Tag: turma

Faculdade de Ilhéus forma novos bacharéis em Psicologia

Domingos Matos, 11/02/2019 | 08:09

A Psicologia está mais inserida na sociedade de Ilhéus e região. A Faculdade de Ilhéus realizou a solenidade de formatura da quarta turma do curso de Psicologia, no auditório Jorge Amado do Centro de Convenções Luís Eduardo Magalhães, no último dia 2. A instituição é pioneira na implantação desse curso no município.

Durante a cerimônia, presidida pelo diretor-geral Almir Milanesi, foram graduados vinte e dois novos bacharéis em Psicologia. Conforme o diretor, a proposta acadêmica do curso é proporcionar ao graduando uma visão holística, baseada na interdisciplinaridade, e capacitá-los para atuação em diversos segmentos do mercado de trabalho.   

Milanesi enfatizou a contribuição da profissão de psicólogo e a prestação gratuita de serviços feita pela Faculdade de Ilhéus à sociedade através da Clínica-Escola de Psicologia. Centenas de pessoas, de crianças a adultos, são atendidas em diversas formas de tratamento, em terapia individual, de casais e também com a família. Através de parcerias com órgãos públicos, hospitais e instituições civis, o curso também coopera tecnicamente com outras demandas apresentadas por segmentos representativos da comunidade.

A cerimônia de colação de grau contou com a participação da diretora Acadêmica, Sandra Agrizzi Milanesi, da coordenadora do curso de Psicologia, Thatyanna Rodrigues dos Santos, a paraninfa da turma 2018.2, professora Alba Mendonça Alves, a patronesse, professora Dayane Mangabeira Santana Dias, e o secretário acadêmico, Paulo César Castro Xavier. A solenidade foi produzida pela Terceira Via Formaturas e Eventos.

O orador da turma foi o formando Durval Reis Pinto, sendo que Simone Silva Alves fez a leitura do requerimento de colação de grau. A formanda Monique de Souza Bulhões proferiu o juramento do profissional de Psicologia juntamente com os demais colegas.

Turma – A turma de novos bacharéis em Psicologia, denominada “Resiliência”, é composta por: Bárbara Luzia de Araújo Carvalho Magalhães, Daiane da Conceição Santos Souza, Deusemeire Gomes Herculano, Durval Reis Pinto, Eliane Santos da Silva Rocha, Elizângela de Aquino Soares, Érica Lisboa Góes, Estevan de Assis dos Santos, Giulia Cogo Taraschi, Islailla Santos Ventura, Jamille Alves dos Santos Sandes, Laise Virgínia Dória Crispim, Leidiane Santos Rocha, Milena Santos de Andrade, Monique de Souza Bulhões, Quésia de Almeida Tannus, Raúl Rodrigues Raposo, Rosângela Souza Santos, Simone Silva Alves, Verônica Bastos Nascimento, Viviane Gonçalves Borges Santos e Yasmine Souza do Amparo.

 

 “Peripécias” solidárias movimentam o Banco de Sangue de Itabuna

Domingos Matos, 08/02/2019 | 14:09

O Banco de Sangue da Santa Casa foi o local escolhido na manhã de quinta (07), pelos alunos do primeiro e segundo semestres do curso de medicina da Faculdade Santo Agostinho para uma “peripécia” solidária: a doação de sangue.

A iniciativa dessa ação partiu do estudante João Acyr, que junto com os colegas, começou a se organizar para criar uma espécie de trote entre eles no ano passado, uma vez que eram alunos da primeira turma do curso e não tinham veteranos. Assim surgiu o projeto que eles preferem chamar de “Peripécias” em vez de trotes solidários. Hoje foi a segunda vez que eles vieram junto com os calouros da turma e professores para doar sangue.

Para ele, a condição vexatória que o trote ensina desumaniza, principalmente, os que estão fazendo medicina e buscando melhorias para o sistema de saúde. “Fazer algo que promova a integração de forma solidária e altruísta de ajudar o colega sempre vai ser bem-vindo. Não podemos parar com as peripécias”, disse.

Além da doação, a turma também faz outros trabalhos, como arrecadação de alimentos para serem doados para alguns asilos e de fraldas descartáveis. “É uma maneira de aplicar a peripécia e ajudar a sociedade”, disse.

Marco Motta, um dos professores/tutores do curso, diz que é importante esse tipo de ação porque a medicina já vem com esse estigma de o aluno que entra para o curso está sujeito a receber um trote que muitas vezes é agressivo e pode levar à morte. “A gente tem essa proposta de mudar ajudando outras pessoas que precisam. Já que o estudante tem a proposta de entrar no curso para ajudar ao próximo nada melhor do que começar doando sangue”, citou.

