresentada durante a 267ª Reunião da Comissão Intergestores Bipartite (CIB), que envolve a gestão de Saúde na Bahia. O alinhamento foi para que os estudantes sejam atendidos pelas unidades básicas de Saúde, assim como na rede própria do Estado, a exemplo das policlínicas.

Os estudantes farão os seguintes exames: clínico; RX do tórax; eletrocardiograma; glicemia e hemograma completo. Para tanto, precisarão ser encaminhados pela gestão escolar, por meio da ficha de encaminhamento do estudante atleta, disponível no Portal da Educação, que deverá ser entregue na unidade de Saúde que atende ao Território. “O que a gente pede é que o estudante, de posse do formulário, vá até a unidade básica de Saúde e informe que é participante do Jerp, para agendamento e atendimento dos exames e posterior obtenção do atestado de aptidão física”, destacou o coordenador de Educação Física e Esporte Escolar da Secretaria da Educação do Estado, José Fernandes.

O papel que o esporte desempenha no desenvolvimento integral dos estudantes e a importância de que eles estejam habilitados para a sua prática são avaliados, também, pelo coordenador de Educação Ambiental e Saúde da Secretaria da Educação do Estado, Fábio Barbosa. “A atividade física vai além da promoção da saúde, pois ela proporciona a aquisição de valores, a adaptabilidade social e o desenvolvimento da disciplina, que são aspectos também fundamentais para o aprendizado e a formação de cidadania, além de ser uma estratégia de resgate social e de combate à evasão escolar. Sendo assim, a realização dos exames é uma ação importante, porque contribuirá para que a mobilização e o envolvimento da comunidade escolar nas atividades físicas e de lazer sejam realizados com a garantia de que os estudantes estarão aptos clinicamente, contribuindo, consequentemente, para a promoção da saúde na escola”.


Sobre o Jerp 

Organizado pela Secretaria da Educação do Estado da Bahia, por meio de cada um dos 27 Núcleos Territoriais de Educação do Estado (NTE), o Jerp acontece por etapas: Escolar, Municipal, Polo, Territorial, Zonal, Regional e Nacional. Participam das competições estudantes de 962 escolas (estaduais, municipais e federais) de 384 municípios baianos, em diferentes modalidades.

Ministério da Saúde suspende parcerias para produção de medicamentos

Domingos Matos, 17/07/2019 | 12:31

O Ministério da Saúde informou ontem (16) que 19 parcerias de Desenvolvimento Produtivo (PDPs) estão em fase de suspensão. As parcerias foram firmadas para a produção de medicamentos como insulina, usada para diabetes, e pramipexol, usado no tratamento de doença de Parkinson. A etapa atual permite que os laboratórios públicos apresentem medidas para reestruturar o cronograma de ações e atividades.

Segundo a pasta, as parcerias estão em fase de suspensão, entre outros motivos, por falta de avanços esperados; por falta de investimento na estrutura; por desacordo com o cronograma; por solicitação de saída do parceiro privado; pelo não enquadramento de um projeto como PDP; por decisão judicial; e, por recomendação do Tribunal de Contas da União (TCU) e Controladoria-Geral da União (CGU).

Esse tipo de parceria tem quatro fases. A primeira é a proposta para avaliação; a segunda é o desenvolvimento do projeto, com elaboração dos contratos entre parceiros, treinamento, desenvolvimento da estrutura e qualificação dos processos de trabalho; a terceira é a transferência efetiva de tecnologia e início da aquisição do Ministério da Saúde; e, a quarta, a verificação da internalização da tecnologia.

De acordo com a lista divulgada pelo ministério, cinco parcerias estavam na terceira fase. As demais estavam na segunda fase ou anterior.

O Ministério da Saúde garante, em nota, que a população não será afetada. "Para garantir o abastecimento da rede, o Ministério da Saúde vem realizando compras desses produtos por outros meios previstos na legislação. A medida, portanto, não afeta o atendimento à população. A maior parcela das PDPs em fase de suspensão sequer chegou a fase de fornecimento do produto", diz a nota.

A PDP é uma parceria que prevê transferência de tecnologia de um laboratório privado para um público, com o objetivo de fabricar um determinado produto em território nacional. O Ministério da Saúde coordena o processo e utiliza seu poder de compra para apoiar a produção nacional de produtos considerados estratégicos para o Sistema Único de Saúde (SUS). Atualmente, segundo o Ministério da Saúde, 87 parcerias estão vigentes.

Segundo o presidente da Associação dos Laboratórios Farmacêuticos Oficiais do Brasil, Ronaldo Ferreira Dias, os laboratórios irão recorrer da medida tanto administrativamente quanto judicialmente. "A decisão foi tomada de forma unilateral, mesmo havendo diversos canais para estabelecer diálogo ou se fazer possíveis ponderações. Não houve diálogos prévios", disse, acrescentando que "é quebra de contrato, quebra da confiança que o Brasil tem, inclusive no exterior".

De acordo com Dias, as empresas já realizaram investimentos, inclusive em infraestrutura para produzir esses medicamentos. Parte desses recursos, segundo ele, vêm de fontes públicas. "Tranquilamente chega na casa dos bilhões", disse. (Com informações da Agência Brasil)

Veja a lista divulgada pelo Ministério da Saúde:

Adalimumabe 

Etanercepte 

Everolimo 

Gosserrelina 

Infliximabe 

Insulina (NPH e Regular) 

Leuprorrelina 

Rituximabe 

Sofosbuvir 

Trastuzumabe 

Cabergolina 

Pramipexol 

Sevelâmer

Vacina Tetraviral 

Alfataliglicerase 

Bevacizumabe

Bahia Faz Ciência - Pesquisador cria teste para detectar Doença de Chagas

Domingos Matos, 17/07/2019 | 09:11

Após o recente surto da Doença de Chagas em alguns estados do Brasil, diversas instituições investem para encontrar soluções que possam controlar os índices da infecção. Foi com este objetivo que o professor Luiz Oliveira, da Universidade Federal do Oeste da Bahia (Ufob), desenvolveu um teste capaz de identificar focos da doença de maneira mais rápida e precisa. O estudo é a pauta desta semana do Bahia Faz Ciência, série de reportagens, lançada pela Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti) e Fundação de Amparo à Pesquisa da Bahia (Fapesb), que busca aproximar a população da produção científica no estado.

O projeto, que integra o Programa Pesquisa para o SUS (PPSUS) da Fapesb, em parceria com o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), consiste em um teste que une os fatores rapidez, facilidade de execução, baixo custo e alta sensibilidade para encontrar o agente causador da Doença de Chagas nos insetos barbeiros. Apesar de existirem vários exames para detectar a infecção no sangue de humanos e animais, a novidade é que ainda não havia sido explorada a padronização de um teste rápido que pudesse ser realizado diretamente nas fezes dos barbeiros.

Além disso, para identificar focos da doença, atualmente, é necessário o uso de equipamentos restritos a laboratórios, que exige alto conhecimento técnico para manuseio. A partir da pesquisa elaborada pelo professor, agentes de saúde poderão ter acesso ao teste capaz de identificar insetos contaminados e, dessa forma, alertar as pessoas que residem ou transitam ao redor do local que possui risco de contaminação.

De acordo com o pesquisador, o procedimento é similar ao de gravidez. “O teste é posicionado no abdômen do inseto e na mesma hora indica se ele está contaminado ou não. Através deste estudo, será possível gerar mapas de risco com informações que revelariam os principais focos de transmissão para otimizarmos o combate da Doença de Chagas nessas áreas”, destacou.

A depender do sucesso dos resultados, o teste que inicialmente será realizado na cidade de Barreiras, região que sofre com altos índices de pessoas infectadas, poderá ser aplicado em qualquer área de risco com a presença dos insetos propagadores da enfermidade. Os resultados parciais deste e de outros projetos aprovados pelo edital serão apresentados no Seminário de Avaliação do PPSUS que acontecerá de 16 a 18 de julho, das 8h às 12h e das 14h às 18h, na Escola de Saúde Pública da Bahia Prof. Jorge Novis, em Salvador.