De acordo com a coordenadora e professora do curso, Dra. Mércia Margotto, essa é uma forma de conscientização da responsabilidade social e do compromisso com a comunidade para os alunos que estão iniciando e os que já estão no curso, além de entenderem a importância da doação de sangue e do sangue para a vida do paciente. “A gente vem trabalhando isso nas escolas de mostrar que é um compromisso nosso, enquanto cidadãos, fazer algo para a nossa comunidade. É de suma importância que façamos isso porque é papel do professor instruir, orientar e educar sobre o significado e o processo da doação de sangue”, frisou.

A aluna do primeiro semestre, Luana Cabral diz que é a primeira vez que está participando. “Como aluna eu acho que todos aqui vão poder ajudar, o Banco de Sangue precisa e a gente deve sempre procurar conscientizar as pessoas para que isso aconteça. Além de ter sido divertido, foi melhor do que a bagunça de um trote”, falou.

Rosildo Ribeiro, gerente de captação, ficou feliz com a casa cheia. “É um trabalho que particularmente tenho uma dedicação. O início de ano foi muito difícil em função das férias, mas com o retorno dos alunos às faculdades nós aproveitamos dentro do projeto “Caravana Itinerante Pela Vida”, estamos começando o mês de fevereiro com o ‘braço direito’. Só temos a agradecer esse momento aos alunos. Que isso siva de exemplo para que outras faculdades e instituições abraçarem a causa”, disse.

O provedor da Santa Casa, Eric Júnior, aproveitou para agradecer aos alunos a doação voluntária. “Que cada um possa multiplicar isso na casa de vocês, para que familiares e amigos curtam esse exemplo e venham para cá ajudar a aumentar os nossos estoques, ainda mais nesse período, perto do carnaval”, declarou.

Eric lembrou ainda que a Santa Casa é quem fornece sangue para toda a região, como o Hospital de Base, Calixto Midlej, Manoel Novaes, Hospital de Camacan, entre outros.” Temos o único banco de sangue da região, por isso a demanda é grande”, concluiu.

 

Faculdade de Ilhéus forma a terceira turma de Odontologia

Domingos Matos, 07/02/2019 | 16:30

Pioneira na implantação do curso de Odontologia na região Sul da Bahia, a Faculdade de Ilhéus graduou a terceira turma de cirurgiões-dentistas, denominada “Turma de Referência Professor Murillo Matos”, na sexta-feira (1º), no auditório do Centro de Convenções Luís Eduardo Magalhães, que ficou literalmente lotado. Trinta e oito bacharelandos em Odontologia colaram grau durante solenidade presidida pelo diretor-geral, Almir Milanesi.

A solenidade transcorreu em clima de alegria, com a presença de amigos e familiares dos formandos, oriundos de Ilhéus, Itabuna e outras cidades da região. O diretor Almir Milanesi destacou a formação de profissionais com qualidade e a colaboração das clínicas-escola implantadas na Faculdade, que chegam a realizar, aproximadamente, 700 atendimentos odontológicos gratuitos, por semana, entre adultos e crianças de Ilhéus e região.

Participaram da mesa oficial da cerimônia, a diretora acadêmica da Faculdade, Sandra Maria Agrizzi Milanesi, o coordenador do curso de Odontologia, professor Fábio Silveira, o patrono da Turma 2018.2, professor Yuri Santos Muniz, o paraninfo, professor Ramon Barreto Mendes, e o secretário acadêmico Paulo César Castro Xavier. A solenidade foi produzida pela Terceira Via Formaturas e Eventos.

A oradora da turma de novos bacharéis em Odontologia foi Caroline Santos Fonseca, sendo o requerimento para colação de grau feito pela formanda Ana Terra Freitas Lins. O juramento foi conduzido por Laíne Patrícia Barbosa Fontes, e as formandas Evelly Nobre da Costa Ribeiro e Priscila Ferreira Carvalho atuaram como mestres de cerimônias.

Clínicas - Sob a supervisão dos professores, nas clínicas da Faculdade os alunos atendem a todos os níveis de complexidade na área odontológica, como restaurações, tratamentos de canal, extrações, cirurgia oral menor, próteses, tratamentos preventivos e odontopediátricos. Além disso, o curso de Odontologia está inserido em programas de cooperação técnica em unidades de saúde, hospitais, nas escolas da rede municipal, nos abrigos de idosos, creches, clubes de serviço, associações de bairros e organizações civis.

Dentistas – Os novos cirurgiões-dentistas formados pela Faculdade de Ilhéus são: Adriele Souza Mota, Ana Terra Freitas Lins, Ayalla Reis Souza, Brihgyda Kalled Carvalho Ferreira, Bruna de Jesus Almeida, Camilla Macêdo Matos Santana, Carolina Eduvirgens Loureiro, Caroline Santos Fonsêca, Cláudia Gabrielly Mendes Fagundes, Emanuela Briane Cardoso Vieira, Emilly Guimarães Martins, Evelly Nobre da Costa Ribeiro, Fernanda Luiza Scher do Nascimento, Gabriele Brito Pereira, Gilvan Santos Araújo, Hélio Simões de Oliveira Neto, Iordan Trindade Lopes Alves, Ítala Santana Santos, João Pedro Souza de Andrade, José Luíz Dantas Costa, Juliana Maria Felipe da Silva Fonsêca Santos, Júlio Lima dos Santos, Júlya Matos Oliveira, Laíne Patrícia Barbosa Fontes, Letícia Mendonça Carmo Santana, Louise Vasconcelos de Oliveira, Luara Azevedo Lopez, Marcos Vinícius Souza de Oliveira, Marcus Izaltino Pessoa Junior, Matheus Freire da Silva, Maura Celli Andrade Magalhães, Priscila Ferreira Carvalho e Sandy de Oliveira Maia.

  

Curso de Gestão Empresarial Marketing e Gestão de Pessoas começa em março

Domingos Matos, 31/01/2019 | 07:01

O surgimento de novos modelos de produção, a emergência de novos setores econômicos, as mudanças no padrão de intervenção do Estado e a intensificação da globalização da economia trouxeram uma série de modificações ao ambiente econômico mundial, à competitividade entre as empresas e, consequentemente, à gestão dos negócios.

Trata-se de um novo ambiente competitivo que exige das organizações empresariais um grande esforço de adaptação que envolve a incorporação de novas tecnologias de operação e de gestão orientadas à melhoria de produtos e processos.

Diante desses desafios a Faculdade Madre Thaís (FMT), estará iniciando, em março, mais uma turma do curso de Pós-Graduação em Gestão Empresarial, Marketing e Gestão de Pessoas. O curso visa o desenvolvimento da capacidade de analisar, estruturar e sintetizar as informações relacionadas à área de Gestão nos eixos Empresarial, Marketing e Gestão de Pessoas, oferecendo instrumentos que permitam ao participante uma maior eficiência no processo decisório de uma empresa.

O curso será integralizado em 15 meses com uma carga horária de 420 horas. As vagas são destinadas aos profissionais com diploma de nível superior das diversas áreas, que desejam atingir novos níveis de formação acadêmica e profissional e que aspirem a cargos executivos em suas empresas ou para a qual está inserido e que busquem conhecimento nas áreas de Gestão Empresarial, Marketing e Gestão de Pessoas.

Os interessados não podem perder a oportunidade e se inscrever  direto na Coordenação de Pós Graduação da Faculdade, situada na Av. Itabuna, 1491,( Ilhéus), pelos telefones (73) 3222-2330, 3222-2331, 3222-2334, a partir das 14 horas, ou pelo e-mailposgrad@faculdademadrethais.com.br.

 

 

Curso de Libras para policiais militares de Paulo Afonso

Domingos Matos, 18/01/2019 | 10:02

A Língua Brasileira de Sinais (Libras) que utiliza combinações de movimentos de mãos, braços e expressões faciais para a comunicação passará a ser utilizada pelos policiais do 20º Batalhão de Polícia Militar (BPM/ Paulo Afonso). Acontece até esta sexta-feira (18), na sede da unidade, o curso básico de Libras voltado para atendimento de ocorrências policiais.

De acordo com o comandante da unidade, tenente-coronel Carlos Humberto Moreira, os 32 alunos soldados que integram a primeira turma da atualização se tornarão multiplicadores do conhecimento. “Pretendemos promover novas turmas para ampliar cada dia mais o número de PMs capacitados”, enfatizou.

O conteúdo do curso, com duração de 40 horas, foi adaptado para o atendimento de circunstancias policiais. “Notamos que, em muitas ocorrências, vítimas ou suspeitos eram surdos e para facilitar o diálogo resolvemos preparar nossos policiais para atender a esse público”, garantiu.

Os militares são ensinados a solicitar documento de identificação, atender pedidos de socorro, pedir calma, identificar se a ação foi roubo ou furto, além de expressões de cordialidade como 'bom dia', 'boa tarde', 'por favor', dentre outras.

As aulas são ministradas voluntariamente pela interprete de Libras Raiane Silva, que também atua no Projeto Superação, e pela presidente da Associação de Surdos de Paulo Afonso, Eliude Nascimento.

 

 

Nove mil novos alunos devem ser matriculados em Ilhéus até dia 18

Domingos Matos, 09/01/2019 | 21:35

Começaram nesta quarta-feira (9) as matriculas dos alunos novatos nas escolas da rede municipal de ensino de Ilhéus. Segundo informações da Secretaria Municipal de Educação (Seduc), 17 instituições de ensino estão matriculando até o próximo dia 18, sendo sete escolas na zona urbana da cidade e dez na zona rural.

Este ano, foram disponibilizadas cerca de nove mil novas vagas, incluindo alunos da educação infantil ao nono ano, 500 a mais comparando com as do ano anterior, quando foram ofertadas 8.500 vagas para os novatos. Segundo a secretária de Educação, Eliane Oliveira, a meta é atender toda a demanda da população. “Após os primeiros dias de matrícula, faremos um balanço para identificar se será preciso abrir novas turmas, alugar mais espaços, criar novas vagas, pois ninguém vai ficar sem estudar”, enfatiza a secretária.