 

Doença de Chagas

A Doença de Chagas é causada por um parasita que se aloja no organismo do barbeiro que vive em diferentes regiões do Brasil. A contaminação nos seres humanos é causada através do contato direto com o transmissor, que, através da picada, deixa suas fezes no local. No ato de coçar, a pessoa se contamina. Outra forma de contrair a doença é por meio da ingestão de alimentos que foram contaminados pelo mesmo parasita, devido ao contato com insetos que carregam o agente causador da doença. Os sintomas mais comuns são febre, mal-estar, inchaço nos olhos, fadiga, dor de cabeça e no corpo, náusea, diarreia, vômito, aumento do fígado e baço ou surgimento de nódulos. A doença pode evoluir para um nível crônico e durar anos, gerando constipação, problemas digestivos, dores abdominais, dificuldades de engolir, insuficiência cardíaca e arritmias.

 

Bahia Faz Ciência

A Secti e Fapesb estrearam, no dia 8 de julho, o Bahia Faz Ciência, uma série de reportagens sobre como pesquisadores e cientistas baianos desenvolvem trabalhos em Ciência, Tecnologia e Inovação de forma a contribuir com a melhoria de vida da população em temas importantes como saúde, educação, segurança, dentre outros. As matérias serão divulgadas semanalmente, sempre às segundas-feiras, para a mídia baiana, e estará disponível no site e redes sociais da Secretaria e da Fundação. Se você conhece algum projeto científico que possa virar pauta, envie sua sugestão para o e-mail comunicacao.secti@secti.ba.gov.br. A mensagem deve conter título e resumo do projeto junto ao contato do pesquisador.

 

Com 65 voos extras, aeroporto de Ilhéus deve receber cerca de 48 mil passageiros em julho

Domingos Matos, 15/07/2019 | 15:30

A informação foi divulgada na semana passada pela Socicam, nova concessionária do Aeroporto Jorge Amado, em Ilhéus São aguardados cerca de 48 mil passageiros nos 65 voos extras, além das 155 operações regulares realizadas pelas companhias Gol, Azul e Latam. Serão mais sete voos diários, representando aumento de 30%, se comparado aos anos anteriores, no mesmo período de baixa temporada.

A boa notícia foi comemorada, principalmente por turistas, que desejam passar as férias de julho, na Terra da Gabriela e região Costa do Cacau. Segundo o segmento, a média de ocupação registrada é de 80%, dos nove mil leitos disponíveis em hotéis e pousadas da cidade. Para muitos estudantes e turistas das regiões Sul e Sudeste do País, o mês de julho significa uma pausa nos estudos e um merecido descanso.

O prefeito Mário Alexandre considerou importante a estratégia elaborada pela Socicam, ressaltando o desenvolvimento da atividade turística no município.  “A cidade de Ilhéus sempre estará de braços abertos para os turistas. Aqui, desfrutam de toda a hospitalidade e comodidades dos nossos serviços. Somos canais de fortalecimento do turismo regional”, manifestou.

A cidade de Ilhéus possui mais de 90 quilômetros de litoral, o mais extenso da Bahia, além de oferece passeios em fazendas de cacau, fábricas de chocolate, visitas à museus. O Centro Histórico possui muitas opções de cultura, lazer e entretenimento. Confira os destinos e horários:

10h05min – Azul com destino a Confins (voo extra)
12h40min - Gol com destino a Guarulhos (voo extra)
13h20min - Gol com destino a Congonhas
14h – Azul com destino a Salvador
15h35min - Azul com destino a Confins
15h50min – Latam com destino a Congonhas
16h40min – Latam com destino a Guarulhos.