A Seduc disponibiliza um número de telefone para esclarecimento de dúvidas dos pais ou responsáveis (3234-7550). A secretária informa que o setor de estatística, funciona com plantonistas que atendem nos turnos da manhã e tarde, e a depender da demanda, o expediente se estende até as 20 horas para esclarecer as dúvidas da população.

Para realizar a matrícula, pais ou responsáveis devem se dirigir à unidade mais próxima da sua casa, munidos de duas fotos 3x4, pasta individual, cópias e originais da certidão de nascimento, RG, CPF, comprovante de residência e cartão do bolsa família, para os beneficiários do programa.

 

Ano letivo 2019: Divulgado calendário de matrícula na rede municipal de Itabuna 

Domingos Matos, 08/01/2019 | 07:01

A Secretaria Municipal da Educação de Itabuna (SME) procedeu, na edição do último dia 3 do Diário Oficial do Município (DOM), a publicação da Portaria 001/2019, que regula e sistematiza o processo de matrículas nas escolas da Rede Municipal de Ensino para o ano letivo de 2019, que serão iniciadas no período de 22 de janeiro a 1º de fevereiro, com a renovação, nas unidades escolares para os estudantes que já pertencem à rede.

Para os demais casos, as matrículas seguirão o modelo projetado no ano de 2018, quando postos específicos de matrículas foram organizados por núcleos em determinados bairros. Pelo modelo, todo o processo acontecerá através de sistema integrado de informatização.

A assessora do Departamento de Planejamento, Pesquisa e Informações Gerenciais (DPPIG) da SME, professora Ritta Conrado (foto), destaca que, tanto a renovação da matrícula, quanto a matrícula dos alunos novos, só se efetivarão com a presença do pai, mãe ou responsável. No caso de renovação, as matrículas acontecem na própria unidade escolar onde o aluno já estuda. Transferências e matrículas de alunos novos estarão concentradas nos postos de matrícula (veja abaixo).

Para os casos dos estudantes que já pertencem à Rede Municipal de Ensino, mas precisarão mudar de escola, o cronograma é o seguinte: no dia 20 de março, serão matriculados os alunos da Pré-escola, 1º e 2º anos; no dia 21 de março, alunos do 3º, 4º e 5º anos; e no dia  22, alunos do 6º, 7º , 8º e 9º anos, além dos estudantes da Educação de Jovens e Adultos (EJA) e das Turmas de Classes Específicos (TCE’s), ratificando que essas transferências serão realizadas nos postos de matrícula. Para tal, os pais e/ou responsáveis deverão levar somente original de suas carteiras de identidade e Certidão de Nascimento do aluno. É importante repetir que essas transferências acontecerão nos postos de matrícula. Os casos enquadrados nessa perspectiva são os dos alunos cujas escolas onde já estão matriculados não oferecem a série subsequente ou alunos que mudaram de endereço. Este mesmo cronograma vale também para os pais que, porventura, perderem os prazos de renovação de matrícula.

 

Matrículas para alunos novos (incluindo as creches)

A matrícula de alunos novos na rede, serão feitas a partir do 25 de março, sendo que, nesta data, serão feitas as matrículas de alunos das creches, pré-escolas, 1º e 2º anos; no dia 26, serão matriculados os estudantes do 3º, 4º e 5º anos; e no dia 27, alunos do 6º, 7º, 8º e 9º anos, além dos alunos da EJA e das TCE’s.

Para a matrícula desses alunos, deverão ser apresentados os seguintes documentos no ato da matrícula: - Certido de Registro Civil ou Cédula de Identidade (original) do aluno; - CPF (original) do aluno; número do NIS do aluno; comprovante de residência; cartão do SUS; transferência da escola anterior; pasta individual do aluno; carteira de vacinação devidamente atualizada; cédula de identidade dos pais e/ou responsáveis.

 

Postos de matrículas

A Secretaria Municipal da Educação de Itabuna espera preencher, entre matrículas renovadas e novas, cerca de 22 mil vagas disponíveis na rede. Para tanto, será montada uma força-tarefa, que distribuirá 90 terminais de matrícula em 9 postos distribuídos pela cidade: Ferradas – Escola Municipal Lourival Oliveira Soares (Rua dos Bandeirantes, S/Nº); URBIS IV – Grupo Escolar Frederico Smith Lima (Rua B, 59); Mangabinha – Escola Municipal João Mangabinha Filho (Rua Nossa Senhora das Graças, S/Nº); Jardim Primavera – Centro de Atenção Integral à Criança Jorge Amado – CAIC (Caminho 6, S/Nº); São Caetano – Grupo Escolar Municipal Everaldo Cardoso (Rua Floresta, S/Nº); Califórnia – Escola Municipal 28 de Julho (Rua Nova, 95); Centro – Instituto Municipal de Educação Aziz Maron – IMEAM (Rua Adelino Kfoury Silveira, S/Nº); Santo Antônio – Escola Municipal Luiz Viana Filho (Avenida José Monstans, 200); Prefeitura Municipal de Itabuna – Centro Administrativo Firmino Alves (sede) – Setor de Organização Escolar – Avenida Princesa Isabel, 678 – São Caetano.

Os postos de matrícula localizados nas escolas Everaldo Cardoso (São Caetano), CAIC Jorge Amado (Jardim Primavera) e Lourival Oliveira Soares (Ferradas), funcionarão, dentro do período das matrículas, das 8h às 20h, visando atender, também, a clientela de alunos do Noturno que não poderão se matricular durante o dia. Os demais funcionarão das 8h às 17h.

Quaisquer dúvidas poderão ser dirimidas diretamente nas secretarias das unidades escolares ou através do número de telefone (73) 3214 1456.

 

UCS/Saeb vai capacitar quase mil servidores no mês de janeiro

Domingos Matos, 04/01/2019 | 18:46

Já estão abertas as inscrições para as capacitações de janeiro, promovidas pela Universidade Corporativa do Serviço Público (UCS/Saeb). Ao todo, serão realizadas 20 turmas de sete cursos diferentes, sendo 14 voltadas para a formação no Sistema Eletrônico de Informações (SEI Bahia). As inscrições estarão abertas até a próxima semana, ou enquanto durarem as vagas, devendo ser feitas diretamente no Portal do Servidor (www.portaldoservidor.ba.gov.br). 

A UCS/Saeb irá capacitar, durante todo o mês de janeiro, 968 pessoas em 20 turmas voltadas aos funcionários públicos do Poder Executivo baiano. Além dos cursos específicos para o SEI Bahia, também serão ministradas turmas EAD sobre reforma ortográfica, gestão da qualidade, informática, análise e melhoria de processos, Power Point e Excel, somando 600 vagas.

Para saber mais sobre os cursos ofertados pela UCS/Saeb, basta acessar o Portal do Servidor (www.portaldoservidor.ba.gov.br), na seção Cursos, e acompanhar o calendário e as regras para as matrículas. Mais informações pelos telefones (71) 3115-1620 / 1654 / 1590.

 

Conjunto Penal de Itabuna e Igreja Universal promovem cursos de capacitação para internos

Domingos Matos, 11/10/2018 | 22:43

Dois cursos, na modalidade capacitação profissional, estão sendo realizados no Conjunto Penal de Itabuna (CPI), e vão beneficiar dezenas de internos masculinos e femininos. O primeiro, de Artesanato em Biscuit, já teve a primeira aula realizada, na quarta-feira (10), com uma turma de seis internas.

O segundo, de Garçom, já está em fase de formação de turma, o que é feito a partir de avaliação biopsicossocial, pela equipe multidisciplinar do Centro de Ressocialização e do próprio Corpo Técnico do CPI. A avaliação leva em conta, também, as aptidões de cada indivíduo, o que é feito pela terapeuta ocupacional do presídio.

Já a Universal, que possui um ministério dedicado aos presídios e é uma das diversas denominações que atuam na assistência religiosa no CPI, entra com os profissionais e o ferramental necessário. O pastor Wilson Ernando Tavares, responsável por essa área na igreja, diz que o trabalho da Universal em presídios está sendo ampliado para ações de ressocialização, para além da evangelização.

“Esses cursos, por exemplo, são dissociados da questão religiosa, mas não deixam de ser um ato de caridade cristã. Porém, apenas passamos a parte da capacitação, e o Conjunto Penal cuida da parte terapêutica”, observa.

O curso de Biscuit é ministrado pelo professor Wendell Lima, que trabalha há 4 anos com artesanato, com foco nessa técnica, e supervisionado pela equipe técnica do Centro de Ressocialização do CPI, por meio da empresa Socializa – Soluções em Gestão, que operacionaliza a unidade.

Pronatec e Conjunto Penal de Itabuna promovem curso de padeiro

Domingos Matos, 05/10/2018 | 18:19
Editado em 05/10/2018 | 18:44

Terá início nos próximos dias, no Conjunto Penal de Itabuna (CPI), um Curso Profissionalizante de Padeiro, ministrado pelo Pronatec, em parceria com a unidade prisional. Na manhã de sexta-feira (5) foi realizada a aula inaugural, com a equipe de professores do programa e profissionais da área de ressocialização do CPI. O Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) foi criado pelo Governo Federal em 2011, e forma milhares de técnicos por todo o país.

A primeira turma será formada por 15 participantes, todos do regime semiaberto, que assistiram à aula inaugural e já se declararam ansiosos para o início das aulas. O curso será ministrado por profissionais da área de panificação, além de uma equipe multidisciplinar, que coordenará os aspectos pedagógicos, nutricionais e de gastronomia, além de um psicólogo e um chef de panificação.