Socicam é um conglomerado brasileiro que gerencia dezenas de aeroportos, porto, terminais rodoviários e terminais urbanos em todo o Brasil. Na Bahia, o aeroporto de Ilhéus é o décimo absorvido pelo projeto de expansão da empresa, que também gerencia os aeroportos de Vitória da Conquista e de Comandatuba.

 

Presidente do CDS-LS busca parcerias para fortalecer municípios regionais

Domingos Matos, 11/07/2019 | 14:04

O presidente do Consórcio de Desenvolvimento Sustentável Litoral Sul (CDS-LS) e prefeito de Itacaré, Antônio de Anízio, se reuniu na manhã desta quinta-feira, na sede da Amurc, com o secretário executivo do CDS-LS, Luciano Veiga, a gerente regional do Sebrae, Claudiana Figueiredo, a analista de projetos do Instituto Arapyaú, Adriana Cestari, e a especialistas em eficiência municipal da empresa Gove, Nágila Cardoso e Ricardo Ramos, para discutir a importância de firmar cada vez mais parcerias visando o fortalecimento dos municípios regionais.

O objetivo é discutir problemas comuns enfrentados pelos municípios e a partir saí trocar experiências de ações positivas para que cada um possa contribuir trazendo soluções para diminuir as dificuldades. E segundo o prefeito de Itacaré, tanto o Consórcio quanto o Sebrae e o Instituto Arapyaú tem sido grande parceiros dos municípios, contribuindo com projetos e com a qualificação profissional das equipes das prefeituras no Sul da Bahia.

Na oportunidade, o prefeito prestigiou a 3ª Oficina de Melhoria do Equilíbrio Fiscal, realizada também na sede da Amur, reunindo secretários e técnicos dos municípios associados. A oficina é realizada em parceria com a empresa Gove e o Instituto Arapyaú e busca trazer novas informações sobre o Equilíbrio Fiscal das Prefeituras.

A iniciativa é realizada desde março deste ano, com o objetivo de aumentar as receitas municipais e otimizar as despesas. No encontro, os participantes buscam promover a troca de aprendizados adquiridos com a implementação das ações nos municípios, verificando as dificuldades e os resultados obtidos.

Super Férias do Jequitibá terá oficinas e apresentação teatral para as crianças

Domingos Matos, 11/07/2019 | 13:40

O Shopping Jequitibá, em Itabuna, está realizando durante o mês de julho, o projeto Super Férias, com atividades culturais e recreativas para as crianças. De hoje (11) a sábado das 14 às  20 horas e no domingo, das 13 às 17 horas, a Escola Kumon oferece oficinas gratuitas de Linguagem, Coordenação Motora e Matemática, áreas importantes para o desenvolvimento do raciocínio e da criatividade infantil.

Durante as oficinas, serão desenvolvidas ações como contaçāo de histórias, interagindo com a criançada através da interpretação; flachs card, com memorização de imagens associando aos sons das palavras, estímulo ao mundo da leitura, musicalidade na língua inglesa, desenho, pintura, liga pontos, traçados de números e letras, jogos de tabuleiro imantado, estímulo a abstração, adição, subtração, multiplicação e divisão; além de memorização dos resultados  e sequência e lógica matemática.

Ainda no domingo, às 17 horas, haverá apresentação de teatro, com a Turma do Chaves.

As crianças contam com a orientação de especialistas, num processo lúdico que desperta o interesse pelo conhecimento e a busca de novas descobertas. No mês de julho, com as férias escolares, o shopping  é um espaço seguro e confortável para o público infantil e seus familiares.

O projeto Super Férias do Shopping Jequitibá tem o apoio da Catavento, Kumon, Unime e Sistema FIEB, que coordenam as atividades semanais até o final do mês.

Alunas do Projeto Sociocultural Arte-Dança são contempladas com bolsas no Festival

Domingos Matos, 09/07/2019 | 18:31
Editado em 09/07/2019 | 17:39

As alunas do Projeto Sociocultural Arte-Dança foram contempladas no sorteio de 20 bolsas para os cursos de dança do 2º Festival Dança Sul Bahia 2019. O Festival vai acontecer nos dias 27 e 28 (sábado e domingo) de julho, no Terceira Via Hall, em Itabuna.