O evento foi aberto pelo diretor do CPI, Capitão PM Adriano Valério Jácome da Silva, e teve a participação do diretor-adjunto, Bernardo Cerqueira Dutra, do coordenador de Segurança, Fábio Vivas, e da gerência da empresa Socializa – Soluções em Gestão, Yuri Damasceno (operacional) e João Sobral (administrativo), além de representantes de todo Corpo Técnico e equipe de Ressocialização da unidade. Participaram ainda o coordenador estadual do Pronatec, Thiago Guedes Viana, e o coordenador local, Lucaseri Limoeiro Ribeiro, além dos professores que ministrarão o curso nos próximos dias.

O diretor observou que essa é uma grande oportunidade que é oferecida a cada um dos cursistas, que podem transformar sua história a partir do conhecimento que irão adquirir. “Se cada um dos senhores acreditar e se dedicar, com certeza terão condições de dar um novo rumo a suas vidas a partir desse conhecimento. Vocês sairão daqui habilitados a trabalhar em qualquer panificadora. Portanto, se dediquem e aprendam, porque o conhecimento adquirido, só Deus tira”.

O curso foi resultado de um esforço da Superintendência de Ressocialização Sustentável junto à coordenação do Pronatec no estado. “Destaco e agradeço aqui o esforço do superintendente de Ressocialização Sustentável, Dr. Luiz Antônio, que não mediu esforços para que este momento se tornasse realidade. Este é mais um grande passo na trilha da ressocialização, que é o fim maior de qualquer unidade prisional e à qual o interno é apresentado desde sua chegada”.

Investimentos

O Conjunto Penal de Itabuna possui uma unidade de panificação, que fornece pães e outros alimentos para os internos. Essa unidade acaba de receber investimentos em seu maquinário e equipamentos, a exemplo de uma massadeira, cilindro, mesa e armários inox.

O empresário Júlio César Santos, da empresa Requinte Pães, que opera o serviço de panificação na unidade, diz que o investimento vai melhorar o atendimento às demandas do Conjunto Penal e também do curso de padeiro. “Quero parabenizar a direção do presídio e a empresa Socializa e dizer que, como empresário do setor, observo que essa mão-de-obra qualificada faz grande diferença”.

Para ele, um padeiro qualificado hoje não fica desempregado, porque há uma grande escassez desses profissionais no mercado. “Eu, mesmo, emprego pelo menos 15 profissionais oriundos do sistema prisional, e sei que vou precisar de outros, assim como o mercado como um todo”, afirmou Júlio César.

Parceria Socializa/SRS garante projeto Liberdade Sustentável no CPVC

Domingos Matos, 27/03/2017 | 10:39
Editado em 27/03/2017 | 10:33

A Socializa – Novo Sistema Prisional, empresa que faz administração do Conjunto Penal de Vitória da Conquista em sistema de cogestão com o Governo do Estado, implantou, este mês, mais um polo do projeto Liberdade Sustentável. A implantação é resultado de uma parceria com a Superintendência de Ressocialização Sustentável (SRS) da Secretaria de Administração Penitenciária e Ressocialização (SEAP), que cedeu máquinas de costura.

A demanda do Projeto Liberdade Sustentável – onde se inserem os módulos de Corte e Costura: vestuário e modelagem; Fabricação de Chinelos tipo havaianas; e serigrafia – surgiu a partir do conceito de sustentabilidade da unidade prisional. O objetivo é proporcionar a formação profissional dos reeducandos, visando à emancipação socioeconômica e à construção da cidadania no regresso ao convívio social.

Durante a implantação foi observado que alguns reeducandos já possuem algum conhecimento em atividades na área de corte e costura, de modo intuitivo, necessitando de qualificação profissional a fim de aprimorar seus conhecimentos técnicos. Esse nivelamento será proporcionado pelo Projeto Liberdade Sustentável, o que possibilitará a todos o exercício de atividades profissionais plenas no momento em que forem reinseridos na sociedade.

Itabuna

O projeto Liberdade Sustentável encontra-se em plena atividade no Conjunto Penal de Itabuna (CPI), também administrado pela Socializa, onde a unidade já se autossustenta em relação ao fardamentos (uniformes dos internos e chinelos).

No CPI, o projeto está mais avançado, possibilitando aos reeducandos a confecção inclusive de outros tipos de vestuário, como fardamento da cozinha, pessoal da limpeza e corpo técnico, iniciando o fardamento dos agentes de disciplina. Uma turma já foi, inclusive, certificada com cerimônia de formatura aberta aos familiares.

Carnaval de Itacaré tem recorde de público em clima de paz

O Carnaval de Itacaré teve recorde de público com mais de 70 mil pessoas

Domingos Matos, 01/03/2017 | 11:36
Editado em 01/03/2017 | 11:39

Carnaval de Itacaré

Uma festa que entra para a história da cidade por receber o público recorde e por levar alegria, animação, mas também muita paz e tranquilidade durante os quatro dias de folia. Assim foi o carnaval 2017 de Itacaré, realizado pela Prefeitura Municipal, com o apoio da Bahiatursa, que reuniu mais de 70 mil pessoas, segundo estimativa da Polícia Militar. E o grande diferencial foi que além das grandes atrações nacionais que animaram o grande público, os blocos alternativos e os grupos culturais da cidade deram um colorido especial à festa, levando alegria, irreverência, criatividade e mensagens de paz e de respeito ao meio ambiente.