De acordo com a professora e bailarina Soanne Mary “o objetivo é incentivar e estimular o desenvolvimento técnico e artístico de bailarinos, divulgar e incentivar a dança, valorizar e incentivar o intercâmbio entre grupos e/ou bailarinos na região sul da Bahia.”

Na ocasião 12 alunas do Projeto Sociocultural Arte-Dança também vão participar da seletiva da Escola Teatro Bolshoi prevista para acontecer durante o evento. O Festival é composto de competição coreográfica, feira de produtos de dança e cursos de várias modalidades com profissionais renomados no cenário da dança no Brasil e no mundo.

Entre os profissionais estão: Gilmar Sampaio (Ballet Clássico intermediário integrante do Balé Teatro Castro Alves), Pedro Pires Graduado em Dança Clássica pela Escola do Teatro Bolshoi no Brasil), Thiago Ramos Coreógrafo formado pela Ebateca, especializado em jazz e Teatro musical, Amarildo Cassiano (Dança Contemporânea – Santa Catarina), Erik Guilerme Gutierrez Diretor bailarino, ator, professor e coreógrafo São Paulo, Márcia Jaqueline Primeira bailarina do Theatro Municipal do Rio de Janeiro e Thiago Montalti Atualmente coreógrafo dos Cantores Kevinho e Maiara & Maraisa.

Foram sorteadas as alunas, para o curso de Ballet Clássico Infantil: Kevelin Driciane Lima, Júlia Santos Cabral, Kettley Gabrielle Leôncio, Kaillane Dias Bispo e Sâmara Santana dos Santos. Para o curso de Ballet Intermediário: Jayane Nunes, Thalita Mendonça Souza, Ana Luíza Silva Silmões, Dayane Pedroso Santos e Mylenna Lima Santos: Para o curso de Sapateado: Amanda Santos de Jesus, Thailane Teixeira Carvalho, Amanda Silva dos Santos, Maria Emília Santos Galo e Maria Eduarda Santos Sá. Para o curso de Jazz: Aline Nascimento de Medeiros, Marina Maria Lima, Raphaelle Natháli Almeida, Camile Souza Rocha Silva e Thais Almeida de Menezes.

 

 

Aplicativo Meu CadÚnico leva praticidade às famílias em averiguação e revisão cadastral

Domingos Matos, 09/07/2019 | 17:16

A Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (SDS) da Prefeitura de Ilhéus divulga o novo aplicativo (App) chamado “Meu CadÚnico” lançado pelo Ministério da Cidadania. Mais de seis milhões de famílias incluídas nos processos de Averiguação e Revisão Cadastral podem contar com mais um canal de comunicação, que disponibiliza mensagens direcionadas com orientações para a atualização cadastral.

O Meu CadÚnico é um aplicativo para uso em telefones celulares e tablets que permite consultar se uma família está inscrita no Cadastro Único para programas sociais do Governo Federal, verificar o Número de Identificação Social (NIS) das pessoas que constituem a família e ainda obter o comprovante de cadastramento. Já foram emitidos, pelo aplicativo, mais de 400 mil comprovantes, desde sua criação em julho de 2018.

O App foi desenvolvido pelo Ministério da Cidadania, é gratuito e está disponível para download nas lojas Google Play e na Apple Store. Para acessar o Meu CadÚnico, a pessoa cadastrada deverá informar o nome completo, data de nascimento, nome da mãe e Estado onde foi realizado o cadastramento. Quando se tratar dos dados de uma pessoa que desconhece o nome da mãe, ou seja, quando a informação registrada no Sistema de Cadastro Único for “Não sabe”, o campo “Nome da Mãe” deverá ser deixado em branco.