O prefeito de Itacaré, Antônio de Anízio explicou que apesar das dificuldades, a proposta foi fazer de fato um carnaval com muita alegria e com paz, onde os foliões pudessem curtir uma festa com grandes atrações, mas também valorizando os artistas locais resgatando a tranquilidade e a cultura da cidade. E o resultado foi conquistado com uma festa onde todos puderam curtir a folia e resgatar a tradição de Itacaré.

Além de toda a alegria, o carnaval movimentou a economia da cidade. Durante s quatro dias de festas as pousadas ficaram lotadas. Casas também foram alugadas para temporadas e os bares e restaurantes registraram um grande movimento. Os ambulantes também aproveitaram o momento de festa e o grande público para vender seus produtos. “Todos saem ganhando com a festa e é esse o nosso objetivo ao realizar o carnaval, levar alegria, atrair um grande público para Itacaré e movimentar a economia da cidade”, complementou o prefeito.

Cerca de 25 mil pessoas, de acordo com estimativa da Polícia Militar, participaram do primeiro dia do carnaval de Itacaré, aberto com chave de ouro na noite de sábado pela banda Cidade Negra, que encantou o público e deu o tom de paz e alegria à folia. E mesmo com o número recorde de participantes, durante o circuito, conforme dados da PM, não foram registradas ocorrências mais graves. Além da banda Cidade Negra, o primeiro dia do carnaval de Itacaré contou com a apresentação das bandas JP do Capricho e Pirilampo.

O domingo de carnaval começou com a irreverência e a criatividade dos grupos culturais Encantados e Laranjada. Tudo isso sem contar com a alegria dos grupos independentes que com fantasias criativas e muita animação deram um colorido especial à folia. Os tradicionais caretas, todos cadastrados pela Prefeitura, também participaram da festa. E no palco principal a festa continuou com as bandas Bruta Raça, Amassa, Vera Cruz e Marly Brasil.

A segunda-feira de carnaval teve como atrações no palco as bandas É do Samba, Casa 8, Filhos de Jorge e Tony Canabrava. Pela avenida circularam trios elétricos e vários grupos alternativos, além dos blocos  Amassa e o TDB. Também desfilarão os blocos As Trepadeiras e Turma do Guetho. No último dia de carnaval a alegria começou mais cedo com o Bloco Amigos da Fé, seguindo com os blocos Pescador, Vem Comigo e Os Brutos. E no palco principal a folia foi comandada pelo Bonde do Andrezão, Elétrikka, Jauperi e Diamba, que encerram a festa garantindo a alegria e muita paz o carnaval de Itacaré.

Conjunto Penal de Itabuna define início do ano letivo de 2017

Domingos Matos, 11/02/2017 | 12:26

Durante reunião com representantes das redes estadual, municipal e do Todos Pela Educação (federal), a direção do Conjunto Penal de Itabuna (CPI) definiu o início das aulas para o próximo dia 19. A matricula das turmas 2017 estão sendo finalizadas, mas já há a expectativa de um número recorde de estudantes nas diversas modalidades oferecidas pelas três redes.

De acordo com Yuri Damasceno, gerente operacional da Socializa, empresa que administra o CPI em regime de co-gestão com a Secretaria Estadual da Administração Penitenciária (Seap), todo apoio será garantido por parte da empresa, para que as aulas transcorram de maneira tranquila, segura e com o conforto necessário para os profissionais e educandos.

A reunião foi coordenada pela pedagoga Maria Miranêz Santana, coordenadora pedagógica do Colégio Estadual de Itabuna, escola-matriz do anexo do CPI, e teve a participação, além do corpo docente que atua na unidade, de um representante do Ministério Público – Felipe Setenta, da 13ª Promotoria – e do diretor-adjunto (Seap) Bernardo Cerqueira Dutra.

Entre as demandas apresentadas pelos representantes das três redes, estão a adequação acústica nas salas de aula, instalação de ventiladores e adequação dos procedimentos de segurança e de serviços sociais. “A Socializa busca a excelência na prestação dos serviços de gestão prisional, e entende que a educação, assim como demais atividades de ressocialização, que também oferecemos. Não mediremos esforços para garantir toda a estrutura necessária para que tenhamos cada vez maior êxito”.

Cursos

No final de janeiro (dia 28) ocorreu a formatura da turma de Corte e Costura (foto). Além desse, também são oferecidos cursos de serigrafia, cabeleireiro, manicure, marcenaria, artesanato entre outros. Há também na unidade o oferecimento de um curso do idioma Italiano, ministrado por um interno dessa nacionalidade. Todos são certificados e cumprem o que preconiza a Lei de Execuções Penais, em relação à remição e garantia de direitos.