Após a confirmação dos dados, o aplicativo apresentará na tela principal dados como: nome e número de NIS do Responsável Familiar (RF) da família; se o cadastro da família está ou não atualizado; se o cadastro possui pendências, como a família ter sido incluída nos processos de Averiguação e Revisão Cadastral e os dados básicos da família como: local e data de cadastramento; data da última atualização; faixa da renda familiar total e por pessoa.

Logo abaixo será exibido o box “Integrantes da Família”, no qual estarão relacionadas as pessoas que compõem a família consultada. Para cada integrante será exibido: nome completo, número do NIS; data de nascimento; parentesco em relação ao RF; e sexo.

Pendências – Em alguns casos, como na imagem ao lado, o App poderá indicar a ocorrência de Pendências. Essas pendências podem ser relativas às verificações realizadas pelo Ministério da Cidadania quanto aos dados de renda informados pela família em relação a outras bases de dados do Governo Federal, isto é, ao processo de Averiguação Cadastral, bem como podem ser referentes à inclusão da família no processo de Revisão Cadastral, indicando que a família está com os dados desatualizados.

Quando o cadastro da família apresentar pendências, é necessário o comparecimento do Responsável Familiar aos postos de atendimento do Cadastro Único para realizar a atualização cadastral. O objetivo do Meu CadÚnico é tornar esse processo de comunicação mais ágil, uma vez que ele apresenta mensagem que orienta o cidadão quanto aos procedimentos a serem adotados nesses casos. Além disso, as famílias que usam o aplicativo ficam sabendo das pendências de maneira imediata.

Para saber quais são as pendências cadastrais relacionadas ao cadastro da família e obter orientações quanto aos prazos e procedimentos necessários para regularização do cadastro, basta clicar na opção “Pendências”. O aplicativo pode gerar um comprovante que atesta que a família e está devidamente cadastrada e faz parte das bases do CadÚnico.

Para todos os cadastros, independentemente de haver ou não alguma pendência a ele relacionada, o aplicativo Meu CadÚnico disponibilizará o comprovante de cadastramento da família. A geração desse documento por meio do aplicativo facilita o acesso da população inscrita no Cadastro Único às informações cadastradas, pois torna desnecessário o comparecimento do RF a um posto de cadastramento da gestão municipal.

Curso da Faculdade Madre Thaís de Ilhéus no Chocolat Festival 

Domingos Matos, 09/07/2019 | 17:01

O curso superior de Tecnologia em Produção de Cacau e Chocolate oferecido pela Faculdade Madre Thaís (FMT-Ilhéus) é um marco na formação de profissionais por ser o primeiro e único curso de graduação no Brasil. Foi criado com o objetivo de atender o mercado de trabalho existente com a formação de profissionais capacitados para contribuir de forma específica no desenvolvimento técnico e socioeconômico das regiões cacaueira da Bahia e outros estados.

Esse é um dos itens que vai esta disponibilizado no Chocolat Festival juntamente com os demais cursos de graduação e de graduação tecnológica ofertados pela FMT-Ilhéus tais como: Administração, Enfermagem, Biomedicina, Direito, Logística (Tecnológico), Engenharia Civil, Engenharia Elétrica, Fisioterapia, Gestão de Recursos Humanos (Tecnológico), Serviço Social, Farmácia, Gastronomia, Arquitetura e Urbanismo.

A Faculdade Madre Thaís é uma das principais instituições de ensino superior da região e está disponibilizando vagas para todos seus cursos com entrada neste segundo semestre de 2019. As provas, uma de conhecimentos gerais contemporâneos e outra de redação, serão aplicadas no dia 21 de julho (domingo), das 09 às 13 horas, na sede da Faculdade à Avenida Itabuna, 1491, Gabriela Center, Ilhéus. As inscrições podem ser feitas, durante o Festival, no estande da Faculdade, no Centro de Convenções.

Realizado desde 2009, em Ilheús, o Festival Internacional do Chocolate e Cacau, principal encontro sobre o tema no País, entre os dias 18 e 21 de julho, o Centro de Convenções de Ilhéus recebe produtores de toda a cadeia, do cacau ao chocolate, além de especialistas da área para cursos e palestras, workshops e uma grande feira com exposição de chocolate, derivados de cacau e produtos da cadeia. 