Canavieiras recebe 1º Torneio de Kettlebell Sport

Domingos Matos, 25/01/2017 | 11:18

No próximo dia 25 de março, Canavieiras sediará o primeiro torneio de kettlebell sport do interior da Bahia. Competirão atletas de Salvador,Itabuna, Ilhéus e será a primeira oportunidade dos canavieirenses mostrarem seu desempenho no esporte disputando as provas long cycle, snatch e jerk. O evento será aberto ao público num dos principais cartões postais da cidade, o porto de Canavieiras e a inscrição dos atletas terá o custo de R$ 25,00. Mais informações no site www.brutalsc.com

Treinos para competição

O torneio é promovido por João Rosário (na selfie, com a turma), da empresa Brutal Strenght and Conditioning, especialista em Kettlebell e uma das maiores referências no Brasil nesse esporte, que alia força e técnica para levantar uma bola de ferro por tempo determinado e que vem conquistando muitos praticantes na cidade por fortalecer o corpo inteiro de forma integrada e dinâmica.

Informa, ainda, João Rosário, que esse ano Salvador sediará a etapa do GP Mundial de Kettlebell da Associação Mundial de Clubes de Kettlebell (WAKSC), e ele está preparando atletas de Canavieiras para representar bem a cidade na competição.

Torneio de kettlebell

Atletas de Canavieiras que praticam outras modalidades esportivas já estão inserindo o kettlebell na sua preparação física com a supervisão Rosário e também já confirmaram presença no torneio, como a faixa preta de judô e jiu jitsu Joyce Araújo e o surfista Bruno Senna.

Desde o segundo semestre de 2016 é comum ver em alguns pontos da cidade praticantes do esporte, pois muitos preferem treinos ao ar livre, uma vez que o esporte possibilita o transporte do kettlebell para qualquer lugar que escolha treinar. “É uma academia em suas mãos como definem alguns praticantes e isso me dá a liberdade de realizar os treinos e ainda aproveitar as paisagens da cidade", explica Rosário, que iniciou turmas de kettlebell ao ar livre no porto de Canavieiras três vezes por semana.

Estudantes de Itabuna apresentam comidas do Mediterrâneo em festival

Domingos Matos, 13/01/2017 | 17:47

Do Mediterrâneo para o Sul da Bahia. Os estudantes do curso técnico em Nutrição e Dietética do Centro Estadual de Educação Profissional em Biotecnologia e Saúde (CEEP), em Itabuna, participaram, na noite desta quinta-feira (12), no espaço Terceira Via Hall, do VII Festival Gastronômico da unidade de ensino, quando apresentaram pratos voltados para uma alimentação saudável. O tema desta edição foi “Dieta da Longevidade”, e que tem base a Dieta do Mediterrâneo.

A atividade alia teoria e prática com situações que dizem respeito ao futuro exercício profissional dos estudantes e representa, também, a culminância dos projetos desenvolvidos ao longo do ano letivo de 2016. Cada sala ficou responsável em abordar as questões culturais, geográficas e comidas típicas de países como Espanha, Portugal, Marrocos, Albânia, Grécia, Itália e Israel. O cardápio mediterrâneo é rico em frutas, hortaliças, azeite de oliva, vinho, peixe, derivados de leite, ervas especiais e outras especiarias que dão um toque diferenciado aos pratos saudáveis.

Além da culinária, o evento também envolveu a música e apresentações culturais dos países estudados. De acordo com a diretora do CEEP, Josonita Marinho, para a realização do festival, os estudantes fizeram pesquisas sobre os países e aprenderam os cardápios. “Cada turma apresentou um prato típico do país estudado e um corpo de jurados avaliou a criatividade, degustação, grau de dificuldade, decoração, apresentação pessoal e temperatura. Isso é muito bom para os estudantes porque eles colocam em prática tudo o que aprenderam durante as disciplinas do curso, inclusive, a terem uma postura profissional”, destaca a gestora.

A estudante Tawane Wene Sena, 18, participou da apresentação de uma dança tradicional italiana, conhecida como Tarantella e ajudou na montagem de um prato típico do país. “Preparamos um saboroso canelone com espinafre, berinjela e queijo de búfala e foi muito bom porque ficamos em primeiro lugar com a nossa comida”, diz contente.

A colega, Cláudia Tiara Rosa, 28, que também participou da organização do prato típico da Itália, falou sobre a importância da alimentação saudável. “É muito importante aprendermos a adotar uma alimentação saudável e poder comer o que a gente planta, evitando os famosos Fast Food, que são comidas gordurosas. Não queremos oferecer somente pratos saborosos e, sim, comidas que façam bem para a saúde”, esclarece a estudante.

Acesse com seus dados:

ou
Ainda não tem acesso?
Registre-se em nosso Blog.