 

Empresas alemãs devem produzir caminhão elétrico e goma inovadora na Bahia

Domingos Matos, 09/07/2019 | 15:44

Indústrias alemãs devem firmar parceria com a Bahia e trazer novos investimentos para o estado. Este é o caso da Evum Motors, que pretende fabricar um modelo de caminhão elétrico adequado à produção agrícola, o grupo Hirmer que busca construir um resort na região Sul e a Odex GbR, que deve fabricar a Odex Med - uma goma de mascar inovadora com função de escova, creme e enxaguante bucal antibacteriano. A prospecção foi feita por uma missão do Governo do Estado que se reuniu com empresários alemães na segunda-feira (08), em Munique (Alemanha).

“O caminhão elétrico da Evum Motors  é inteiramente adequado às atividades agrícolas, em particular à agricultura familiar, bem como a serviços urbanos de pequeno porte, tais como coleta seletiva, manutenção de parques e jardins”, explicou o secretário estadual do Planejamento, Walter Pinheiro. De acordo com ele, a empresa se mostrou muito interessada em conhecer as condições de fornecimento desse caminhão para o setor agrícola baiano. O caminhão elétrico pode ser carregado diretamente de uma tomada comum, durante 6 horas, e possui autonomia de 100 km. 

Em setembro, durante a Feira Automotiva de Frankfurt, o governo baiano deve conhecer uma nova versão mais aprimorada do veículo elétrico e assinar o protocolo de intenções com a montadora alemã. Após o evento, os investidores devem visitar a Bahia, levar veículos de teste e avançar nas negociações com o Governo.

Já o grupo Hirmer planeja um mega projeto para a região Sul da Bahia, que envolve a construção de um resort, fomento à agricultura familiar e geração de energia renovável, além da construção de um novo aeroporto em Porto Seguro - item este que já conta com Termo de Autorização para a empresa apresentar os estudos. 

“As equipes técnicas da empresa, que já têm estudado as condições na Bahia, deverão se reunir com técnicos do Governo ainda na próxima semana. Em agosto, os dirigentes da empresa irão ao estado para reunir com o governador Rui Costa”, informou Paulo Guimarães, superintendente de Atração de Investimentos e Fomento ao Desenvolvimento Econômico da Bahia (da SDE).

Em parceria com a Bahiafarma, a fabricação da goma de mascar Odex Med na Bahia trará o quesito inovação como carro chefe. O produto, com fórmula ativa patenteada, combate bactérias e fungos e elimina até 99,99% dos germes e patógenos nocivos na cavidade oral - mesmo em locais de difícil acesso para uma escova de dentes.

Ainda em Munique, a missão do Governo discutiu com representantes do grupo empresarial Sif Capital os projetos de infraestrutura do Estado da Bahia, em particular ferrovias, portos e aeroportos. A empresa é voltada para relacionamentos e atende a investidores institucionais, corporações e instituições financeiras na Alemanha.

Prefeito de Ilhéus entrega pacotão de pedidos ao governador

Domingos Matos, 04/07/2019 | 11:58

Aterro do Itariri, obras de pavimentação e requalificação asfáltica de ruas, ciclovias, contenção dos altos e serviços de drenagem pluvial foram alvos de demandas entregues ao governador da Bahia, Rui Costa, pelo prefeito Mário Alexandre. A entrega dos ofícios com diversas solicitações municipais, aconteceu durante a visita do governador à cidade, na última sexta-feira (28), quando Ilhéus completou 485 anos de fundação e 138 anos de elevação à categoria de cidade.

Ao lado de cinco secretários estaduais, Rui acompanhou a entrega de unidades de Saúde na cidade e inaugurou as obras de ampliação da Estação de Tratamento de Água (ETA) do Pontal. Autorizou o lançamento do edital para licitação de empresa para a execução das obras de reforma e ampliação do Hospital Luís Viana Filho, e autorizou também o início das obras da Vila Gastronômica, no bairro Banco da Vitória, situado na BR-415 – Rodovia Jorge Amado.

O documento contendo as principais demandas referendadas pelo prefeito ilheense, intenciona a celebração de novos convênios entre o Governo do Estado e o município. Entre as principais solicitações recebidas pelo governador, estão a renovação do convênio para operação do Aterro Sanitário Municipal, situado na localidade rural de Itarirí, zona norte, e ainda um convênio para pavimentação asfáltica e recapeamento de novas ruas.

Mais pedidos

Os convênios visam atender demandas na requalificação de calçadas e implantação da contenção de talude em altos da cidade; ruas Vereador José Fernandes (Teotônio Vilela) e Avenida Nossa Senhora Aparecida (Nelson Costa); Hernani Sá e Nossa Senhora das Vitórias. Através da embasa, convênio para cobertura do trecho 1 do canal da Central de Abastecimento do bairro do Malhado, na zona norte.

No âmbito da Infraestrutura, foi solicitado ao governador convênio para drenagem pluvial das vias pertencentes ao complexo viário sul e norte da ponte Ilhéus-Pontal, e extensão da pavimentação asfáltica no trecho sul da nova ponte, no km 0 da BA-001; projeto de macrodrenagem da Avenida Soares Lopes; execução das obras de enrocamento na orla norte, no bairro São Miguel e São Domingos, e na orla da enseada Sapetinga, no Pontal.

O prefeito pediu ainda a duplicação da BA-001 no trecho entre o aeroporto e o Assaí Atacadista, com sinalização horizontal e vertical dos trechos da BA-001 (km 00 ao km 03), BA-262 (do km 00 ao km 05) e BR-415 (do km 00 ao km 03). Durante seu discurso, o prefeito ressaltou a parceria com o governo estadual na pauta do desenvolvimento, e disse que o segredo das realizações se resume em trabalhar diuturnamente em prol da população ilheense.

Uber: ferramenta desenvolvida no Brasil fará checagem de dados de clientes

Ferramenta U-Check foi desenvolvida em parceria com a Serasa

Domingos Matos, 04/07/2019 | 11:42

A Uber e a Serasa Experian anunciam hoje uma parceria para validação das informações dos usuários do aplicativo.  A ferramenta que fará a checagem, denominada U-Check, foi a primeira a ser desenvolvida pelo recém-constituído time de engenheiros do Centro de Desenvolvimento Tecnológico (Tech Center) instalado pela empresa em São Paulo em parceria com o time de engenheiros da Uber em San Francisco (EUA).

O projeto, integrado com as soluções de qualidade de dados da Serasa Experian, permitirá que a Uber, a partir dos dados fornecidos pelo usuário no cadastro, como o CPF, obtenha informações adicionais via API. A verificação do cadastro cobrirá todos os novos usuários que optarem por não adicionar um cartão de crédito no momento de se registrarem já a partir deste mês.

"O compromisso com a segurança é a prioridade da empresa, por isso a Uber está permanentemente desenvolvendo e aprimorando soluções para tornar as viagens cada vez mais seguras e confiáveis", explica o diretor do Tech Center da Uber no Brasil, Marcello Azambuja.

"Dados precisos e confiáveis garantem a segurança e melhoram a experiência do usuário. A nova ferramenta, que integra a solução InfoMais da Serasa, irá facilitar as verificações cadastrais, tornando o sistema mais robusto", diz o Diretor de Produtos da Serasa Experian, Luiz Junqueira.

O U-Check, primeira solução a ser desenvolvida internamente pelos engenheiros do Tech Center da Uber instalado em São Paulo, abre ainda novas possibilidades para verificações diversas no futuro. Além disso, também poderá ser utilizado pelo aplicativo no mundo todo.

Acesse com seus dados:

ou
Ainda não tem acesso?
Registre-se em nosso Blog.